quarta-feira, 27 de abril de 2011

"Daia"
Menina mulher
Explosão de um vulcão
Mulher Menina
Delírios e sonhos
À meia luz em uma esquina
Ela tinha um nome
Que não agradou
Pois o seu sotaque
Não o pronunciou
Por amor ela mudou
Como as folhas mais lindas
De uma cerejeira
Eu quero te amar
Madrugada inteira
“Daia” nasceu
Da ilusão de um coração
E um belo dia morreu
Foi destruída pela dor
Corte profundo de uma traição
Mas eu te amo
Sufocando minha alma e a razão.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

42 comentários:

Desnuda disse...

Boa noite meu querido Poeta!

"Mas eu te amo
Sufocando minha alma e a razão."


Assim é o amor, Everson.


Beijos com carinho amigo!

Daniel Costa disse...

Everson

O amor será sempre como um delírio, é como um vulcão sempre em explosão.
Vem apenas de um pobre coração.
Abraço fraterno

Pena disse...

Prezado e Fabuloso Poeta Amigo:
"...Da ilusão de um coração
E um belo dia morreu
Foi destruída pela dor
Corte profundo de uma traição
Mas eu te amo
Sufocando minha alma e a razão..."

Um poema soberbo e lindo, bem ao seu estilo.
Elas ficarão encantadas pela beleza e pureza de si.
Parabéns.
Um poema sublime.
Abraço amigo de respeito profundo pela seu imenso talento.
Com respeito.
Sempre a admirá-lo

pena

Notável, poeta amigo.
Bem-Haja, pela beleza dos versos.

Silviah Carvalho disse...

O amor sufoca a alma, lindo poema.Parabéns.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá poeta
Belo poema, como sempre.
Tenha uma linda quarta.
Hoje tem, é nóis na fita rsrsrsrs
Abração

AC disse...

Everson,
Como alguém disse, o coração tem razões que a própria razão desconhece.

Abraço

Vivian disse...

Bom dia,Everson!!

Ah!...Que triste...pra mim confiança é como cristal...depois de quebrada não dá para consertar...perdão se concede, mas confiança se conquista.
Linda poesia...triste, mas sempre linda meu amigo!
Beijos

Carla Fernanda disse...

O amor sufoca a razão, com certeza!
Beijos!
Carla

Blue disse...

Amor assim, futuro não tem...
Embora amor, muitas vezes não tem razão!

Péssima noite. Horrível. Uma merda só!

Abraços

CAIXA DE FATOS disse...

BOM DIA!

BJS

DADI

нєllєи Cαяoliиє disse...

e acima de tudo,e independente do porque...eu te amo!..
Que Lindo,Adorei!
Um Beijo

Anne Lieri disse...

Everson,quando há amor perdoamos até mesmo uma traição e seguimos mesmo com o coração um pouco machucado!Sempre lindas suas poesias!Bjs,

lita duarte disse...

Oi, amigo.
Que foto linda.
O poema também é lindo.

Bjos.

Ju Fuzetto disse...

Passando pra deixar um beijo!!

Se cuida amigo querido!!!

Assis Freitas disse...

o amor também tem as suas intempéries,


abraço

Andreza disse...

...o amor não é apenas um mar de rosas...às vezes...agitam-se espinhos.
bjks doce ♥

Zil Mar disse...

Oi Poeta...

o amor não tem regras...o perdão existe pra ser perdoado...

adorei a imagem....

bjo grande!

Zil

Guará Matos disse...

"Coração-bôbo
Coração-bola
Coração-balão
Coração-São-João
A gente
Se ilude, dizendo:
"Já não há mais coração!"..." (Coração Bobo - Alceu Valença).

Amapola disse...

Bom dia, querido amigo poeta.

Ah... que bom, estar aqui.

Lindo poema!! A traição mata o amor... e mata aos poucos, quem o carrega.

Beijos.

Dave disse...

Coração é bicho bobo, ou seríamos nós eternos bobos ou como diria Leoni "garotos" perto delas?

Abraço!

Evanir disse...

Boa Tarde Filho..
Lindo demais seu poema confesso estou sentindo mudanças em seu coração .
O meu creio que esqueceu da nossa conversa esta roxo hoje.
Quem sabe se meu filho amada ler a postagem da Viagem entendera porque.
Tem momentos na vida da gente que sentimos muito que pessoas que amamos tanto esqueçam da gente.
E a correria do dia a dia afinal eu entendo ser mãe realmente é um dilema .
Do fundo do coração te amo ..te amo..maizinha,Evanir.
www.aviagem1.blogspot.com

Contos da Joii disse...

O amor é exatamente assim: amos sem razão, sem pq, sem explicação. Nem Freud explica. Uma ótima tarde pra ti poeta. Beijos da Joii.

ONG ALERTA disse...

Coraçáo manda em nós, beijo Lisette.

JB disse...

É mesmo, Everson! Nos sentires do coração não cabem os dizeres da razão!

Beijinho

Lau Milesi disse...

Poeta, quem ama perdoa...e cuida.
Já a traição é uma covardia, é própria dos pobres de espírito.
..."Se em toda parte o tempo desmorona
aquilo que foi grande e deslumbrante,
o antigo amor, porém, nunca fenece
e a cada dia surge mais amante"...
(Drummond em "O Amor Antigo"-excerto)":)
Beijos, amigo querido, e meus parabéns por seu talento!

Sandra Botelho disse...

E mesmo que seja traição...Ainda existe no coração de quem ama, o perdão!
beijos achocolatados

Integração Histórica disse...

"Mas eu te amo
Sufocando minha alma e a razão."

É pra deixar qualquer leitor emocionado.

Saudade do seu blogger intenso e profundo. Tenha uma semana maravilhosa , grande poeta Everson ! Poeta do Amor .

sonho disse...

Meu querido poeta...o amor e os seus dilemas...razão/emoção...
Beijo d'anjo

AFRICA EM POESIA disse...

COM MUITO CARINHO



SER PALHAÇO


Ser palhaço...
É ser gente...
E é saber...
Rir...
Quando apetece...
Chorar...
Ser palhaço...
Muitas vezes...
É vida...
Muito dorida...
Mas...
O palhaço...
Pinta a cara...
Faz palhaçadas...
Faz rir...
E ao ver...
A alegria...
Dos outros...
Também ele...
Se sente feliz...
E acaba por...
Deixar de chorar!...

LILI LARANJO

Carissinha disse...

Olá, meu amigo!
Tenho que dizer que achei a imagem da sua poesia linda. Encantadora!

Quanto ao poema... O amor é bom, mas tem suas dificuldades.

Beijos!!

Rute disse...

Que lindo meu amigo. Parabéns.
Beijos, ótima noite de quarta-feira

Maria disse...

Confiar é admirável.
O amor ás vezes nos pega de jeito, e quando não há reciprocidade, é triste.
Valeu a visita amigo.
Um abraço.

Maria

Bandys disse...

uma menina mulher me faz lembrar de alguem...hahahahahha que adoro Cazuza, brinca de ecrever, ama ter amigos, curte a natureza...

Everson, lindo poema.

beijos

Machado de Carlos disse...

Eis o exemplo de que o amor é eterno. Mesmo em outra dimensão ele continua.

P.S. : - Obrigado, amigo, pela honra de ver publicado junto ao seu belo rol de poemas, o meu soneto: FIM. (Será sempre uma alegria para mim, vir aqui e ver uma obra estampada em seu blog).
Gratidão Amigo!

Abraços!...

Memória de Elefante disse...

A alma pode brincar de esconde esconde entre as folhas.


Um beijo

Mariz disse...

Boa noite querido poeta,

o amor é como um vulcão sempre prestes a explodir.

adorei!

mil beijos...Mariz

Lou Witt disse...

Nossaaaa, que profundo!!!

Beijos, meu querido!!!

Carlos Augusto Matos disse...

Show de bola como sempre...

Abração...

Mary Help disse...

Foto linda, poema lindo...tudo com a sua ótima criatividade e delicadeza, parabéns outra vez!
Amigo, tenha uma semana cheinha de fluídos positivos e muita alegria. Durma com Deus, vc e toda sua família, Mhelp!

Rosemildo Sales Furtado disse...

“Daia” nasceu
Da ilusão de um coração
E um belo dia morreu
Foi destruída pela dor
Corte profundo de uma traição
Mas eu te amo
Sufocando minha alma e a razão.

Como sempre, o amor superando tudo. Errar é humano! Afinal, quem nunca errou nesta vida?

Abraços,

Furtado.

blog da Paraguassu disse...

Olá amigo,
Que poema! Lindo, lindísimo. Ser poeta é imantar-se ao íntimo lúdico das pessoas.
Muito lindo seu blog!
Convido-o a conhecer meu cantinho e seguir-me, deixando lá seu comentário.
Ficaria muito feliz.
Abraços fraternos e sucesso para você.
Maria Paraguassu.

Paula Barros disse...

Traição, dor de amor, machuca, e marca. E muitas vezes não deixa um novo amor florescer.

Linda a imagem.

 
Web Analytics