quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Coisas da Vida
Achei uma moeda
Ao me perder no caminho
Encontrei um amigo
Quando estava sozinho
Fui num jardim
E não tinha mais flor
Mas encontrei no dicionário
O significado do amor
Corri pela chuva
Desenhei um coração
No embaçado da vidraça
Esperei você chegar
Mas essa hora louca que não passa
Passaram muitos dias
E você não veio a mim
Foram varias noites frias
Sem seu perfume de jasmim
Andei fora da calçada
O tempo transforma o amor
Em definitivamente nada
Mas eu não posso entender
Se esse era amor real
Como pode me esquecer?
Encontrei com uma árvore
Onde tinha gravado um coração
Meu nome e o seu
Ainda estavam lá
Porque você não vem então?
Deixe quieto
Deixe pra lá
Esse papo já está ficando sem graça
Então sentei naquele mesmo banco
Naquela que era a nossa praça
Olhei pro céu
O sol se despedia
Eu implorei pela chuva
E ela teimosa não caia
Então contei estrelas
A sua não estava mais por lá
A minha solitária e ferida
Continuava a chorar
Peguei meu violão
Que estava tão calado
E toquei uma canção
Ao amor desesperado
Depois calei a minha voz
Rabisquei uma poesia
E fui dormir
Pois já era madrugada
E a rosa em minha mão
Já estava com sua pétala fria
Beijei seu travesseiro
E caí num sono profundo
Fui sonhar com sua paz
Pra redescobrir seu mundo
Parecia loucura
Mas era real
Sobrou do nosso amor
Apenas um tchau.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade
O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

45 comentários:

Desnuda disse...

Querido Poeta,

Assim assim...É provável um até breve rsrs. Lindo poema, amigo!

Beijos com carinho e ótima noite.

Déya disse...

Lindo demais...

uma linda noite..
beijO..

Silene Neves disse...

Oi Everson...

Linda noite de amor e poesia!

Lindo poema!

Vim deixar um beijo... e carinhos pra ti!

Sil

Ps: Visite (quando puder) http://versosvermelhos.blogspot.comLeia na barra lateral a página: Sobre esse lugar. Espero que goste... te espero lá! Bjo.

Pluma Roja disse...

Buenas noches poeta, Bello poema el que nos dejas hoy.

Un fuerte abrazo y un beso.

*Mi§§ §impatia* disse...

É amigo se da parte dela só sobrou um tchau então o amor dela não era verdadeiro......
Obrigada pelo carinho que me deixou la no delirios viu?te adoro imenso, beijos.

Daniel Costa disse...

Everson

Escrevendo poesia, tens uma maneira de, sublimar o amor, que acaba sempre por não ser ruim, como de facto não é. Apenas é assim!
Um abraço fraterno

Sandra Botelho disse...

Na madrugada fria, a solidão do amor.Belo poema
Bjos achocolatados

M@ria disse...

Longe...as tardes de vento que batiam nas janelas
e espalhavam meus projetos pelo chão.
Hoje, apenas rabiscos denunciam
que uma alma esteve aqui.

Basilina Pereira

Bom dia........Beijos...M@ria

M. disse...

Olá poeta...:)

Silviah Carvalho disse...

Muito lindo seu poema, parabéns.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Se for só tiau está bom, né amigo? Gostei muito de Ciclo também, como todas. Um abraço. Ah, pra você que é roqueiro vaiachar bem interessante meu post de hje. Is a beautiful day

Vivian disse...

Bom dia Everson!

Nossa, amigo! Que triste!!
Mas quem sabe...
Sempre tem o amanhã!
beijos

Rosane Marega disse...

Oie Everson, esse é bem triste,mas o Amor sempre resnace NÉ
Beijosssssssssss

Estrela disse...

encantadas com seus poemas,vi que tem um livro,é uma alegria realizar um sonho não é mesmo? sucesso!

Vozes de Minha Alma disse...

Olá Poeta.
Como sempre meu amigo se supera e nos proporciona
belos poemas, adocicados com seu amor.
Um abraço afetuoso, e um bom dia abençoado.

lita duarte disse...

Everson,
é, coisas da vida nesse poema recheado de Natureza.

Que beleza!:)

Bjos.

Lau Milesi disse...

Belíssimo!Poeta amigo, sensível e talentoso, troque esse "tchau" por "ciao", como dizem os italianos quando chegam. Que "tchau" ,que nada, se a sua amada ler/ouvir esse lindo poema- canção- virá correndo.

Um beijo e , como sempre,meus parabéns!!!

..."re"... disse...

Poeta...

E assim vão-se as noites, cheia de sensações frias e olhares
para uma estrela que não brilha mais.

E assim vão-se noites e noites...

Baci, molti di loro...

(Vai um limãozinho ai? rs)...

Pat. disse...

Pelo menos sobrou algo...

Um beijo meu querido amigo.
Obrigada pelos mimos em meu blog.

IT disse...

Everson,

Deixo um grande abraço pra ti poeta.

logo,logo estarei retornando.

IT

Bandys disse...

Everson,

Desde quando o tempo transforma o amor em nada????????

Já que hoje é dia de musiquinha aí esta a minha pra você. Será que você sabe de quem é??hahahahahaha

O que você quer com esse papo
Eu não sei
Me paga um trago
Que eu dichavo o meu
Tudo o que eu falo
É piração, é bobagem
Porque pra mim
Qualquer viagem é viagem
Largada no mundo
Eu vivo largado no mundo
Largado no mundo
Eu vivo largada no mundo.

Um beijo e um abraço.
O bbb ontem foi muitoooooo bom! Aquele Rodrigão é uma coisa neh??

KKKKKK
Beijos

Rute disse...

Nossa!!!!querido amigo, lindo!

Esse senti na alma ao ler
"Sobrou do nosso amor
Apenas um tchau"

Beijos

Guará Matos disse...

Mas e o talvez?
Quem sabe.

Abraços.

Paulo Becare Henrique disse...

Há tristeza nessa poesia, mas é uma tristeza algo doce.

rosa-branca disse...

Belo como sempre meu amigo. Beijos com carinho

Assis Freitas disse...

a poesia redime,


abraço

Lidi Dias disse...

Olá !
Será um the and??
Ou será um novo começo para uma nova fase?
Adorei esse texto!!
Beijos na sua Alma

Malu disse...

Menino, estou tentando ser sua seguidora, mas estou com problemas no meu PC e não consigo me cadastrar de jeito algum.
Já estou tomando algumas providencias, assim que possivel estarei aqui.
Um grande abraço

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Passando hoje apenas para te deixar um carinho...um beijinho e dizer que estou voltando e melhor.
Tinha saudades.

Sonhadora

Machado de Carlos disse...

A etiologia dos amores é complexa e profunda, pois que se origina na ausência de alguém que nos fará bem. E quando descobrimos que era sonho, parece que tudo desaba.
Obrigado, amigo por este convívio aqui neste mundo dos blogs.
Abraços para você, e uma bela tarde.

Carol Sakurá disse...

Querido Poeta!
Uma narrativa poética linda!

Bela quarta-feira!

Abs!

Lívia Azzi disse...

Entrou um grão de areia em seu corpo-casa, querido Everson. E isso dói, eu sei. Você escreve com a melodia de quem canta para transformar a tristeza em beleza, e transforma!. O resultado é que podemos encontrar uma pérola-alma em cada uma de suas poesias...

Beijos!!

Lívia Azzi disse...

"A felicidade é um dom que deve ser simplesmente gozado. Ela se basta. Mas ela não cria. Não produz pérolas. São os que sofrem que produzem a beleza, para parar de sofrer. Esses são os artistas". (Rubem Alves)

Olhos de Mel disse...

Oie meu amigo querido; que poema mais lindo! Veja como Deus é perfeito, sempre que nos fecha uma porta, abre sempre uma janelinha em outro lugar. Amei!
Beijos

Pena disse...

Estimado e Gigante Poeta Amigo:
"...Desenhei um coração
No embaçado da vidraça
Esperei você chegar
Mas essa hora louca que não passa
Passaram muitos dias
E você não veio a mim
Foram varias noites frias
Sem seu perfume de jasmim..."

Delicioso. Soberbo e extraordinário poema de amor.
Concebido pela sua magia de maravilhar e enternecer.
Realmente, é um sublime poeta das suas musas e de quem tem bom gosto.
Fabuloso.
Abraço amigo de respeito pela poesia fabulosa que cria.
Com respeito e sempre a admirá-lo

pena

Fantástico.
MUITO OBRIGADO pela visita. Gostei muito.
Excelente!
Bem-Haja, extraordinário poeta amigo.
MUITO OBRIGADO pela sua visita.

Xanele disse...

Nossa estava c saudades do seu cantinhos.
Bjs querido

Amapola disse...

Boa tarde, querido amigo poeta.
Lindo demais! Esse poema parece ter melodia.

Um abraço apertado.Que sua noite seja cheia de estrelas.

Ana Kalil disse...

Estou ficando fã das suas poesias! São todas simplesmente lindas...!

Beijinhos ;)

Zil Mar disse...

Oi Poeta...

Simplesmente belo!!!!

bJO!

Zil

Néia disse...

Oi Everson...
Fica até difícil de comentar, pois você transborda sentimentos e brinca com as palavras e fala de amor com uma intimidade de quem ama loucamente. Estou lendo teu blog homeopaticamente e cada post é sempre uma delicisa surpresa.
Beijos Néia

Mary Help disse...

Meu querido amigo, lindo seu poema com muito sentimento e romantismo, parabéns como sempre!
Quero desejar uma noite serena e uma semaninha de muitas alegrias.
Bjinhuxxxxxxxxxxxxxxxxxxx!!!

Bloggirls disse...

Etapas ricas né amigo? No fim não resta; sobra experiência, para no próximo, a gente amar com sobra e não com resto. Amei!
Montão de bjs e abraços
Elaine Barnes

sonho disse...

Se so sobrou um tchau...meu querido amigo é porque nunca houve um amor verdadeiro...
Beijo d'anjo

ONG ALERTA disse...

Sonhe sempre, beijo Lisette.

Suely - HD disse...

Olá meu querido!!!

Que poema simplesmente lindo.

Tenha uma ótima noite,

beijos
Suely

 
Web Analytics