sábado, 18 de junho de 2011

Na Distância de Uma Alma Perdida
Quando escolhemos alguém pra preencher
Essa ausência de amor,
Certamente essa pessoa entre estrelas,
Será a mais distante,
Se decidirmos encontrá-la no infinito,
Estará numa galáxia impiedosamente afastada,
Se a procurarmos no mar,
Estará no mais profundo e misterioso abissal
Muitas vezes não percebemos que o mais belo da vida
Está no amor que temos dentro de nós,
Tão perto que parece até palpável,
E isso que temos que entender
Então,
Que o infinito se aproxime de nós em amor.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

O Livro dos Dias Poesias
Adquira o seu no email: evr.russo@uol.com.br

48 comentários:

Nanda Assis disse...

ainda bem q existem as estrelas cadentes, e que as vezes caem em nosso colo!

bjos...

Adolfo Payés disse...

Bello bello bello tu poema poeta..
¨Hay un manuscrito de sentimientos
Con el ansia de salir corriendo
A conquistar tus caderas,
Y hacer malabares de poesías
En el anden oculto de tus pechos

Con el acento reciproco de nuestros besos¨

Adolfo Payés


Un abrazo
Saludos fraternos..

Que el fin de semana sea de los mejores...

Daniel Costa disse...

Everson

É realidade que o amor sempre vive em nós. Tentar desvendá-lo em outrem é extremamente díficil porque sempre o sentimos com ares de mistério.
Abraço fraternal de bom fim de semana.

Márcia disse...

E que a distância não impeça o amor ...

Mais uma poesia doce, linda meu querido, um ótimo fim de semana e um beijão pra ti...*-*

.l disse...

não há forma de contornar a ausência física, nem modo de evitar a presença emocional de quem se ama

Aleatoriamente disse...

Que precioso poema.
Tão doce e encantador poeta.
Bom dia querido!

Beijinho.
Fernanda

Pena disse...

Precioso Amigo e Notável Poeta:
"...Muitas vezes não percebemos que o mais belo da vida
Está no amor que temos dentro de nós,
Tão perto que parece até palpável,
E isso que temos que entender
Então,
Que o infinito se aproxime de nós em amor...."

Mais um texto explosivo fabuloso extraordinário com a sua assinatutura de ouro puro.
Parabéns. Irá maravilhar as doces princesinhas de fascínio que passam aqui.
Abraço amigo de respeito, estima e consideração pelo seu intenso valor.

pena

Deslumbra.
Bem-Haja, pela amizade sincera.

Pluma Roja disse...

Buenos días Poeta. Feliz fin de semana, Ciertamente muchas veces buscamos el amor fuera de nosotros y lo vemos imposible, cuando lo llevamos dentro.

Muy linda reflexión.

Muchos besos.

Vivian disse...

Bom dia,Everson!!

E quando encontramos esta pessoa entre tantas que existem o nosso mundo muda e fica tudo mais lindo!!
Bela poesia meu amigo!!!
Desejo que encontre alguém que mereça seu coração!!
Beijos!!
Bom sábado!!
**Pode deixar que se o livro ficar com frio, coloco um cachecol nele!!

Mario disse...

Olá meu amigo Everson! Este seu poema é uma viagem, quer seja levitando no espaço sideral ou num mergulho em mar profundo, quer procurando um amor para viver. Meu caro poeta quando amamos os nossos pés soltam-se do chão e a nossa boca beija o infinito. O amor é a nave mais veloz do mundo e aproxima dois corações distantes. Longe é um lugar que não existe para quem ama, tudo fica perto de onde plantamos a nossa doce felicidade. Saudações Poéticas - Mario Neves

lita duarte disse...

Que belas palavras do poeta.

O amor é assim... longe e perto.

Bjos

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Tenha um lindo e frio sábado.
Grande abraço

Marcia disse...

Sempre lindissimos poemas um bjo poeta!

Marcia disse...

Bom Fim DE SEMANA!

Carla Fernanda disse...

Bom dia Everson!!
Maraavilhoso o verso:
"Que o infinito se aproxime de nós em amor."
Beijos,
CARLA

Carla Fernanda disse...

MÚSICA NOVA!!!!!

нєllєи Cαяoliиє disse...

e que melhor ainda... que o infinito nunca seja limite!
Belíssima imagem!
Beijos,Everson!

Carla Fernanda disse...

Eu sei querido. Disse nova para mim que nunca havida escutado.....kkk
Beijos

edumanes disse...

Amigo, e poeta brilhante,
Que lindos poemas escreve
Compositor, cantor, presente
Nosso carinho, muito, merece.

Do amor nunca ausente,
Coração sempre alegre
Quem ama muito sente
Quando o amor desaperece.

Tenha feliz fim de semana
Um abraço
Eduardo.

Bandys disse...

hahahahha, gostei do primeiro comentario.

Me diz uma coisa, aquele aviso depois sai???
Amei o comentario do Mario, é exatamente aquilo.Mas a sorte que tenho amigos como voce.
Aqui vai dar praia, mas estou gripada e ja vou ter que sair a noite então estou me poupando.

Beijos com rosa roubbadas

Ma Ferreira disse...

Sou romantica..não tem jeito..
Adoro ses poemas..que falam de amor.. e desamor..
afinal..os dois fazem parte da vida..
Parabéns!!
Um bj

Ma

Anne Lieri disse...

Everson,tem razão!Não adianta buscar tão longe algo que está dentro de nós!Poesia maravilhosa!Bjs e bom fds!

Paula Barros disse...

Amigo, acredito que esta é a grande desafio da vida, e a grande descoberta. Dentro de nós estão as respostas, os caminho, as verdades, as possibilidades, e o amor.

Belíssima conclusão. beijo

PauloSilva disse...

Obrigado!

Lindas as suas palavras: «Muitas vezes não percebemos que o mais belo da vida / Está no amor que temos dentro de nós,»

Grande abraço.

Majoli disse...

Lindo meu querido Everson.
Está tão perto de nós, e a gente vive numa busca doida, em vão.

Beijos com carinho e o desejo de um delicioso final de semana.

* Verinha * disse...

Que ele possa sempre caminhar junto ao nosso coração!

Beijocas super em seu coração Everson e fantástico fim de semana para você!

Verinha

Lindalva disse...

Olá meu querido vim ler as últimas... sumo, mas sempre apareço, porque não dá pra ficar muito tempo longe de tão poético recanto... um beijo aflorado em vosso coração!

valquiria disse...

valquiria disse...

♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥

Vim te visitar, deixar meu carinho, e desejar um fim de semana de bençãos.
.
Se puder dê um passadinha em http://hanukkalado.blogspot.com/
é um prazer receberte.
.
Salmo 37, 4-5-7 - Agrada-te do Senhor, e ele satisfará os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e o mais ele fará. Descansa no Senhor, e espera nele.

Abraço.

♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥

Ray* disse...

Quando o amor é verdadeiro, ele é sempre infinito, mesmo que à distância. bom fim de semana

Flor da Vida disse...

Que assim seja meu amigo...
Que o infinito do amor esteja sempre palpável em nosso coração.

Carinhos mil pra ti, viu?
Beijos de flor.
Suelzy

Evanir disse...

Querido Filho..
Quase não chego aqui hoje passei uns apuros hoje esqueci de tomar meu remédio do Core ontem a noite affff..
Uma linda tarde e uma noite abençoada
beijos da mãezinha,Evanir.

Rosi Alves... disse...

é verdade as vezes procuramos tanto e tudo esta tão perto.beijos meu querido linda noite lindo como sempre seu poeta.

Rute disse...

Ótimo final de semana a vc, meu amigo
Beijos

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

"O amor estava aqui e eu nunca saberia..."
Saímos como cegos procurando algo que está dentro de nós.
Ameiiiiiiiiiii!
Beijokas

Sandra Botelho disse...

E que esse amor seja infinito.beijos achocolatados

Sandra disse...

Que assim seja!
Uma doçura de poema!
beijos e óptimo final de semana para ti.

Lívia Azzi disse...

Por vezes as órbitas se cruzam e as profundezas se exaltam... Nós somos muitos e temos abismos e amores infinitos dentro de nós mesmos.

Carinhos e beijos!!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Passando para apreciar mais uma das tuas belas criações.

Abraços,

Furtado.

Blue disse...

Procuramos no infinito, o que muitas vezes está em frente a nossa casa!

Abraços. Pois dei uma olhada a pouco no jogo, clássico mineiro! Estádio vazio. Reflexo de um futebol mal gerido, organizado por bando de ladrões, mafiosos. E depois querem fazer Copa do Mundo e Olimpíada. Piada, não é?

Machado de Carlos disse...

Como diz, verdadeiramente o teu poema; o amor mora dentro de nós. Viajamos pelas ondas do mar, pela galáxia inteira à procura da nossa estrela preferida. Lá nas alturas encontramos a nossa estrelinha. Ela está distante, entretanto conseguimos amá-la profundamente!

Parabéns pelo seu belo poema!

Abraços!

Diana Carla disse...

Lindo poema...que assim seja!!

bjinhus e boa note

Mariz disse...

Q o infinito se aproxime de nós em amor...lindo, poeta querido.

beijos de boa noite!


Mariz

Dayse Sene disse...

Verdade amigo! Para que irmos tão longe, se primeiro devemos nos amar? Amando-nos primeiro, com certeza o infinito se aproximará de nós, e assim, alcançaremos o amor.
Uma noite linda, com o amor juntinho de você, respirando contigo o mesmo ar, sentindo o mesmo coração, e dividindo as mesmas emoções.
Abraços carinhosos.

Desnuda disse...

Querido Poeta!

Um dos seus mais belos poemas! A verdade, a beleza!

Beijos com carinho amigo Everson

Aleatoriamente disse...

Olá querido.
O amor é uma semente já plantada em nós, cresce a cada dia e se instala em pequenos brotos.
Ele realmete está em todo lugar.
E com certeza nos dedos que escreveu o poema.
lidamente escrito Everson.

Bejinho querido

Fernanda

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, poeta talentoso.Muito lindo e sensível o seu poema.
Fazemos tanta questão de tornar o amor difícil, quando realmente ele está ao nosso alcance, e muitas vezes não nos damos conta disso.
Beijo grande e excelente domingo!

Abraão Vitoriano disse...

"Que eu quero você
Assim feito lua
Tão nua
Menina que mora
No alto da rua"

tornou-se até redundante
mas seu verso para além de bonito
é vestimenta de luxo

abraços,
do menino

fique com Deus!

Suely - HD disse...

Boa noite meu amado,

Muito lindooooo esse poema...

beijos
Suely

 
Web Analytics