quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Tub`s
Ilha sem luar
Mar sem estrelas
Onda que não quer voltar
Eu queria tanto tê-las
Conto que contas
Contas histórias infinitas
Num misterioso mergulho
Canta as canções em que acreditas
Moras num oceano que é só seu
Tirando a paz do Pacífico mundo meu
Mas vem até a praia só pra me visitar
Catar conchas caídas na areia
E deixar seu corpo ser beijado pelo mar
Ali deixou desenhado um coração
Pra quem sabe num futuro
Uma borboleta vir pousar
E ficar te olhando no escuro horizonte
Que toca o infinito do céu em luar e todo azul do mar.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

34 comentários:

Pena disse...

Fabuloso e Genial Poeta Admirável:
Registei:
"...Mas vem até a praia só pra me visitar
Catar conchas caídas na areia
E deixar seu corpo ser beijado pelo mar
Ali deixou desenhado um coração
Pra quem sabe num futuro
Uma borboleta vir pousar
E ficar te olhando no escuro horizonte
Que toca o infinito do céu em luar e todo azul do mar..."

Estes versos são de uma pureza e beleza imensas que faz de si um extraordinário poeta das suas musas e do amor.
Notável.
Quantos amores perdidos e achados.
Escreve com talento e magia.
Abraço amigo de respeito pelo seu eu pessoal, social e humano grandiosos.
Sempre a admirar a sua poesia gigantesca de sublime sentir.
Será o eterno poeta fantástico do amor.


pena

✿ chica disse...

Leve, linda como o voo da borboleta! abração,ótimo dia,chica

LUZ disse...

Olá querido Everson,

Poema muito vivo e colorodo, onde o amor se mistura com a natureza.

Beijos de luz.

Severa Cabral(escritora) disse...

Belo dia prá ti!
Meu príncipe das letras...
No infinito do céu com o azul do mar,somos capazes de transformar nossos sonhos,pois estamos no alcance de nossos valores...
bjs para aquecer teu dia!

Vivian disse...

Bom dia,Everson!!

Belíssimo poema meu amigo!!!
Que toda esta inspiração lhe traga o amor para bem junto de si!
Beijos!!!
Tudo de bom!

Andy Santana disse...

Bom dia meu amigo,
uma ótima quinta-feira.

Ivana disse...

Everson, bom dia!
Lindos versos, e ninguém vive só, como numa ilha, um lindo dia pra você, um abraço!

Mariangela disse...

Que lindo querido poeta, um dia viverá todo esse sonho.
Um belo dia pra você!
Mariangela

marlene disse...

lindo everson a cada dia mais lindos poemas brotam deste coração cheio de amor e poesia,poemas que cantamo mar borboletas,posso visualizar toda a beleza desta ilha ao fechar os olhos
um abraço com cheirinho de mar,
bjs marlene

edumanes disse...

O poeta imaginou
A inspiração apareceu
Os seus olhos iluminou
Este poema, escreveu!

Parabéns amigo pelos sempre lindos poemas que muito bem escreve.

Continuação de boa semana.
Um abraço.

SOL da Esteva disse...

Everson

"(...)Canta as canções em que acreditas
Moras num oceano que é só seu
Tirando a paz do Pacífico mundo meu
Mas vem até a praia só pra me visitar(...)".
Perturbante de encantos...

Abraços

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.com/

Anônimo disse...

teste

Maria Beatriz disse...

Que encantador! *u* Você escreve com uma poesia que hipnotiza. Muito lindo!


http://biacentrismo.blogspot.com

Bandys disse...

Uau!

Bela poesia..

Uma ilha seria sonifera? rsrs

Beijos

Audrey Andrade disse...

Sua poesia é de calar! SENSACIONAL, Everton!!! "... deixar seu corpo ser beijado pelo mar..."

Meu carinho, querido, que Deus continue te iluminando!
http://pequenocaminho.blogspot.com

... "re" ... disse...

Poeta... Amei!

Um belo poema de desejo e de saudade. Uma partilha e cumplicidade de mãos dada na esperança. Que esta bela borboleta "pouse e ame"...

Sabes Poeta, quase todos os momentos da minha vida foram inesquecíveis, porque era sempre presenteada por um linda borboleta e hoje tu presenteaste-me no teu poema.

Lindo poetar, reportou-me a cena.

Baci di una farfalla blu... Tub`s

gota de vidro disse...

O teu poema é muito belo pois é de uma suavidade e beleza que toca a alma.

Belíssimo

Bom resto de semana

Beijinho da Gota

MARILENE disse...

Coloca muita sensibilidade em seus versos. Transporta-a para a natureza e para a vida, sempre a cantar o amor.

Bjs.

Daniel Costa disse...

Everson

Se não há estrelas, tem de faltar o luar. Mesmo em noite escura, sobretudo, o poeta fica sempre com a faculdade de saber amar.
Meu amigo abraços frternos

Rô... disse...

oi meu amigo,

o amor é uma mistura perfeita de sentimento com natureza,
e você descreve essa mistura com muita suavidade e beleza...

beijinhos

Vera Lúcia disse...

Olá Everson,

Versos românticos e delicados, como o seu coração de poeta.

Beijos.

Evanir disse...

Filho Amado..
Obrigada pela ajuda ontem a noite espero não ter atrasado sua postagem.
Eu amei seu poema mais estou estrando as imagens da sua postagem.
Seja como você sempre foi filho não quero que mude seu jeito lindo de
um anjo que tesse os mais belos elogios a todas as deusas (MULHERES)
Obrigada por tudo que você representa para todos nos amantes da poesia.
Beijos de linda tarde.
Mãezinha..
Evanir..

Regina Rozenbaum disse...

Gosto um tanto quando escreves leve assim...voo junto.
Beijuuss, poeta amado, n.a.

Dja disse...

oie Everson


Que delicadeza,lindo seu poema.

beijos,meu carinho.

Adolfo Payés disse...

me inclino siempre ante tu poesía amigo.. y un Bravo de los mejores..

..

Un gusto leerte


Un abrazo
Saludos fraternos..

Escondidinha disse...

Olá
poema lindo, parabéns

boa quinta e brigada por sua presença no meu blog

beijinhos

Assis Freitas disse...

Ao atlântico e pacífico há sempre o mar a se espraiar,


abraço

Flor de Jasmim disse...

Belissimo como o voar de uma borboleta.

Beijinho meu amigo

Nos Amando... disse...

olá
passando para conhecer
seu blog e ler um pouco
poema, lindo,
me encantei.
linda noite

Rute disse...

Que lindo meu amigo, Amei esse trecho:
"Moras num oceano que é só seu
Tirando a paz do Pacífico mundo meu
Mas vem até a praia só pra me visitar
Catar conchas caídas na areia
E deixar seu corpo ser beijado pelo mar
Ali deixou desenhado um coração
Pra quem sabe num futuro
Uma borboleta vir pousar
E ficar te olhando no escuro horizonte
Que toca o infinito do céu em luar e todo azul do mar.


(Só nos sabemos o quanto a saudade de outrora nos machucaram não é? fazendo referencia do seu comentário na Literatura)

Então meu querido amigo, bola pra frente....porque atrás vem gente, rsrsrs.....

Beijos

lita duarte disse...

Everson!! QUE LINDEZA!;)

Bjos.

Marcia disse...

Poeta das mais belas poesia ,um beijo pra vc!!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amigo! Como sempre, aqui passando para apreciar mais uma das tuas criações. belo poema, com destaque para o trecho abaixo:

Tirando a paz do Pacífico mundo meu
Mas vem até a praia só pra me visitar
Catar conchas caídas na areia
E deixar seu corpo ser beijado pelo mar

Abraços,

Furtado.

Elisa T. Campos disse...

Everson

Poemas que só você sabe pincelar

...mas vem até a praia só pra me visitar
catar conchas caídas no mar....

Beijos

 
Web Analytics