quinta-feira, 10 de junho de 2010

A Menina e o Vento
Caminhar tranqüilo pelo tempo
Serenidade de um momento
Seguia seu triste caminho
A menina e o vento
Seus cabelos eram tocados
Levando a distancia sue perfume
Seus lábios aguardavam um beijo
Como a noite a um vagalume
A mão direita sobre o peito
Como quem acaricia o coração
Descobriu que o amor não tem mais jeito
Tudo não passa de grande ilusão
Ela seguia seu caminho
Esperando por um enorme carinho
Um momento doce de vida
Alguém que lhe mostre a saída
Tão meiga e tão criança
Do mundo não pede nada
Apenas que a deixe entrar na dança
Ela deita sob o luar
Fecha os olhos e começa a sonhar
Com um amor que venha do infinito
Colorindo o horizonte enfim
Que faça do seu espírito o mais bonito
E receba da paz o esperado sim.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade
O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

42 comentários:

Nany C. disse...

Nossa... quando o amor não tem mais jeito... será qua não tem mesmo?...rs

Beijos no teu coração meu amigo Uma ótima quinta pra ti!

Pat. disse...

Nós sempre almejamos isso meu lindo, fechar os olhos e viver os sonhos...

Um beijo especial com carinho,
Pat.

Obrigada por tua presença sempre!
Te adoro.

Fátima disse...

Vim te desejar um linda noite de sonhos.
Beijo com carinho querido amigo, e agradeço sua delicadeza sempre.

legalmente loira... disse...

querido amigo,
você é encantador!
lindo seu carinho, obrigada.
falar de amor é uma delicia e viver de sonhos em certas epocas nos faz bem.
beijos com carinho.

ah vou enviar e-mail para o livro esta bem?

Nanda Assis disse...

acho que sou essa menina.

bjosss...

Pena disse...

Brilhante e Fabuloso Poeta Amigo:
"...A menina e o vento
Seus cabelos eram tocados
Levando a distancia sue perfume
Seus lábios aguardavam um beijo
Como a noite a um vagalume
A mão direita sobre o peito
Como quem acaricia o coração
Descobriu que o amor não tem mais jeito
Tudo não passa de grande ilusão..."

VOCÊ é possuidor de uma sensibilidade extraordinária. Perfeita.
Quanto talento belo.
Parabéns sinceros. Divinal.
Abraço amigo de um respeito e estima pela profundidade do seu versejar significativo e fantástico e celestial.
Sempre a lê-lo com atenção pela maravilha terna do que concebe.

pena

É uma honra indescritível a sua amizade. Adorei.
Bem-Haja, precioso Poeta ENORME!

direitinho disse...

A menina, o vento e o tempo.
Gostosos de ler os seus poemas presos na linha bucólica que encanta.

Daniel Costa disse...

Everson

Caminhar e no caminho encontrar, será o modo do poeta se cruzar com a beleza, essa que este encontrará para descrever na sua poesia sempre fina, sempre cheia de singela riqueza.
Abraço fraterno
Daniel

Pelos caminhos da vida. disse...

É o que continuo esperando...

beijooo.

Riff disse...

Uai... O q. aconteceu q. o poeta desapareceu...Tomou chá de sumiço é? Ta tristinho comigo? Dá dando gelo? Gostei não...Volta... vem viver outra vez ao meu lado..kkkk. Sorry apenas senti sua falta. Muito quieto pro meu gosto.. Bjitos mil e tenha um grande dia querido amigo.Depois volto com calma para ler suas lindas escritas...

Desnuda disse...

Bom dia, querido poeta!

Um poema lindo, Everson. Vai fundo no coração dos leitores.


Carinhoso beijo.

Lívia Azzi disse...

... "O amor não tem mais jeito
Tudo não passa de grande ilusão"...

Talvez os amores verdadeiros são aqueles que não existem, por serem impossíveis de aspirar...

Beijos e um lindo dia pra você!!

Assis Freitas disse...

a menina e o vento é como um rito de iniciação,


abraço

*lua* disse...

Amigo, sua sensibilidade é algo muito mágico ... que nunca lhe abandone ... pois cada vez mais precisamos desse bálsamo de palavras em nosso dia! beijo

Riff disse...

Ufaaa q. alívio...Já estava programando um suicídio... Iria me jogar lá do Cristo Redentor com o seu livro pendurado no meu pescoço....Auauau isto sim seria uma grande DIVULGAÇÃO nénão??? kkkk... Mentirinha de mineirinha bobinha...Bjitos e grande dia queridão.

Anônimo disse...

Sei que vc está triste comigo, mas queria que me entendesse.Não sei lidar com a perda.Me ensina por favor, fica perto,partilha comigo o silêncio, esse mistério com o qual ainda não sei lidar. Talvez por estar demasiada habituada às palavras. Tu sabes o quanto gosto de falar… de escrever. Ensina-me a ver além dos meus silêncios, e aprende a amar-me como palavras sem escrita, palavras sem lábios…

Beijos poeta.
Felina.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Essa dança da vida é tão sagrada.

Everson, você é um querido amigo.

Que seu dia seja de luz.

Rebeca

-

Carlos Augusto Matos disse...

A menina e o vento...
Ótima poesia...Me fez lembrar uma amiga esta sua poesia, vou ligar pra ela e recitar seu poema, e passar o site pra ela, pq essa ta a cara dela...

Abração...

Fátima disse...

Querido menino, o freio desandou nessa blogosfera, os corações estão dilacerados as carências acentuadas, a imaginação descontrolada, com suicídio para divulgação, rsrs...nossa!
É engraçado como temos aqui a liberdade de cobranças afetivas que nem de longe nos atrevemos no real, e sabe, eu adoro isso.

Vou roubar flores do seu (nosso) jardim, quero distribuir algumas agora, já.
Pra começar...fica com essa aqui pra você querido.
Beijo de carinho.

mARa disse...

...me senti essa menina, rssss....lógico, pooesias tem esse lance de catarse, purificação...

Letras deliciosas. Vou sentir agora o vento da estrada, se calhar tiro umas fotos da estrada, há lugares lindo e um Horizonte magnifico.

Friozinho gostoso aqui tbm. Beijos do meu Horizonte voante, ao Teu Belo Horizonte.

Você sabe Ser Lindo!

Sandra Botelho disse...

E que o vento traga um amor que seja imortal...
Bjos achocolatados

Ju Fuzetto disse...

Os Ventos sempre trazem algo de bom!!!



Que lindo, boa quinta amigo!!
beijo

Sandra Mara disse...

Oi meu amigo, depois de mts meses afastada finalmente retornei...
Estava com saudade desse cantinho q tanto adoro vir me aconchegar, lendo suas histórias q me faz um bem enorme...
Ufaaa, voltei e estou mto feliz, viu?
Uma dia iluminado e abençoado para vc. Bjs e até já já!!

Mar... disse...

O amor não tem mais jeito...é tudo loucura, desejo e paixão...
Lindo de viver meu amigo querido...
Como vc está??
Espero que esteja mais animado...
Estou aqui sempre na torcida viu...vc é meu amigo roqueiro querido...
Lindo dia meu querido...Bjs carinhosos...

Wanderley Elian Lima disse...

O que não se pode perder é a esperança. O amor acontece.
Grande abraço

Anônimo disse...

Olá, querido! Lindo poema! esperança é a última que morre e a primeira que re.nasce.
Muito obrigada pela presença constante. Tenha uma Boa Noite e Um Bom Dia*

*Que não sejam açucenas
as veias e as mãos serenas,
bem pode ser;
mas que nelas não se vejam
quantas graças se desejam,
não pode ser.

+ beijossssss*******
Rê*

FERNANDINHA & POEMAS disse...

QUERIDO EVERSON, BELO POEMA AMIGO TOCOU FUNDO NO MEU CORAÇÃO...SUBLIME...!
ABRAÇOS DE CARINHO E AMIZADE,
FERNANDINHA

AFRICA EM POESIA disse...

EVERSON
Saudades de passar por aqui.
Linda POESIA.
Um beijinho grande

Priscila Rodrigues disse...

O vento.. não tem mais jeito..

Linda poesia, Everson..

Beijos.

IT disse...

Hoje estou assim,
como uma menina ao vento...
sem rumo no infinito do tempo.

Tem nada não!ainda encontro onde deixei minha paz...encontro sim.

Um final de noite linda ao poeta.

"IT ao vento" rs

Mila disse...

Ótima poesia, maravilhosa, todas as meninas sonham com isso...
Desculpa minha ausência.
Bjs Everson
Mila Lopes

M@ria disse...

“Num deserto de almas também desertas, uma alma especial reconhece de imediato a outra.”

Caio Fernando Abreu

Feliz Noite e beijos meus!! M@ria

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amigo! Passando para apreciar mais um dos teus belos poemas e dizer que gostei muito da "Menina e o Vento", com ênfase para o trecho abaixo:

Fecha os olhos e começa a sonhar
Com um amor que venha do infinito
Colorindo o horizonte enfim
Que faça do seu espírito o mais bonito
E receba da paz o esperado sim.

Abraços e que fiques na paz de DEUS.

Furtado.

PS= Fiquei feliz por saber que não foi despedida, e quanto à amizade, fiques certo que a recíproca é verdadeira.

lita duarte disse...

Everson,

Sonhar, sonhar,sonhar...

Beijos.

Luciana P. disse...

Ah, e que menina livre ela é, pois ser tocada pelo vento, pela natureza, é viver em harmonia com a essência da vida.

Não me pergunte de onde eu tirei isso.

Beijos pra ti!

Gostou do link que eu te mandei?

Helô Müller disse...

É só na entrega que se encontra a paz...
Nem sempre o desfecho nos é favorável ou como desejaríamos, mas é na aceitação que encontraremos a tão almejada paz interior!
Lindas palavras, como sempre, Poeta da alma!
Beijos de admiração!
Helô

M@ria disse...

“Num deserto de almas também desertas, uma alma especial reconhece de imediato a outra.”

Caio Fernando Abreu

Feliz Noite e beijos meus!! M@ria

Pérola disse...

Oi meu linnnnndo,eita poema danado de bom.
Fico boba com a facilidade q escreve e se expressa,vc é tuuuuuuuudo de bom meu querido.
Quando é q a gente vai casar?rs.
Beijos milllllllllllllllllll

romantic disse...

olá poeta que faz sonhar,
ventos que traz aos cabelos,
uma vida viva pra amar...

bjs meus !marcinha.

NADJA disse...

OIE DOLADINHO ..OLHE O MEU ARRAIÁ TA PEGANDO FOGO KKK APARECE VIU..VIM TE OFERECER O MEU MIMO DIA DOS NAMORADOS OK!!!

http://www.meurascunho.blogger.com.br/!dia%20namorados%20nadja.gif
BEIJOKINHAS CUMPADREZINHO...COM SABOR DE CANJIQUINHA !!!

Sônia Silvino disse...

Um lindo toque de amor com uma brisa gostosa...
Bjs, muitos!

Amapola disse...

Que maravilha!! Parabéns!
Você é poema.

Um grande abraço.

 
Web Analytics