terça-feira, 8 de junho de 2010

O Último Barco do Planeta II
Eu navegava em sonhos
Querendo te encontrar
Eu me perdia em sua onda
Nos mistérios do seu mar
Eu queria invadir sua praia
Alisando você como a areia
Eu queria te pegar no colo
Minha pequena sereia
Hoje eu quero muito amor
Brisa que trás beijos do sul
E nesse mundo frio
Eu desejo seu calor
Se isso hoje é um sonho
Amanhã poderá ser real
Divagar em águas calmas
Mergulhando num ideal
Seu sorriso minha lembrança
Seus desejos de criança
Faz o mar se revoltar
E o barco entrar na dança
Mas eu guardo no coração
O balanço dos seus cabelos
Meus desejos os seus beijos
Seus desejos meus apelos
Faz de mim um marinheiro
De amor e de esperança
Nas ondas do seu corpo navego
Onde meu horizonte livre
Em harmonia te alcança
Vem em meus braços flutuar
Feito ilha sem direção
Vem depressa me encontrar
E traz pra mim o seu coração
Que no verde e azul sereno
Repousa o meu em solidão
Que faz de mim um gigante e pequeno
Querendo apenas a paz
De poder pegar na sua mão.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade
O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

46 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo Poema, querido! Que bom que aqui se respira! Você quis invadir uma praia. Invadiram a nossa, coletiva, o Poesia em Língua Portuguesa por Liberdade de Expressão. Só esse o motivo.
Beijos e Bom Dia a Todos Nós*
Renata

ღPat.ღ disse...

Um dos mais lindo que já li dos teus poemas...

Que todos os teus sonhos se realizem sempre meu querido!
Um beijo especial no teu coração,
Pat.

Pluma Roja disse...

Siempre con un canto a la mujer, poeta del amor y la belleza. Un placer pasar tu espacio.

Saludos cordiales,

Mila disse...

"Nas ondas do seu corpo navego
Onde meu horizonte livre
Em harmonia te alcança"
Belos versos, adoro!!!!
Bjs Everson!
Mila Lopes

IT disse...

Maravilhoso! lindíssimo! dentre tantos outros, que já me deliciei aqui.Leio,leio e leio várias vezes e não paro de ler....fiquei extasiada! Parabéns Everson.

"Eu navegava em sonhos
Querendo te encontrar
Eu me perdia em sua onda
Nos mistérios do seu mar
"Eu queria invadir sua praia
Alisando você como a areia
Eu queria te pegar no colo
Minha pequena sereia
Hoje eu quero muito amor
Brisa que trás beijos do sul
E nesse mundo frio
Eu desejo seu calor
Se isso hoje é um sonho
Amanhã poderá ser real
Divagar em águas calmas"....

Um olhar de admiração ao poeta.

EU SOU NEGUINHA disse...

Lindo de viver..perfeita harmonia,perfeito equilíbrio...amei
Beijos
Nega

Fabrício Santiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabrício Santiago disse...

Oi moço poeta. Como estão as coisas por aqui? Bem tenho certeza. Venho cobrar sua visita ilustre la no meu barraco de telha de zinco, a Narroterapia...rs Lá a gente pode tomar um cafézinho no copo de geléia, comer um anguzinho frito servido na lata de goiabada, tal e coisa.
Abraços, te espero lá

Nanda Assis disse...

puxa que declaração de amor e tesão!!! adorei!!!

bjosss...

M@ria disse...

Tem selinho aqui prá voce.

"Prá Frente Brasil!!!!!

Venha buscar o seu.
SAUDAÇÕES BRASILEIRA! M@RIA

Garota Misteriosa disse...

Como seria bom se o amor fosse um belo e lindo passeio de barco, ou como as ondas dos mares mais tranquilos deste nosso continente...

Como seria gostoso que o amor chegasse com um barco a vela, guiado pelo vento... pelo pensamento de querer bem, de querer estar junto.


Lindo poema

Daniel Costa disse...

Everson

Será sempre no último barco do pleneta onde viajará o cometa, que aporta à prais trazendo a faia que nos há-de entusiasmar com o convite a amar, onde viajará a sereia, que tecerá a teia para enlear. Porém haverá sempre o cheiro a maresia na praia, na estrela que nos guia e convida a amar.
Abraço fraterno
Daniel

lita duarte disse...

"Seu sorriso minha lembrança"

Navegando sem fim...

Everson,

Bom dia!

Beijos.

Pelos caminhos da vida. disse...

Maravilhoso, um dos mais bonitos poema que li até hoje amigo.

beijooo.

Maria Dias disse...

Um Poema cheio de amor verdadeiro(quando se ama basta só um olhar ou mesmo um aperto de mãos para nos preencher, isto está lindo!
E com certeza se musicado daria uma bela cançao.

Beijinhos
Maria

Luciana P. disse...

No fundo, sempre procuramos pela paz, uma amor calmo que nos aconchegue, que nos amprare, que nos proteja...
A paixão pode até ser boa, ireresistível e nos coloque em febre, mas a tempestade é muito inconstante e nos põe inseguros, daí o desejo pela constância da calmaria...´

Beijos pra ti e um ótimo dia!
Comecei cedo hoje pra ver se dou conta...

Mary Help disse...

Nagegando sem fim...
Bom dia meu amigo querido, vim dar uma olhada nesse cantinho lindo!
Bjux no seu coração, Mary Help!

Mary Help disse...

Nagegando sem fim...
Bom dia meu amigo querido, vim dar uma olhada nesse cantinho lindo!
Bjux no seu coração, Mary Help!

Ju Fuzetto disse...

Lindissimo poema!!!

Vc arrasa sempre!!

Boa semana amigo, fique com Deus!!

beijo

Assis Freitas disse...

a última nau a se lançar em recomeços,

abraço

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

E aqui e ali estamos/somos como sempre. E Viva a Liberdade e Poesia em Língua Portuguesa e em todas as demais línguas!

"Desde os primórdios da humanidade
Poucos enxergaram a verdadeira razão
Do papel que cada um representa
Na grande espiral da evolução"

Valter Montani*

Beijos****************
Bom Diaaaaaaaaaaaaaa!
Renata Mariaaaaaaaaaa

♥ Lady ♥ disse...

Eu navego em meus pesamentos sempre.
Navegar nas suas poesias, é um prazer.
Obrigada pelo carinho poeta e por me dar notícias da nossa querida Felina.
Tenha um lindo dia.
Com carinho, Lady.
Bj

Felina Mulher disse...

Bom dia Everson,

Saiba que é sempre um prazer ler suas poesias e essa parece que foi a mais apaixonada de todas...continue meu anjo, seus desejos serão ouvidos e saciados.

Um grande beijo no teu coração.

Amapola disse...

Para quem amamos, gostaríamos mesmo de ser tudo.
Bela declaração, do jeito mais lindo de se fazer.

Um grande abraço, poeta Everson.
Tenha uma semana abençoada.

carol sakurá disse...

A nau do amor perfeito!
Belíssimo,Poeta!
Bj!

Secreta disse...

QUe belo este teu barco :)
Beijito.

Desnuda disse...

Querido poeta,

um poema fantástico. Lindo de "viver" em cada verso.



Carinhoso beijo e lindo dia!

paula barros disse...

"Mas eu guardo no coração
O balanço dos seus cabelos"

Achei bem original. Me chamou a atenção.

Que nunca este marinheiro deixe de navegar em busca do amor.

beijo

Sandra Botelho disse...

O mar nos inspira a falar de amor...
O amor que as ondas trazem, e que permanece em nossos corações eternos como o proprio mar...
Bjos achocolatados

Lívia Azzi disse...

Olá amigo Everson!!

Belo poema que escreveu...

Me fez lembrar de um sonho que tive quando estava perdidamente apaixonada e no sonho eu navegava em um barco em mares inquietos, tenebrosos e agitados...

Beijos!!

Pena disse...

Admirável Poeta Amigo:
Cada vez mais, surpreende pelo seu génio poético fabuloso.
Fantástico. Perfeito.
Abraço de parabéns sinceros pela beleza do seu versejar e ver as musas de sonho.
Sempre a nutrir por si e pelo que faz com brilhantismo, um forte respeito e estima.

pena

Excelente!
Bem-Haja, fantástico amigo gigante de bem.
Extraordinário.

Mar... disse...

Creio que essa seja a mais linda ou a que mais me tocou...
Vc me encanta meu poeta roqueiro...
Hj percebo que vc já está um pouco mais animado...
Que a felicidade seja constante na sua vida...basta vc querer...
Um dia repleto de grandes realizações meu amigo querido...
Bjs carinhosos...

Ira disse...

Meu querido poeta, nossa esse é simplesmente excepcional!!!Dá até vontade realmente de ficar nos braços e viver a poesia!Bjs meu lindo!!Fica com Deus!!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá poeta
Tomara que seu mar se acalme, e lhe traga ela que você tanto quer.
Agora vamos ficar com o Cuca fresca rsrsrsrsrs
Abração

Mariana disse...

Belo e encantador o poema.
não seria diferente, te considero um grande poeta.

Anônimo disse...

A paz que trago hoje em meu peito é
diferente da paz que sonhei um dia.
Todavia, o tempo vai nos mostrando
que a paz é resultado do entendimento
de algumas lições importantes que a vida nos oferece.
A paz que procuramos, muitas vezes,
está no silêncio que não fazemos.
Para ter Deus e Paz
é preciso primeiro possuir Deus e Paz.
Uma linda tarde meu filho amado beijos.
Evanir

Caminhos Poéticos disse...

Encantada com seu poema...lindo D+++........Parabéns!!Beijos!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

O sorriso sempre causa a melhor lembrança.

Maravilhoso final de tarde, querido amigo.

Rebeca

-

Bandys disse...

Everson,
Claro que eu me lembro. E sinto saudade tambem.Mas ainda estou muito devargar e só visito os super amigos mesmo. Seu blog continua dando erro pra mim.E eu preciso abrir rapido a caixa de comentario senão ele fecha.Tenho que tentar no mozzila ou seja em mim, hahahaha. Tenha um pouco de paciencia que rapido eu volto.

Seu poema só deu pra ler um pedaço, mas sei que voce da show e faz parte do meu.

Beijos

Pérola disse...

Nossa meu menino que poema linnnnnnnndo.
Fiquei impressionada com os detalhes,parabénssssssssssss.
Beijos embrulhados com muito carinho.

Juliana Dias disse...

Emocionante! Sempre!

p.s. essa música tocando no blog é a minha preferid!!!

Lou Witt disse...

Querendo apenas a paz de pegar na sua mão.

Simples e lindo!!!

Beijo, querido!!!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amigo! Passando para apreciar mais um belo poema e aprender um pouco mais.

Abraços e fique com DEUS.

Furtado.

mARa disse...

...te dando a mão e te convidando pra Voar,Viajar e Sonhar...Podemos tudo, quando fechamos os olhos de mãos dadas, podemos sentir a Brisa suave nos cabelos na imensidão do (a)mar...Teu Mar de Sonhos...Teus Sentimentos...

Tão Meus!

Beijos do Sul! Uma ótima Noite de Inspiração!

(aqui frio Sul,Vento Sul, os sentimentos precisamente num Belo Horizonte...rssss....Beijos meu Lindo Amigo.)

Felina Mulher disse...

É nesse silêncio em que me encontro que te leio

É nessas palavras lidas que te digo o quanto me fazes falta…

E querendo me desfazer dessa solidão, grito toda a saudade de ti …

E cubro minha alma de tua ausência para nunca mais estar só…

Felina Mulher.

Carlos Augusto Matos disse...

Ótima poesia... Vc como sempre abusando da perfeição... Por isso venho aqui todos os dias...

Abração....

 
Web Analytics