domingo, 13 de junho de 2010

A Sua Boca
A sua boca me fala de amor
A sua boca me beija com amor
A sua boca é alimento aos meus beijos
A sua boca é perfeição aos meus desejos
A sua boca foi moldada por anjos
A sua boca só fala poesia
A sua boca é obra de arte da natureza
A sua boca muito me arrepia
A sua boca me dá um sorriso
A sua boca me fala eu te amo
A sua boca diz o meu nome
A sua boca responde quando eu te chamo
Quero seus lábios encostados nos meus
Quero meus carinhos nos carinhos seus
Quero estar contigo noite e dia sem parar
Quero me deitar ao seu lado pela madrugada
Sem a menor pressa de a manhã chegar
Quero-te olhar deitada e serena
Dormindo menina e acordando mulher
Quero satisfazer todos os seus desejos
Sejam de quais sonhos tiver
Quero terminar a poesia
Que se perde numa chuva fria
Quero voltar aos seus desejos
Quero sua boca e você inteira
Pra guardar todos os meus beijos.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade
O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

40 comentários:

Lívia disse...

A boca ganhou conotação própria, pareceu-me a própria alma da mulher.

Os sonhos das mulheres são infinitos, assim como seus desejos...

O beijo é um dos caminhos para realizá-los intensamente.

Forte abraço!

Amor feito Poesia disse...

O amor é tão mais fatal do que eu havia pensado, o amor é tão mais inerente quanto a própria carência, e nós somos garantidos por uma necessidade que se renovará continuamente. O amor já está, está sempre. Falta apenas o golpe da graça - que se chama paixão.

Clarice Lispector

Feliz Domingo....Beijos & Flores...M@ria

Beeta disse...

fiquei toda arrepiada... que profundo, num dia cm esse o texto é mais do que oportuno, é magnífico...
beijos

Daniel Costa disse...

Everson

Eu quero... querendo a boca é ganhar, é a leveza do amar. O poeta canta essa leveza, cultivando a sublitileza dos grandes espíritos da poesia. Usa a forma literárida poética do amor duma forma que encanta e prende mesmo.
Abraço fraterno no Dia de Santo António de Lisboa, que viveu a madrugada em festa.
Daniel

Daniel Costa disse...

Everson

Eu quero... querendo a boca é ganhar, é a leveza do amar. O poeta canta essa leveza, cultivando a sublitileza dos grandes espíritos da poesia. Usa a forma literárida poética do amor duma forma que encanta e prende mesmo.
Abraço fraterno no Dia de Santo António de Lisboa, que viveu a madrugada em festa.
Daniel

Daniel Costa disse...

Everson

Eu quero... querendo a boca é ganhar, é a leveza do amar. O poeta canta essa leveza, cultivando a sublitileza dos grandes espíritos da poesia. Usa a forma literárida poética do amor duma forma que encanta e prende mesmo.
Abraço fraterno no Dia de Santo António de Lisboa, que viveu a madrugada em festa.
Daniel

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Bocas falando de amor, são bocas sedentas de amor. Quando se encontram é amor pleno, num beijo, que é a mais pura entrega de alguém a outro. Parabén e ótimo domingo. Um abraço

Felina Mulher disse...

Hoje, se me perguntarem, se existe um amor intenso, responderia com certeza, basta olhar o que escreve o Everson...parabéns!
O amor fala pelo que você escreve!
Beijos!
Um excelente domingo....estou na Fazenda.

Lua Nova disse...

Bom dia, meu poeta querido... tudo bem? Sua poesia continua intensa e fecunda.
Que tua semana seja maravilhosa e que tua poesia continue adocicando as manhãs.
Beijos carinhosos.

Pat. disse...

Poema cheio de querer...sendo a boca, porta de entrada do Amor que dedicas.

UM beijo especial com muuuuuito carinho e um domingo de alegria meu querido.

Assis Freitas disse...

bocas rugem de intensidade,
bom domingo


abraço

Wanderley Elian Lima disse...

Olá poeta
Bocas que falam, que beijam que encantam, são fundamentais.
Uma ótima semana para você
Abração

Pérola disse...

Bom dia meu querido.
Vamos combinar que a boca é o começo de tuuuuuuudo rs
Amei,muito lindo e sensual na medida certa.
Parabéns poeta.
Beijokas.

IT disse...

"Fechei os olhos para não te ver
e a minha boca para não dizer...
E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei,e da minha boca fechada nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei...

O amor é quando a gente mora um no outro"

bjos com carinho de IT

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Todas as confidências são ditas pela boca do coração.

Que seu domingo seja de luz, querido amigo.

Rebeca

-

FERNANDINHA & POEMAS disse...

QUERIDO EVERSON, POR FALTA DE AMOR, NINGUÉM É INFELIZ... BASTA PASSAR PELO BLOG DO NOSSO QUERIDO AMIGO EVERSON...
GOSTAVA DE TER VIVIDO UM AMOR ASSIM... QUEM NÃO GOSTARIA ???
ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Insana disse...

aiai desta forma nem tem como negar rs

bjs
Insana

Sil.. disse...

Lindooooo o que voce escreve!!

Ganhou mais uma fã!

Um abraço!

Mar... disse...

Que delícia hein...
Essa boca que nos causa tantas sensações e deixam tantas saudades...
Lindo final de tarde meu amigo...
e uma linda semana para vc querido...
Saudades de vc viu...e estou feliz pq pareces estar mais contente...estou certa??????
Bjs carinhosos...Mar...

Teresa Augusto Shanor disse...

Pois é, poeta Everson!

Tanta sensibilidade no doce sabor de uns lábios que despertam desejos inconfessáveis...

Lindo demais! E apetitoso tambem!
Um ótimo domingo pra ti.

Um doce beijo no teu sonhador coração.

Pena disse...

Brilhante Poeta Amigo:
Mais um extraordinário momento de bela e deliciosa poesia confeccionado pelo seu enorme e gigantesco talento.
Parabéns.
Abraço amigo de respeito do tamanho do mundo.
Bem-Haja, pela simpatia no meu blogue.
Sempre a admirá-lo.

pena

Excelente!
Perfeito, harmonioso poeta das musas.

Luciana P. disse...

Realmente, se for pra sentir, tem que ser em todos os sentidos: boca; tato, olfato, audição... E que seja intenso sempre. O domingo está cinza e estou sem inspiração pra comentar qualquer coisa que seja, imagine pra escrever.

Beijos e boa semana!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Everson! Passando para te desejar uma ótima semana e dizer que adorei o poema, com ênfase para o trecho abaixo:

Quero seus lábios encostados nos meus
Quero meus carinhos nos carinhos seus
Quero estar contigo noite e dia sem parar
Quero me deitar ao seu lado pela madrugada
Sem a menor pressa de a manhã chegar

Abraços,

Furtado.

Tétis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Priscila Rodrigues disse...

Boa noite, querido..

A boca fala mais com os toques.. rs.

Adorei a poesia.

Tenha uma ótima semana.

Beijos..

Ana Martins disse...

Boa noite poeta,
muito bom, intenso e sensual este poema.

Beijinhos,
Ana Martins

Vanessa Monique disse...

Muy caliente y muy sexy a poesia maravilhosa e a foto.
ótima semana
:*

Blue disse...

As bocas das musas, emolduradas por seus lábios............ nos fazem sonhar...... e sempre neles nossos beijos guardar!

Pois é, Poeta Mineiro, o Roth é igualmente ruimmmmmmmmmm e issopra nós é ótimo!

Abraços

Sonia Schmorantz disse...

Este teu espaço é uma fonte sem fim de poemas sempre lindos!
abraço, otima semana

Marcia disse...

Meu Renato Everson Russo...linda noite...e uma semana muito especial para vc meu amigo querido...
Bjs carinhosos dessa amiga que ti adora...

Ava disse...

Everson, esse seu poema deixa a gente com vontade de beijar...rs

Querido, tenho ando ausente, e em dívida com voce. Sempre as voltas com meu tempo, que tem sido escasso.

Vc é muito querido, tenha a certeza disso..

Beijos meus!

♥ Lady ♥ disse...

Quanto amor, quanto, querer, quanta vida.
Poeta querido, tenha uma semana maravilhosa.
Com carinho, Lady.

Sônia Silvino disse...

Sabe qual é a melhor forma de terminar o domingo com chave de ouro?
Visitando você!!!
Que a sua semana seja cheia de alegrias e de paz no coração!
"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade.
A dor é inevitável. O sofrimento é opcional." Carlos Drummond de Andrade

Sônia Silvino's Blogs

Vários temas & um só coração!

Desnuda disse...

Querido poeta,

um poema lindo, como só você sabe compor. Parabéns, Everson.

Carinhoso beijo.

JADY*ALVES disse...

Hummm ta tudo tão quentinho por aqui... rss

Adorei!
Beijos de boa noite,
Jady

Carlos Augusto Matos disse...

Ótima...
Perfeição em suas rimas...
Há o que falar sobre os versos acima?
Só babar!

Fui...

Abração...

carol sakurá disse...

A boca que deixa o hálito do desejo em nós!
Saudade,Poeta!Estive fora no fds,por isso só passei hj.
Que delícia,curtir o clima frio,com seus poemas quentes...rs.
Beijs!

paula barros disse...

Que maravilha!!!!!! Que boca inspiradora. rsrs

Adorei.

beijo

Amapola disse...

Boa tarde, amigo poeta.

A boca...
Um beijo nos leva no céu... nos mostra que a perfeição existe, mesmo que por poucos instantes.

Um grande abraço, querido Everson.

pimenta disse...

A boca diz, os olhos não mentem.
Que poema maravilhoso, senti um friozinho na barriga, transportei este poema para os meus actuais sentimentos.

Lindo de morrer.

Um beijo

manu

 
Web Analytics