sexta-feira, 8 de julho de 2011

Timidez do Vento
Eu me perco em teu olhar
Eu me afogo em teu mar
Na timidez do vento do seu amor
Que vem de longe me tocar
Sutil sorriso
Medo de voltar a amar.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

O Livro dos Dias Poesias
Adquira o seu no email: evr.russo@uol.com.br

47 comentários:

Julliany kotona disse...

Passei para dizer!
Bom dia ... Boa tarde ... Boa noite ...

Saiba que você estará sempre acompanhado
pelo meu bom pensamento dirigido a você.

E se ainda assim tudo lhe parecer escuro,
e você sentir que nada PODE fazer,
peço-lhe que me conte que ainda lhe resta CORAGEM!
e que me diga num breve recado
que recebeu esta minha mensagem.
Te desejo tudo de melhor sempre, que todos os teus objetivos sejam alcançados,bjos você é muito importante para mim e para o meu cantinho!
Bjos da juju ;D

Até sempre

ღPat. Rochaღ disse...

Sem medo meu amigo querido... amar é isso mesmo!

Um beijo em teu coração.

Luís Coelho disse...

Um poema mais pequeno, em tamanho mas muito grande na sua alma.
Quem de nós nunca teve medo de amar ?

As luzes do amor nem sempre são reais.
Por vezes vemos o amor com as cores que amamos mas não com as cores que esse amor apresenta.

✿ chica disse...

Linda timidez aqui...abraços,chica e ótimo fds!

José María Souza Costa disse...

Hummm... nada melhor do que fantasiar a alma delirantemente, e fazê-la navegar, na direção do cais da imaginação
Abraços

Vivian disse...

Bom dia,Everson!!

Lindo poema!!
Nunca devemos ter medo de voltar a amar...
Bala inspiração meu amigo!!
Boa sexta pra ti!
Beijos!

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia meu menino sonhador!
Nunca devemos ter medo de amar...o amor é um ato de purificação...vamos amar sempre...para não perder esse sabor,rsrsrsrs,te amo!
Bjs para aquecer teu dia !

edumanes disse...

Sua visita venho agredecer,
Deste seu poema da paixão
Com medo de se afogar
Não faça sofrer seu coração
Seja feliz por muito amar.

Também para si,meu amigo, desejo final de semana muito feliz.
Um abraço
Eduardo.

Majoli disse...

Meu querido, a começar pelo título, já me encantei.
Depois ao ler a poesia, ah foi como embarcar nas asas do vento.
Lindo por demais.

Beijos no teu ♥

AC disse...

Everson,
A gente lê o que escreve e facilmente se constata que há uma enorme coerência em tudo o que faz.

Abraço

нєllєи Cαяoliиє disse...

Belíssimo!
Não devemos ter medo de voltar a amar,pois nunca amamos iguais!
Beijos

нєllєи Cαяoliиє disse...

Belíssimo!
Não devemos ter medo de voltar a amar,pois nunca amamos iguais!
Beijos

нєllєи Cαяoliиє disse...

Belíssimo!
Não devemos ter medo de voltar a amar,pois nunca amamos iguais!
Beijos

нєllєи Cαяoliиє disse...

Belíssimo!
Não devemos ter medo de voltar a amar,pois nunca amamos iguais!
Beijos

Flor de Jasmim disse...

Everson
Amar sem medo!!!
Ao contrário do dinheiro o amor dividido não diminui.
Beijo bom fim de semana

Mario disse...

Olá Poeta! As vezes o vento do amor é tímido e as vezes não. O vento do amor também vai e vem, vai no vento do amor dela e pode vir no vento do nosso amor. No verão a delicia de um banho de mar é prazeroso, mas quem tem medo de se afogar não usufrui dessa delicia. Também é assim no amor, quem medra não vivencia este grande sentimento. Pra ser sincero amigo não acredito que exista o medo de amar, o amor é todo destemor e quando ele vem não vem como um vento tímido, vem como um furacão que não tem como segurar ou mesmo se lembrar do medo. O amor é o projétil e o alvo, tanto podemos atingir como podemos ser atingidos. Saudações Poéticas - Mario Neves.

Meu caro amigo Everson! Venho aqui com muita alegria agradecer o seu carinho e prestigio na reinauguração do "Amor Desbragado". Grato pela visita e as marquinhas deixadas pelas sua palavras lá registradas. Obrigado amigo de coração. Que este nosso encantado mundo dos blogs seja cada vez mais humano e real.Que o que sonhamos se transforme numa pura realidade. Saudações Poéticas - Mario Neves.

* Verinha * disse...

Sempre doces e encantadores poemas!
Beijocas super em seu coração Everson!

Verinha

Daniel Costa disse...

Everson

É assim: o vento por vezes parece timido, tal como o amor de paixão. Porém se sobe a hipertensão!...
Abraços fraternos

gota de vidro disse...

Simplesmente bonito.

Acho que há em nós um sempre receio de voltar a amar.

Bom final de semana

beijinho da gota

Mar... disse...

Bom dia meu querido...
E o que é o vento senão a saudade vindo nos visitar....
Querido acabei de postar sua poesia no Simplesmente Mar...foi difícil escolher...mas acabei optando por aquela que falou mais comigo...
Meu Renato Russo...obrigada pelo carinho e por essa amizade que não tem preço...e somente amor, carinho e cumplicidade sabem traduzir o valor que ela tem para mim...
Tenha um dia perfeito e um final de semana repleto de amor, poesia, muita luz e paixão...bjs carinhosos...

Desnuda disse...

Querido Poeta,

O amor vence até a timidez. Linda poesia!


Beijos com carinho e bom fds!

Natália Rocha disse...

E que esse encanto leve todo o medo, que o amar seja tão infinito quanto o mar.


beeijo, querido poeta!

Memória de Elefante disse...

O mar da esperança é fundo
quem nele navega é rei.


Um beijo e otimo fim de semana!

Elzenir Apolinário disse...

Olá, amigo, convido-te a pegar no blog o selo 400 releitores. Bom final de semana. Bjs

Machado de Carlos disse...

Obrigado Amigo!

Bom Final de Semana para você também!

Um Abraço!

Machado de Carlos disse...

Obrigado Amigo!

Bom Final de Semana para você também!

Um Abraço!

Nuestro Cielo disse...

Medo de amar, meu amigo?
Não me diga uma coisa dessas!
Não você.
Mesmo assim, os versos são muito bonitos.

Um abraço!
Que seu fim de semana seja de paz!
Wilson

Luria Corrêa . disse...

Que lindas palavras Everson! Parabéns. Por todo o blog e cada melodia.

Abraço e ótimo fim de semana !

www.disturbiossobrios.com

Rosemildo Sales Furtado disse...

Amar é tão gostoso que, mesmo com medo, vale a pena arriscar.

Abraços,

Furtado.

allmylife disse...

medo mto medo d voltar a amar..rsrs Não é fácil se entregar d novo..rs Bom fim de semana meu amigo!! Q seja mto abençoado!!

Pena disse...

Notável Poeta Amigo:
Continua a maravilhar. SEMPRE e SEMPRE!
Todo o poeta tem receio e timidez no amor. Regressar ao desejado? Todos regressam com receio. Há algo neles de perfeição que buscam e nem sempre obtêem.
Parabéns.
Abraço amigo de gratidão e respeito pelo poeta talentoso que é.
Sempre a admirar o fascínio dos seus poemas.

pena

Bem-Haja, enorme poeta amigo.
Mais uma vez Brilhante como nos habituou.

Carla Fernanda disse...

"o medo de anmar é o medo de ser livre"
Boa noite!
Carla

Rô... disse...

oi Everson,

eu me perco em seu olhar,
e que bom quando o olhar profundo do ser amado,
nos domina e nos magnetiza...

beijinhos

Thay Negrão disse...

Nunca devemos ter esse medo com a gente..porque amar é uma dádiva!!!

Grande beijos, tenha um ótimo final de semana!!!!

Toninhobira disse...

A timidez tem seu papel,mas o medo de amar não pode avançar.Muito bom amigo,sempre inspirado e poetico.
Meu abraço.

Sônia Silvino disse...

É preciso lutar contra os medos.
Sua amizade me faz mais feliz!
Suas visitas aos meus blogs tornam o meu dia bem melhor!
Acompanhe as atualizações dos meus 28 blogs aqui: http://blogsdasoniasilvino.blogspot.com e aqui blogsdasoniasilvino2.blogspot.com
Beijos meus, muuuuitos!

lita duarte disse...

Bom final de semana, Everson.

Bjos.

Livinha disse...

O amor ainda que não te encontre, cuide para que não pereça, pois amor que assim se doa, não há quem dele se esqueça...

Lindo fds pra ti Everson

Bjs

Livinha

Enigma disse...

Olá anjinho,

Vou dormir pensando na timidez do vento do seu amor que vem de longe me tocar. Feliz sábado! Bjs com carinho e amizade! Kiss!! Kiss!!

Mariz disse...

Sem medo de amar...sentimento lindo demais e deve ser compartilhado.

beijos de boa noite, querido poeta!
Mariz

Cecilia disse...

Realmente seu espaço é poético, agradável de se ver e sentir, palavras de profundo sentimento e muito criativa! Falar de amor é algo tão melodioso, profundo e inexplicável, somente quem sente de verdade feito poetas e poetisas podem expressar claramente como seus poemas. Parabéns! Aproveito o ensejo para convidá-lo para a inauguração de meu blogger no próximo domingo, conto com sua presença se possível! Abraços cordiais de muito sucesso!

Lau Milesi disse...

Belo!!! A coisa mais linda do mundo é um amor tímido.É puro e super sensível. Parabéns!!!
Um beijo, poeta amigo.

blog. da Tereza Maria disse...

Olá
Me faz sentir o vento tocando no rosto e desalinhando meus cabelos...timidamente.
Saudades de suas visitas...
Beijo na alma.
Te espero sempre.
Saudações Poéticas.

Paula Barros disse...

O olhar, o sorriso, e o medo de amar. Tem horas que bate este medinho.

beijo

Sandra Botelho disse...

Não tema o amor, ele pode fazer sofrer , mas pode fazer a maior felicidade morar eternamente em nosso coração.
Beijos achocoaltados

Ane Gaúcha disse...

Boa noite, Everson!
Obrigada pela visitinha em meu blog! ;)
Gostei dos teus 2 blogs, muito interessantes... estou seguindo os 2... só me falta tempo pra visitar com mais frequência, mas sempre que possível, estarei aqui acompanhando as novidades!
Beijos!!!

... disse...

rsrsr...um amor timido , a relação fica mais delirante....rsrrsr

Hj acordei impossível!!! rsrsrsr

Bom Dia Amigooooooooooo Lindo!!!

Beijos e Beijos...

 
Web Analytics