quarta-feira, 23 de maio de 2012

Penumbra
Um quarto vazio
Silhuetas em escura cor
Meia lua meia taça
Um corpo sob o cobertor
Meias palavras já não bastam
Quando a solidão procura amor.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta

29 comentários:

Thomas Albuquerque disse...

O semblante solitário revela o sonhar da alma...

boa semana.

Marilu disse...

Querido amigo, a solidão é a pior companheira, um amor faz tanta falta. Beijocas

LUZ disse...

Oi querido Everson,

Penumbra gosto, mas meia, metade, não.
Não gosto de mais ou menos, nem entre as nove as dez.
Total, inteira, assumida.

Beijos da luz.

✿ chica disse...

Quando a procura é o amor, tudo deve ser inteiro! Linda! abração,chica

edumanes disse...

Meio nua adormecida
No seu corpo beleza
Do amor não esquecida
Na solidão sua tristeza!

Boa quarta-feira para você, meu amigo Everson
um abraço.

Kellen Bittencourt disse...

Olá amigo, meias palavras no amor realmente não bastam, o amor exige tudo por inteiro! Bacana! Abraçoooos

Assis Freitas disse...

"quando a solidão procura o amor", caminho do coração


abraço

Camila O. disse...

A solidao e a sorte de todos os espiritos excepcionais. (Schopenhauer)

Bom como sempre, Everson.

Smareis disse...

Se tratando de amor, eu prefiro as palavras inteira, nada pela metade.Tem solidão que é terrivel
, só o amor pode cura-la.

Grande abraço amigo poeta!

Beijos no core♥!

Bandys disse...

Quando a solidão procura amor, pode ficar em em silencio mesmo...o corpo diz tudo.

beijos e uma ótima quarta

Aleatoriamente disse...

O bom de amar, é que podemos , acarinhar o amor com poesia. Belo poema amigo.

Beijão

Daniel Costa disse...

Everson

Olhando a meia lua, com meia taça, o amor não fracassa.
Abraços de amizade fratena

Tunin disse...

A solidão não é companheira do amor. Bela página!
Abração.

David C. disse...

suena bien.

Hugo R. disse...

"meias palavras já não bastam quando a solidão procura o amor"... Que trecho encantado e encantador. Gostei demais!

Magia da Inês disse...

¸.•°`♥✿⊱╮
Solidão não é companheira de ninguém!!!
Beijinhos.
Minas.
♥✿⊱╮

Rute disse...

Meias palavras já não bastam
Quando a solidão procura amor.
A solidão meu amigo, muitas vezes nos incomoda de mais.
Beijos meu amigo

Pelos caminhos da vida. disse...

Solidão... ah...longe de mim...

Boa noite poeta querido.

beijooo.

Mariangela disse...

Solidão e amor não andam juntos.
Beijos de boa noite querido amigo!
Mariangela

Priscila Rodrigues disse...

É um mais lindo que o outro ♥
Tenha uma ótima noite, querido.

Bjs.

LORENA LEITTE disse...

a solidão as vezes é a companhia perfeita para o amor!
lindo
abraços

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Everson! Eis que nos ofertas mais um belo poema. Adorei a silhueta. Rsrs.

Abraços e boa noite pra ti.

Furtado.

Carla Fernanda disse...

Meia luz num escuro sozinho... então outro caminho...

Beijos!

Elen Abreu disse...

Meias palavras já não bastam quando a solidão procura amor. Gostei amigo, a unica coisa que dá um basta nessa solidão, é alguém que nos faça acreditar o quanto valeu a pena esperar. Beijos amigo.

Marcia disse...

É verdade meu querido meias palavras nãos suprem a necessidade de amor que temos.Beijos!

Vera Lúcia disse...

Olá amigo poeta,

Solidão e amor são inteiramente incompatíveis.

Beijo de boa-noite.

Rô... disse...

oi meu amigo,

quando existe amor,
vale a pena procurá-lo até mesmo
na penumbra...

beijinhos

ONG ALERTA disse...

Meia palavra basta, lindo.
Abraço Lisette.

MARILENE disse...

Descreveu com beleza esse silêncio da ausência que machuca noite a dentro.
Bjs.

 
Web Analytics