quarta-feira, 9 de maio de 2012

Porque Terminou Assim?
Ao tocar o talo delgado da flor
Apenas aos espinhos encontrei
Na verdade a minha mão eu perfumei
Mas no sangue que escorre da alma
Ninguém jamais entenderá a minha dor
Do corpo de pele suave que acariciei
Foi na lâmina do teu olhar que me cortei.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta

35 comentários:

Desnuda disse...

Querido Poeta,

Um poema mesmo triste tem sua beleza.

Beijos com carinho amigo. Ótima noite

Evanir disse...

Querido Filho.
Estou sem sono por isso já estou aqui para desejar uma abençoada quarta feira.
Te deixar meu carinho dizer que te amo.
Beijos mãezinha..Evanir..

LUZ disse...

Bom dia querido Everson,

Não há rosa sem espinhos, se diz. O amor, também é assim.

Beijos da Luz.

Secreta disse...

Golpes duros, esses.
Beijito.

Rô... disse...

oi meu querido,

o mesmo olhar que apaixona e enternece,
machuca e fere...

beijinhos

Assis Freitas disse...

e como corta, o fio do olhar


abraço

✿ chica disse...

Olhar forte!!Lindo poema triste!abração,chica

Mariangela disse...

O amor e a dor andam juntos, mas tudo que se sofre por amor, por amor se cura.
Um dia muito feliz e cheio de paz para você!
Beijos,
Mariangela

Ivana disse...

Que triste...um ótimo dia, bjs

edumanes disse...

Nesse tocar "agressivo?"
Que sua mão fez sangrar
Amor será o curativo
Para essa ferida sarar!

Boa quarta-feira para você, meu amigo Everson,
um abraço
Eduardo.

Si Arian disse...

Olá meu querido Everson, bom dia!
Lindo poema, triste na essencia, mas muito lindo.
O amor tem dessa coisas... nos alegra e nos machuca ao mesmo tempo!
Beijos na alma.

VANESSA LARANJEIRA disse...

As vezes o perfume deixado pela flor não compensa os cortes causados pelos espinhos, mas o jardineiro só descobrirá isso após planta-las...

bjkssss boa quarta

Tunin disse...

Achei demais o verso:"Foi na lâmina do teu olhar que me cortei", sem desprezar os demais versos objetos da flor da tua imaginação.
Abraços, querido poeta! Sou teu fã.

BlueShell disse...

Lindo isso...muito lindo...um olhar que corta! Poema de mestre!
Beijooo

David C. disse...

reflexivo.

SOL da Esteva disse...

Everson, Amigo

A Associação entre o Amor e a Dor, é real. Por breves momentos de Amor, outros se lhe seguem em dor.
Lindo!

Abraços

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.pt/

Bandys disse...

Que profundo Everson!!

Sei que meu olhar é penetrante, mas nunca pensei nisso.

Vou rever!!

Beijos e ótima tarde e noite pra você.

ps:Tenho ido na re, mas tuddo fechado

Vera Lúcia disse...

Olá Everson,

Belo e sentido poema.
Amei a intensidade do último verso:

"Foi na lâmina do teu olhar que me cortei."

Beijo.

Flor de Jasmim disse...

O perfume da flor compensa essa dor causada pelo corte. O amor faz sofrer mas também se sofre sem amor. A vida é como as rosas lindas mas com picos.

Beijinho meu amigo e uma flor

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Everson! Passando para apreciar mais um dos teus belos poemas. Aqui em casa o trabalho ainda é intenso, limpesa, arrumação dos cacarecos, etc.

Abraços e ótima tarde pra ti.

Furtado.

Rute disse...

Um poema que me trasmite dor e ao mesmo tempo um acolhimento do amor.
Beijos

Daniel Costa disse...

Everson

Quem o talo toca, pode também encontrar espinhos, que depois nota.
abraços fraternos

Anne Lieri disse...

Everson,muito triste quando no olhar encontramos esse corte!Ficou demais essa poesia!bjs,

ONG ALERTA disse...

Talvez tenha durado muito...
Abraço Lisette.

MARILENE disse...

Nem sempre se consegue tocar a flor e sair ileso. Há muita beleza no amor, mas ele também fere.
Bjs.

Smareis disse...

Um olhar que cortou profundo sangrando a alma.

Adorei os versos.

Beijos grande amigo poeta.
Otima noite!

Pedro Luis López Pérez disse...

Poema bellísimo, lleno de nostalgia y sentimiento de desamor.
Un saludo, Everson.

Mar... disse...

Que o perfume desta linda flor seja maior que a dor dos seus espilhos meu Renato Russo...

Uma linda noite para ti meu amigo...
Hj muito corrido por aqui e vou até às 23:00...

Espero que vc esteja bem meu amigo tão especial...bjs carinhosos...

Mar... disse...

Que o perfume desta linda flor seja maior que a dor dos seus espilhos meu Renato Russo...

Uma linda noite para ti meu amigo...
Hj muito corrido por aqui e vou até às 23:00...

Espero que vc esteja bem meu amigo tão especial...bjs carinhosos...

Aleatoriamente disse...

Everson, apesar de profundo, é um poema muito bonito.

Beijo poeta

Amapola disse...

Boa noite, querido amigo Poeta.

É triste ver nos olhos de quem já nos amou, a indiferença da uma alma que já não comunga conosco.

Muitas bênçãos.

Beijos.

Carla Fernanda disse...

Eta amor perigoso!!!

Bjs

Cidinha disse...

Olá, amigo. Querido poeta há beleza, más também dor. Isso se chama amor! Triste e belos versos. Bjos e bjos pra ti! Bons sonhos. Obrigada pelo carinho!

Alê disse...

O tempo e aquele que supera, acalma, melhora, põe tudo no lugar,


bjkas

Elisa T. Campos disse...

Do talo sem espinho o amor que se foi e ficou o perfume

Lindo

Bjs

 
Web Analytics