sábado, 26 de janeiro de 2013

Por Trás da Cortina do Inesperado
Por trás da cortina do amor
Escondi-me, eu chorei,
Eu sofri, eu sorri,
Busquei intensamente o caminho
E nele cegamente eu segui,
Cruzei esquinas e subi colinas
Desci do infinito e voltei ao chão
Procurei em ondas do mar
Onde morava o seu coração,
Hoje sigo numa linha reta que tracei
Chamo de horizonte que risquei
Sigo nessa guerra como um bravo soldado
Por trás da cortina do inesperado,
Ainda sonho um dia quem sabe te encontrar
E terminar uma historia que ficou no ar
Como uma estrela no céu perdida
Procuro encontrar do amor uma saída
E o seu eterno olhar numa esquina dessa vida.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

22 comentários:

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia!
Everson
penso até que este sentimento
tende a aumentar a todo momento
porque simplesmente
está o nome gravado
no coração e na mente...
Belo final de semana!
Abraços

Sonhadora (RosaMaria) disse...

meu querido Poeta

Como sempre procuramos o amor num qualquer canto esquecido da vida.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

✿ chica disse...

Muito linda e intensa busca do amor...abração praiano,chica

Wanderley Elian Lima disse...

Olá meu amigo
Lhe desejo um lindo fim de semana, apesar da chuva.
Abração

Severa Cabral(escritora) disse...

BOM DIA MEU PRÍNCIPE DAS LETRAS !!!!
É COM GRANDE REFLEXÃO QUE DEIXAS NAS ESCRITAS A IMAGINAÇÃO POÉTICA VOANDO DE ENCONTRO AOS TEUS POEMAS ...
BJSSSSSSSSSSSSS

Amapola disse...

Bom dia, querido amigo Poeta.

É linda essa procura.
Você encontrará.

Beijos.

Luzia Medeiros disse...

Adorei, como sempre!

É lindo eternizar uma história, momentos no coração.

Beijos.

LUZ disse...

Oi, querido Everson!

Pensamento positivo é aquilo que todos nós deveremos ter.
Claro, que após a tempestade vem a bonança.

Bom final de semana.
Beijos da Luz, com ternura.

Mary disse...

Por Trás da Cortina do Inesperado
O Inesperado acontece, o amor,acabando assim essa eterna busca.
Dando lugar a uma linda historia de amor.

Bjo poeta!!!

Dorli disse...

Oi Everson
Isso é que é poetizar
Já li e reli seu livro várias vezes.
É lindo demais.
Parabéns poeta
Obrigada
Lua Singular

Mariangela disse...

Uma incrível e linda busca querido amigo, mas... quem sabe numa próxima esquina?
Beijos e feliz sábado!

Rita disse...

¨`*• (¨`•.•´¨) ♡ .•*
Bom dia desse sábado nublado por aqui
Vim deixar um abraço, e dizer que estou
entrando pouco no meu Blog, mas aos poucos
vou parabenizando seu belo trabalho, que gosto
e acho divino
Um final de semana cheio de muita paz, e obrigada
pelo carinho de sempre bjussss
Rita!!!!

Vera Lúcia disse...


Olá poeta,

Uma história de amor mal resolvida é um peso doloroso de carregar. Toda história de amor merece ser vivida sem deixar arestas pendentes.
Belos versos.

Que o inesperado lhe traga felizes surpresas, encontros ou reencontros.

Você gosta de chuva, né? Um sábado chuvoso convida a uma preguicite-rsrs.

Beijo.

Bandys disse...

Amor meu grande amor não chegue na hora marcada.....

Os amores chegam quando menso esperamos.

Ô tio, pega a prancha, a farofa, o radim e vamos pra praia sim, aqui ta maior calor. Bora esperar o sol se por e a lua aparecer,

Beijos e poesias muitas ainda pra vc

edumanes disse...

Por trás da cortina
Uma bela surpresa
Está uma doce menina
Bonita com certeza!

Bom fim de semana para você,
com muito boas surpresas,
um abraço Eduardo.

MARILENE disse...

Essa é uma espera que não finda, regada a expectativas e sonhos. Mas é bela. Bjs.

jorge junior disse...

Ah o amor...o sentido da vida!!
Belo poema e um grande abraço!
jorge-menteaberta.com.br

Zilani Célia disse...

OI EVERSON!
ETERNA BUSCA DO SER HUMANO, O AMOR...
BELO TEXTO.
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI

Daniel Costa disse...

Caro Evenson

Por detrás da cortina amor, este se resguarda, e se intensifica, tornando-se maior. Um dia brilhará em redor, mais acolhedor.
Abraços de fraternidade

Maria Rodrigues disse...

Meu amigo, como sempre um belissimo poema. Que um dia a procura do amor consiga alcançar a estrela que ilumina a alma do poeta.
Beijinhos
Maria

Rita de Cássia Zuim Lavoyer disse...

Olá, boa-noite! O meu nome é Rita Lavoyer, sou de Araçatuba. Há uma Promoção na Cia dos blogueiros, que pretende reunir o maior número possível de pessoas que têm blogs para compor um poema, por isso o nome "O maior poema. Venho aqui convidá-lo a participar.

Para conseguir informações é só entrar na página da Cia dos blogueiros
www.ciadosblogueiros.blogspot.com.br

ou no meu blog

www.ritalavoyer.blogspot.com
Inscreva-se e participe conosco.
Muito obrigada, muito obrigada, muito obrigada.

Gracita disse...

Olá poeta amigo.
Quem procura o amor com tanto ardor encontra-o nos lindos versos da poesia. Um grande abraço!

 
Web Analytics