domingo, 16 de agosto de 2009

Borboletras*
Num belo jardim de palavras
Que pairam dentro de mim
Vou colorindo meus sonhos
E construindo meu mundo assim
Jogo letras ao vento
Decifrando meus momentos
Muitas formam idéias sem sentido
Marcas de um amor perdido
Loucuras escritas na vida
De um momento já vivido
Outras se juntam com alegria
Descrevendo a fantasia
E na loucura do dia a dia
Formam minha poesia
Borboletas de letras em flor
Um dicionário perfeito do amor
Sinônimos de madrugadas
Solidão partidas e chegadas.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

16 comentários:

Luciana P disse...

Ahháaaaa.... te peguei no pulo hoje, hahahahah...

Luciana P disse...

Sabia que eu não gosto de borboletas???
Mas de borboletras eu gosto e também adoro jogar letras ao vento!!!
Acho que nós dois gostamos!

Beijos!!!
Acho que preciso dormir agora.

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON,LINDO TEXTO E FASCINANTE FOTO DA BORBOLETA,ADOREI A FOTO....
QUE PASSES UM FELIZ DOMINGO!!!

BEIJOS NO CORACAO...

SUSY

Blue disse...

Poeta Mineiro,
Neste poema você descrevou o que se passa!
Madrugadas em que usas as letras, unindo-as e formando palavras que decifram todos os momentos vividos e que estão por vir!

Parabéns. Começei muito bem meu domingo ao ler este poema.

Abraços

paula barros disse...

"Borboletas de letras em flor"


Cada dia me surpreende. E aplaudo com brilho nos olhos.

Adoro demais quando suas borboletras voam no meus jardim, e por mim fazem coreografias no sentir.

Palavras que trazem sempre sentimento, muito sentimento, de situações vividas, e de muitos sonhos a serem vividos.

Adoro o seu jardim, e suas borboletras coloridas de emoção.

beijos borboleteandos.

Mai disse...

Amores tatuam letras e nomes nas peles, assim como o sol tatuou o corpo da mulher em teu ultimo post.
E teus poemas instigam todos os sentidos.

Imagens, sons, aromas e sabores.
A beleza é o que conclamas em teus poemas.

Abraços,

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO POETA EVERSON... LINDO POEMA MEU AMIGO... SIMPLESMENTE SUBLIME... ADOREI!!!
ABRAÇO-TE COM MUITO CARINHO,
FERNANDINHA

Majoli disse...

Oi meu querido, vim te desejar um lindo domingo.
Amei sua poesia, transmite paz.

Beijos no coração.

Bandys disse...

Amigo,

Hoje estou totalmente Cazuza!

E a sua Borboletras me lembrou demais ele. hoje quem esta triste sou eu..

Só o partidas e chegadas tu roubou dele ne? "Solidão", Não! Não me sinto só mas lembrei-me que Cazuca cantava uma musica muito triste que dizia assim:

Luz Negra
Cazuza
Composição: Nelson Cavaquinho e Irani Barros
Sempre só
eu vivo procurando alguém
que sofra como eu também
mas não consigo achar ninguém

Sempre só
E a vida vai seguindo assim
Não tenho quem tem dó de Mim
Tô chegando ao fim

A luz negra de um destino Cruel
Ilumina um teatro sem cor
Onde eu tô representando o Papel
Do palhaço do amor
Sempre só
E a vida vai seguindo assim
Não tenho quem tem dó de Mim
Eu tô chegando ao fim


E meu amigo que partiu me avisou que estava chegando ao fim.

Emfim, tudo passa..." Conheço as imperfeiões de mim"

Beijo na alma

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Poeta, que se despede na sexta, mas não deixa de publicar aos sábados e domingos. Também sou assim... Por que será?
Adorei o jogo entre borboletas e borboletras. O poema todo é muito inspirado. Pudera escrever um poema semelhante, sem dores, mas hoje só me apetecem flores.
Beijos, querido,
Renata
PS: Já sinto a sua falta quando não vai visitar-me. Se eu achar o seu e-mail, mando-lhe uma borboleta linda.

Carissa disse...

Adorei o poema.
Amo borboletas. :)

Ando meio sumida,eu sei,mas não esqueci do seu blog não.
Boa semanameu amigo.
Beijos!!

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

AS BORBOLETAS LEMBRAM MUDANÇAS E QDO ELAS POUSAM DE FLOR EM FLOR RENOVAM ESSE POETA SONHADOR...
BJS NA ALMA,UM DOMINGO COM DEUS E BENÇÃOS A VC E SUA FAMILIA LINDA!!AH DA 1 CHERU NAS SUAS TIAS LINDAS POR MIM, AQUELAS DO ORKUT,Q COISAS MAIS LINDAS!!!LINDAS!!MANDA MESMO, FALA Q EU DISSE Q ELAS SAO DIVAS!!!
BJSS LINDO!!!

BANDEIRA disse...

...eu sou como a borboleta...tudo que eu quero é liberdade...

Amigo, tua poesia está linda.
É nesse jardim de palavras e borboletas, que encontramos as letras certas para formar as palavras que queremos escrever.

Parabéns por mais esta.

Bjs e obrigada pela visita lá no meu cantinho.

Aline Lopes disse...

As borboletas voam e com elas ao vento ficam todas as palavras, momentos e sentimentos...
Lindo poema.

Beijos

Layara disse...

Sem palavras, apenas uma sensação de borboleta no estomago.
Sempre gosto de ler nas madrugadas e as vezes leio assim que acabas de escrever, e percebo que tbm escreves nas madrugadas.
Somos Almas Insones, buscando as palavras ao Vento em jardins de Borboletas e flores de sentimentos.

Beijo mineirim lindim!

ótima semana!!!!

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Ah,

nao resisti !

Vendo aos post anteriores,vi este...bem sabes aprecio as borboletas,nao pq sou uma em especial,mas pq todas elas,sem exceçoes possuem a liberdade de ir e vir para onde quiserem e pousar onde desejarem.
Lindo poema...
Estes teus lares me apaixonaram !

Doces Beijos

Doce Essencia

 
Web Analytics