terça-feira, 23 de março de 2010

Como Definir o Amor?
Um sentimento estrela
Fica calado velando o sono
Clareando a noite
E brilhando como olhar
Um sentimento de lua
Reflete na distancia do mar
Mora no peito
Cartão postal do universo
Um sentimento sol
Aquece e arrepia a pele
Esquenta o peito
Manda nos calafrios
Um sentimento nuvem
Que dança no céu
Procurando um lugar
Escreve um nome provento apagar
Amor é como bicho solto na natureza
Não tem lugar pra começar
É como chuva que cai
Por mais que você corra
Sempre vai te pegar
Amor é fundo do mar
Escuridão e mistérios
Lugar bom de desvendar
Intimo do coração
Onde tudo vale a pena guardar
O amor é o orvalho da manhã
Beija uma flor como fosse seu corpo
Escorre na janela como lágrima em seu rosto
Arrepia como vento frio
Amor é como papel e caneta
Do nada vira poesia
É ponto no horizonte que só se vê com luneta
É transformar horas da vida em alegria
O amor é rio calmo
É mar revolto
É serenidade de um olhar
É um predador a espreita e solto
É chuva leve e tempestade
É velhice e mocidade
O amor é um coração viajando entre os planetas
Sentindo a escuridão da via láctea
Pegando carona na cauda dos cometas
O amor é tudo e nada
É meio e fim
Principio de tudo
O não e o sim.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

46 comentários:

Lady disse...

O amor é o fogo que arde sem se ver.
É ferida que dói e não se sente.
É um contentamento descontente.
É dor que desatina sem doer.

Ainda que eu falasse a língua dos homens.
E falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria.
Tenha um dia delicioso.
Bjão

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta
Lindissimo o teu poema.
Muito dificil definir o amor, mas as tuas palavras são belas.

Beijinhos
Sonhadora

Desnuda disse...

Boa noite, poeta! Lindo demais...


Carinhoso beijo.

Impulsiva disse...

Nossaaa!
Acho tão difícil definir o amor, andei até tentando, e acabo de ler uma definição cheia de grandeza.

Entre tantos versos lindos:

"O amor é tudo e nada
É meio e fim
Principio de tudo
O não e o sim."

(Perfeito!)

Um abraço,
Kenia.

Lou a esquizoffrenica disse...

deixo o beijo de boa noite ou o primeiro beijo do dia e convido-te a ires conhecer o meu novo visual, estou tão bonita... deixa a tua opinião, vê se consegues ler bem, conta-me tudo =).

Layara disse...

...Amor é Sim
Amor é poemar
Amor é falar
Amor é calar
Amor é essa imensidão
na amplitude dos Teus Versos...

Amor é tão somente Amar
É não complicar
É tirar na saudade uma
Nova canção em outra Estação...

(se deixar eu vou...rsssss...Hoje tbm lembrei do quanto gosta dos dias molhados, amanheci vendo o horizonte
riscando raios dourados na escuridão, o vento e o tempo namorando na madrugada, contemplei sentindo a emoção que por certo tbm sentiria...
Assim meu outono chega com chuva prometendo um inverno molhado.)

Beijo Menino Lindo desse Belo Horizonte!

Paz e Luz!

Nany C. disse...

Beijos em teu coração meu amigo!
Beijãozão grandão(rs)

direitinho disse...

O amor é tudo e nada
É meio e fim
Principio de tudo
O não e o sim.

Depois disto nada mais tenho a dizer.
Resumiste maravilhosamente.

Daniel Costa disse...

Everson

Definir o amor é complicadíssimo, nem sempre sabemos porque clicou o coração. Terás razão quando falas em orvalho, talvez seja a frescura de um sentimento muito humano, a apelar à sensibilidade.
Um abraço fraterno
Daniel

Tatinha disse...

O amorrrrrrr... este sentimento, que ao mesmo tempo que incendeia nossa alma, faz desmaiar a mais pura delas.
Que dera poder saber definir este sentimento e fazer assim ele perdurar para sempre em meu coração e no seu!
bom dia meu querido.
Que o amor esteja em você sempre assim.
Cheiros

Pelos caminhos da vida. disse...

O amor, ah...vc já os definiu nesse lindo poema.

Bom dia amigo!

beijooo.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Ah,amigo. Quisera eu, definir o amor. A gente até tenta poeticamente, como você fez lindamente. Aliás, pensando bem: Existe outra forma de definir o amor que não poeticamente? Acho que não. E se não existe, já está bem definido aqui. Parabéns. Um abraço

Wanderley Elian Lima disse...

Olá poeta
O amor não se define, vive-se.
Grande abraço

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo!
Parabéns, Poeta!!!
Não tem explicação. *Amor se vive ou não* (Artur da Távola)

*O poema não vai pra diante
O relógio não anda pra trás
De nada adianta que me levante
Se não sei onde deixei a paz*
Impasse
Poema da Renata

Beijos!
Bom Dia!

Elaine Barnes disse...

Uma beleza de poema. Muito bonito mesmo.Realmente é difícil definir o amor,voc~e o fez de acordo com sua visão que é belíssima,digna de aplausos. As vezes eu tento,acredito que ao descobrir o amor que sinto por mim,se me amo mesmo,de verdade,já posso ter uma luz. Montão de bjs e abraços amorosos

GM disse...

Oi Everson, perdi meu Blog antigo e estou reconstruindo esse. Conto com você lá como meu seguidor para continuarmos compartilhando momentos.

Abs

Gilson

Bandys disse...

Everson,

Até nos espinhos nascem as rosas.

Beijos meu amigo

Feliz dia pra ti.

"re" disse...

Poeta...

Para mim... é como a chama ao soldado desconhecido; é uma palavra comum, como deserto; verde, e como as outras palavras comuns.
Talvez, ao invés de se dizer que o amor não se define por palavras, ainda esteja para nascer um poeta que encontre as palavras certas para definir o amor...
E, por mais "átomos" que seja, também se define por palavras e até por teorias.
Se mesmo Palbo Neruda dentre outros poetas envoltos na chama do amor não souberam ao certo dizer:ao menos se era um amor de vida ou de sofrimento, imagino nascer alguém ainda que proves a incógnita do que seja um amor "verdadeiro"...os sentimentos têm feições múltiplas,não esqueças...

Un beso

p.s. ontem ganhei uma flor roubada de teu jardim. linda, linda, rs

IT. disse...

Bom estarmos aqui...

Eu Preciso...eu preciso de vc...
ah! eu preciso...eu preciso...
eu preciso muito de você;
mais eu preciso..eu preciso de vc.
Nós precisamos sim....
você de mim eu de você.

Isso.... é amor,
sintonia,vibração e comunhão
com a beleza do próprio amor.
Eu, vc, nós....
amamos o AMOR.

Sempre o Amor.
IT

C@urosa disse...

Meu caro poeta amigo Everson Russo, como definir o amor? Está na bela flor que a natureza nos proporcionou, está no poema com que você nos brindou, está na vida que começa de manhãzinha, quando o sol aparece, está no sorriso farto e ingênuo das crianças, está...está...

Paz, harmonia e mais inspiração em sua vida,

forte abraço

C@urosa

Ju Fuzetto disse...

O amor está em tudo...

Tenha um lindo dia!!

beijo

BANDEIRAS disse...

Ufa !!! consegui agora não sei como !!!!

Everson, estou há dias tentando acessar teu blog e não consigo, não sei o que acontece, mas qdo entro na tua página, ele sai imediatamente, agora depois de muitas tentativas, consegui.

A minha ausência é por causa disto, vc faz alguma ideia do que possa estar acontecendo ?

Bjs

carol sakurá disse...

Poeta,
eu acredito que o amor não se defina,mas pude sentí-lo em cada verso teu.
Vá lá no Poete e indique alguém ao paredão da Rouge!
Beijos!

carol sakurá disse...

Poeta,
eu acredito que o amor não se defina,mas pude sentí-lo em cada verso teu.
Vá lá no Poete e indique alguém ao paredão da Rouge!
Beijos!

Memória de Elefante disse...

Em vão definir o amor, basta em silêncio escutar sua voz .


Um beijo

MISCELÂNIA RIFF disse...

Poeta querido,

Sempre amo suas visitas...Mais neste momento o amor não vai me pegar de surpresa, nao vale a pena e é por demais cruel, não sabe perdoar e estou fechada para balanço...Bjitos.

Pena disse...

Admirável Poeta Amigo:
"...Amor é como bicho solto na natureza
Não tem lugar pra começar
É como chuva que cai
Por mais que você corra
Sempre vai te pegar
Amor é fundo do mar
Escuridão e mistérios
Lugar bom de desvendar
Intimo do coração
Onde tudo vale a pena guardar
O amor é o orvalho da manhã..."

Simplesmente, NOTÁVEL!
Bem-Haja, pela sua sensibilidade admirável.
Abraço amigo de respeito por mais um poema de sonho.
É fabuloso, simpático e repleto de amabilidade gigante.
O AMIGO SINCERO

pena

Bia Maia disse...

Querido!
Que saudades!
Que bom que consegui voltar a te comentar!Sempre que entrava aqui, travava tudo...
YES!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Seu blog continua lindo demais !
E o AMOR....ah...o AMOR é mesmo TUDO!

beijos com muito carinho!

Bia

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, BELISSIMO POEMA...LINDA DIFINICAO DO AMOR...BELAS PALAVRAS...ADOREI...QUE TENHAS UM FELIZ DIA AMIGO!!!
BEIJOS COM CARINHO,

PS: AQUI ESTA O LINK DA MINHA MAE...
http://fernananda55blogspot.com


SUSY

Valvesta disse...

Caro amigo estou com saudades de suas visitas, cansou de ver tanto amor lá e cá apaixonou-se, bem feito, inresistiveis olhos verdes...
Amigo o amor doi, como doi, se eu podesse controlar esse coração descontrolado, eu não amaria, não a homens, como doi... paciencia, vou torce por vc pra ser muito feliz, sempre vc é mais que vencedor, tu já sabe.
viu com eu tava com saudades? beijão.

Pérola disse...

Eu sempre ouço dizer q o amor ñ se define.Mas a sua postagem está me convencendo de q podemos definir sim, e a sua definição é perfeita.Lindo demais.
Parabéns.
Um beijo grande.

Luciana P. disse...

Concordo que o amor é o não e o sim, concordo mesmo. Acho que tanta coisa se precisa aprender sobre o amor, que muitas vezes a gente desiste, de tanto trabalho que dá. às vezes, pesamos estar vivendo a fase do sim, e, de repente, entra uma nuvem de nçao, e por aí vai. oh, amor, sentimento constante dos poetas todos, de todas as épocas, em busca de decifrá-lo.

Beijos pra ti e uma boa tarde de terça... Acabei de almoçar. É feriado aqui, rsrsrs. Afgora vou dormir. Ainda estou doente...

ღPat.ღ disse...

Sentimentos fresquinhos!
Obrigada pelo carinho e deixo um beijo de boa noite ;)

Josy Nunes disse...

Oi,
Ev,
amigo desculpa a minha falta de tempo mais é uma correria danada...mas, sempre que possível reservo um tempinho pros amigos..
Lindo poema como todos que leio aqui..uma verdadeira massagem no meu coração.
Um beijão no seu e fica com Deus

Felina Mulher disse...

Oi, minha mãe me pediu para te mandar um email,mas na correria perdi teu endereço, mas posso te garantir que neste momento ela está bem.Você comentou que não entendeu o caso da porta, é o seguinte, ela deixou uma gatinha para os amigos irem lá cuidar dela enquanto ela estiver ausente, não podem de deixar de alimenta-la e nem de dar-lhe carinho.

bjs.

Viviaane Fernandes

MARIA L. BÓZOLI disse...

A gratidão é o único tesouro dos humildes.

William Shakespeare


Agradeço seu carinho e amizade........Beijos!!!

toon fonte disse...

uma linda definição,
eu mesmo ja tentei,
mas não sou o mais indicado.

gostei daqui =)

AFRICA EM POESIA disse...

Everson
A Primavera inspirasempre ao Amor.
E é bom quando isso acontece.

Por isso amo a Primavera...

Agora definir o Amor é fácil e é dificil basta saber amar para poder definir...

para ti meu amigo um beijinho bem grande...

Ana Martins disse...

O amor poeta cantado neste lindo poema, gostei!

Beijinhos,
Ana Martins

Rosemildo Sales Furtado disse...

Definir o amor é algo bastante difícil, porém, acho que o amor ainda é o maior fomento da nossa existência.

Belo poema meu amigo.

Abraços e fique com DEUS.

Furtado.

Ana Paula Duarte disse...

Nossa, que lindo post!
QUE LINDA POESIA!
Exala o amor em sua fina flor!
Este é indefinível ainda que tentemos defini-lo.
Abraço Everson!

Vilminha disse...

Olá meu doce amigo que a sua semana seja repleta de bençãos. Bjs OBSD. não estava conseguindo deixar comentários. parece que este deu certo

Anita "Menina Flor" disse...

Quanta emoção nessa poesia, o amor é assim mesmo, do jeitinho que vc descreveu. Bjus de luz amigo.

continuando assim... disse...

Convite
O livro "Continuando assim...", foi maltratado...

Resolvi por isso, e porque tanta gente não encontra o livro onde deveria estar (nas livrarias), recontar a história
Lá no …. Continuando assim…
www.continuandoassim.blogspot.com

Vamos em metade da história, o livro reescrito não está igual (nem poderia!) ao que foi editado.
Obrigada a todos os que vão seguindo (pois só assim vale a pena).
Um obrigada especial a quem ainda não conhece e chega de novo

Uma reflexão em relação a todo este assunto entre livros, autores e editoras, e um conselho, se me é permitido:

--- quando vos pedirem dinheiro para editar as vossas palavras, simplesmente digam que não ---
BJ
Teresa

Hod disse...

Pela imagem, uma analogia pode ser concretizada. Na flor o perfume fragrância é a essência da planta.
Então o amor é o que temos de melhor e amplia-se por frequência vibratória é nossa essência. Nosso perfume fragrância.

Excelente xemana e grato por sua visita.

Forte abraço,

Hod.

paula barros disse...

São tantas definições de amor, músicas, poemas...e você poeta, consegue com uma leveza incrível e criatividade nos trazer este poema lindo...o amor em plenitude....libertando sorrisos...

beijo

 
Web Analytics