quinta-feira, 11 de março de 2010

Na Bagagem
Feche a porta
Diga adeus
E leve na bagagem
Todos os sonhos meus
Não deixe ficar
Nem um pedaço de ti
Nem pense em voltar
Viverei bem e sozinho aqui
Leve também seu retrato
Não quero a dor da saudade
Se desse pranto eu me mato
Por ti não morrerei de verdade
Guarde espaço na mala
Pra levar sua incompreensão
E toda a dor que ainda virá
Pra retribuir a frieza do seu coração
Devolva a lua que te dei
Não leve meu sol
Pois tudo que contigo sonhei
Apagou-se junto com o farol
Vai como onda de mar
Perca-se no infinito
E se um dia uma estrela brilhar
Será o meu mais puro grito
Poesia se faz
Em palavras que se perdem
Em minha nuvem de paz
Estarei feito anjo
A procura do amor
Que um dia eu sei virá
Como tempestade pra me acalmar
E em minha cidade pra sempre morar.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

42 comentários:

Lady disse...

Vá, e leve tudo o que não me serve mais...
Deixe-me a paz, o amor e a felicidade, leve a saudade contigo e deixe-me viver.
Tenha uma noite maravilhosa querido amigo poeta!
Beijinhos ternos

Anônimo disse...

...Anjo...
as vezes mesmo essa vontade de mandar ir pra não mais voltar...
As vezes essa vontade louca de partir pra nao mais voltar...
As vezes Anjo essa espera louca que faz o querer misturar-se ao nao querer, talvez Freud explique...esse outro que idealizamos e que tanto nos faz sofrer, que por vezes, é apenas essa sombra incompreensiva de nós mesmos, apenas nao entendemos e por vezes nos frustramos...

Por vezes é assim e tuas palavras falam sempre dessa luta constante em busca do amor, nesses mares (i)navegaveis que a paixão nos leva.

Beijos meu Anjo...

Poesias são poesias!

Besos! y la lluvia tan esperada se quedó lejos muy lejos...

mARa

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo* E na Bagagem eu lhe digo, Poeta, que a Manuela está prestes a fechar o seu maravilhoso Blog. Não queremos***************

*Liberdade não conheço outra senão a liberdade de estar preso a alguém
Cujo nome não posso ouvir sem um calafrio;
Alguém por quem me esqueço desta existência mesquinha,
Por quem o dia e a noite são para mim o que queira,
E o meu corpo e espírito flutuam no seu corpo e espírito
Como troncos de árvore perdidos que o mar submerge ou levanta
Livremente, com a liberdade amor,
A única liberdade que me exalta,
A única liberdade por que morro.
Tu justificas a minha existência:
Se não te conheço, não vivi;
Se morro sem te conhecer, não morro, porque não vivi.
Pablo Neruda*

Beijos
Paz e Amor
Bom Dia
Renata

Andreia disse...

Everson querido,
lindo demais isto!
Tuas palavras sempre tão precisas, e mesmo que tristes nos trás alegria em ler-te os sentimentos.
Beijo na alma meu doce poeta.

ღPat.ღ disse...

Lembrei daquela música de Adriana Calcanhoto...

Rasgue as minhas cartas
E não me procure mais
Assim será melhor meu bem

O retrato que eu te dei
Se ainda tens não sei
Mas se tiver devolva-me

hehehe...
Beijos meu amigo e como sempre, no alvo!

Lidia Ferreira disse...

Humm!!! sera que estou sentindo um adeus , uma reviravolta ?
tomara rsrs , me desculpa se eu tiver enganada meu anjo , me desculpa se for apenas um poema
bjs
Adorei mesmo assim

Nany C. disse...

Ai, Everson...
só você mesmo... só você...

Beijos no coração poeta e nessa alma apaixonada que tens!

Teu carinho sempre aquece o coração!
Muito bom!!!

rs

Daniel Costa disse...

Everson

A imcompreesão quantas vezes, não será um alibí a justificar o desejo de parti, sem deixar mágua?
O nosso mundo é muito complicado, o poeta reflete-o.
Abraço fraterno.
Daniel

Hod disse...

Retribuindo-lhe sua visita e desejando-lhe um bom dia,

Abraços,

Hod

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Para esquecer um amor, só mesmo um outro amor.
Grande abraço

Ju Fuzetto disse...

Bom dia amigo!!!

Tuas palavras sempre tocam meu coração!!

Parabéns!!!

Pelos caminhos da vida. disse...

Isso não é um adeus não né?

beijooo.

Felina Mulher disse...

"Não quero a dor da saudade
Se desse pranto eu me mato
Por ti não morrerei de verdade
Guarde espaço na mala
Pra levar sua incompreensão
E toda a dor que ainda virá
Pra retribuir a frieza do seu coração..."

As vezes somos enganadas por demonstrações falsas de afeto e dedicação que juravam "autênticas",...muitas vezes é preciso cuidado, pois de tanto receber frieza, acabamos nos tornando frios....
Pelo poema.

Tenha um lindo dia moço.
Beijos________Felina

carol sakurá disse...

Poeta!
"A procura do amor
Que um dia eu sei virá
Como tempestade pra me acalmar"

Sem mais...

Beijos!

Josy Nunes disse...

Oi
Ev,
amigo, perfeito!!! Casou perfeitamente o poema o visu.. muito lindo
Bjos no seu coração e fic com Deus

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Palavras lindas, perfeitas para acordar e ficar feliz.
Beijos Poeta

Luciana P. disse...

Uau! Estou pensando em guardar mais este pra minha coleção. Fechou a rua! Parou a avenida! Destemperou a feijoada! Adorei!

Beijos e ótimo dia pra você.

Bandys disse...

Everson,

Na Bagagem
Levo minha vida.

Beijo e um dia DE CADA VEZ

Sandra Botelho disse...

É essa coragem de mandar embora, de arrancar do peito um amor que nos faz mal, que as vezes nos falta.
Sai, some, vai embora, nunca mais volte, nunca mais me ligue, estou me despindo de vc.
Ah como seria bom se essa coragem viesse, e melhor ainda se no dia seguinte não voltassemoa atrás com as palavras.
BJos meu querido, o amor esta a tua procura, esperando somente que vc deixe a porta aberta.

Isadora disse...

Seria muito bom que quando necessário tivéssemos coragem para dizer simplesmente: vá e não volte mais, nem pense em voltar.
Infelizmente nem sempre conseguimos fazer tão facilmente.

Um beijo,
Isadora

Tatinha disse...

Quem dera poder dar as costas e deixar tudo para trás...
Não, é dificil dizer "leve tudo que é seu" Se assim for vai levar um pedaçõ do coração.
O meu já está todo esburacado, pois quem vai, nem olha para trás.
Um dia ainda vou fazer isto, deixar tudo e não olhar para tras.
Beijos meu querido!

Maria Bonfá disse...

poema lindo e triste..mandar embora é facil o dificil é o dia seguinte.. sem a pessoa amada. doi muito..lindo dia para ti..beijão

Desnuda disse...

Querido amigo, um poema lindíssimo. Feito com sentimento. E mesmo com versos tristes é sobremaneira humano, belo e profundo.


Lindo dia, poeta! Beijos, com carinho.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Como se diz. "Já vai tarde". Se é pra fazer a gente sofrer. Que leve na bagagem tudo que é ruim. O anjo do amor voltará um dia trazendo um novo alguém. Gostei do seu bota foraa,amigo. Mas mais que isso, por manter a esperança. Aproveitndo te mandei um email complementando ahomenagem de nossa amiga. Um abração

Impulsiva disse...

Dizer isso tudo é bem mais fácil que conviver com o "depois" do adeus...

Senti uma certa mudança no tom dos teus versos...que embora mais tristes, não deixam de ser lindos! Inspirações são mesmo assim...dia a dia construídas, por fim é o que se faz da nossa vida!!

Lindo dia pra vc!

Beijosss

Luciana disse...

Oi Everson

Que bonito levar tudo isso mas também deixar um pouco de si.
Bjs e um excelente dia
Lu

lita duarte disse...

Oi, Everson.

Um ótimo dia para você.

Beijos.

Pena disse...

Prodigioso Poeta Amigo:
Um belo sentir apesar da mensagem desencantada e triste do seu admirável sentir.
Oh, deslumbrante Poeta FENOMENAL mesmo na dor é fabuloso. Genial.
"...Pois tudo que contigo sonhei
Apagou-se junto com o farol
Vai como onda de mar
Perca-se no infinito
E se um dia uma estrela brilhar
Será o meu mais puro grito
Poesia se faz
Em palavras que se perdem
Em minha nuvem de paz
Estarei feito anjo
A procura do amor
Que um dia eu sei virá..."


Vá. Tem talento. É fabuloso no seu brilhante versejar sublime.
Força.
Abraço amigo disponível para qualquer tipo de desabafo.
Com amizade e respeito gigantes.
Sempre a lê-lo atentamente pela fantástica magia dos seus versos divinais. Enormes.

pena


MUITO OBRIGADO pela visita. Extraordinária.
Bem-Haja, talentoso e prodigioso poeta amigo.

Francisco Vieira disse...

Everson, boa noite para si e um abraco meu amigo

MARIA L. BÓZOLI disse...

Se de amor são os versos,
despertam carinhos diversos...
Com lindas flores,
falamos de amores,
espalhando seus odores...
Com versos floridos,
curamos amores doloridos...
Receba meus versos com carinho,
ensinando-lhes o caminho
para chegar a seu coração...

(Marcial Salaverry)

Uma noite de Amor e Paz! Agradeço sua visita.
Beijos & Flores! M@ria

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, BELISSIMO POEMA...COM MUITO SENTIMENTO...QUE TENHAS UMA EXCELENTE NOITE AMIGO!!!
BEIJOS DE CARINHO,


SUSY

Memória de Elefante disse...

"E se um dia uma estrela brilhar
Será o meu mais puro grito"

Das coisas boas e belas que acabaram nos vêm sempre uma luz e capacidade de ver o mais banal com algum encantamento.

Um beijo

Ricardo Jared disse...

Este teu poema,lembrou-me uma musica, chamada bilhete, é mais ou menos assim...

Quebrei o teu prato
Tranquei o meu quarto
Bebi teu licor
Já arrumei a sala
Já fiz tua mala
Pus no corredor
Eu limpei minha vida
Te tirei do meu corpo
Te tirei das entranhas
Fiz um tipo de aborto
E por fim nosso caso acabou
Está morto
Jogue a cópia da chave
Por debaixo da porta
Que é pra não ter motivos
De pensar numa volta
Fique junto dos seus
Boa sorte
Adeus

Um abraço poeta.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Muito bem Everson, meu caro amigo.
Gostei bastante da tua reação.
Assim, nela surge o arrependimento,
E com ele, o pedido de perdão.

Beleza amigo. Adorei!

Abraços e fique com DEUS.

Furtado.

Cris disse...

Quem inventou a saudade, não sabe como dói!... muito...
Abraços

Viver a Vida!!!! disse...

Meu anjo.... obrigada viu, bom voltei mesmo tomara que seja para sempre. =) Vc sempre com textos lindo vc que escreveu esse? Maravilhosoooo. Beijos.

Elaine Barnes disse...

Tem horas que é preciso fechar uma porta para abrirem outras novas.Tem um poema parecido de uma poetisa, Celine alguma coisa. Ela fala bem isso,mas, nÃO DEIXA QUE O "OUTRO" LEVE SUA ALMA. Montão de bjs e abraços novinhos em folha

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Noite de luz, querido amigo.

Rebeca

-

E.Rakowski disse...

...nuvem de paz, feito anjo e
esperar o amor!!! (suspiros)


*vim ler-te e deixar outro beijo
cheio de carinho e agradecimento.

Layara disse...

...voltei, rssss...logico, folhar o livro é pura magia...

e como sempre me inspira o dia com teu sorriso, então um sorriso e um beijo pra ti, Lindo desse Horizonte Belo!

bueno...y todavia espero la lluvia,aunque esta hermosa sin lluvia, sigo bien. Besos Angel!

Layara disse...

ops...corrigindo folhear, neh! rssss...

AFRICA EM POESIA disse...

um beijinho
GRANDE como o MUNDO...



SOL DE INVERNO



Está sol...
Sol envergonhado...
Sol frio...
Sol de inverno...
Mas... sol...
Como a vida...
Que muitas vezes é...
Vida fria...
Vida de inverno...
Vida... sem vida...
Mas... Vida...

LILI LARANJO

 
Web Analytics