quarta-feira, 24 de março de 2010

Deitado ao Som do Outono
Estive ali parado por horas
Vendo a estação chegar
Querendo entender porque choras
Explica-me o que é amar?
Vem no horizonte cores opacas
Anunciando que não é verão
O amor aparece entre as arvores nuas
Dá pra mim o seu coração?
O céu fica diferente
Seu azul também muda o tom
No corpo um sentimento ardente
Deixa-me provar o seu batom?
Eu choro como chora aquela nuvem
Bailarina dos sentimentos
Água cristalina do universo
Empresta-me o seu momento?
Sentado num banco de praça
Olhando a beleza da nova estação
Tentando entender esse abandono
Deixa eu te fazer uma canção?
E quando entre nevoa você aparece
Trazendo na mão o seu coração
E quis me entregar de mansinho
Deixa eu te fazer um carinho?
Vem meu amor e me dá um abraço
Vem me apertar nessa hora
Esconde-se em meu cobertor
Eu quero seu corpo inteiro, mas,
Dá pra mim também seu amor?
Hoje eu dou pra você tudo que tenho
E o que não tenho eu vou lá buscar
As estrelas pregadas no céu
E aquelas que moram no mar
Eu quero morar nos seus sonhos
E viver pra velar o seu sono
Deixa-me ficar aqui com você?
Deitado ao som do outono.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

43 comentários:

Maria Bonfá disse...

oi querido..lindo poema cheinho de ternura.. me encantou..amei.. beijão

ღPat.ღ disse...

E que bela entrada de outono... ;)
Sensações apreciadas.
Um beijo com carinho e agradecimento pela simpatia em meu canto.
Pat.

Lou a esquizoffrenica disse...

O seu Outono vem com o calor do amor, deve ser tão bom assim, beijos Everson, um dia maravilhoso

Meri Aleixo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Meri Aleixo disse...

Meu amigo Everson
isso é mais que perfeito
...
''Eu quero morar nos seus sonhos
E viver pra velar o seu sono
Deixa-me ficar aqui com você?
Deitado ao som do outono''

boa noite

bj

Lady disse...

Deixa-me ficar aqui com você?
Ao som do outono.
Quem não deixaria?
Com tanto amor e carinho assim?
Um beijo e um abraço apertado
Lady

Sandra Botelho disse...

Simplesmente lindo!
Sua inspiração é um veio inesgotavel.
E falar de amor é como correntes de agua em seus poemas.
Lindos todos,
Bjos no coração tenha uma noite linda!

Layara disse...

...rssss...uauuu... eu deixo! rssss...

Que delicia Ler esse Outono, uma linda declaração, um entendimento unico de amor e paz nessa estação, Perfeito!

Beijo Lindo desse Horizonte Outonal, aqui a chuva chegou e deixou no ar o cheiro de terra molhada.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo! Poeta, podes tudo!
Beijos******************
**********

Uma flor, apenas, uma flor...
Simples lembrança que alguém lhe faz.
Lembrança...
Da vida, um pouco de amor.
Do mundo, um pouco de paz.
Uma flor...apenas uma flor tímida,
que no seu espanto graciosa,
que na sua cor traduz em si,
tudo com que me encanto.
Frágil, e de sutil beleza
Feroz, pelo seu espinho
Mostra ao mesmo tempo
proteção em toda sua leveza.
Acuada mostra todo seu temor
retrata o mundo pelo qual caminho
para mim representa tudo,
e na verdade é apenas uma flor
Poema da Renata

+ Beijos*************
Vamos ver se gostas do novo post, ele fica ou eu me vou.
Bom Dia!
Renata

Anônimo disse...

Well your article helped me truly much in my college assignment. Hats afar to you post, wish look forward in behalf of more interrelated articles soon as its anecdote of my pet issue to read.

direitinho disse...

Espera com amor a chegada da nova estação, da chuva ou de uma flor.
Com o teu selo de sensualidade e de carinho.
Mais um poema para rever e guardar.
Abraços de amizade

Nany C. disse...

Everson...

Beijos carinhosos em ti, meu lindo!

Andresa disse...

Ola amigo poeta,
fazer uma canção, olhando a beleza da estação, pedir para ser os sonhos da pessoa amada. Que lindo!
Beijos
Andresa

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Esse sim um verdadeiro poema de outono. Essa estação gostosa, um falso friozinho, as folhas voando, dizendo:"Calma,não é ofim, é recomeço... tem folhas novas vindo aí". Que o outono lhe traga folhas novas. O poema está lindo!!! Um abraço

SAM disse...

Bom dia, poeta!

Um lindo poema, com versos belos saudando o amor e mais uma estação.


Carinhoso beijo.

carol sakurá disse...

"Tenho andado distraído,impaciente e indeciso,e ainda estou confuso,só que agora é diferente:estou tão trnaquilo e tão contente".
Bjos,Poeta!

Pelos caminhos da vida. disse...

Lindo.

beijooo.

Ricardo Jared disse...

O outono me traz saudades.

Um Abraço.

Ju Fuzetto disse...

O amor se esconde em meio ao céu de cetim....


Parabéns!!! lindo poema!!

Tenha um belo dia
beijo

"re" disse...

Poeta...

No livro em que escrevemos, às vezes somos narradores oniscientes, às vezes personagens coadjuvantes. Nas histórias escritas por outros, fazemos pequenas participações, mas é interessante quando o autor delas resolve nos colocar como personagem principal.
Lindo poema em forma simbólica de folhas secas que nos revigora e anima a continuar a sonhar por um mundo com mais poesia.

Un beso

"re" disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Elzenir Apolinário disse...

Bom dia , amigo, também postei sobre o outono.Minha estação favorita. Lindo poema. Bjs

Kenya disse...

Bom dia meu querido,
Hoje estou vendo tudo cor de rosa... que dia mais lindo amanheceu. Quero compartilhar esta sensação de alegria com quem eu gosto muito.
Beijos meu deus grego!

Pena disse...

Sensível e Brilhante Poeta Amigo:
"...Hoje eu dou pra você tudo que tenho
E o que não tenho eu vou lá buscar
As estrelas pregadas no céu
E aquelas que moram no mar
Eu quero morar nos seus sonhos
E viver pra velar o seu sono
Deixa-me ficar aqui com você?
Deitado ao som do outono..."

De uma pureza, beleza e encanto gigantescos.
Uma poesia de sonho.
Abraço amigo pelo seu extraordinário sentir fabuloso em versos divinais.
Sensíveis.
O AMIGO SINCERO

pena

Bem-Haja, pela simpatia e amabilidade no meu cantinho.
Bem-Haja, ENORME poeta.
Adorei.

Pérola disse...

Boa tarde meu lindo.
O outono é uma estação q me identifica bastante.Me da a impressão de aconchego algo desse tipo.
Parabéns pelo poema meu querido.
Beijokas.

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, LINDISSIMO POEMA...BELOS VERSOS...QUE TENHAS UMA ILUMINADA TARDE AMIGO!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

REGGINA MOON disse...

Everson,

Lindo texto para iniciarmos a nova estação, o som do Outono...a mim me parece um tempo de maiores silêncios, onde o amor se faz mais prersente...

Parabéns!

Beijos,

Reggina Moon

Por toda minha Vida disse...

Boa Tarde.

Linda, adorei, já venho aqui sempre e agora lhe convido a ir no Por Toda Minha Vida. Em comum temos Regina Moon de quem gosto muito.

Renata.
http://renatagomesdefarias.blogspot.com/

Por toda minha Vida disse...

Boa Tarde.

Linda, adorei, já venho aqui sempre e agora lhe convido a ir no Por Toda Minha Vida. Em comum temos Regina Moon de quem gosto muito.

Renata.
http://renatagomesdefarias.blogspot.com/

Wilson disse...

Everson,

Tá rolando uma blogagem coletiva e eu vim te convidar. Mais detalhes lá no meu blog. Não deixe de participar com a gente!

Abraços!

Blue disse...

Sabes muito bem Poeta Mineiro, que o Amor não tem explicação. Apenas as palavras dos Poetas é que explicam. Assim como definir o Amor. Outra coisa que Poetas sabem fazer!

Abraços

Blue disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JADY*ALVES disse...

Lindo e melodioso poema Everson.
Você me encanta!
Beijos e carinhos da jady pra tí

lita duarte disse...

... ao som do outono

Everson,
Adorei esse poema.

Beijos.

lili laranjo disse...

Everson

Que seja sempre Primavera nos nossos corações...


Estação do ano


É mais uma etapa
Mais uns dias de Sol
A tempestade já vai embora
E eu...vou fazer o meu Verão
Durante o outono
É fora de época mas apenas para uns
Para outros não
A estação do ano muitas vezes
Não é mesmo o do calendário
É aquela que nós queremos
É aquele que nós precisamos
E eu...neste momento
Quero a primavera
Para poder depois
Já com frio e no Inverno
Poder gozar o Verão!...



Lili Laranjo

sonho disse...

Deixa-me ficar aqui com você?
Deitado ao som do outono...palavras de um poeta lindo como tu:)
Beijo d'anjo

Thomas Albuquerque disse...

Musica, poesia..e selos!!
tem um no meu blog para ti.


boa semana.

MARIA L. BÓZOLI disse...

Quando uma poesia
Penetra em sua alma
Ela vai alem do olhar!

Ana Beatriz Nascimento


Linda e abençoada noite!!

toon fonte disse...

você é músico?
adoro o outono - inverno.

Chris disse...

Um céu que muda no ensinamento das horas...
Beijo
Chris

Luciana disse...

Oi Everson
Que lindo poema de Outono umas das melhores estações mas sinceramente prefiro o inverno.
Bjs e uma linda noite
Lu

Hod disse...

Nós do extremo sul temos pelo outono um sustain interessante. Lá por Maio acontece o que chamamos de Veranico de Maio e finalmente o tão aguardado inverno com todas suas delícias.

Abraços amigo,

Hod.

paula barros disse...

Everson, achei fantástica a foto, criativa, muito bem bolada.

O som do outono com essa sua poesia me pareceu um som suave, um som gostoso, nos abraços do amor.

beijo

 
Web Analytics