quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Anjo Triste
Anjo triste
Que não ganha o céu
Perdeu o amor
Maior valor que existe
Abelha que não produz mel
Anjo que não voa
Não paira pelo ar
Remo que tombou a canoa
Onda que afoga ilha em alto mar
Hoje eu me sinto assim
Uma tristeza e um vazio
E na leveza dessa solidão
Eu passo a noite sentindo frio
Até tudo isso passar
Eu recolho minhas asas
Esperando você voltar
Pra morar em nossa casa.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade
O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

45 comentários:

mARa disse...

...as vezes sinto frio e já é quase verão...as vezes também espero...as vezes e assim...

Palavras sentidas Poeta...escreves nossa dor, nossa falta, nossa espera...

beijos daqui até ai...e os dias cinzas também me inspiram...gris de payne do meu céu.

Marilu disse...

Querido amigo, lindo poema. Beijocas

Lidia Ferreira disse...

meu querido poeta,
maravilhoso seu poema, da para sentir a tristeza
bjs

*Mi§§ §impatia* disse...

Triste mas lindo o poema.
Beijos querido.

Sonhadora disse...

Meu querido

Como sempre inspirado e falando de amor, adorei.

beijinhos
Sonhadora

Nanda Assis disse...

aii q lindoo. tudo haver comigo.

bjosss...

Nany C. disse...

asas...
as minhas atrofiaram pelo longo tempo de recolhimento...
Tempo que machucou, sangrou... feriu profundo...
Aos poucos elas se esticam e, novcamente, alçarei meu voo...


Beijos no teu coração, meu amigo...

É sempre certo de eu encontrar aqui algo que me toque, profundamente!


Beijos meus!

Márcia Laja - São Paulo disse...

ai ai,,,,meu São Paulo venceu o Cruzeiro....rsrsrsrsr

Lembrei de você nessa hora!
Fica triste não, meu time não tá muito bom...rsrssr (consolo) !

Falei também, de solidão em minha postagem...

Meu poeta, vc é d++++

Beijão e um lindo dia pra vc....

Pena disse...

Brilhante e Notável Poeta Amigo:
A sua luz do amor às suas musas preenche e arrebata-as.
"...Anjo triste
Que não ganha o céu
Perdeu o amor
Maior valor que existe
Abelha que não produz mel
Anjo que não voa
Não paira pelo ar..."

"Isto" é de uma beleza e ternura imensas.
Parabéns.
Onde consegue estas "explosões" poéticas fantásticas?
Adorei, poeta.
Abraço ao seu talento e a si,"costrutor mágico da bela poesia de sonho.
Sempre a admirar a sua amizade sincera.

pena

Sandra Botelho disse...

Ando como passaro triste.
Meu voo já não tem asas abertas
passaro triste que não voa longe do ninho
Que fez da sua canção um canto de dor...

É bem assim que estou.
Bjos querido amigo poeta.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo, meu querido! É exatamente como eu me sinto. Quem me dera poder exprimi-lo em versos como você.
Um beijinho enorme!


Cansa sentir quando se pensa.
No ar da noite a madrugar
Há uma solidão imensa
Que tem por corpo o frio do ar.

Neste momento insone e triste
Em que não sei quem hei de ser,
Pesa-me o informe real que existe
Na noite antes de amanhecer.

Tudo isto me parece tudo.
E é uma noite a ter um fim
Um negro astral silêncio surdo
E não poder viver assim.

(Tudo isto me parece tudo.
Mas noite, frio, negror sem fim,
Mundo mudo, silêncio mudo -
Ah, nada é isto, nada é assim!)

Fernando Pessoa

Tenha um Lindo Dia
Renata

Pelos caminhos da vida. disse...

Hoje estás triste poeta.

beijooo.

Daniel Costa disse...

Everson

Qual será a alma que o não fica, vendo um bonito Anjo triste?
Abraços fraternos

Ju Fuzetto disse...

Bom dia querido!!

Bom restinho de semana pra vc. bjo

Guará Matos disse...

O amor é a grande moradia.
pra quem mora.

Abraços.

Mylla Galvão disse...

Vc tb se sente só hj, Everson?
Então vamos compartilhar a nossa solidão pq um aquecerá o outro por meio das palavras...
Tb me sinto perdida no tempo e no espaço...

bjos

Malu disse...

Bom dia , poeta !


Que seu anjo te chegue ...


BjO Grande !

Assis Freitas disse...

anjos alados,


abraço

✿Lady✿ disse...

Oi poeta!
Vai passar, a tristeza já já vai embora e a felicidade tomará seu lugar.
Beijos meus!
Lady

AC disse...

Um anjo triste com muito bom senso...
Um bom dia para si, meu amigo!

Abraço

Bandys disse...

A vida só é possível através dos desafios.
A vida só é possível quando você tem tanto o bom tempo quanto o mau tempo, quando tem prazer e dor;
quando tem inverno e verão, dia e noite; quando tem tristeza tanto quanto felicidade, desconforto tanto quanto conforto.
A vida passa entre essas duas polaridades. Movendo-se entre essas duas polaridades, você aprende a se equilibrar.
Entre essas duas asas, você aprende a voar até a estrela mais distante.

Um beijo

Maria Luisa Adães disse...

"Anjo triste"

Eu também estou triste
desinteressada
anulada
sentida.

Tal como se sente este poeta amigo.

Nada tem senso,
nada tem interesse,
se a saúde falta,

E eu estou tão longe
do que desejava...

Um dia feliz para ti, amigo

Carinho,

Mª. Luísa

Machado de Carlos disse...

Que a sua quinta-feira seja munida de muita Paz, tranqüilidade e inspiração!
O Anjo que sempre de uma nave espacial, quase sempre entristesse!

Um Grande Abraço!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Um anjo triste necessicta de um outro anjo para que não permaneça triste. Poema sentido. Parabéns,amigo. Um abraço

Wanderley Elian Lima disse...

Olá poeta amigo
Essa tristeza , vai passar e o sol vai brilhar novamente.
Ainda não perdi a esperança. ainda da tempo.
Abração

Lau Milesi disse...

Angelical, seu poema.
Muito lindo!
Poeta, isso é contagioso.
..."Hoje eu me sinto assim
Uma tristeza e um vazio...
E pior é que estou rodeada de pessoas.Nada de solidão... :)
Vá entender...
Um beijo e muitos parabéns!

Ah...pra você: "Cada um de nós é um anjo com apenas uma asa e só podemos voar se acolhermos uns aos outros".
(Luciano de Crescenzo)

Mar... disse...

Olá meu Renato Russo...que saudades de ti....puxa essa poesia é triste mas é linda de viver....
Eu também ando muito triste....ando tão decepcionada com o ser humano meu amigo...
É horrível quando descobrimos que as pessoas mentem para receber afeto e carinho...e por mais que eu saiba que o ser humano é errôneo...eu não consigo deixar de ficar muito triste...mas enfim...a vida segue...

Espero que vc esteja bem meu querido...estive ausente pq estava viajando...
Linda tarde...bjs carinhosos...

Dudha disse...

Então.. Poeta
nossa vc sempre manda bem mesmo..
Anjo triste tambem sorri!
e você tem motivos..
Beijos

Lidi Dias disse...

Olá meu amigo!
Boa tarde!
Lindo texto.
Suas palavras são suave como o vento...
Parabéns pelo blog!!!
Beijos na Alma

Beta disse...

Olá.
Hoje venho aqui para te convidar para participar do amigo oculto do Mix.
Passa lá:
http://www.mixculturainformacaoearte.com/2010/11/amigo-oculto-de-livros-segundo-ano.html
Te espero!

marcia. disse...

o poeta me encanta...estou melhor.um bjo!

Flor de Lótus disse...

"eu nem sei porque me sinto assim, vem de repente um anjo triste perto de mim e essa febre que não passa e meu sorriso sem graça..." Via Láctea Renato Russo.
Ao ler o título do post a primeira coisa uqe me lembrei foi dessa música, adorava ouví-la quando tava curtindo uma fossa...
Beijos

Anônimo disse...

Olá
Gostaria de saber se o autor dos poemas, que tanto quer ver preservada a autoria das suas palavras e com toda a legitimidade, claro, se também preserva a autoria das imagens que também têm autores.
É que, pelo que vejo, ele omite a autoria das imagens, vá-se lá saber porquê, quando deveria indicar, por respeito aos autores, a quem pertence cada uma.
A desculpa do 'encontrei na net' não serve. Se for pessoa de consciência, procura fotos em sites onde são publicadas com indicação do nome do autor, para poder colocar também no seu blog, esses nomes.
É que, por acaso conheço a autoria de uma das fotografia que encontrei por mero acaso, e conheço pessoalmente a modelo, mas a foto que está no site de origem, com o nome, aqui venho encontrar com a margem cortada e o nome apagado.

Respeite para ser respeitado. Não vale exigir dos outros aquilo que não cumpre para com os outros.

Luisa Mascarenhas

Vivian disse...

...mesmo triste abres as
asas da poesia, e eu adoro!

bj, doce poeta!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

A tristeza quando paira, não tem jeito.

Noite de luz, querido amigo.

Rebeca

-

São disse...

Tantos anjos tristes aí andam em perdição...
Abraço.

Desnuda disse...

Querido poeta,

um poema triste na essência, mas belo nos versos.

Carinhoso beijo, amigo.

Confissões de uma borboleta disse...

Oi Everson...
Lindo poema, ainda que um tanto triste.
Beijos

Rosane Marega disse...

Everson adorei é lindo o poema!!!
Beijossssssssssssss

Carlos Augusto Matos disse...

Perder o amor, não há dor igual...

Abração...

Everson Russo disse...

Prezada Luisa Mascarenhas, concordo contigo em todas as palavras, talvez voce não tenha percebido, mas ao rolar a pagina na lateral direita do blog, existe uma notificação de aviso que todos os direitos das fotos aqui inseridas estão no site Olhares.com, infelizmente nem todos os autores colocam o nome das modelos, entendo perfeitamente seu desagrado, caso queira, a foto será imediatamente retirada sem problema algum, a foto citada não foi cortada, basta voce busca-la no site indicado que verá que está na integra, caso queira mais alguma informação, meu email tambem consta na lateral do blog, peço desculpas pelo mal entendido, uma bela noite pra ti.

IT disse...

Sei o que sentes este poeta,como sei!

Abração meu querido e amigo poeta.

rosa-branca disse...

Saudades de um amor ou um amor de saudade. Belo como sempre. beijos com carinho

carol sakurá disse...

Livro dos dias no coração do Poeta.Este é o local do amor.

Abs!

Pérola disse...

Compra um ventilador que eu estou dentro rsrsrsrsrsrs.
Brincadeirinhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.
Beijokas milllllllllllllllllllll.

 
Web Analytics