sábado, 13 de novembro de 2010

Medo
Quando a noite cai
A madrugada se faz menina
A lua me encanta
Estrelas me provocam
Eu tenho medo da solidão
Penso em você
Acalmo minha alma
E durmo tranqüilo.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade
O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

41 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Nessas horas só resta pensar mesmo.

Bom começo de final de semana.

JC

Pat. disse...

Saudades imensa meu amigo querido, mas está uma correria sem fim...

Venho deixar-te um beijo em teu coração. Obrigada por teu carinho.

Marilu disse...

Querido amigo, como é bom ter alguem para pensar e acalmar a alma. Tenha um lindo final de semana. Beijocas

Rute disse...

Querido amigo, desejo-lhe um ótimo final de semana.
"Pensar na pessoa amada acalma mesmo o coração"
Beijinhos a vc

mARa disse...

...estou chegando agora, entre uma taça e outra, a madrugada chegou e cada um acaba chegando em seu lugar...como deve ser, enfim.

E é mesmo assim, acalmar pensando em quem nos acalma a Alma! isso é recordar, imaginar, sonhar e dormir...

Beijos daqui até aí!

ótimo fim de semana e descanse mesmo...rsssss...durma bem!

Pluma Roja disse...

La soledad es triste, pero se supera cuando es una soledad creativa. Y tú poeta, eres creativo.

Un beso, deseo que tengas un buen fin de semana.

Hasta pronto.

Guará Matos disse...

A solidão devora e como.
Abraços.

Rosemildo Sales Furtado disse...

É meu amigo, quando o amor é intenso, a presença se faz até em pensamento. Belo poema. Adorei.

Abraços e muita paz pra ti.

Furtado.

Daniel Costa disse...

Everson

Estar luar e ter companhia a nosso lado, quando acontece, faz-nos felizes.
Abraços fraternos

Maria Luisa Adães disse...

Poeta amigo

Não tenhas medo de nada!
E se tememos, o próprio medo
indubitavelmente é o mal que nos tortura e nos oprime, inutilmente, o coração.

Deixa que ela venha quando adormeces e sonha, lindos sonhos
para me poderes contar!...

Beijos,

Maria Luísa

AC disse...

Everson,
Vir aqui já faz parte da minha rotina diária. As suas palavras dispõem sempre bem.

Abraço e os desejos de um bom sábado

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo poema! E que solução tranqüila para o medo. Ah, se eu pudesse pôr um fim aos meus com poesia.
Beijos e tenha um Bom Dia, querido,

Pelos caminhos da vida. disse...

Seria muito bom se todos os nossos medos fossem resolvidos assim...

beijooo.

Wanderley Elian Lima disse...

Tenha bons sonhos.
Um lindo feriadão pra você
Hoje é tudo ou nada.
Abração

Rosane Marega disse...

E se acalma... lindo final de semana com o maximo de tudo que for ótimo!
Beijossssssssssssss

Anônimo disse...

temo........

lita duarte disse...

Oi, Everson.

O medo também é passageiro.:)


Bom final de semana.

Beijos.

Graça disse...

Olá, querido!

Meu Deus, mas parece um menino esse seu personagem...ou seria vc mesmo a temer??
De qualquer forma, não tenha medo, amigo...a luz se acende na escuridão da noite mais tenebrosa...
Basta pensarmos no Amor, invocá-lo e tudo desaparece...se acalma...
Solidão vai embora.

Éverson,

fiz uma homenagem ao poeta Antônio Lídio, do blog Vozes de minha Alma. Gostaria que visse, e vim convidá-lo a ler sobre esse poeta doce e amigo de todos.
Está em:

botoesmadreperola.blogspot.com

Beijos, e ficarei alegre e honrada com sua presença e seu parecer lá!

Abraços e laços pra ti, meu lindo conterrâneo!!
Deus o abençoe, sempre.

Graça disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lívia Azzi disse...

Poeminha doce, suave e encantador!

Bom para um feriadão de dias cinza e chuva, ficar quieto em casa, assistindo filme e estourar pipoca...

Beijinho!

Denis disse...

Olá.

Dessa maneira, não há medo que persista.
Abraços.

Denis

Livinha disse...

Everson,
O medo, a solidão em si, um bicho cheio de caras e bocas, que nos amendronta em silêncio.
Bem sei, talvez seja ele o nosso maior inimigo.

Belíssimo.

Feliz fds pra ti

Bjs
Livinha

Machado de Carlos disse...

Olá Amigo!

Solidão é algo estranho, principalmente quando estamos ao lado de muita gente, mas sem nenhum afago. Essa solidão, realmente dói no peito.

Belíssimo sábado para você. Sempre esperamos que o Corinthians vença sempre, mas se o Cruzeiro vencer também, brindaremos da mesma forma!

Um Grande Abraço! Um bom futebol e bela poesia também para você!

Pena disse...

Fabuloso Poeta Amigo:
Mesmo exausto não deixa de pensar ou sonhar com as suas musas de sempre.
Feliz fim-de-semana com as suas "preciosidades" humanas.
Descanse. Sossegue e divirta-se.
É um poeta admirável do amor.
Abraço amigo à sua brilhante atitude poética fantástica e sublime.
Com respeito e sempre a admirá-lo

pena

Bem-Haja, pela sua amabilidade e simpatia no meu blogue que adorei.
Excelente, notável poeta.
Divinal, o poema. Aliás, como sempre nos acostumou.

carol sakurá disse...

Sem medo e com muita inspiração!

Abraço de sábado,Poeta!

Sandra Botelho disse...

Apenas um simples pensamento que nos leva até o nosso amor é capaz de nos curar a solidão.
bjos achocolatados querido amigo poeta tenha um doce final de semana

*Mi§§ §impatia* disse...

Tb tenho esse medo....tomara que passe logo.......
Lindo sabadao querido, beijos.....

Márcia Laja - São Paulo disse...

O amor acalma meu amigo!!!

Passando e agradecendo sua carinhosa visita, bom feriado, e um grande abraço!!!

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Lindo poema, como sempre...é na madrugada que os nossos fanrtasmas nos visistam.

Beijinhos
Sonhadora

Assis Freitas disse...

ainda bem que há calma no caminho,


abraço

Desnuda disse...

O poeta dorme embalado pelo amor. Que lindo!

PS: Com direito a chuva que o poeta gosta rsrs. Aqui no sul de Minas esta chovendo bem, com direito a ventos e trovoadas rsrs que foram tão fortes que me acordaram cedo! Que medoooooo hahahaa.

Beijos, Everson.

Diana Carla disse...

Everson é mágico passar por aqui...lindo poema!!

O medo vem mas quando encontramos abrigo ele nos deixa!

bjinhus...

AFRICA EM POESIA disse...

medo Não é connosco
Um beijo


e feliz fim de semana

gabyshiffer disse...

Sempre gostei da solidão...
até precisar estar só sem ser por opção...ai odiei
:)
Uma linda noite de sábado pra vc meu querido amigo...
Beijos imensos na alma!

"Sua visão se tornará clara somente quando você olhar para dentro do seu coração.
Quem olha para fora, sonha.
Quem olha para dentro, acorda."
(Carl Gustav Jung)

lidia disse...

everson ya no me quedan palabras,para decirte que escribis MARAVILLOSAMENTE!
UN ABRAZO INMENSO AMIGO
LIDIA-LA ESCRIBA

MEUS PENSAMENTOS disse...

um bjo poeta! bom sonhos!

Valquíria Oliveira Calado disse...

Olá querido amigo, faz um tempinho que o Valvesta não atua, mas hoje vim trazer um abraço, lindo e pequeno mais objetivo, poema, a madrugada e a solidão, ou paixão...beijinhos.

Valquíria Oliveira Calado disse...

Olá querido amigo, faz um tempinho que o Valvesta não atua, mas hoje vim trazer um abraço, lindo e pequeno mais objetivo, poema, a madrugada e a solidão, ou paixão...beijinhos.

Anna Amorim disse...

Everson

A memória pode trazer paz e abrigo da saudades daquele(a) a quem almejamos e esperamos pelo retorno...
Lindo!

Um domingo e feriados pelos para você!

Lau Milesi disse...

Uma linda prosa poética, romântica e fofa.:)

Beijoss de parabéns!!!

Pérola disse...

A solidão já ñ me amedronta,dela eu crio mil histórias e de todas elas eu sou vitoriosa.
Beijos poeta.

 
Web Analytics