terça-feira, 8 de novembro de 2011

Corrompido Ferido Quebrado
Coração que não encontrou amor
Manhã chegou e não ganhou abraço
Na aquarela da vida o cinza era sua única cor
Cristal quebrado de um olhar sem rumo
Corrompido de asas feridas num vôo solitário
O gosto amargo do beijo lhe arrancou pedaço
Hoje se arrasta entre luas e marés
Caminhando lentamente entre horas e frio
Na sintonia dissonante dos passos
Cansei do mundo e o mundo se cansou de mim
E essa história ainda estava longe do fim.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

O Livro dos Dias Poesias
Adquira no email: evr.russo@uol.com.br

43 comentários:

SAM disse...

Querido amigo,

Um poeta sabe transformar a dor em belos versos.


Beijos com carinho, Everson. Uma belíssima noite querido amigo.

Yasmine Lemos disse...

Que não tenha fim mesmo.
Obrigada pelo carinho poeta
meu bom dia
bjs

Cidinha disse...

Oi Everson. Meu amigo tristes versos! Más tem todo um sentimento. Nos sentimos desamparados perdidos acabados. O tempo sim! È nosso aliado e tudo se apaga. Nova esperança virá! Bjos com carinho. Bom dia Querido!

Daniel Costa disse...

Everson

Coração que não sinta amor, é natural ver mundo cor cinza. Ou puro respisrar fundo, para rumar em procura da flor que se apresente de bonita cor?
Abraços de fraternidade

Bandys disse...

Everson,

Voce as vezes me lembra Cauza.
Porque sera?

Outra vez vou te cantar, vou te gritar
Te rebocar do bar
E as paredes do meu quarto vão assistir comigo
À versão nova de uma velha história
E quando o sol vier socar minha cara
Com certeza você já foi embora
Eu ando tão down
Eu ando tão down

Outra vez vou te esquecer
Pois nestas horas pega mal sofrer
Da privada eu vou dar com a minha cara
De panaca pintada no espelho
E me lembrar, sorrindo, que o banheiro
É a igreja de todos os bêbados
Eu ando tão down
Eu ando tão down
Eu ando tão down
Down... down

Um dia todinho repleto de luz, paz e alegria.

Beijos

Mar... disse...

Bom dia meu Renato Russo...
Vejo muito do Renato nesses versos...
Amor não correspondido...saudade, vontade...

Saudades de ti meu querido...mas aqui estou...voltando aos blogs aos poucos...ainda falta tempo para conseguir visitar todos...
Um dia maravilhoso para ti meu querido...muita paz, poesia e muito amor...
Bjs carinhosos...

Aleatoriamente disse...

Bom dia poeta.
Tua poesia é uma fratura exposta.
Fala da alma e sintoniza sentimentos.
Profunda e muito bonita.

Beijinho Everson

LUZ disse...

Olá Everson,

Coração sofre e sofre e o fim da estrada ainda não se vislumbra.
Só mais um passo, tenhamos fé.

Beijos de luz.

Assis Freitas disse...

continua mesmo alquebrado o coração,


abraço

Sônia Amorim disse...

Não encontrou amor, ainda, mas há tempo para o amor encontrar e fazer novas histórias, lindo poema, beijos

Luís Coelho disse...

Os desencontros são muitas vezes o fim de uma relação.
O amor verdadeiro vai para lá dessas desavenças com o tempo e as desilusões....

Vivian disse...

Bom dia,Everson!!

Tão triste meu amigo...lindos versos,mas tão triste...não canse do mundo não...tudo passa...
Fique bem tá?!!se cuida!
beijos!!!!
Lindo dia pra ti!!

ॐ Shirley ॐ disse...

Oi, amigo inspirado, muito bonito esse poema. Tenha um dia lindo e proveitoso!

Anônimo disse...

Estimado Poeta Genial:
"...O gosto amargo do beijo lhe arrancou pedaço
Hoje se arrasta entre luas e marés
Caminhando lentamente entre horas e frio
Na sintonia dissonante dos passos
Cansei do mundo e o mundo se cansou de mim
E essa história ainda estava longe do fim..."

É significativo e marcante o seu poema muito belo e puro.
Escreve com magia e talento.
Abraço amigo de respeito imenso pelo ser humano fantástico que é e significa.
Sempre a admirar o que concebe de pureza que lhe brota do sentimento cristalino.

pena

Adorei.
Bem-Haja, enorme e fabuloso amigo.
Excelente!

Tais disse...

Ola poeta amigo dia bom d mais para ti.
Bjos
decorehouse

Ivana disse...

Olha meu amigo,
Uma sintonia tão grande tem acontecido quando chego aqui! Sei que esse poema não foi feito pra mim, mas me caiu tão bem que não tenho nem palavras, e a sinceridade acima de tudo, não é mesmo? Nem sempre estamos alegres, mas há de passar.
Seu livro é muito bom, gosto do seu modo de escrever, gosto dos seus versos. Agora mesmo, eu li: COMO TE VER ASSIM. Um dia cheio de paz e alegria, um abraço.

Anne Lieri disse...

Comovente e linda poesia desse coração sem amor!Adoro seus poemas!bjs,

M. disse...

Fazes da triteza beleza, sim tu poeta:_)

Marly Bastos disse...

lindo, poético e triste!
Olha se arrastar entre luas e marés não é tão mau, pois um dia ela te empurra pra praia.
Beijokas meu poeta da lua.

Verinha disse...

Simplesmente magnifico, como sempre Everson!

Beijo grande em seu coração..
Verinha

。♥ Smareis ♥。 disse...

Os versos são lindos, porém triste.

"Cristal quebrado de um olhar sem rumo, corrompido de asas feridas num vôo solitário".

O fim não existe!
No horizonte sempre há uma luz que brilha...

Beijos grande no coração meu amigo poeta.

Zil disse...

mesmo na dor de um sentimento,suas palavras tem um encaixe perfeito...

lindo demais seu poema....


grande beijo amigo Poeta...


Zil

Pluma Roja disse...

Hola Poeta, hay momentos en que nos cansamos del mundo, pero es temporal son momentos.

Lindo poema.

Saludos cordiales.

allmylife disse...

Seus escritos melhoram a cada dia que passa =)

MARILENE disse...

Desencontros em sentimentos causam dor. Mas sempre há um porto para o poeta sonhador.

Bjs.

... "re" ... disse...

Poeta...

Cansei de ver os poetas sentido mais que os outros. Cansei de acreditar. Cansei de sofrer...

Mas não cansei de ler e reler este poema. Está lindo de ler-se. Um poeta e e será sempre um puro insatisfeito...

Baci e abbracci... 1000 felicità...

Vera Lúcia disse...

Olá amigo,
É triste ver como a dor é inspiradora! Belos versos!
Este voo solitário logo terá fim.
Bjs.

Lívia Azzi disse...

Ei poeta lindo e querido!!

Voltei de novo, risos...

Sabe, as histórias mais bonitas são essas que não tem fim, mas movimento, hum?!

Beijos, beijos e carinhos...

Maria Selma disse...

Não se cansa não,o mundo não se cansou de você,seu verso é triste com a dor da solidão mas é dela que veio esta inspiração...
Não se esqueça que o mundo não se cansou de ler você....
Haverá um novo amanhã na cor do arco-iris e voarás não mais sozinho,neste lindo céu azul...
Tanto tempo que não venho aqui...
Lindo poema amigo poeta,
Beijos

Néia disse...

Olá querido poeta...
Não há fim para quem ama de verdade, se entrega de corpo e alma e vai até as últimas consequências para ser feliz.Você me parece assim, um predestinado a amar sem medidas...
Para pessoas como você há sempre um recomeço...
beijos de terça-feira

edumanes disse...

Boa noite amigo Everson,

Histórias sem fim
Como esta, outras há
De tristeza ficou assim
Chorado lágrimas terá?

Continuação de boa semana para
você, um abraço
Eduardo.

Audrey Andrade disse...

Nossa, EVERSON, que Deus abençoe cada vez mais esse seu dom maravilhoso de transformar palavras em poema/música.
Esse post é SEN-SA-CI-O-NAL!!!!

Meu carinho e respeito!
http://pequenocaminho.blogspot.com

Rute disse...

Beijos meu querido.

Flor de Jasmim disse...

Lindo mas muito triste!!!

Que esse coração encontre o amor rápidinho, pois viver sem amor não faz sentido.
Beijinho

Bill Carson disse...

Quando falta um pedaço.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Coração que não encontrou amor
Manhã chegou e não ganhou abraço
Na aquarela da vida o cinza era sua única cor
Cristal quebrado de um olhar sem rumo

São fases negativas da vida, mas que duram pouco.

Abraços e boa noite pra ti.

Furtado.

Van disse...

Há beleza na dor

Poeta, encantas quando sangras, quando desiste ou quando sorri.

Encantas sempre, Everson!

Giovanna disse...

Triste masa em sintonia com o seu coração, só não permita que ele continua triste por muito tempo.. e quando vc menos pensar o amaor surgirá...e assim seu coração triste não mais irá ficar...

Abraços poeta
Giovanna

Carla Fernanda disse...

Triste e sofrido mas passa...no outro amor que virá...
Beijos

Amapola disse...

Boa noite, querido amigo Poeta.

Ainda bem que no palco da vida o enredo não é uma obra fechada.
Tudo pode mudar, trazendo alegria para o seu coração.

Fique com Deus.

Beijos.

Thomas Albuquerque disse...

A caminahda de nossas vidas as vezes nos cansa muito, mas nunca devemos fraquejar, por mais pesada que a nossa cruz seja.


Boa semana poeta.

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia meu príncipe das letras!
Sóquem cura um amor que se foi...é outro amor quando chega...
bjssssssssssss

Camila O. disse...

Só eu me cansei do mundo. O mundo não se cansa de me espancar na mente. Está longe do fim sim, ainda.

"Muitos demônios nascem do cansaço." Essa é da boa.

 
Web Analytics