quarta-feira, 9 de novembro de 2011

A Menina Que Não Tinha Rosto
Vem de longe tristeza
Toca o corpo nu estendido na cama
Traz na bagagem a sua pobreza
Destrói os sonhos de quem ama
Levanta desse mundo
Corre pro espelho e não vê nenhum reflexo
Delírios flutuantes de amor
Envoltos em um sentimento perplexo
Nada se encontra no lugar
Nem a onda giratória do vento
Muito menos aquela pequena ilha
Que baila aos encantos sedutores do mar.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

O Livro dos Dias Poesias
Adquira no email: evr.russo@uol.com.br

39 comentários:

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Triste e melancólico, mas cheio de emoção.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Yasmine Lemos disse...

Sem rosto ,sem alma,sem reflexo e mesmo assim ainda sonha com o amor.Belíssimo amigo
bjs bom dia!

Rô... disse...

oi meu querido,

aprendi com o tempo,
que nada deve nos impedir de sonhar,
e de viver um grande amor...
nada mesmo...

beijinhos

♫*Isa Mar disse...

Bom dia amigo, passando cedinho pra te ler e deixar meu carinho, lindo dia, beijos no coração!

LUZ disse...

Bom dia Everson,

"Ai, triteza vai embora deste meu peito cansado e leva para bem longe este meu fado.." (versos de um fado).

Beijos de luz.

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia meu príncipe das letras!
Versos tão instigantes que no imaginário transmite um pouco ou muito...sentimentalidades...
bjssssssssssss

Vivian disse...

Bom dia,Everson!!

É meu amigo...assim complica, mas
quem magoa um coração, as vezes nem se dá conta...
Vai passar...vais ver!Logo o sol volta a brilhar renovando as esperanças, e trazendo novidades!!!!
Tudo de bom pra ti!!!!!
Te cuida!!
beijos!

Desnuda disse...

Bom dia querido Poeta,


Um poema pra refletir amigo.

Ótimo dia querido amigo Everson! Beijos com carinho

Bandys disse...

LIndo.
Mas Só passo a comentar agora depois que vc falar da fotinho do perfil.
kkkkkkkkkkk. Ta analisando???
Mas o que é isso??rsssss Greve geral. Depois sua tristeza vai aumentar que eu sei. Então pode começar a falar. Aí eu volto pra comentar direitinho.

Eu não tenho culpa do seu zeiro ok??

Mil beijos rubro negro proce.

✿ chica disse...

Linda e profunda inspiração! abração,chica

Miriam de Sales Oliveira disse...

Oi,gostei de tudo.Blog muito legal!
Abç

Pelos caminhos da vida. disse...

O sonho nunca acaba poeta...

Um bom dia para vc amigo.

beijooo.

Pelos caminhos da vida. disse...

O sonho nunca acaba poeta...

Um bom dia para vc amigo.

beijooo.

... "re" ... disse...

Poeta...

Todo o amor sem rosto apenas trará o desgosto...

Muitas vezes desejamos ser assim, sem rosto.

Bela imagem!

Saluti... Noble Poet

... "re" ... disse...

Publica não hem!!!

Menina sem rosto éh?

Parece eu.kkkkk

ॐ Shirley ॐ disse...

Bonito poema, bela voz...Um grande abraço, querido Éverson!

Pena disse...

Notável e Extraordinário Poeta Amigo:
"...Nada se encontra no lugar
Nem a onda giratória do vento
Muito menos aquela pequena ilha
Que baila aos encantos sedutores do mar..."

Admirável e gigantesco da sua ternura fabulosa.
Parabéns, encantam com magia os seus versos geniais.
Abraço amigo de respeito pelo ser talentoso da poesia fabulosa que vem de si.
Sempre a admirá-lo

pena

MUITO OBRIGADO, pela sua enorme visita.
Bem-Haja, prodigioso amigo.
É fantástico.
Brilhante. Adorei.

edumanes disse...

Menina que tinha triste rosto
Sólido à beira do mar rochedo
Triste solidão ao sol posto
Vivida na escuridão em segredo!

Muito lindo o seu poema.
Desejo uma boa tarde para você,
meu amigo Everson.
Um abraço
Eduardo.

Tais disse...

Bela poesia poeta amigo,
Que seu dia tb seja de puro carinho e afago...
Bjos.
decorehouse

Verinha disse...

Muito lindo Everson.. como sempre!!!

Beijo imenso em seu coração...
Verinha

C@urosa disse...

A grande emoção da imagem misteriosa!E como é bom o mistério no amor!

forte abraço

c@urosa

MARILENE disse...

A imagem não se perde, mesmo que não consigamos relembrar detalhes. Em matéria de amor, nada é certeiro.

Bjs.

Vera Lúcia disse...

Olá amigo,
Versos profundos.
Tenha uma bela tarde.
Bjs.

。♥ Smareis ♥。 disse...

Lindos versos meu amigo.
Nesses delírio de amor a gente se perde completamente. Beijos e ótima noite amigo poeta!

Camila O. disse...

"Traz na bagagem a sua pobreza"

Antes pobreza, seja de espírito ou sei lá do que de desgraça, como na minha mala. òó

Acho que fui pobre de espírito agora. :p

Dri Andrade disse...

Não tinha rosto mas tinha peitos kkkkk.....

brincadeira! Achei linda a foto.

Amigo estou indo fazer uma pequena viagem, contei tudo la no blog, depois passa lá...

beijos e ótimo restinho de semana

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Everson! Passando mais uma vez para apreciar mais uma das tuas belos criações. Belo poema.

Abraços e muita paz pra ti.

Furtado.

Gostaria se possível, visitasses este blog, cujo endereço segue abaixo:
http://luismirallessangro.blogspot.com/
Com certeza irá gostar da surpresa.

Anne Lieri disse...

Everson,que beleza de inspiração poética!Comovente e lindo poema!Bjs,

Amapola disse...

Boa noite querido amigo Poeta.

Nossa!! Profundo...

Muita paz, poesia, alegria!

Beijos.

Flor de Jasmim disse...

Everson
Profundo!!!
Quantas vezes se magoa um coração sem se apercebemos.
Linda imagem.
Beijo

Rute disse...

Linda escrita.
Beijos meu querido amigo

ONG ALERTA disse...

O amor é para nos deixar perdidos, beijo Lisette.

Helinha disse...

Olá, meu querido!

Quanta sentimentalidade em poucos versos... parabéns!!

Tem dias em que a tristeza chega e não quer nos deixar... quem nunca passou por isso?

Beijos carinhosos!!

^^

Carla Fernanda disse...

A tristeza nos tir a expressão, mas é só ilusão porque no fundo só nos traz muito mais emoção e razão....nos leva a uma decisão...
Beijos e boa noite!!

♫ ♪ Wilson Miguel ♫ ♪ disse...

Amigo Everson,

Uma busca silenciosa pelo que ficou perdido no mar aberto da ilusões.

Um grande abraço e tenha um dia de paz!

Deus seja contigo

Dja disse...

Oie querido

Nada pode nos fazer desacreditar do amor.

beijos no seu coração

Machado de Carlos disse...

Encontro-me em uma ilha deserta. Inda posso vislumbrar o mar e, na mente carrego delírios do tempo marcado num espelho. É o reflexo do meu mundo pobre. A tristeza invade, procuro nas letras motivos para aliviar a minha tristeza.
Abraço, meu amigo!

Paula Barros disse...

A tristeza tem poderes, que nós por vezes não sabemos como enfrentar, e chega e se aloja.

beijo

Lau Milesi disse...

Triste não ter rosto...e perigoso, poeta amigo.Pode-se fazer maldade sem ser identificado.

Um beijo pra você.

 
Web Analytics