sábado, 2 de junho de 2012

Junho
Quando o sono me é leve
E o tempo não me parece o bastante
Os sonhos terminam antes que a pureza
Me venha ao toque das mãos
O teu simples se perdeu
Próximo do amor vem o ódio
De um carinho que nunca foi meu.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta

30 comentários:

Evanir disse...

Bom Dia Meu Filho.
Fiquei muito feliz depois de ter falado contigo hoje.
Amado confesso estava bastante angustiada quando liguei para você.
Obrigada pela paz que consegue transmitir para minha alma.
Deus abençoe seu doce coração um feliz sabado.
Beijos da mãezinha,Evanir

Desnuda disse...

Querido Poeta,


Um belo poema e bastante profundo na análise dos sentimentos.


Beijos com carinho amigo. Um ótimo fim de semana

BlueShell disse...

A desilusao a tristeza...mas um coração puro...o teu!
Obrigada por tu amizade! Bj

Daniel Costa disse...

Everson

Dizem ser certo muito próximo do amor está o ódio, mas sempre haverá um caminho directo para o amor, digo eu.
Abraços fraternos de bom sábado

Luís Coelho disse...

O amor se não é verdadeiro e não consegue amar perdoando e dando-se plenamente dá lugar à indiferença e depois ao ódio.

Opostos comuns na mesma situação.

Aleatoriamente disse...

Bom dia poeta.
Intensidade ebeleza monta tua poesia.

Beijão

Aleatoriamente disse...

Bom dia poeta.
Intensidade ebeleza monta tua poesia.

Beijão

MA FERREIRA disse...

Everson,,tudo bem?
Mais um dos seus lindos poemas..

Um feliz final de semana a vc!!

bj

Mariangela disse...

Bom dia querido amigo poeta,
te desejo um feliz sábado cheio de esperanças novas, que te faça muito feliz!
beijos!
Mariangela

Rute disse...

Querido amigo, um ótimo final de semana a vc. Beijos!

✿ chica disse...

Muito linda poesia,Everson! um abração,ótimo fds!chica

Pelos caminhos da vida. disse...

Que seu fim de semana querido poeta seja de muito amor, paz, luz...

beijooo.

Assis Freitas disse...

o simples é sempre essencial,



abraço

Pedro Luis López Pérez disse...

Esa desilusión y constreñimiento hacen mucho daño a nuestro corazón, pero siempre habrá un nuevo Amor que sepa corresponder a nuestro sentimiento.
Un saludo. Preciosa composición.

Tatiane Salles. disse...

Bem colocado, como sempre em belo entoamento de palavras. Apesar de agora pensar que, o contrário de amor seja a indiferença.
Parabéns, belo poema! =]

Te desejo um excelente e abençoado sábado, um ótimo final de semana.
Grande abraço.
Tatiane Salles.

http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

Att.

Vera Lúcia disse...

Olá amigo poeta,

Dizem que o ódio é sinal de que ainda existe amor.

Lindo sábado para você!

Beijo.

LORENA LEITTE disse...

que poema maravilhoso, muito intenso e profundo. um carinho tão desejado !
beijos

Tunin disse...

Infelizmente acontece quando se ama, intensamente, e descobre-se que nunca fora correspondido,daí vem o ódio a tomar o lugar do amor.A desilusão é manifestada.
Poeticamente belo.
Abraços de bom final de semana, poeta!

Carla Fernanda disse...

Junho mês de viagem...

Beijos!

Coisas do meu Coração! disse...

Meu amigo Russo!
Um final de semana bem especial.
Grande beijo
Eu! Leilinha

MARILENE disse...

Não há como fugir da desilusão, mas pode-se manter a pureza no coração.
Bjs.

Anne Lieri disse...

Everson,muito triste quando um amor nos angustia...linda sua poesia!Bjs e bom fim de semana!

Amapola disse...

Boa noite, querido amigo Poeta.

Lindo, lindo!!
Êta amor, danadinho de poderoso!!

Felicidades.

Beijos.

You and Me disse...

Os meu sonhos se findaram, mas felizmente ainda restam cacos de nós em mim, que ainda me inspiram escrever.
Que lindo amigo.
Beijos proibídos e um otimo fim de semana ^^

Ana Martins disse...

Everson, boa noite!
Um poema pequenino que transmite uma enorme angústia.

Lindo, sem dúvida!

Beijinho,
Ana Martins

Suu Munizz disse...

Que teu junho venha com carinhos e sorrisos!um ótimo domingo amigo,abraço,=)

Cidinha disse...

Olá, amigo. Saudades! Um feliz domingo pra vc. Querido amigo belos versos! A desilusão nos machuca, más não temos como evitá-la. Bjos e bjos no seu coração! Obrigada pelo carinho.

Suely Rezende - Ministério HD disse...

Olá meu Querido,

Junho! O mês do meu aniversário. hehehe

Bela comparação não é?

beijos Poeta,
Suely

Elisa T. Campos disse...

triste e lindo

bjs

LUZ disse...

Oi querido Everson,

Junho? Mês de desamor? Apenas, imaginação poética, vamos crer.
Qdo um amor parte, outro virá, mais tarde ou mais cedo.
O importante é amar.

Excelente noite.
Beijos da Luz.

 
Web Analytics