quinta-feira, 14 de junho de 2012

Perdido no Mundo
Eu ando no mundo
Futuro e passado
Perdido na vida
Presente ao meu lado
Não sei o caminho
Vivo sempre sozinho
Cansei de seguir
Sentei na calçada só pra esperar
Que os ventos do sul me tragam o amor
Ou que me levem pra longe
Para o fundo do mar.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta

30 comentários:

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, poeta. Você não ficará nas ondas do mar, perdido, solitário.
Sei que o amor na forma mais plena alcançara o coração do poeta num romantismo vívido!
Um beijo na alma, e fique na paz!

Flor de Jasmim disse...

Profundo!
E triste tal como quem vagueia só!
Que esses ventos do sul não deixem de soprar e te tragam quem estás a esperar.
Lindo teu poema meu grande amigo.

Beijinho e uma flor

Assis Freitas disse...

os ventos trazem as boas novas,


abraço

Elen Abreu disse...

Não sei o caminho. Se encaixa nos meus dias esse poema.
Tenha um bom dia.
Beijos;*

Pedro Luis López Pérez disse...

Esa sensación se repite una y otra vez, Nuestra mirada al vacio, fijada sólo en el Horizonte nos hace sentirnos como alas deltas, esperando ser deslizados por una corriente que desconocemos y que no sabremos, si viene, donde nos llevará...pero, al menos, servirá para eludir esta apatía, esta brújula sin agujas.
Preciosa Poesía...Me ha encantado.
Un abrazo, Everson.

Secreta disse...

Por vezes precisamos de nos perder, para nos podermos reencontrar.
Beijito.

edumanes disse...

Sentado na calçada esperar
Se cansou de seguir sozinho
Para com o seu amor se encontrar
E junto seguirem esse caminho!

Boa quinta-feira para você, meu amigo Everson, sempre boa poesia acompanhado de seu violão!

Um abraço
Eduardo.

LORENA LEITTE disse...

adoro apreciar suas poesias,elas são lindas.
tão gostoso de ler.
abraços

LORENA LEITTE disse...

adoro apreciar suas poesias,elas são lindas.
tão gostoso de ler.
abraços

Bandys disse...

Bom dia poeta,
Eita pegou gripe, então tem cha de limão e benegrip. Eu também fiquei perdida bem na porta da sua casa...
Gostei da imagem..faltou as sereias ali, kkkkk.
Olha, la vou eu pra MG, nada de farofada no esconderijo hein. Vou colocar alguém pra te vigiar. E tu ja sabe ate quem é.
Melhoras e comporte-se.

Beijos, hoje cruzamos a noite a mesma lua.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Canção da despedida, amigo? Pode não. Um abraço e parabéns pelo belo poema.

David C. disse...

A veces uno se siente así.

Mariangela disse...

Prefiro pensar que os ventos sul te trará um grande amor.
Lindo, amigo, um belo dia cheio de esperanças.
Beijo,
Mariangela

Daniel Costa disse...

Everson

Esperar, fazer uma pausa, é bom, mas seguir nosso rumo de amar, ultrapassar encruzilhadas, custe o que custar.
Abraços fraternos

Vera Lúcia disse...

Olá amigo poeta,

Às vezes nos sentimos assim, pedidos no tempo e no espaço. Mas, com certeza, os ventos do sul chegarão trazendo para o poeta o amor tão desejado e esperado.

Ótima tarde!

Beijo.

MARILENE disse...

Todos nos sentimos perdidos, vez ou outra. O norte ou o sul???? A bússola há que ser a do coração, realmente.
Bjs.

... "gigi"... disse...

Poeta...

As desilusôes fazem parte do crescimento de uma pessoa, é certo que dói, tem alguem que sempre dizia-me: o que arde cura, mas para mim, mais arde que cura. ..

Queres um abraço? Então segue, com todo respeito e carinho poético...

Sentistes?? Que bom...

Baci... É bene... Il tutto sara ben...

Anne Lieri disse...

Everson,sempre uma poesia muito linda e sensivel!Bjs e meu carinho,

Tatiane Salles. disse...

Perder no caminho faz parte. Que não se perde, nunca se encontra. É sempre muito bom te ler. Parabéns.


Um lindo resto de tarde.
Grande abraço.
Tati.

http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

Att.

Zilani Célia disse...

OI EVERSON!
É SEM AMOR NÃO DÁ MESMO...
LINDO TEXTO AMIGO.
ABRÇS

zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

Anônimo disse...

Ué??? Que eu me lembre não fiz nenhuma encomenda poética procê, poeta amado!!! Ah como sei/sinto esse andarilhar...
Beijuuss, par e passo, n.a.
Regina R.

Mar... disse...

Sempre o vento né meu Renato Russo...
Uma noite deliciosa para ti meu amigo tão querido...
Bjs carinhosos...

Mariz disse...

Q os ventos te tragam um grande amor.

beijos e ótima noite!

Smareis disse...

Ehehehe, que sabe no fundo do mar tu encontra uma bela sereia.
Adorei os versos!

Beijos amigo poeta!

Rô... disse...

oi meu querido,

quando me sinto assim,
fecho os olhos e deixo o vento
me guiar e me levar...

beijinhos

Desnuda disse...

Querido Poeta,


Canto triste. Que venha o amor e seja percebido.

Beijos com carinho Everson

Severa Cabral(escritora) disse...

Belo alvorecer meu príncipe das letras !
Cada poema seu deixa marcas indeléveis ...
bjsssssssssssssss

LUZ disse...

Oi querido Everson,

Por amor, tudo vale, até a perdição de nos mesmos.
Você é maravilhoso!

Beijos carinhosos da Luz.

Cristina disse...

Los vientos nunca fallan, traerán el amor soñado...hermosa imágen!
Abrazos miles.

Elisa T. Campos disse...

Pode sentar que o amor virá.
Lindo.

bjs

 
Web Analytics