sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Um Sutil Adeus
Vento que sai de trás da lua
E vem beijar levemente o teu olhar
Anunciando um sutil adeus
Do amor verdadeiro que cansou de te esperar. 
 
By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

32 comentários:

Felisberto Junior disse...

Olá!
Everson
...todos esperam aquela estrela radiante, aquela que do brilho faz surgir um arrepio na pele, na alma.Mistério quando essa mesma estrela não consegue enxergar o amor verdadeiro que está ao seu lado...
Obrigado!
ótima sexta feira!
Abraços
ClicAki Blog(IN)FELIZ

Mariposa disse...

que lindo o texto
mt bom seu blog
beijos

✿ chica disse...

Muito linda!! abração,ótimo dia!chica

Rô... disse...

oi meu amigo,



um adeus é sempre um aperto amargo no peito...
dói demais...

beijinhos

Secreta disse...

A espera pode ser desesperante...
Um beijito. Bom fim de semana.

Vivian Fernandes de Goes disse...

Bom dia,Everson!!

Uau!!!!Que belíssima inspiração e imagem!!!!Lindo poema, meu amigo!
Beijos e meu carinho!!

Marcia Melo Morais disse...

As vezes esperar cansa...bjo!

Sónia M. disse...

Quem espera...desespera!

Bom fim de semana, Everson!
Deixo um beijo
Sónia

LUZ disse...

Oi, querido Everson!

Um subtil terminus. Lindo!

Boa sexta, com alegria e paz.

Beijos da Luz, com ternura.

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Ese Amor que se cansó de esperar y de luchar a contra corriente de la atracción de esta Luna que, triste, observa un adeus.
Precioso Poema.
Un abrazo.

Mary disse...

Olá Everson!

Até mesmo o amor um dia cansa.

Será? rs

Bjo

Bandys disse...

O amor é paciente... ele espera sim.

Eu sou do contra, kkkkk.

Brincadeira amigo, as vezes cansa mesmo, mais amor brota toda hora.

Eu tambem adorei o papo ontem, foi muito bom...
Hoje SEXta dia de ir pra esbornia, rsrsrs.
Ta com 3 blogues agora??
affff.

beijos e um dia com muita sorte pra encontar um novo amor.

Daniel disse...

Todos nós, em algum momento, cansamos de esperar, mas não podemos desistir dessa espera, porque quando ela chega, nada do que foi importou muito.

Lindo blog, cheio de inspiração.

Dan

Assis Freitas disse...

adeus é sempre adeus,



abraço

Cristina disse...

Paso a desearte un hermoso fin de semana mi querido Everson, te dejo un fuerte abrazo!
!Que siempre mantengas la llama de la inspiración tan alta para obsequiar tan bellos poemas!

Daniel Costa disse...

Everson

Vento sopra de mansinho, para não ensombrares a lua, de modo a ficar sempre com uma amorosa visão.
Abraço de amizade fraterna

... "gigi"... disse...

Addio Tio Wy...

Buaaaaaaaaaa!...

Snif, snif, snif!...

Baccitis blucitis... rsrsrs

Vera Lúcia disse...


Olá amigo poeta,

Por mais sutil que seja um adeus ele sempre será triste e doloroso.
Pelo amor, espera-se todo o tempo do mundo, mas para esperar um "determinado" amor há sempre um tempo limite.

Ótima tarde.

Beijo.

Mariangela disse...

A espera quando é longa faz com que desanimemos, mas espere só pra ver, logo terá motivos para sorrir!
Beijos... um final de semana feliz e flores pra vc também!
Mariangela

























Dorli disse...

Oi Everson
Experimentar um amor verdadeiro é raro, se ele se foi por algum motivo ele não voltará jamais.
Um beijo
Lua Singular

Eloah disse...

Sempre a lua a encantar teus poemas.
Muita luz querido poeta e tantas luas quanto o tamanho dos teus sonhos.
Bjs Eloah

edumanes disse...

O vento que sopra
Para longe leva a brisa
Não se sabe quando volta
Lembrança e saudade fica!

Boa noite de e«sexta-feira para você,
amigo Everson,
um abraço
Eduardo.

MARILENE disse...

O adeus só é belo nos poemas. Deixa marcas e enormes vazios. Bjs.

Nos Amando... disse...

esperar cansa
e as vezes não vale a pena
lindo fim de semana

Mary disse...

Obrigada!

Bjos

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

O coração até espera... mas tem limite. Um abraço de bom final de semana.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido Poeta

Por vezes a espera é tão longa que o coração fica cansado...sempre belo.


Um beijinho com carinho
Sonhadora

Cristina disse...

MI querido Everson,no puedo acceder a tu otro blog, me dice que es solo para usuarios autorizados.
Te dejo un abrazo, bonita noche!

Casa de Anita disse...

Oi meu amigo,

Tive uma semana agitada mas não poderia deixar de vir aqui e lhe desejar um final de semana super inspirado e cheio das mais belas poesias.

Beijos,
Anita

Smareis disse...

Ninguém é de ferro, chega uma hora que cansa.
Beijos poeta amigo!

Ótima fim, de semana!

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite meu príncipe das letras !!!!!
Neste sútil adeus ainda mora o amor ...
bjsssssssssssssss

Elisa T. Campos disse...

Triste adeus, mas lindo.

bjs

 
Web Analytics