terça-feira, 29 de setembro de 2009

Do Outro Lado da Lua Tem Amor
Na escuridão plena da noite
Recrutando estrelas para protegê-la
Para ajudá-la a iluminar a madrugada
Para que os amantes possam vê-la
Olhando você deitada na cama
Esperando do amor um toque infinito
Querendo que seu coração
Se encontre num caminho bonito
Nua e perdida em sonhos
Olhando o céu mudar de cor
Acreditando que alem do seu mundo
Do outro lado da lua tem amor
Amor pra te conquistar
Amor pra te seduzir
Amor pra te fazer feliz
Amor pro seu coração sentir
Espero que a lua se encante contigo
E te mostre qual é a direção
Se acaso se perderem pelo caminho
Cercada de estrelas estarão
Encontre no futuro a poesia
Que o amor um dia escreveu
Naquela madrugada fria
E que você não acreditou
Que esse amor era meu.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Dor, de Onde Vem?
Dor
Espinho flor
Dor
Saudade amor
Dor
Arco-íris sem cor
Dor
Mar sem ilha
Dor
Sol sem lua
Dor
Céu sem estrelas
Dor
Serena manhã sem você
Dor
De onde vem?
E pra onde vai?
Só não fique aqui no meu peito
Sei que o amor não tem mais jeito
Some e se perca no infinito
Deixa-me ver o mundo mais bonito
Dor
Madrugada solidão
Dor
Hoje quero olhar o horizonte
Correr no rumo do sol
Dor
Pra você eu digo não.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

30 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Poeta!
Duplex bonitos, belos, o primeiro, evocando a mulher amada, e, o segundo, a negação da dor. Tomara que não seja a dualidade, o amor por duas mulheres, porque se for, complica mesmo.
Um beijo de bons sonhos,
Renata

Daniel Costa disse...

Everson

A dor e o amor combinam, ter muito amor para dar, por vezes pode não ser entendido de mão beijada.
Isso provoca uma dor, um friozinho que se arrasta, até um dia quando menos espera, pode chegar o júbilo.
Então o poeta entoará a sua ode à alegria motivada, pela sua persistência,
Abraço.
Daniel

Desnuda disse...

Boa noite querido amigo!


Dois belos poemas. E espero que negue sempre a dor, pois você nasceu para as alegrias do amor. Sua sensibilidade é companheira desta energia linda do amor. A rosa também tem espinhos, o amor como a bela rosa também é suscetível de arranhões e dor.


Linda noite e até amanhã! Beijos

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO EVERSON, DOIS MARAVILHOSOS POEMAS, QUE TOCARAM FUNDO NO MEU CORAÇÃO!!!
ESCREVER SOBRE O AMOR E A DOR, É NECESSÁRIA MUITA CREATIVIDADE E TU TENS DE SOBRA...!

ADORO LER-TE, MEU AMIGO DA MINHA ALMA... TU ÉS PARA MIM, UM MESTRE NA ARTE DE POETAR... ADORO-TE!!!

ABRAÇOS DE MUITA AMIZADE E CARINHO,
FERNAMDINHA

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Poeta do meu coração!
Dormiu bem? Estou acordada até agora (5:56), vou tomar café e ou dormir.
Tenha um lindo dia, cheio de sol, bem bonito para que vc possa inspirar-se muito.
Minhas flores, meus amores, minhas cores, e os meus beijos,
Renata

(Carlos Soares) disse...

Do outro lado da lua tem amor. Vamos até lá gente, vamos todo mundo ver, levados na cauda da poesia do grande Everson. Um abração amigo,espero que o astral tenha melhorado. Hoje estou estudando coisas de trabalho e por isso um poouco distante,mas desejo uma ótima terça também.Valeuuuuu!

Silvana Nunes .'. disse...

Muito show esse espaço aqui. Voltarei mais vezes. Convido a conhecer FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em http://www.silnunesprof.blogspot.com
Saudações Florestais !

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, DOIS FASCINANTES POEMAS...SENTIMENTOS SUBLIMES...TENS MIUTO AMOR PARA DAR... AMIGO ADOREI!!!
QUE PASSES UM EXCELENTE DIA...
BEIJOS DE AMIZADE E CARINHO!!!



SUSY

Blue disse...

Será que a dor, vem com o amor?
Dupla inseparável...

Abraços e úmidos. Chuva, chuva e chuva por aqui. CHEGAAAAAAAAAAAA!

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Bom Dia Doce Amigo Poeta

Uauuu esses poemas sao de uma preciosidade incrivel,um dia desses se me permitir quero posta-los la no Sueños...esse da rosa e a lua...ahhh e maravilhoso.
Olha,indicar estes selos para ti e alem de um ato de carinho e mais que merecedor,vc e uma alma linda e posso ler isso em tuas letras^.~

Obrigada mais uma vez pela atençao e o carinho que me tens,pq sei dos muitos admiradores e amigos que tens para visitar,mas sempre te encontro no Jardim ^.~

Doces Beijos

Doce Essencia

P.S. Segue os links :

Diario de Paixões

http://diariodescritora.blogspot.com

Sueños Adormecidos

http://solitarygarden.blogspot.com

Essencia em Palavras disse...

Se for dor, que seja uma dor para acrescentar, não somente para ser... doída.

Um beijo no coração, meu amigo.
Sinta!

Menina do Rio disse...

Poesia em dose dupla? Que a Lua ilumine todas as tuas noites meu querido.

Beijinhos e tem uma ótima semana

Jacque disse...

O que é o amor, senão uma rosa sustentada por espinhos? Lindas poeias! Adoro teu blog! Como sempre repleto de um lirismo ímpar.


Parabéns!



Beijo

Pena disse...

Admirável Poeta Amigo:
Um poema que até maravilhava a "Lua" linda da sensibilidade do ser que todas elas possuem em si. São princesinhas de fascínio.
Notável. De uma Alma poética gigantesca.
Parabéns sinceros. Todas elas ficarão encantadas com a sua dedicatória poética brilhante e enorme.
Excelente! Celestial atitude de poesia fabulosa.
Abraço amigo pelo seu génio de "confeccionar" poesia admirável...

pena

MUITO OBRIGADO pela visita no meu blogue e pela expressão amiga que lá deixou.
Bem-Haja!

NADJA disse...

QUERIDINHO DO MEU CORAÇÃO ...APARECE SAUDADES..AMOR EU ADORO DOR Ñ BUÁAAAAA....MAS COMO SEMPRE VC ARRAZA!!!KIIDO TEM FOTITAS DO CASAMENTO DO MEU SOBRINHO ESTAMOS CHIQUETOSOS KKKKKK
Amar é olhar para dentro de si mesmo e dizer
eu quero é viver intensamente...
Sonhar com uma gota de realidade e realizar
uma gota desse sonho ...
Amar é quando os momentos são eternos.
Amar é ser adulto e se sentir criança...
É viver a vida em versos e ao inverso
Bjs OTIMA SEMANINHA ..TE DOLU FUIIIIII

uminuto disse...

Amor e dor na essência deste dois belos poemas
um beijo

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Poeta do meu Coração!
Passando para deixar o meu beijo de boa tarde, pois corro, os Correios não me esperam.
Mais beijos,beijos, beijos,

FUI!

Mary Help disse...

Não só do outro lado da lua tem amor, aqui neste cantinho, todos os lados vc deixa o amor florescer e isso é muito bom. O Mundo está precisando de muito Amor, vc é maravilhoso nas suas colocações!
Ótima semaninha e um super bjux no seu coração de poeta, Mary Help!!!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Volto depois e depois e depois...
Beijinhos,
Renata Maria

paula barros disse...

A beleza de um poema que dedica a um amor, para que esse amor não sofra, não sinta dor.
E a beleza de um outro poema, onde, em primeira pessoa, se nega a receber a dor.

E no poema a solução. O amor. O dar-se. Ver a vida com poesia.

beijos

Bandys disse...

Everson,

Dois poemas belíssimos e já que você veio com Renato eu vou de cazuza.
***********************************
Nunca viram ninguém triste?
Por que não me deixam em paz?
As guerras são tão tristes
E não tem nada demais

Me deixem, bicho acuado
Por um inimigo imaginário
Correndo atrás dos carros
Como um cachorro otário

Me deixem, ataque equivocado
Por um falso alarme
Quebrando objetos inúteis
Como quem leva uma topada

Me deixem amolar e esmurrar
A faca cega, cega da paixão
E dar tiros a esmo e ferir
O mesmo cego coração

Não escondam suas crianças
Nem chamem o síndico
Nem chamem a polícia
Nem chamem o hospício, não

Eu não posso causar mal nenhum
A não ser a mim mesmo
A não ser a mim mesmo
A não ser a mim

Beijos
na alma

HSLO disse...

Amigo...você sempre colocando o amor em seus poemas. Eu fico sem ar...pois, estou vivendo uma relação um pouco louca...nossa. To amando uma pessoa, porém a distância gaografica abala um pouco esse amor..não por minha parte. E ai tento a todo momento sustentar esse sentimento tao belo...que rezo muito para se concretizar...


abraços


Hugo

Palma da Mão disse...

Meu amigo, não sei se do outro lado da Lua tem amor, mas deste lado tem carinho com certeza:)
E nestas palavras, encontra-se tanta ternura, muito lindo mesmo!
beijinhos

Ariana disse...

Pasmei,
Me emocionei,
Quase chorei!

Estou ainda entorpecida pela primeira poesia!
CARAAAAACA!!!


PERFEITA!

Andresa disse...

aqui estou me identificando pois:

Acredito que alem do meu mundo
Do outro lado da lua tem amor!

quanto a dor meu amigo, de onde ela vem??????????? Que devasta e traz solidão

Bjs e uma otimo noite
ANdresa

Sandra disse...

Amei a sua primeira poesia, eterno e belo. Nossa. Como consegues escrever coisas assim tão belas. Ha já sei... É o coração...Sim o coração do Poeta, não mensura, escreve simplesmente o que o coração manda.
TAmbém escrevo e amo escrever. Por este motivo, tenho blog como o nome Petas- Um voo livre. Sinal de Liberdade, também foi o livro que escrevi de poesias. Mas que agora coloco as coletâneas os amigos. assim como vc., se me permitir, vou levar para junto de mim. Mas se me autoriar eu volto e levo. Por que a mei a sua primeira. Venha conecer, se ainda não conhece. ficarei feliz em receber vc. lá.

Muito obrigada pela visita logo cedinho.
Um poeta que acorda cedo, escreve bem cedo. Gosto da sua companhia amigo. Fica azqui o convite.
Um grande abraço.
Sandra

Prof. Sergio Ricardo disse...

Quem sabe sabe (escrever), quem não sabe, aplaude... Vc é digno de aplausos incansáveis. Escreve como ninguem. Abraço amigo

Diario de Paixoes disse...

Ola meu amigo Poeta,

pra tu ver,meu amigo...rsrs a butterfly aqui e mil faces...rs
Fico feliz que tenho tb tua cia no Diario de Paixões e la,as coisas sao bem mais calientes..rs

Beijos Eternos

Lady Flower Butterfly

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Poeta!
Vi dar-lhe o meu beijo de boa noite e expressar os meus desejos de que a sua inspiração tenha corrido viva hoje.
renata
volto

Majoli disse...

Meu querido, se do outro lado da lua tem amor, vou me mudar pra lá.

Lindas poesias.

Beijos mil no coração.

 
Web Analytics