sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Folha ao Vento o Amor e o Momento
Que destino é esse que tomas?
Folha sem rumo amiga do vento
Desprende da arvore que te acolheu
Não guarda nenhum sentimento
Não cobre do peito a razão
Nem do coração a emoção
Desse jardim de nuvens do olhar que foi seu
Se solta tranqüila e serena no mundo
Nem pensas no sofrimento que deixas pra trás
Deserto é o meu mundo sem os seus carinhos
Vazios os meus sonhos que buscam a paz
Ausente dos seus carinhos
Da solidão que numa madrugada sem amor
Na distancia do horizonte se desfaz
Vento sem direção e sem noção
Traga de volta pro meu jardim essa folha
Recoloca-a no galho do amor
Que também é o meu coração
E vem me pegar nos braços
E me guiar por essa imensidão.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

28 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Bom Dia, Poeta!
Hoje está intimista e mais otimista, procurando reencontrar-se. Bonito, lindo, aquilo de sempre: de encher os olhos de lágrimas. Parabéns!
Bom sono e bons sonhos,
Meus beijos, meus carinhos e o meu sorriso
Renata

Daniel Costa disse...

Everson

Um poema, foi como um vento, uma suave brisa, um amor passou, amargor não deixou e o poeta mostra a sua alma docemente tranquila, serena e calma.
Um amor que findou e poeta sempre sempre o canta, escreve poesia, não desencanta.
Abraço,
Daniel

Luciana P. disse...

Nossa, que linda foto e que linda poesia... inspiração não lhe faltou desta vez, não é???
Não, eu não estou com insônia, é que eu estava preparando um post para o Afrodite e demorei pra terminar...e não terminei, hahahahaha...

Beijos e muita chuva pra ti, fazer o quê, vc gosta...

Como diz o meu filho: "gosto não se discute, se lamenta", rsrsrs

louca esquizoffrenica disse...

"...E vem me pegar nos braços
E me guiar por essa imensidão."
Quem é que não quer isso?? beijoo

EDUARDO POISL disse...

Muito lindo o poema, nem sempre o amor é para sempre.
Abraços

Andresa disse...

Essa folha has de voltar para o galho do amor...
Bjs
Andresa

Unseen Rajasthan disse...

Beautiful words and lovely shot !! Great post..Unseen Rajasthan

"re" disse...

Nobre Poeta

Ventos sempre passam por nós, é lindo sentir a brisa e imaginar um novo amar, pois todos ansiamos um amor que nos faça sentir a vida, mas não só um amor é bom, o viver tem tanto sentimento lindo. Um olhar, um sorriso desconhecido faz-nos embalar, faz-nos viver!
Só tens de dizer vives-te, sentis-te cada momento!
Um novo vento virá e consigo um novo perfume.
Sê feliz.

Besos

Blue disse...

As folhas caem das árvores e voam ao sabor do vento.
O amor ele vai e vem também,
também parecendo uma folha, mas ele sempre volta ao lugar de origem.

Abraços cordiais.

Desnuda disse...

Bom dia querido poeta!


Sempre bom começar o dia lendo teus poemas que são belos e sensíveis.

Carinhoso beijo

(Carlos Soares) disse...

Perfeito, meu amiogo. Se superando cada vez mais. A folha às vezes se desprende do galho que a acolheu. Se ela foi ingrata, merece mesmo vagar sem rumo.
Vejo que ontem acordou triste, intimista. Infelizmente estive muito atribulado ontem e não pude ver os amigos.Espero que esteja bem.Um abraço e ótimo final de semana

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Poeta do meu coração!
Desejo-lhe um lindo dia, repleto de alegrias e radioso como o sol.
Meu beijo e meu sorriso,
Renata

Layara disse...

Bom dia Belo de Belo Horizonte, Músico,Poeta,Irreverente Poeta Louco por amar o Amar somente pra amar.
...O vento leva e traz folhas e outras folhas,o vento sempre lembra amor, talvez porque provoca arrepios na pele, e por instantes imaginamos a pele na pele que arrepios tbm provocam. Essa química que não sabemos explicar, e que a natureza sempre nos lembra, seja no vento, na chuva, na primavera, no verão, inverno, outono.
Por isso amo as fases, as estações, elas nos fazem sentir que o amor pulsa, com o bit do Universo, e nosso coração acompanha esse ritmo e bom que seja sempre com Amor. E você fala,escreve,canciona,deseja, imagens lindas desse sentimento, e mesmo quando parecem tristes, ainda assim, são Belas, profundas e gostosas.

Beijos do meu Horizonte, hj com um Sol belíssimo, pássaros sempre cantarolando e voando sobre meu jardim, e os sentimentos a flor da pele, como deve ser.

ótimo fim de semana!

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, ENCATADOR POEMA, COM MUITA SENSIBILIDADE...ADOREI AMIGO!!!
QUE PASSES UMA OPTIMA SEXTA-FEIRA...
BEIJOS DE CARINHO,



SUSY

Ava disse...

Meu querido, me permita uma outra leitura de teu poema...

Talvez mais otimista...rs

É no outono que elas caem, uma a umae vão dando lugar a uma nova floração... é a árvore se preparando para a primvera.. E a natureza com sua sabedora...
E como num passe de mágica, onde eram só galhos nus, brotam lindas folhas novas e flores ao montes...

A nossa vida... nosso coração também segue essa lógica da natureza.... essa folha que se vai... que cai tão mansamente, está apenas deixando espaço para que uma nova folha brote, mais bela, com flores e frutos!

Enfim, um amor que se vai, outro que chega... mais lindo ainda ainda...rs


Everson, hoje faz uma linda manhã por aqui... Depois das chuvas, depois que Deus lavou o universo, o dia ensolarado, com um céu azul anil, me deixa assim, falante que só....rsrrs


Beijos, flores, amores!

Layara disse...

Oi Menino Lindo, não a layara do recanto é outra, é de Minas, eu sou do Paraná.
Em comum o mesmo nick e acho que o mesmo gosto pelas letras que falam de sentimentos.

Bjkas!

neide disse...

rsrsr a Ava roubou me pensamento... pensamos iguais sobre o desprendimento das folhas... removação das árvores atribuída a prinavera.

Mas em se tratando de um amor que não deu certo tem que ser renovado como os galhos de uma árvore. Não quer dizer que não tenha ficado sentimentos... ficar só por um tempo sentindo o sabor do vendo é bom pra se encontrar. As vezes não significa "ficar sem rumo".

Espero meu querido que seu amanhacer hoje tenha sido um dos mais lindos...

Fica bem, fica com Deus.

Bom final de semana.

Bjsss

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Ah meu doce amigo Poeta,

Estes teus poemas....

Fico aqui,ne ? Suspirando e imaginando...me perco em cada palavra e sentindo o vento nos cabelos e observando ao meu redor que a minha vida sem ele e um deserto tb...

Um encantador fds poema amigo

Es mui querido por esta borboleta aqui ^.~

Doces Beijos

Doce Essencia

Bandys disse...

Everson,
Hoje deixo um poema das minhas predileta.
pra ir de encontro ao seu.

Perdoa-me, folha seca,
não posso cuidar de ti.
Vim para amar neste mundo,
e até do amor me perdi.

De que serviu tecer flores
pelas areias do chão,
se havia gente dormindo
sobre o própro coração?

E não pude levantá-la!
Choro pelo que não fiz.
E pela minha fraqueza
é que sou triste e infeliz.
Perdoa-me, folha seca!
Meus olhos sem força estão
velando e rogando áqueles
que não se levantarão...

Tu és a folha de outono
voante pelo jardim.
Deixo-te a minha saudade
- a melhor parte de mim.
Certa de que tudo é vão.
Que tudo é menos que o vento,
menos que as folhas do chão...

Cecília Meireles


beijos e um fds de muita luz!

Wanderley Elian Lima disse...

Meu amigo, vou torcer para que sua folha volte para o seu galho. Tenha um lindo fim de semana.
Forte abraço

Pena disse...

Parabéns, genial amigo poeta.
Mais um poema fabuloso.
Abraço amigo.
Sempre a respeitá-lo e a estimá-lo.
Excelente!

pena

Bem-Haja, admirável poeta amigo.
MUITO OBRIGADO pela visita amiga.
Um majestoso e agradável fim-de-semana.

Miragem disse...

Lindo...
Mais lindo ainda o carinho que me proporcionou...
Não tenho nem palavras...
Achei que ninguem iria enviar poesias para mim...
Quem sou eu?
Para ter carinho de você e outros AMIGOS...
Linda noite!!!
Mais uma vez muito grata...
bjks
Chrys
;)

Miragem disse...

Acabei de ler o comente do Faces...
VOCÊ é real?
Bjks
Chrys
;)

Mary Help disse...

Lindo poema meu amigo querido!
Vc está sumidinho, está tudo bem com vc? Espero que esteja na mais abençoada paz com vc e todos os seus. Seu maninho, como anda? Mande um forte abraço para elezinho ok?
Vim deixar meu carinho, desejar excelente fds e um super beijo no seu bondoso coração, Mary Help!!!

Graça disse...

Everson, gostei muito deste poema.


Um beijo para o teu fim de semana, querido e tudo de bom.

Elaine Barnes disse...

Lindo! Tem dias que a gente tá assim...assim...de meia lua minguadahttp://nasasasdacoruja.blogspot.com/2008/12/sentei-nas-palavras.html.
Gostei muito,admiro tudo que escreve e respeito demais do começo ao fim. Gde bjo amigo

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Poeta!
Vim desejar uma noite cheia de estrelas! Volto mais tarde.
Meu beijo e meu e sorriso,
Renata

Sumotta disse...

Lindo poema Everson,
arvores, vento, folhas são parte da natureza. Todas vem e vão ao sabor da vida. Não podemos nos esquecer que as árvores perdem as folhas no outono, principalmente com o vento, para que no inverno possa preparar o "campo" para recebê-las de volta junto com a primavera. Numa explosão de cores e beleza.
Acho que tudo na vida segue esse ritmo, inclusive o ser humano.
Por isso sua árvore voltará a ter as folhas que caíram, outras sim, mas tb belas.
abços e um lindo final de semana.

 
Web Analytics