sábado, 10 de outubro de 2009

Eu Preciso da Solidão
Eu preciso da solidão
Pra me lembrar de você
Sentir no meu coração
O quanto eu te amava
O quanto eu te adorava
Eu preciso da solidão
Pra escrever poemas de amor
Tentar mudar o mundo de cor
E relembrar em silencio do seu sabor
Eu preciso da solidão
Pra me fazer ver que a vida
Não é uma estrada colorida
E quando a esperança for perdida
Eu encontre em você a saída
Eu preciso da solidão
Pra olhar o quanto é linda a lua
Tal como você toda nua
Em meus sonhos que vagam na rua
Eu preciso da solidão
Pra colocar em desordem o meu coração
Pra ele poder entender a razão
Do porque não encontro minha paz
Eu preciso da solidão
Pra poder gritar pro infinito
Que o meu amor é bonito
E caiu do céu feito estrela no mar
Eu preciso da solidão
Pra esperar o seu telefonema
Tirando-me daquele dilema
De não acreditar mais no amor
E tentar decifrar toda dor
Eu preciso da solidão
Pra implorar pra você voltar
E gritar por mundo que vou te amar
Mesmo que não exista mais flor
Eu preciso dessa solidão
Mas não me deixe aqui sozinho
Tenho medo desse caminho
E preciso do seu carinho.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

24 comentários:

Nany C. disse...

Ai, Everson... que lindo!

"Eu preciso da solidão
Pra poder gritar pro infinito
Que o meu amor é bonito
E caiu do céu feito estrela no mar..."

Um Beijo em seu coração!
Fica com Deus!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

EU TE AMO!
Meu amor, vc não precisa esperar muito, sabe por que?
Quando o segundo sol chegar
Para realinhar as órbitas
Dos planetas
Derrubando
Com assombro exemplar
O que os astrônomos diriam
Se tratar de um outro cometa...
Não digo que não me surpreendi
Antes que eu visse, você disse
E eu não pude acreditar
Mas você pode ter certeza
De que seu telefone irá tocar
Em sua nova casa
Que abriga agora a trilha
Incluída nessa minha conversão...
Eu só queria te contar
Que eu fui lá fora
E vi dois sóis num dia
E a vida que ardia
Sem explicação...
Quando o segundo sol chegar
Para realinhar as órbitas
Dos planetas
Derrubando
Com assombro exemplar
O que os astrônomos diriam
Se tratar de um outro cometa...
Não digo que não me surpreendi
Antes que eu visse, você disse
E eu não pude acreditar
Mas você pode ter certeza
De que seu telefone irá tocar
Em sua nova casa
Que abriga agora a trilha
Incluída nessa minha conversão...
Eu só queria te contar
Que eu fui lá fora
E vi dois sóis num dia
E a vida que ardia
Sem explicação...
Seu telefone irá tocar
Em sua nova casa
Que abriga agora a trilha
Incluída nessa minha conversão...
Eu só queria te contar
Que eu fui lá fora
E vi dois sóis num dia
E a vida que ardia
Sem explicação...
Explicação
Não tem explicação
Explicação, não
Não tem explicação
Explicação, não tem
Não tem explicação
Explicação, não tem

Espera uns 30 minutos. Já vou te chamar pra dizer te amo...
Beijos meus para os seus lindos sonhos,

Luciana disse...

Passando para desejar um feli fim de semana.
Bjs

HSLO disse...

Eu também sou assim amigo...preciso de solidão para sentir o outro...isso acontece sempre.

abraços

Te desejo um ótimo final de semana.


Hugo

Elaine Barnes disse...

Meu amigo carinhoso e atencioso. Gosto demais de você.Mesmo sem conhecê-lo pessoalmente posso ver sua alma, pois, ela está nos seus poemas e poesias (ainda não entendo muito a diferença).Para cada um de nós a saída se apresenta de uma forma. Em determinada fase da minha vida o símbolo de transformação foi um cachorro que desapareceu. Ele sem saber foi minha porta para mudanças fundamentais. Vejo que a sua está nessa musa. Sei que em breve verá que essa porta não está fechada. Sempre existe o "atrás". Ela foi sua entrada e será também sua saída. Viajei em!Te gosto amigo. bjão!

Daniel Costa disse...

Everson

É em fugazes, embora, momentos em que o poeta pode estudar bem o seu teu texto, porque sempre aspira a ser actor consumado da vida e não mero espectador da mesma.
Adorei o texto e gostei da foto de arte que o ilustra,
Um forte abraço pela sua bondade de apreciação.
Daniel

Delirius disse...

Bom dia, romantico!!!

Teus poemas são doçura menino!
Tem dia lindo!

Um beijo em você :)))

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

MEU AMOR!
Hoje, aqui o dia amanheceu gris, fechado, mas o sol há de raiar para quem tem amor e amizade, como todos nós.
Meus beijos, meus sorrisos, meu Bom Dia, meu amor, razão da minha vida!

Uma aprendiz disse...

Lindo pedido de amor.


Mas não me deixe aqui sozinho
Tenho medo desse caminho
E preciso do seu carinho.

beijo

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Bom Dia meu amigo Poeta


Ja se tornou meu vicio(saudavel) estar aqui,tu bem sabes !
E qdo nao posso vir,por motivos do dia a dia,fico triste,pq empobreço mais um pouco por nao estar na cia do amigo que estou conquistando e por conta da leitura maravilhosa que sempre encontro aqui.
A solidao...
E eu tb preciso dela...vez ou outra,nao so pra lembrar dele...mas pra lembrar de mim msm...

*Longos Suspiros*

Adoro ler teus poemas...me leva a um passado que eu...amei.

Doces Beijos

Doce Essencia

Amanda disse...

É na solidão, que paramos pra pensar, e então percebemos o quanto o outro teve e tem VALOR, mas é só assim que reagimos. A solidão nos ajuda a valorizar o que não foi valorizado...

Beijos em versos!!!

F O W L disse...

OTIMO POEMA!

PERFEITO...virei fã do blog! *-*

Lelli Ramz disse...

Olá meu queridooo


este ñ foi pra mim... ñ quero q volte.. quero lembrar d t eternamente perfeito, como eu t faço!!

bjinhus amores e partidas

Lelli

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO EVERSON, O HOMEM E O POETA, SÃO A MESMA PESSOA ???
QUEM SABE... A VIDA E MUITA VEZ UMA FEIA OU BONITA POESIA...
ADOREI A TUA POSTAGEM... ABRAÇOS DE CARINHO,
FERNANDINHA

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, FANTASTICO POEMA COMO SEMPRE MEU QUERIDO AMIGO ADOREI!!!!!!!!
QUE TENHAS UM EXCELENTE FIM DE SEMANA...
BEIJOS DE CARINHO,



SUSY

Vilminha disse...

oi meu doce amigo, passando pra agradecer o seu carinho e visita. bjs e um bom sábado de muita paz amor e alegrias.
* abraços pro ivson e família.

tossan® disse...

Solidão só se for breve. Muito longa se torna desastrada e terrível! Belo poema! Abraço

Menina Robô disse...

e eu que já me acostumei com esta solidão... rs

Feliz dia das Crianças.

Beijos

=*

niny

Fernanda - menina descalça disse...

Oi querido Everson ...

Todos nós precisamos da solidão...
Ela nos ajuda a olhar e sentir além ...

Um lindo final de semana pra ti, cheio de carinho, amor e nada de solidão !!! rsrs

Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

hoje deixo para ti o meu vento que é mesmo...um vento especial


O VENTO


Queria ser
O que queria ser?
Queria ser vento...
Para ser livre...
Para te tocar
E te abraçar

E de mansinho
Chegar-me a ti
E sussurrar-te
Como gosto de ti...

E devagar
Devagarinho
Ia-te acariciando
E tu ias notando
Que eu estava aí...

E o vento
Ia crescendo
E mesmo com força
Gostava de o ser...
Para que visses
A força que tenho...

Força do vento
Vento tufão
E queria...
Poder ter-te...
Sempre na minha mão.

LILI LARANJO

Thomas Albuquerque disse...

Na solidão, nós encontramos forças para nos conhecer por dentro...belos versos, lindíssima foto.


Otimo feriado...

Abraão Vitoriano disse...

"Eu preciso da solidão
Pra escrever poemas de amor"

simplismente fascinante,
da solidão vem o amor em dose maior... e os melhores poemas são em lágrimas, essa é a realidade...

abraços,
e tudo de bom...

do menino-homem.

BANDEIRA disse...

A solidão é um mal necessário.

Bjs

paula barros disse...

Por vezes precisamos de solidão, até queremos, mas tem solidão que não é boa, principalmente quando queremos alguém ao nosso lado.

beijos

 
Web Analytics