quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Falta de Opção
O que fazer se o caminho a seguir é o mais escuro
Se os seus olhos estão distantes
Se o seu nome é o unico que tenho na palavra
Se o seu cheiro ainda é forte no meu corpo
Pois se um rio segue um curso
O sangue corre nas veias
Relógio segue um compasso
Aranhas tecem suas teias
É por pura falta de opção

By Everson Russo
evrediçõesmusicais
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade
Peço desculpas aos leitores do Livro dos Dias, por algum probelma de configuração de HTML do Blogspot, o post de hoje não pode seguir a mesma qualidade dos dias anteriores, espero que no proximo, na sexta feira esteja tudo resolvido.

32 comentários:

Nany C. disse...

Falta de opção?!...
Everson, se por falta de opção você escreve:
"...
seu cheiro ainda é forte no meu corpo
Pois se um rio segue um curso
O sangue corre nas veias..."
Imagino o que você escreveria se houvesse opções(rsrs)

O que muitas vezes achamos que falta, completa o que achamos exagero, meu amigo!

Beijos no seu coração e uma tonelada(rsrs, adorei isso)de carinho e cafuné!...

Adoro poder vir aqui e 'ler-te'!

Helô Müller disse...

Belas palavras como sempre, Everson!!
Sabes do Blue?? Sumiu de vez???
Foi um prazer ter estado por aqui...
Beijos meus
Helô

Layara disse...

...rssss...por falta de opção...ficou: Singelo,profundo,lindo...outros predicados...hummm...me falta opção...na falta, apenas digo que:

com pouco Voce escreve Muito!

Beijos no Plural Lindo desse Horizonte com tantass opções...

Bom dia!

[hoje sou eu que estou aqui, ainda...]

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá Poeta!
Ontem esperei até quando me foi possível. Depois, falta de opção.
Mais um poema que nos enche os olhos pela sua Beleza. Porém, sou um tanto franca, como você bem o sabe. Só há falta de opção em casos extremos, quando envolve saúde, perda de vida, etc. No mais, há pelo menos, duas opções: conformar-se e ficar na mesma condição ou por um impulso, sair, ao menos tentar, mudar a própria condição.
Beijos e beijos e o meu desejo de que o meu querido Poeta esteja sempre inspirado, porém, mais alentado,

Majoli disse...

Que interessante chamar tão belas palavras, tão lindo poetizar de "Falta de Opção"...só podia vir de um coração tão lindo como o teu.

Beijos mil meu querido.

Francisco Vieira disse...

Subscrevo a Majoli. Um abraco forte para ti

Wanderley Elian Lima disse...

Olá meu amigo, venho sempre ao seu blog, não por falta de opção mas por prazer de ler seus belos poemas.
Um forte abraço

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Doce Poeta

No dia em que tuas postagens nao ouver amor,carinho,conteudo e toda a essencia da vida...ah de nós !
Pobres mortais que perderiam sem duvida um doce gosto pela leitura.

Es um artista,poeta e ser humano fantastico e isto e muito mais que qualidade.

Lindas borboletas nesta 5°feira chuvosa.

Doces Beijos

Doce Essencia

(Carlos Soares) disse...

Uma boa opção é passar por aqui e ler belos poemas. O rio, o sangue,a aranha tecem seus cursos caminhos sim,com o que têm,mesmo sendo a única opção. Como diz um velho "deitado": O que não tem remédio,remediado está. Àsvezes é bom ter uma única opção,aí a gente se dedica até melhor a ela.Um abraço, amigão

Gilson disse...

Se é por falta de opção, descarte ela e siga o caminho melhor até que encontre outra.

Belo!!!

Abs

uminuto disse...

falta de opção, ou a opção de sentir
um beijo

sonho disse...

Será falta de opção?ou amor não correspondido...
Com ou sem opção fico lindo o teu poema;)
Beijo de um anjo em teu lindo coração

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia...
A palavra mágica que faltava nesta manhã
e vem expressar à você, o maravilhoso amanhecer
que lhe desejo, repleto de amor, prosperidade e paz...
Hoje certamente, tudo dará certo,
o seu caminho será suavizado pela brisa delicada,
trazendo com ela o aroma das flores, que darão
colorido ao seu dia.
Tudo isso Deus coloca ao nosso alcance,
para avaliarmos o magnífico presente
de estarmos vivos e sobretudo podermos dizer:
BOM DIA!!!

beijooo.

Memória de Elefante disse...

Devemos ser como um rio,saber passar pela vida sem desassossegos grandes.Tentar na vida lutar para mudar o curso do longo rio...

Um poema intenso que nos faz refletir, Muito bom!!!!

Grande abraço e ótimo dia!

Maria Bonfá disse...

amei esse poema.
Se o seu nome é o unico que tenho na palavra
Se o seu cheiro ainda é forte no meu corpo

esse nome na palavra e o cheiro que permanece é um consolo ao coração, nos alimentamos de pequenas coisas para sobreviver.

amo, amo te ler. meu poeta preferido..parabens.. fique com Deus.. um lindo dia de paz..beijos

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, BONITO POEMA...COMO SEMPRE ADOREI AMIGO...QUE TENHAS UMA OPTIMA TARDE!!!
BEIJOS DE CARINHO,


SUSY

Felina Mulher disse...

meu anjo, vim retribuir a visita e me deparo com este teu espaço maravilhoso.É uma honta te-lo como seguidor!Virei aqui tds os dias...e pode acreditar, não será por falta de opção.

Fique com meus melhores sorrisos!

Diário Espiritual da Vilminha disse...

Oi meu doce amigo, as vezes por falta de opção fazemos o nosso melhor e nem ficamos sabendo. Por aqui também tenho tido probleas com o html, as vezes faço o post mais de uma vez e nada ele fala que tem erro de html e como sou analfabeta nesse campo, aí nada feito melhor deixar pra outra hora. Bjs que Deus sempre te proteja e uma ótima quinta.

Bandys disse...

Everson,
Pode implicar eu deixo. RsssssPode justificar tambem mas quem disse do barco foi voce.

Hoje por falta de opção voc|ê segue o caminho mais escuro, será que a estrela apagou? Ah pode ser uma estrela cadente. Ou o céu escureceu pra uma tempestade? Bom, não vou questionar por falta de opção. hahahahaja que o pulso ainda pulsa com os sangue correndo nas veias ainda há vida!

Beijos e sempre temos opção, basta mudar o caminho.

Layara disse...

...olá Lindo desse Horizonte, sempre Belo e com muita opção...rendeu essa falta de opção...todos acham que deve ter uma opçao, então mãos e ação...rssss...
Querido, nao tive problemas ontem em postar, tbm as vezes faço igual a vc...escrevo lá e passo pra cá, as vezes faço o contrário escrevo aqui e arquivo lá...rsss...hummm...nao sou muito boa nisso...vamos trocando figurinhas, rsss...
Lendo agora, acho que a falta de opção te faz escreve coisas breves e profundas...digo ainda que tudo segue seu curso, assim deve ser, sangue na veia, aranha e teias, na lembrança um olhar na saudade, nas noites caminhos escuros, nos dias...sol/chuva/vento/tempo/canto/gentes...nosso olhar sobre o mundo, esse olhar que capta o dia de hoje, o agora...fecha um click no momento, isso é opção...

Parabéns!

Bjos!

Carol Mioni disse...

Quando perdemos a opção é quando mais dói. Desculpa o sumiço!!! Esto em viagem e acesar os blos está complicado! mas senti falta...rs Lindo final de semana! =]

Mari Amorim disse...

Olá Everson,
Escrever é uma arte,
e forte são suas expressões
fazendo emergir tua alma
nas linhas desta poesia.
Parabéns!
Boas energias,
Mari

Elaine Barnes disse...

Por falta de opção de adjetivos, "chovo no molhado" É bonito, é bonito e é bonito!!!Obrigada pelo seu carinho diário e sei que não é por falta de opção. É que você é 10 mesmo, um grande amigo! bjão

Pena disse...

Admirável Poeta Amigo:
Mais um sensível e fabuloso poema bem a seu geito.
Pleno. Intenso. Perfeito.
Deve ser uma gigante Ser Humano.
Parabéns sinceros.
Agradeço a sua visita fabulosa que gostei muito.
Abraço forte de um respeito, admiração e pasmo.
Sempre a nutrir por si uma amizade que prezo imenso.

pena

Bem-Haja, enorme poeta amigo.
MUITO OBRIGADO pela sua amabilidade.

Desnuda disse...

Querido amigo,

lindo, como sempre. A falta de opção pode ser uma opção da pessoa por acomodação ou estagnação e outros fatores, enfim. Outras, acho, que é até para o nosso bem. Deus sabe o que faz ... Mas o que fazer se somos inquietos ou até " rebeldes ? Rsrsrs

Beijos, querido amigo. Obrigada por seu carinho.

louca esquizoffrenica disse...

querido everson, seus poemas não põe no amor qualquer falta de opção pois se você descreve o objecto desse mesmo amor como se fosse um ser único. Adorei como sempre voltarei porque não tenho outra opçao senão adorar vir aqui

paula barros disse...

Poéticamente temos várias opções para os nossos pensamentos, sentimentos e anseios. Em algumas situações da vida, nos sentimentos presos, sem opção.

E poéticamente você sempre me leva por muitos sentimentos e reflexões.

beijos, uma noite boa.

Letras da Pâmela disse...

A falta de opção nunca vai tirar de você a inspiração querido.
Ficou ótimo.
Beijo enorme.

HSLO disse...

Falta de opção jamais...você é meu brilhante amigo poeta. Inteligente, demais...

abraços

Hugo

tossan® disse...

Muito bom meu amigo, muito! Poesia lá de dentro. Abraço

in natura disse...

Vim te ler, gostei e vou voltar. Beijuss

Thomas Albuquerque disse...

que as opções sempre se ampliem pra você...

otimo final de semana.

 
Web Analytics