sábado, 31 de outubro de 2009

Leve
Leve como o sono
Leve como pena
Leve como o ar
Leve como o olhar
Assim é o seu amor
Assim é o seu amar
Leve o seu corpo macio
Leve a água que rola no rio
Leve a onda que dança no mar
Leve o seu beijo a me procurar
Como ilha que ronda tranqüila
A onda que veio lhe rodear
Leve uma folha que paira pelo ar
Leve a brisa da manhã
Leve o seu encantar
Leve o seu beijo de maçã
Leve um pingo de chuva
Leve o papel da poesia
Leve seus passos a me encontrar
Leve sua harmonia
Seu corpo leve me fazendo amor
Leve-me pra longe onde eu não sinta dor
Leve o sopro da noite de luar
Leve a linha do horizonte aonde você vai se equilibrar.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

28 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Poeta, obrigada, porque vim pesada e saio leve. O seu poema me deixou totalmente leve. Lindíssimo é pouco para qualificá-lo. Conseguirei dormir
Beijos e Beijos
Seu poema me encantou o sono e os sonhos
Lindo Sábado,

Nany C. disse...

Leve como o toque dos dedos que acariciam o coração o deixando assim... leve.

Cada postagem uma surpresa, um sonho. Um desejo.

Lindíssimo Everso, lindíssimo...rsrs

Beijos, muitos beijos recheados de carinho. Você merece!
Fica bem. Fica com Deus que sempre te ilumina!

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

"Assim é seu amor, assim é seu amar"...parte mais linda essa....

Nanda Assis disse...

vc hj se superou. que isso que texto mais envolvente, sem falar no final. o final foi de um verdadeiro mestre. to exageradamente encantada.

bjosss...

Vivian disse...

...você simplesmente deixou
o poema leve como plumas
ao vento de primavera no ar.

que lindo este teu coração!

beijoooo

Daniel Costa disse...

Everson

Que a leveza nunca se canse de ser mulher, que o poeta não se canse de louvar o seu corpo macio, que seja sempre leve o poético brio.
Abraços meu amigo.
Daniel

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Poeta!
Como disse ontem, a leveza expressa nos seus lindos versos me deixou mais leve. Consegui dormir, não pendurada num fio no horizonte, mas na minha cama mesmo e, embora tivesse de lutar com conflitos, não caí da cama, ôba! Dormi 4 horas e voltei ao NORMAL, não deixando de ser, é claro, completamente LOUCA.
Beijos e beijos e Desejo-lhe um Lindo Sábado, com tudo o que você quiser!
Saio sorrindo,

Bia Maia disse...

Para mim, se não for leve...não há outra forma de ser...

Amei o que escreveu!


Lindo demais!

Beijos bem leves, então...

Biazinha

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

E nessa leveza toda, venho trazer ao amigo querido um abraço quentinho e aconchegante.

E que este fds seja repleto de coisas encantadas e muitas alegrias.

Doces Beijos

Doce Essencia

Elaine Barnes disse...

Quando estamos na paz do amor tudo é romanticamente leve. Que Ele nos leve até a madrugada na leveza dos pensamentos e aquiete nossos corações explosivos de amor! Excelente feriado pra você.
Bjs

Majoli disse...

Ai que lindoooooo.

Meu amigo, amo demais seus poemas, cada uma mais lindo do que o outro...que coisa boa ter todos os dias alimento pra alma aqui nesse livro tão acolhedor.

Beijos mil, mil.

Fique com Deus, excelente sábado

Bandys disse...

Everson,
Se leve pra um lugar onde voce se sinta bem!!

Vou dar o mapam kakakakakak!

va sehuindo a lua, depois as estrelas..quando ver uma cadente peça pra achar um esconderijo, onde voce vai ficar contente..hehehe

Beijos moço, e um feriado de muita paz!

Adorei a poesia.

Hoje to mázinha! Brincadeirinha,haha
Não aCREDITE EM TUDO QUE EU FALO!

Bandys disse...

Nossa saiu até letras maiusculas!!

Ta vendo..e não era pra sair.

Então um abraço de perto pra voce estou na sua terra!

Amanda disse...

A leveza do amor é mágico e tudo o que vem dele.

Beijos em versos!!!

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO EVERSON, MAIS UMA VEZ, ESTE MAFNÍFICO POEMA TEM O CONDÃO DE ME FAZER FELIZ, NESTA TARDE TRISTE... ABENÇOADO SEJAS AMIGO... QUE DEUS TE PROTEJA... ABRAÇOS DE AMIZADE E CARINHO,
FERNANDINHA

Garota Karioka disse...

Olá,
Lindo seu blog, palavras leves e gostosas...
Adorei a visitinha no meu cantinho e com certeza vou continuar espiando o seu.
Bom feriadão!!!!
Bjs!

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, MAIS UM ESPECTACULAR POEMA...ADOREI LER TAO BELOS VERSOS, CHEGARAO AO CORACAO AMIGO!!!
QUE TENHAS UMA OPTIMA TARDE DE SABADO...BEIJOS DE CARINHO,


SUSY

louca esquizoffrenica disse...

Everson aproveito para comentar aqui esses dois poemas que me deixaram simplesmente sem palavras. Como deve ser bom ser amada assim em completa plenitude. porque o corpo e a alma são um só que se fundem no mistério que é o amor entre 2 seres que se encontram nesse mundo infinito e fazem o seu próprio mundo de felicidade. beijo bom para você.

Sandra Botelho disse...

toda vez que venho aqui, fico sem palavras diante de tanta doçura , em cada poema vc despeja um pouco de coisas deliciosas de ler.
Fica dificil descobrir palavras para elogiar tanta inspiração...
Portanto, vou deixar meu bjo e minha adimiração sempre.
Bjos no coração!

Sandra Botelho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cadinho RoCo disse...

Da leveza de todas as coisas é que terminamos por pesar nossos pesares.
Cadinho RoCo

E.Rakowski disse...

Leve é o amor
que aquieta o coração!!!



Um beijo pra vc.
e um ótimo final de semana
sucesso, amor e paz!
\o/

Francisco Nery disse...

lindo e leve...

Thomas Albuquerque disse...

Aleveza da mulher amada nos conduz por caminhos intensamente verdadeiros e apaixonantes.

otimo feriado

Anônimo disse...

Everson, voltei para te dizer que me senti muito honrada com sua visita, que prazer enorme!
Muito obrigada, de coração. Sua poesia Leve...ah, que maravilha! Que tudo em nossas vidas seja assim, LEVE!
Beijos querido poeta, será que já posso te chamar assim?
Fica com Deus, tenha lindos e leves dias!

Anônimo disse...

O comentário de cima é o meu, desculpa falhei ao enviá-lo.
Beijos, de novo!

Mariahna disse...

...hum, não sou anonimo não, tem alguma coisa que não estou sabendo fazer, faço de novo...rsrs.
De qualquer maneira assino em baixo para que sabes quem sou.

Mariahna

Desnuda disse...

Amigo querido,

pode deixar que vou perder uns quilinhos para ficar mais leve rsrs....Brincadeirinha. Lindo poema, Everson! Adorei!

Beijos , com carinho

 
Web Analytics