segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Em Quadrados Eu Vejo Meu Mundo Enquadrado
Num retrato que cala sobre a mesa
Amarelado pelo tempo
Anunciando a certeza
Que foi só aquele momento
Num quadro na parede
Pintura do amor que ao existiu
Como aranha formando teia em rede
Pra segurar sem conseguir tudo que partiu
Num espelho quebrado
Vestígios de desilusão
Retrato puro do que hoje é a alma
Que se afoga nessa solidão
Numa janela que tanto sonhei
Que pra lua muitos versos eu escrevi
E muitas lágrimas também eu chorei
Pelos sonhos perdidos que eu não vivi
Numa folha de papel
Onde te escrevi a primeira poesia
Onde no quadrado dos meus óculos
Eu tentei te tocar em alegria
Em quadrados eu vejo meu mundo enquadrado
Pela sorte que um dia se afastou
Pelos lábios que um dia em beijos me alimentou
Pelo corpo que num inverno me aqueceu
Pelo plano que tínhamos
Onde o mundo era meu e seu.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

43 comentários:

Adolfo Payés disse...

un magnifico poema ... poeta.


Te dejo mis mejores vibraciones de paz para estas fiestas..

Suerte en todo..

Un abrazo
Saludos fraternos..

Que tengas una maravillosa semana..

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Pelos sonhos vividos que você não perdeu transportados pelos seus primeiros versos escritos numa folha de papel/na tela em que você me tocou vejo o mundo colorido alegre vivo livre enquadrado em
pura emoção pela sorte que me tocou e nunca se afastou. Sorte repleta de Amor.
Gratíssima!
Beijos e todo meu Amor.
Bom Dia,

Abraão Vitoriano disse...

"Pelos lábios que um dia em beijos me alimentou
Pelo corpo que num inverno me aqueceu
Pelo plano que tínhamos
Onde o mundo era meu e seu."

belo e incrível como sempre,
a mulher amada é sua por lei e direito...

abraços,
e estou voltando... rs

do homem-menino

Nany C. disse...

Tá gostoso de ler, sentir... essa parte, lábios que um dia em beijos me alimentou... nossa (deixa quieto)

rs
Um ótimo dia e uma semana maravilhosa cheia de carinho amor e paz...
beijos no teu coração Everson!

Sofia Carvalho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sofia Carvalho disse...

Vês somente aquilo que queres ver do teu mundo não é Everson?
Vês o mundo aos quadrados: o quadrado das paz, o quadrado do amor(que tanto falas), o quadrado da alegria, a quadrado do felicidade, o quadrado do sorriso...Continua Eversona mostrar-me o teu mundo aos quadrados cheios de cor!
Beijinhos amigo;)

Felina Mulher disse...

Ler isso esse teu poema me deu uma saudade danadaaaa..."Pelos sonhos perdidos que eu não vivi"...quanto desperdicio né msm poeta??

Uma segunda cheia de suspiros pra ti moço bonito...fica com meus melhores sorrisos.

uminuto disse...

uma poesia que se enquadrad nos sentires de quem quer viver
um beijo

carol sakurá disse...

"Quem inventou o amor,me diga por favor".


Feliz semana pra você,querido!

Bjs!

paula barros disse...

E só a gente pode nos libertar dos quadrado, e dos círculos, e dos emaranhados....só a gente pode nos devolver para a gente.


beijos com carinho.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Quadrados importantes e poéticos.o quadro na parede.A folha de papel.A janela, emoldurando a lua.Os óculos,parceiros inevitáveis.Belo poema assim como os anteriores logo abaixo.Li a homenagem que Daniel fez a você.Ficou linda e merecida.Um abraço e ótima semana

LuA disse...

...menino Lindo desse Horizonte!

na tela os sonhos meus e teus
enquadrado os sentimentos permanecem
na parede, enfeitando os dias, todos os dias...
assim deve ser, a espera do amor sempre com debruns de esperança.

Beijo com barulho de mil cigarras [elas são tão cantante...rssss...ouve]

Leio sempre e sempre fico assim, querendo mais, lógico, essa poesia me inspirou vou escrever...rsssss..

Bandys disse...

Ah,
Mas eu não perdoo mesmo!!
Vai la implica comigo, fala da Jennifer, de musica, rsss e nem le meu poema???????

Sem chances...
Se ficar comportado e cantar Cazuza o dia inteiro quem sabe eu não volte a noite,para te ler redondo??

Com Coca zero claro!
Quer dizer que não sou mais Mozzilla? hehehehe

Beijos

Anne Lieri disse...

Everson,poema criativo,onde enquadras o amor em versos belíssimos,como só vc mesmo!Afetuoso abraço,

Vivian disse...

...lindíssimo como sempre.

deixo-te beijos emoldurados
na minha emoção diante do
poeta em amor.


bom dia, lindeza!

Lidia Ferreira disse...

Lindo poema meu amigo, me fez olhar os porta retratos da minha casa com outros olhos, com outros sentimentos
bjs
|Tenha um otimo começo de semana

Maria Bonfá disse...

querido que lindo ! me bateu uma saudade !!... de certos labios !! (suspiros)..parabens..beijo..beijo..beijo

Pena disse...

Fabuloso Poeta Amigo:
"...Onde no quadrado dos meus óculos
Eu tentei te tocar em alegria
Em quadrados eu vejo meu mundo enquadrado
Pela sorte que um dia se afastou
Pelos lábios que um dia em beijos me alimentou
Pelo corpo que num inverno me aqueceu
Pelo plano que tínhamos
Onde o mundo era meu e seu..."

Mais uma "explosão" poética sublime.
Perfeito versejar de maravilhar.
Abraço de amizade.
Com um respeito do tamanho do mundo.
Excelente!

pena

Adri disse...

Lindo como sempre meu querido amigo... estou passando pra lhe deixar grande bju ;)

Chinha disse...

Um belo poema...

Cada quadro conta um conto
Cada conto é uma passagem da vida

Belissimo

Uma boa semana e obrigada pela presença em meu canto....

bjitos da Chinha

Wanderley Elian Lima disse...

Esses quadrados espalhados pela casa, registram o tempo e as lembranças,de todos e dos amores que tivemos.
Grande abraço amigo

Uma aprendiz disse...

Quem dera conseguissemos jogar fora os retratos amarelados pelo tempo.
Quem dera fosse só formar um arco pra acabar com os quadrados.
Quem dera não houvesse fim.... só recomeço...

beijos, meu amigo
boa semana pra vc

Memória de Elefante disse...

Uma foto, um passado que insiste em se enquadrar no tempo presente carregado de emoção!


Um beijo

Val Du disse...

Oi, Everson.

Sempre inspiradíssimo!:)
Que beleza!

Uma semana maravilhosa p/ você.

Beijos.

Graça disse...

Éverson,

ainda não estreitamos laços, mas já nos vimos e nos tornamos seguidores um do outro, meu querido amigo!
Teu poema é belíssimo, pois nos remete a uma coisa que mexe com o mais insensível dos seres humanos: retratos!
Ah, não podemos desistir deles não...
Jogar fora, nem pensar!!!
Olha,se vc aprecia passe no meu blog dos 'botões' e retire um cartão de Natal para vc.
E que a sua Noite esse ano e sempre seja realmente Feliz!!!
Bjsssssssss

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Que seu começo de semana seja abençoado, querido amigo.

=]

Rebeca


-

Bia Maia disse...

Nossa...

Que lindo ler isto!

Que belo!

Meus parabéns e como é bom vir aqui....ando meio ausente, pois o final deste ano está me consumindo demais!

mas está valendo!

SEMPRE!!!!


beijos com muito carinho!

Biazinha

"re" disse...

Amado Poeta

O amor é um tango lindo e triste, difícil é lidar com corações cansados, que por auto-preservação, se fecham no próprio quadrado...
Vivemos num mundo tabuleiro, invadimos o quadrado alheio
procurando "amor real" não contamos c/a procura de um "amor de cinema".São caminhos iguais, objetivos diferentes.
As vezes eu converso comigo, contemplando a lua, ela me deixa nostálgica de alguma coisa longe daqui e de mim.
Olho pra ela e sinto que me diz ser eu enluarada a brilhar luar sereno para ela... é muuuuito lindo!
Feliz semana
Un beso

(Aqui está o link da Fátima

http://quesaudadedaamelia.blogspot.com/ )

Da Lua...pra ti

Madrugada, tu abre a janela e lá está ela...linda,maravilhosa, cheia,contente porque vais conversar com ela..
Tu faz isto há muito tempo..ela não se importa...já sabe o que vais fazer,dizer...sabe que vais chorar ,lamentar-se, sofrer, és sempre tu, ela, as estrelas e a solidão.
As vezes tu esquece de dizer o quanto à acha bela, esplendida,sedutora,excitante, mágica..
Mas hoje ,tua adorada lua veio dizer-te que não quer mais ver-te chorar, sofrer, lamentar, pelo menos não para si..., pois .tem alguém que agora te escuta, diz palavras mágicas, belas,reconfortantes,te anima
Não esta´com ciumes, pois sabe que tú és companhia constante desta pessoa, fala sempre contigo, chora para ti, sofre sob tua imensa luz, te ama muito..acho que aprendeu contigo á dizer e fazer coisas tão belas, tão significantes na tua vida e de outras pessoas também...a luz que tem vem de ti com certeza...
Sabes que de agora em diante só abriras a janela pra dizer o quanto és bela, linda, colossal!
Carinõ

Sandra Mara disse...

Esses seus versos me deram saudades de um tempo q ficou para trás, dos amores q eu tive, e q permanecem até hj emoldurados como retratos no quadro de minha vida.
Lindo, lindo, lindo!!!
Passando para desejar-lhe uma semana iluminada e abençoada...
Beijos, meu amigo e até já já!

Anônimo disse...

Ebaaa!!Meu menino cheguei fiquei feliz da vida ,em ver a bélissima homenagem lindo lindo meu filho vc merece tudo isso e muito mais .Hoje coloquei em ordem minha leitura aqui na medida em que o tempo vai passando vejo o quanto vc supera a si mesmo.
Meu anjo lindo enviei a vc um email espero ter chegado ai em B.H rsrs.Meu filho sinta-se abraçado por mim .Uma semana na paz de Jesus.Um carinhoso beijo no seu doce coração ..Minha Igreja é a Batista Maranata ,,maizinha ,Evanir.

Daniel Costa disse...

Caro Everson

Ver o mundo enquadrado é sinal de são optimismo. Porém estou apenas para de dar um abraço.
Daniel

Sol da meia noite disse...

Por vezes o nosso mundo fica confinado a um quadrado de solidão, de saudade.
Mas há em nós o poder de o ampliar, de passar para lá desse quadrado e o ver grandioso de novo.

Um beijinho *

tossan® disse...

Não convide o papai noel e seus duendes na ceia de Natal...Só o aniversariante. Adorei o seu poema como todos que você faz. Arte da poesia! Abraço e um Feliz Natal!
Vou para outra ilha como eu disse no klic.

Luciana P. disse...

Alucinante esse poema quadrado ou enquadrado. Ele se enquadrou direitinho na vida de nós todos, pois a essência é sempre igual, só mudamos os gostos, as cores, o estilo e o perfume. Os sentimentos são iguaizinhos!

Besos de segunda que valem pra terça!

Sahran disse...

hi mester

♥ Ariadne ♥ disse...

Boa Noite Poeta...
Pois é... O q já se viveu... O q restou em retratos e talvez ali, naquele cantinho escondidinho do coração... Seguimos um ciclo... começo, meio e fim... Mas e qdo o fim dói?

Achei lindo seu poema, ñ poderia ter lido nada mais belo hoje...

Obrigada pela visita...

Ariadne

Sereia disse...

Boa noite.
Tantas recordações né meu querido...
Um beijo grande

Pelos caminhos da vida. disse...

Esse poema me trouxe uma gde saudade.

beijooo.

Bandys disse...

Everson,
Se comportou ne?? hahahaha

Voltei,

Mundo dos amantes, dos namorados, dos apaixonados..

Você acredita que só se ama uma vez??rsssss
Beijos boa noite e que sua terça seja de muita luz no teu ♥

MARIA L. BÓZOLI disse...

Tem mimo p/ todos meus amigos aki no blog......Venha buscar.

Beijos.........M@ria

SAM disse...

Everson... Sabe que como Ana, também me trouxe lembranças? Lindo poema!

Um beijo.

Sandra Botelho disse...

Enquadrados as vezes enquadramos nossas amarguras , alegrias , dores e decepções.
Bjos querido

Reflexo d Alma disse...

Everson!
Respondo seu post
la no blog..
bjins

 
Web Analytics