sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

O Travesseiro, o Sol e o Luar
Quando a noite você se deita
Esperando linda, seu sono chegar
Seu travesseiro é o companheiro
Dessa madrugada de luar
Acolhe seus cabelos longos e macios
Feito brisa que baila sobre os rios
Recebe seu perfume até amanhecer
E bem perto da sua boca
Ele irá te acolher
No silencio da noite ele te escuta
Dormir e em sonhos suspirar
Ele só não entende todos os seus segredos
Mas ali bem perto de você
Ele sempre estará
Você se vira de um lado pro outro
O aperta com mais força
Entregando seus medos
Daí seu travesseiro começa a entender
Da sua paixão e também seus medos
Tão suave e calma entre o mar e o horizonte
A manhã chega pra iniciar um dia
O sol bate em sua janela menina
E com seus raios em seu corpo
Escreve uma ardente poesia
Ainda sem acreditar que a noite foi embora
Que tudo era um sonho e tudo passou
Você tão linda começa a despertar agora
E no travesseiro aquela lágrima que rolou
Você se levanta e passeia nua pelo quarto
Ele ali caído num canto da sua cama
Vai esperar num dia vazio novamente à noite
Pra tentar descobrir dessa vez
Onde mora o seu amor
E quem realmente te ama.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

41 comentários:

Luciana P. disse...

Muito lindas as rimas da sua poesia. Sonoramente suaves! Onde mora o maor? Ah, quem pode saber? Quem dera tivéssemos os seus códigos secretos em mãos. Mas vc está certo, ele está na Lua, no noite, nas estrelas... e na chuva que cai... Bjs

Luciana P. disse...

Hahahahahaha, eu quis dizer "onde mora o AMOR".... estou quase dormindo... acho que tô ficando velha mesmo, rsrsrs.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo Lindo!
Beijos
Bom Dia
Renata

Layara disse...

...linda Alma desse Horizonte...

divido meus segredos com esse macio companheiro,meu ombro amigo,recebe minhas lágrimas e acorda-me dos pesadelos, recebe meus sonhos e beija meus cabelos, é o corpo dos meus sonhos quando fecho meus olhos,aconchega-me nas madrugadas quando o sono nao chega e de manhã observa meus movimentos e fica esperando que a Noite chegue pra ser de novo meu companheiro...

Lindas Letras menino LIndo!

[tuas palavras me dão sempre um impulso pra viajar, rssss....assim nós vamos]

SAM disse...

Lindo, poeta!

Voce fala tão docemente da alma feminina...E quem mais sabe dos nossos sorrisos, suspiros, lágrimas, anseios e sonhos que o nosso travesseiro? Fantástico!



Carinhoso beijo!

Pelos caminhos da vida. disse...

Ao despertar para mais um dia, eleve o pensamento aos céus.

Alcance, pelo pensamento, as altas paragens onde reina a harmonia...

E já não ouvirá os sons estridentes da Terra, mas as melodias suaves dos Anjos, dos Arcanjos, dos Serafins, que são mais delicadas que as brisas da manhã quando brincam na folhagem dos bosques...

Eleve a alma ao Criador e sinta o perfume das flores celestes cultivadas nos mundos sublimes.

Busque a paz interior e, só então,
levante-se para ter um bom dia..."

beijooo.

Pelos caminhos da vida. disse...

Ao despertar para mais um dia, eleve o pensamento aos céus.

Alcance, pelo pensamento, as altas paragens onde reina a harmonia...

E já não ouvirá os sons estridentes da Terra, mas as melodias suaves dos Anjos, dos Arcanjos, dos Serafins, que são mais delicadas que as brisas da manhã quando brincam na folhagem dos bosques...

Eleve a alma ao Criador e sinta o perfume das flores celestes cultivadas nos mundos sublimes.

Busque a paz interior e, só então,
levante-se para ter um bom dia..."

beijooo.

Felina Mulher disse...

Anjo...anjo meu, como sempre, está muito bonito o que escreves.
O travesseiro tem sido meu fiel companheiro e que por muitas vezes me viu chorar....

Beijos meu poeta...um alegre amanhecer.

Thomas Albuquerque disse...

Nada com uma mulher sonhadora e apaixonada para nos inspirar.

a poesia é mais forte ainda quando o "Travesseiro" somos nós.

Bem...um dia nós seremos travesseiros para as nossas mamadas, com certesa...

boa sexta, companheiro.

paula barros disse...

Ei, poeta, você andou observando eu dormindo com o meu travesseiro? rsrs

Pois é, você descreve muito bem, momentos de solidão, ou do estar só, ao dormir, com pensamentos, desejos, sonhos e o travesseiro.


abraços com carinho.

Nany C. disse...

"...
No silencio da noite ele te escuta
Dormir e em sonhos suspirar
Ele só não entende todos os seus segredos
Mas ali bem perto de você
Ele sempre estará..."

Se meu travesseiro contasse os segredos que nele deposito(ai,ai)...
melhor nem cogitar...rs

Uma ótima noite meu querido e doce amigo.
Beijos no teu coração!!!

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, MARAVILHOSO POEMA...BELISSIMAS PALAVRAS...ADOREI!!!
QUE TENHAS UM FELIZ DIA AMIGO, COM MUITA PAZ...BEIJOS COM CARINHO,


SUSY

Maria L. Bózoli disse...

Mui lindo e romantico querido.

Agradeço sempre sua visita e carinho.

Beijos e Bom diaaaaaaaaaaaaa

Daniel Costa disse...

Everson

A amor sonhado faltou, primero a conversa de travesseiro, depois deste e do luar restou o Sol.
Aconteceu... o amor terá prometido e falhou no tempo devido.
Desaires da vida!...
Abraço
Daniel

(Carlos Soares) disse...

Mas o travesseiro não entende, não ouve, não acolhe.Bom quando o travesseiro é o seio de alguém. Versos lindos, perfeitos no ritmo. Um abração e ótimo final de semana.

Sandra Botelho disse...

Ah se o travesseiro falasse, Talvez a todos ele contasse, quantas lagrimas de madrugada, derramei por não ser amada.
Lindo teu poema.
Tenha um dia suave. Bjos no coração!

Val Du disse...

Oi, Everson.

Belíssimo poema.
Um encanto.

Um ótimo dia para você.

Beijos.

louca esquizoffrenica disse...

Gostei do teu poema hoje, especialmente porque eu fiquei com todos os travesseiros da minha avó e já não sei dormir sem eles. O travesseiro é mesmo o meu melhor companheiro. Beijo um dia maravilhoso.

Adriano disse...

Everson, fábrica de idéias, fechou mais uma semana com chave de ouro, com uma sutileza nos versos que parece não ter fim...

Obrigado pela visita! Tem um post fresquinho para ler por lá...

Grande abraço, bom final de semana!
Adriano

Luciana Klopper disse...

Bjs com toda sensualidade encontrada aqui pra vc!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá meu amigo, mais uns belos versos clamando a presença de alguém que por certo um dia virá.
Forte abraço

Pena disse...

Extraordinário Poeta Amigo:
VOCÊ tem a sensibilidade poética dos Anjos ENORMES, GIGANTESCOS!
"...Daí seu travesseiro começa a entender
Da sua paixão e também seus medos
Tão suave e calma entre o mar e o horizonte
A manhã chega pra iniciar um dia
O sol bate em sua janela menina
E com seus raios em seu corpo
Escreve uma ardente poesia..."


Um poema recheado de ternura imensa.
Parabéns pelo instante.
Abraço agradecido à sua simpatia e amabilidade constante no meu blogue que alumia.
Com admiração.
O meu MUITO OBRIGADO.


pena

Sol da meia noite disse...

É maravilhoso o cuidado com que escolhes as mais belas e delicadas palavras, de onde brota a ternura de teus versos...

Um fim de semana de muita paz...


Um beijinho *
:-)

sonho disse...

As tuas palavras embalam o sono para que se proporcione o mais lindo sonho...:)
Beijo de um anjo em teu lindo coração

Majoli disse...

Meu travesseiro é mesmo o meu amigo nas madrugadas de solidão e é nessa hora que sinto falta do calor do peito onde poderia estar.

Linda poesia meu querido.


Beijos com carinho.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Se o travesseiro não for companheiro nessa hora, que deus o ajude nas noites!

até mais.

Jota Cê

Mariana disse...

A cada vez que te leeio tenho mais certeza do grande poeta que és.
Qd publicares, tenhas certeza que eu quero adquirir.(com autógrafo)
Deixa os teus pedidos para o Papai Noel no meu blog, pois ele existe.
bom fim d semana
bjs

Lau Milesi disse...

Nossa ...poeta. Lindo, brilhante, instigante, intenso, romântico... e por aí seguem todos os adjetivos que possam exprimir a beleza da sua obra. Gongratulations!!!!

Um beijo
by Lau(sua fã de carteirinha)

Stella Tavares disse...

A sua inspiração vem de uma nascente infinda para o deleite de todos nós, os seus leitores. É aqui que nos encantamos e vamos nos abastecendo.
Bjs

Memória de Elefante disse...

A solidão descrita de uma bela forma em versos e imagens.

Um beijo

Desnuda disse...

Poeta, um feliz fim de semana!


Beijos

Elaine Barnes disse...

Travesseiro companheiro.Noites de insonia, noites de amores...Existem algumas em que ele é o confidente que mais ouve no mundo rs... Lindo meu doce amigo. Bjão

Sonhadora disse...

Everson
Maravilhoso...SÓ em forma de bela poesia.
Beijinhos
Sonhadora

Andresa disse...

Caro amigo, poesia que nos faz viajar.... Andando pelo quarto , ao abraçar o travessiro na calda da noite e assim sonhar... Sonhar com o amor , com a feliciada e o desejo eterno

Bejs
Andresa

Fumaça Subindo disse...

bom texto

"re" disse...

Quem não fez do travesseiro um confessor que... seque a primeira lágrima.

Besos y carinño

LIndo final de semana pra ti, querido poeta.

Andresa disse...

Querida amigo, vi seu comentario no blog Da Deusa.... também estava sofrendo com os abusados comentarios de tal se7e1/5...Mas não se preocupe com aquele ser, e por incrivel que parece é uma mulher....

Não descobri seus objetivos, mas atacou exatemente uma determinada rede de amigos , e se reparar todos que ela atacou somos interligados.........

Entrei na seguinte conclusão. A infeliz, tem um outro blog, o qual não conta com nossa presença e comentarios... Acho que estava frustada por não termos como amigos e receber nossos nobres comentarios.........

Estou esperando a coragem de tal para ela aparecer......

E vamos ver se ela tem tanta coragem assim....?????

Porque se eu fosse ela nesse momento excluiria seus blogs e sumiria....

Porque mais um indecente comentaria , serei obrigada a tomar outras medidas cabiveis....


Nesse nosso pequeno mundo , aparece cada ser irracional , de uma mente incabível.....


Um otimo final de semana

Andresa

Sofia Carvalho disse...

Poeta amigo, que lindas as tuas palavras, são um encantolê-las..
Beijinhos e boa semana

carol sakurá disse...

Que delicado,que lindo!
Sua linguagem foi tão imagética,que me senti no quarto com o travesseiro.
Abs!
Um lindo final de semana!

Carol Sakurá

p.s:tem msn?

Blue disse...

A noite chega,
o travesseiro me aguarda.
Deito e penso,
sempre na amada!
E o tempo assim passa,
como a uva-passa também.
Apenas a uva como,
e a amada apenas através da Lua vejo!

Abraços e bom final de campeonato. Se meu time até agora venceu apenas uma fora, que termine o torneio assim!

Laurita disse...

Olá meu amigo, obrigado pela visita e votos da minha filhóta. Agradeço e retribuo que tenha tudo aquilo que desejar. Já agora que tenha uma bela companhia para esse travesseiro. Adorei o poema. É lindo. Beijos.

 
Web Analytics