segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Felina
Feito lua que acende a madrugada
Ela provoca sensações
Prateada acompanhando minha sombra na calçada
A distancia é, a imensa loucura
Mas ela tem total controle
E das minhas loucas reações
Ela sabe que é a culpada
Como felina em caçada
Passo a passo sem nenhum barulho emitir
Ela sabe que estarei a sua espera
Com presa fácil
Que só pensa em se entregar
Amor felino
Felina em amor
Que provoca os sonhos
E desvenda seus mistérios aos poucos
Pra me aguçar ao seu real sabor
Eu me perco em seus rastros
E aos seus instintos eu me entreguei
Agora eu desejo sua nudez total
Como num cativeiro dos sonhos
Da poesia em canção
Que pra você escreverei
E como num instinto sem igual
Na madrugada que te desejei
Eu pego meu violão e toco as notas dessa canção
Dedilho os acordes como dedilharei
Todas as curvas da sua emoção.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Mini-Campanha
Estive esses dias conversando com eu amigo e super poeta Carlos, www.gvpoeta.blogspot.com , vale muito a pena conferir o blog dele, e chegamos a conclusão que aquelas letrinhas de acesso final aos comentários não tem fundamento nenhum, não protegem quase nada, e em alguns casos, até prejudicam o comentário, pois as vezes a internet está congestionada, lenta e elas acabam evitando a postagem, assim, sem querer me intrometer nas configurações dos blogs dos queridos amigos, peço àqueles que puderem e se sentirem à vontade em retirá-las, e claro, aqueles que não o fizerem continuarei visitando com todo o carinho e respeito, apenas um pedido pra facilitar...Obrigado de coração a todos e uma semana de muita paz e saúde. Fiquem todos com Deus.
---------------
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

39 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo*************

MINHA PRESENÇA DE MULHER
Da Rê pro Everson

Minha presença de mulher,
Eufemismo de prazer*
Divina criação, tua metade
Em tua alma sempre verdade*
Teu olhar fixo sente
Eflúvios do meu corpo ardente *
Às vezes, tão frágil, menina,
Eu te desoriento, felina
Presságio justificado,
Sexto sentido à tua pele ligado
Sentimentos extasiantes
Doçura das palavras “eu te amo”
Para que vivas vibrante*

Obrigada, Amor*
Beijoss
Bom Dia!

Desnuda disse...

Meu querido amigo, mais um poema belíssimo que toca nas cordas das nossas emoções. Uma bela noite!


* Eu gostei da dica....E tem razão de ser sim!


Beijos, poeta amigo!

Luciana P. disse...

Hahahahahaha, você não existe, eversom, sem querer se intrometer nas configurações alheias, é? Sei!!! Hahahahahaha, estou quase morrendo de rir aqui. A maneira sutil e educada com que você tratou do assunto foi hilária. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKkk
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Por que será que eu achei tanta graça, mas estou tendo convulsão aqui.
Acontece que a maneira com que você escreveu educadamente, mas querendo dizer. Que saco, porra! Essas letras não servem pra nada, será que dá pra tirar, assim a gente não perde tanto tempo carregando o raio do comentário???
Falei!
Hahahahahahahaha...
Beijos!Ganhei a noite com a farra!!!

Sandra Mara disse...

Uauuuu! Q lindo poema! Instigante, insinuante e bem provocante! Lindo, lindo, lindo!

Q seu começo de semana seja iluminado e abençoado...
Beijos e até já já!

Pluma Roja disse...

Me encantan los felinos, tus versos siempre dirigidos a la mujer. Fascinan a las féminas, yo soy pantera, o leopardo, me encanta esa comparación felina con el amor. Es muy sensual. Me encanta.

Vine de nuevo a saludarte, y desearte feliz domingo.

Saludos cordiales, poeta.

paula barros disse...

Olá, poeta, hoje vem atacando de felino...adorei muito, e muito mais esse trecho: "Dedilho os acordes como dedilharei
Todas as curvas da sua emoção.!


Uma felina que lhe instigou o lado caçador, e o tornou felino rsrs E assim o poeta voa e faz voar em pensamento.

abraços e um lindo dia!

Daniel Costa disse...

Everson

Um amor "FELINO", naturalmente aguça mais as paixões. Se espera não é quimera, pode sempre espera-se pela lealdade dessa mulher afinal, o seu amor não é banal.

Abraço
Daniel

carol sakurá disse...

Olá,Everson!

"As garras da felina me marcaram o coração"...

Este poema envolveu meus sentindos.

Concordo com a Lu,seu jeitinho de criticar as letrinhas foi fofo.Será que as tenho em meu blog?

Peço desculpas pela minha ausência nos últimos dias.A forte chuva em Bh na sexta-feira esta cheia de raios e um deles literalmente explodiu minha cpu.Tive que adquirir outro.

Beijos!

Carol Sakurá

Maria Dias disse...

Oi,

Poema sensual como os felinos...Sensível demais...

Beijinhos

Maria

Nany C. disse...

Meu amigo... que lindo!!
Muito bom começar a semana vindo aqui e ler você!

Everson, um beijo em seu coração e uma semana cheia de realizações. Que o Grande Pai Celestial te abençoe ainda mais e que muito mais coisas e pessoas boas possam cruzar o seu caminho!
Você tem um lindo coração e adoro ser sua amiga!
Um Bom Natal, Um Ótimo Natal!!
Que possamos renovar nossa fé!

=)

Val Du disse...

Everson,

Linda foto, adoro os felinos... adoro todos os bichos.:)

Que poema encantador, mexe com a gente.

Um ótimo dia p/ você.

Beijos.

louca esquizoffrenica disse...

Gosto mais destes teus poemas de paixão do que dos outros tristes. Consegues transmitir emoções muito bem . Qq mulher sonha com uma paixão como tu a sabes descrever e é isso q eu gosto mais de vir fazer aqui, sonhar. Uma boa semana para ti também. Beijos.

Elaine Barnes disse...

Já tirei minhas letrinhas faz tempo. Um porre mesmo! rs...Seu poema hoje está demais. Felina que deixa rastros, um silêncio antes da caça, os instintos...Me fez lembrar de uma das músicas que mais gosto"Tigreza" e sua íris cor de mel. Adorei e obrigada pelo comentário.É sempre uma honra de receber. Seu carinho é um bálsamo. Feliz Natal!

Tatinha disse...

Pois é, você fala das letrinhas né?? E eu que estou aqui a quase 1/2 hora esperando seu blog abrir para ler, e para deixar um cheiro??? heim??? heim??? heheh
Acontece que o problema não está no "seu espaço" lindo, gostoso e inspirador e sim na minha carroça velha movida a lenha, ou seria a vávula??? Ô praga de computador velho, que nem a dona!!!

Agora "falando sério", eu também não queria, aliás, categoricamente digo que não quero mais esta sensação de "loucura" na minha vida... mas aí quando menos esperamos, um ar "felino" chega de mansinho, tomando conta de todo ar que você tem para respirar e quando menos esperamos, estamos emaranhados no meio de garras deliciosamente envoltas em emoções.
Vamos nos dar a chance, precisamos treinar e deixar o coração às vezes sussurrar... ninguém vive sem amor!
olha quem falaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!
Até parece que entendo destas coisas!
Um cheiro gostoso meu querido Deus.
A propósito, como andam as coisas em Athenas e Roma?? :)
Beijo e o desejo de uma segunda linda procê!

Anônimo disse...

.....mas também temos "felinos"!
bj poeta amor-amor

Serge Cornillet disse...

Gracias por seguirme y felix natal!
obrigado,
Serge

Bandys disse...

Uauu! Lindimais!

"A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida"

E você é um deles!

Um beijo na alma!

Unseen Rajasthan disse...

Beautiful Post Everson !! I Translated the page to read it completely and i must say these were some really great words.Thanks for sharing.

seu gordo disse...

a foto e de uma gata mesmo rsrsr nota 10 pra obra parabensmeu amigo uma semana iluminada pra vc fica na paz

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, BELISSIMO POEMA...MUITO SENSUAL...ADOREI...QUE TENHAS UMA FELIZ SEMANA AMIGO!!!
BEIJOS COM CARINHO,


SUSY

Sereia disse...

Bom dia meu amigo...
Lindo poema e bem sedutor...
Parabéns pelo bom gosto.
Um beijo grande.

Gilson disse...

Oh que saudades eu estava de chegar até a casa de meu amigo Everson. Tenho passado por vários problemas e não tenho tido tempo de visitar pessoas como você que fazem parte de todos os meus momentos.
Feliz Natal amigo Everson e que você possa realizar todos os seus sonhos em 2010 e que possamos nos conhecer melhor.

Abraços

♥ Ariadne ♥ disse...

Oiii...
Uma semana cheia de coisas boas!
E q poema...
E q Felina... rss

Lindo!

Vou ao blog q indicou...

Bjos!
Ari!

Pena disse...

Fabuloso Poeta Amigo:
Mais uma "explosão" extraordinária de poesia fantástica num Ser Humano de deslumbre que maravilha.
MUITO OBRIGADO pela sua simpatia na visita que me efectuou.
Um belo poema de "felino" direccionado às musas de sonho.
Admirável.
Boas Festas para si e para a sua linda família.
Abraço forte de amizade sincera.
Sempre a lê-lo e a respeitá-lo.
Maravilhado pela sua sensibilidade de beleza a elas...

pena

Bem-Haja, escritor talentoso.
Feliz Natal!

Layara disse...

...Everson meu Lindo!

letras perfeitas, gostei, depois comento, rssss...totalmente sem Tempo nesse tempo, mas vou encontrar Tempo pra escrever, logo mais...na madrugada, rsssss...Juro que Vou, pois Você sempre é uma doce inspiração.

Beijo então aqui desse Horizonte incerto para teu Lindo Horizonte onde Você existe.

Felina Mulher disse...

Ahhhh...Esse meu jeito de dizer coisas bonitas, esse meu ar descontrolado, mas cheio de vontade de estar morando dentro de cada pensamento seu...
Esse poema me deixou extasiada...sem palavras. Posso te pedir uma coisa?-fica na minha vida pra sempre?

Beijos moço Bonito...Uma semana de muitas inspirações.

Felina Mulher disse...

Te importas se eu colocar este poema a enfeitar meu blog?

Francisco Vieira disse...

Ola Everson! Passei para lhe deixar um abraco e um grande Natal para si e para os seus, se ate la ja nao falarmos.

Francisco Vieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lau Milesi disse...

Lindo e sensual... como toda felina.
Um beijo, poeta amigo.

Mariana disse...

Feliz da Felina ao ser homenageada.
Belo como sempre.
bj

Amanda disse...

Todas nós "mulheres" temos esse extinto felino,e os homens adoram.

Continue escrevendo... é bom de se ler.

Beijos em versos!!!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Everson! Cuidado com o amor felino. É gostoso, mas é perigoso. Belo poema amigo. Muito profundo!

Abraços e ótima noite pra ti.

Furtado.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá poeta
A felina realmente dominou seu coração, cuidado com suas garras.
Abração

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Se a felina for uma fera, então!

Boa semana pra você também.

até mais.

Jota Cê

Elzenir disse...

Paz
__________________União
_________________Alegrias
________________Esperanças
_______________Amor.Sucesso
______________Realizações★Luz
_____________Respeito★harmonia
____________Saúde★..solidariedade
___________Felicidade ★...Humildade
__________Confraternização ★..Pureza
_________Amizade ★Sabedoria★.Perdão
________Igualdade★Liberdade.Boa-.sorte
_______Sinceridade★Estima★.Fraternidade
______Equilíbrio★Dignidade★...Benevolência
_____Fé★Bondade_Paciência..Gratidão_Força
____Tenacidade★Prosperidade_.Reconhecimento
(¨`•.•´¨). ×`•.¸.•´× (¨`•.•´¨). ×`•.¸.•´×(¨`•.•´¨)
(¨`•.•´¨). ×`•.¸.•´× (¨`•.•´¨). ×`•.¸.•´×(¨`•.•´¨)
CAMPANHA: VAMOS FAZER ESTA ÁRVORE CIRCULAR
ATÉ O FIM DO ANO PARA ENERGIZAR 2010!!!

Beijos,
Boas Festas!

Sol da meia noite disse...

Amor é essa nudez, que vamos vestindo com desejos, adornando com sensações... nudez por onde o sentir desliza, ao sabor da fantasia...
Amor é esse jogo de sedução, essa entrega que tão bem descreves em teus versos.


Amigo, uma noite de muita paz, te desejo :-)
Beijinho *

Memória de Elefante disse...

Oi Everson!
Interessante eu também tenho um poema Felina.

"E como num instinto sem igual
Na madrugada que te desejei
Eu pego meu violão e toco as notas dessa canção
Dedilho os acordes como dedilharei
Todas as curvas da sua emoção."

Estes versos estão lindos!

Um beijo

Sandra Mara disse...

Oi meu amigo, não só fui ao blog q vc nos indicou, como tbm me fiz seguidora dele. Mto lindo e mto bem elaborado. Amei!!
Uma terça feira iluminada e abençoada..
Beijos e até já já!

 
Web Analytics