sábado, 10 de abril de 2010

Bolas de Isopor
Sobrevoam minhas madrugadas
Confundem-me tudo
Não me explicam nada,
Pairam sobre os céus dos meus pensamentos
Não me deixam em paz
Tiram-me o sossego a todo o momento,
São leves como sonhos
Ágeis como o ar
Desgovernadas sem direção não sei onde vão parar,
Logo que me deito pra dormir
Elas começam a voar
Conto uma, duas um milhão preenchendo todo o ar,
Como o sono se perde
Levanto-me e vou pra janela
E lá estão elas no céu, agora multicoloridas formando uma aquarela,
Vento louco de onde vem?
Traga pra mim de volta o amor
E leve pra longe essas bolas de isopor,
Eu travo uma corrida insana
Com a sombra num holofote
E na grandeza da noite sem fim, lá vem bolas de isopor se encontrar a mim,
Bolas montadas no céu, navegando no mar, em ruas escuras da cidade
Lembram das noites que passamos juntinhos
E tínhamos cumplicidade,
Não sei se é loucura ou se realmente as vejo ao meu redor
Só sei que são tantas as bolas de isopor
Que moldam a beleza do seu corpo que eu conheço de cor,
Peço insistente ao mundo que me deixe à lucidez
Que leve pra longe a loucura
E deixe o amor invadir-me de vez.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

45 comentários:

Luciana P. disse...

Mas como assim, um amor lúcido? Existe isso? Me explica que eu não entendi, poeta.
Hahahaha!
Ninguém mandou escrever isso nos seus versos, quem entende de amor é você, não eu.


Beijos sonolentos

Luciana P. disse...

Ah, eu fui a primeira a comentar? Puxa! então, isso vale um segundo comentário, rsrsrs.
É pra compensar a minha falta por esses dias de rebeldia sem causa, hahahaha.

Sandra disse...

Ola!
Como é bom rever os amigos e matar a saudade..
Não há nada que pague este momento..
Agradeço carinhosamente o seu carinho em me visitar. Hoje vou conseguir postar e visitar os meus amigos. Estou com muita saudades.
Só terei os finais de semana para fazer isso. Mas prometo sempre estar por aqui..Peço desculpa pela minha ausencia. Mas, mas muitas vezes precisamos nos afastar em função do trabalho. Falta o tempo. ele voa..Não espera. Mas, você que mora no meu coração, será sempre lembrado...
Amo vc. Amo a sua companhia.
Meus blogs amam a sua presença. Fico muito feliz por que vem.. Deixá sempre comigo, o seu amor e carinho Planta flores e semeia carinho.
Muito obrigada. VERDADEIROS AMIGOS..CONQUISTAMOS..AMAMOS..LEMBRAMOS E SENTIMOS SAUDADES!!!
Carinhosamente,
Sandra

IT. disse...

"Somos quem podemos ser,
sonhos que podemos ter"

"quem duvida da vida tem culpa tb"

"um dia me disseram que as nuvens não eram de algodão"

Ame, ame, não importa se é sano ou insano esse amor.

Carinho de Mulher mineira pra ti.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Beijos, POeta.
Boa Noite
Renata
Bom Dia

Hod disse...

Por trás dos montes ou linha do horizonte lá dentro do mar surge feito deusa influenciando humores e emoções.

Forte abraço amigo,

Bom final de semana.

Hod.

Glória Müller disse...

Ahhh Everson, aos poetas vale tudo.
Beijos e boa noite.
Glória

Lou Alma disse...

o que são bolas de isopor?
assim não percebi o poema, mas ultimamente ando meio perdida mesmo, beijinhos. um dia lindo.

Daniel Costa disse...

Everson

É caso para dizer, valham-me as bolas de isopor, tavez com elas volte e estar sempre presente o amor.
Abraço fraternal
Daniel

Wanderley Elian Lima disse...

Olá poeta
Prefiro a insensatez do amor, sem limites, sem barreiras.
Uma ótimo sexta para você
Abração

Anônimo disse...

...Menino Lindo desse Belo Horizonte...como vai Você...eu vou entre prosas e versos, entre um dia e outro e no presente esse instante que inspiro e expiro o que escreves...gostei da analogia...isopor/leveza/inconstancia...vai com os ventos e volta com outras brisas, assim os sentimentos...que nunca preenchem esse vazio interior...talvez pq. estamos a procura de algo fora de nós que nos preencha com o impossivel...assim os Poetas descrevem loucuras de tantos outros (me incluo aí nesse espaço...rssss),o Amor é efêmero,volátil,atemporal,chuva forte que arrasta-nos nas sarjetas dos dias...e vamos...como forma expandida de poliestireno.

Beijos meu Lindo, tenha um ótimo fim de semana...aqui os dias já pedem edredon e bebida quente...isso inspira...

mARa

carol sakurá disse...

Bom dia,querido Poeta!
Passando pra desejar um sábado abençoado!
Amei o título,super criativo!
Bjs!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Essas bolinhas de isopor seriam as estrelas flutuando,bailando, brincando com a gente, assim como brinca o amor?Sim, o amor brinca com a gente. Fica num tal de faz de conta, num tal de vai e vém, em vez de invadir logo a vida da gente. Lindo poema ,amigo. UM ótimo final de semana.. Talvez eu vá a Ipatinga ver o Cruzeirão. Por que não desce a serra também? Talvez a gente faça atés umas poesias por lá. Nem é preciso escrever.Você sabe que poeta faz poesia até sem querer,né? Um abração

Josy Nunes disse...

Oi,
Everson,
amigo adorei sentir esse amor voando....
beijão no seu coração, muita inspiração, bom final de semana e fica com Deus..

Desnuda disse...

Bom dia querido poeta!

Difícil um amor apaixonado ser lúcido... E acho difícil administrar a vida sem uma dose de loucura, mesmo inocente...Infantil. Esta loucura boa da alegria, da bondade..Da inocência bonita, que não devemos perder. E dos desejos e apaixonados amores, quando a entrega é total, é realmente uma loucura! Rsrs

Belíssimo poema - apelo poético em busca do não sofrer. Buscando esta permanência do amor já para uma fase mais tranquila, madura e lúcida, sem contudo deixar de amar, plenamente.



Lindo fim de semana, querido amigo! Beijos, com carinho.

Pelos caminhos da vida. disse...

Passei pra te desejar um excelente sabado poeta amigo.

beijooo.

Thomas Albuquerque disse...

tem selo pra você no meu blog...
bom fim de semana.

Cris disse...

Os nossos pensamentos às vezes voam como pássaros livres... ou pássaros presos...
Bom fds... Beijos

Rosemildo Sales Furtado disse...

Será qua a causa do aparecimento dessas bolinhas não já é o excesso de amor? Rsrs. Bem sabes que não se vê estrelas somente com a dor. Belo poema amigo.

Abraços e um ótimo final de semana pra ti e para os teus.

Furtado.

Amapola disse...

Bom dia, Everson.

Que poema lindo...
Agradeço-lhe muito, pela visita e comentário.
Everson, entre outras coisas, o que eu estou gostando muito, é de ver o quanto, os homens também gostam de poesia, e são sensíveis.

Um grande abraço. Bom fim de semana.

C@urosa disse...

Olá meu bom e sensível amigo poeta Everson Russo, a lua linda lá no Céu, sempre nos traz a sensação de amor pleno, gostoso,que flui com calma e suavidade. Bela imagem.

Paz e harmonia e uma feliz semana,

forte abraço,

C@urosa

Louise Oliveira disse...

Poeta vc imagina cada coisa, eu fiquei tentando ver essas bolinhas de isopor. rss
O amor te embreaga mesmo,heim.
Bjs! Tks pela amizade, ótimo fim de semana. Lu

Pérola disse...

Boa tarde amado poeta.
O amor q tu inspiras combina perfeitamente com q eu postei:Sentir, ainda vale a pena.
Beijokas meu querido.

Bandys disse...

sEMPRE ESTA DANDO ERRO PELO ie;

nÃO CONSEGUI LER TUDO,, MAS LI SOBRE A BOLA DE ISOPOR,
Seria a LUA??

Amo a lua, pr mim é feita de algodão doce, hummmmmmmm


Um final de semada de muita paz e luz.

Beijios

anita sereno disse...

bom fim de semana desculpa a minha ausência rico poste xauu fica bem
bjxxxx

FERNANDINHA & POEMAS disse...

QUERIDO EVERSON, DESEJO-TE UM BELO FIM DE SEMANA... O POEMA ESTÁ SUBLIME... ABRAÇOS DE CARINHO AMIGO,
ADORO-TE,
FERNANDINHA

Pena disse...

Brioso Poeta Amigo:
Será sempre lembrado infinitamente como um extraordinário e fabuloso poeta do amor e das musas de sonho.
Perfeito numa sensibilidade poética gigantesca.
Bem-Haja pelo seu notável talento.
Abraço amigo de grandioso respeito e admiração constante.

pena

MUITO OBRIGADO pela sua amizade.
Bem-Haja, deslumbrante poeta.

Memória de Elefante disse...

Que o amor inunde em teus versos e transborde sempre em teu coração.


Um beijo e bom fim de semana!

*Mi§§ §impatia* disse...

Oi querido, tudo bem? Vim agradecer sua visita ao meu blog Meus Delirios. E conhecer seu espaço. Tudo muito lindo, adorei. Aproveito e te convido a conhecer meu outro blog pessoal e me seguir caso queira ta?
http://cantinhodamissrj.blogspot.com/

Beijos.

*Mi§§ §impatia* disse...

Oi querido, tudo bem? Vim agradecer sua visita ao meu blog Meus Delirios. E conhecer seu espaço. Tudo muito lindo, adorei. Aproveito e te convido a conhecer meu outro blog pessoal e me seguir caso queira ta?
http://cantinhodamissrj.blogspot.com/

Beijos.

Rodolfo Cuevas disse...

Everson:
Mi saludo. Yo también suelo sobrevolar los cielos de mis madrugadas en espera del amor. Bello poema éste.
Feliz fin de semana, amigo.
Un gran abrazo.

Anônimo disse...

sai dessa máscara de renato russo, rapaz! seja vc mesmo. e evite copiar na cara dura a linguagem dele.

**£ú® disse...

VIVER DESPENTEADA é o texto que acabei de postar...um "pequeno" chacoalhão às mulheres acomodadas...e ao som de Pretty Woman ... espero vc... bj... **£ú®

**£ú® disse...

Falando em sair da máscara Sr Anônimo, pq é que o Sr não mostra a SUA cara ???... criticar alguém por trás dos panos é muito fácil... com razão ou não, pq não se identifica ???

uminuto disse...

ventos de amor que trazem estrelas douradas nas tuas palavras
um beijo

Vanessa disse...

**£ú®, não se por isso!
sou eu

Vanessa disse...

aliás, **£ú®, ao invés de vc comentar o post, comenta minha atitude e faz propaganda do seu. blá blá blá

paula barros disse...

Brincando com você...estás tomando algum chá alucinógeno...vendo bolas de isopor rsrs

Você é tão criativo, que sempre trás algo novo para falar do amor que se foi e é tão esperado, para falar da saudade.

beijo

MARIA L. BÓZOLI disse...

Ahhhh....o amorrrrrrrr....lindoooo

Amigo, aki a casa é sua.Venha quando e quantas vezes quiser me visitar.Sempre será bem vindo!!

Beijos e Boa Noite de Sábado!!

Blue disse...

E como peço lucidez também,
pra quem sabe parar com esta loucura.

Mas amigo Poeta Mineiro, a coisa desandou, estamos querendo trocar um ex atleta por outro. Topas? Deisse jeito, até eu viro treinador.......

Abraços. Estou ausente, e assim ficarei. Até quando? Não sei.

Amanda disse...

Everson, o amor simplesmente acontece e pega-nos de surpresa, ele não vem agendado, nem sob medida, assim com se faz uma roupa numa costureira, ele chega de mansinho, e as vezes nem percebemos, se instala, e só depois descobrimos a sua presença.
O amor não deve ser fantasioso, ele é mais real do que pensamos e acreditamos, surgi de um momento, de uma relação concreta onde as diferenças são percebidas e aceitas, o amor é lindo... E ele é vivido por pessoas normais, de ideais similares, as vezes começa sem sentido, e toma uma proporção inesplicável.
Conheça alguém e deixe-se conhecer, então poderás ter a chance de conhecer a sua felicidade, mas esteja desarmado...

Beijos em versos!!!

"Cantinho Poético" disse...

"... Que minha solidão me sirva de companhia.
Que eu tenha a coragem de me enfrentar.
Que eu saiba ficar com o nada e mesmo assim
me sentir como eu estivesse plena de tudo."

Clarice Lispector

Linda noite de Sábado....Beijos!

Lady disse...

Um ótimo domingo pra ti amigo poeta que aquece nossos corações com suas poesias.
Nosso presente de cada dia.
Beijo doce
Lady

M@ria disse...

"A felicidade de um amigo deleita-nos. Enriquece-nos.
Não nos tira nada.
Caso a amizade sofra com isso, é porque não existe."

Jean Costeau


Amor & Paz no seu Domingo!Beijos meus!!

Juliana Mendes disse...

ADORO AMAR..
ENFIM, ALGUÉM COM QUEM CONCORDAR..
SIM, O AMOR É LOUCO TBM, N EH SO ESSA COISA DE PAIXAO..
MEU dEUS...
VC SE REFERE A LUA COMO BOLA DE ISOPOR?! uaIUHui, lindo... nunca tinha imaginado, mas a graça é essa...
ver uma coisa, e imagina-lá como ela seria de outra forma...

 
Web Analytics