quinta-feira, 22 de abril de 2010

É Madrugada Outra Vez
Eu quero te tocar inteira
Como a lua toca o mar
Eu quero seu corpo no infinito
Aonde iremos morar
Eu te quero nuvem e estrelas
Cintilantes ao amanhecer
Eu quero a noite e no seu jardim
Raios e trovões perto de mim
Seu nome é sagrado
É doce é seu olhar
Eu fiquei ali parado
Só querendo te beijar
Lábios de maçã
Pele macia de hortelã
Depois de horas intensas de prazer
Enfim chegou a manhã
Seu corpo repousa em lençol macio
Seus cabelos espalhados pela cama
Depois daquela chuva fina
Aquele arco-íris era verdadeiro
Eu conto horas e segundos
Divago em galáxias e outros mundos
Quero me deitar ao lado
Dessa sua maciez
E sentir de novo todo o seu sabor
Porque é madrugada outra vez.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade
Peça o seu Livro dos Dias Poesais no email evr.russo@uol.com.br

42 comentários:

Glória Müller disse...

Oi, poeta da madrugada, sempre inspirado, não é mesmo?!
Que o toque no seu amor seja mágico!
Beijos
Glória

Lou Alma disse...

Sempre tão bom vir aqui e ler os seus maravilhosos poemas de amor. Um optimo dia Everson

*Mi§§ §impatia* disse...

Amigo, seu poema foi tão intenso que deu pra sentir na pele cada frase dele, amei!!
Beijos.

Lady disse...

Olá poeta!
É na madrugada que o amor nos embriaga...
Tenha uma quinta iluminada.
Bj

ღPat.ღ disse...

Está se superando de novo!?
Poeta querido, ainda bem que é madrugada outra vez. Parece que neste momento estamos no melhor do tempo.

Obrigada por toda dedicação carinho e atenção. Deixo um beijo especial por este poema lindo e uma quinta cheia de estrelas...

IT. disse...

Sinestesia....

"porque é madrugada outra vez"

Objetividade e subjetividade
sem dúvida nenhuma, notável!

Carinhos

Pensamentos da Mila disse...

Linda poesia!
Obrigado pela visita poeta...
Bjs
Mila

Nanda Assis disse...

.......................
............,|)......I\ EU
............/|)......|)\ ESTAVA
.........../.|)......|).\ NAVEGANDO
........../..|)......|)...\ E DEI UMA
........./...|)......|)....\ PASSADINHA
......../....|).......|).....\ POR
......./...,-- ---_...|.......\ AQUI PARA TE VER !!!
....'\==-,,;,,;,,;,,,,,,,-==;7~.~.~.~.~.~
...~.\__....__...__.....__/~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~

Pensamentos da Mila disse...

Linda poesia!
Obrigado pela visita poeta...
Bjs
Mila

Pensamentos da Mila disse...

Linda poesia!
Obrigado pela visita poeta...
Bjs
Mila

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

É madrugada outra vez e outra vez engripei, mas eu acordei e eis-me aqui para dizer-lhe, meu querido Poeta: Lindoooooooooooooooooo!
E para vc que é *Simplesmente Amor*, escute e não se esqueça:
*Meu amor é simplesmente amor - nem mais nem menos. Não posso conceber como amar menos. Eu tentei! Porém, envergonho-me de dizer-lhes que fracassei continuamente por toda a minha vida. Não fui capaz de amar menos, e nem posso amar mais. "Mais" e "menos" são palavras que não pertencem ao reino espiritual. Elas pertencem ao mundo da matéria.A palavra "matéria" vem de uma raiz sânscrita,matra. Significa "aquilo que pode ser medido". Aquillo que pode ser medido não é o meu amor. Aquilo que não pode ser medido, aquilo que não pode ser mais ou menos, aquilo que é para você compartilhar...Porque toda esta existência é feita da substância chamada amor. Quando você compreende sua realidade, você compreende em miniatura a realidade de toda a existência - ela é feita da matéria chamada amor. Estamos vivendo num oceano de amor, sem nos dar conta.*
Osho-Escuta.

Beijos
Bom dia!

Daniel Costa disse...

Everson

É para dizer outra vez: É madrugada que me importo eu quero sempre sempre amar, eu que de novo e oura vez!

Abraço fraterno
Damiel

♥*♥(franciete)♥*♥ disse...

Isto sim é o que se chama poesia, adorei, aliás há muito que por aqui passava só para admirar esta beleza de blog. mas não me sentia a vontade, sentia-me muito pequenina tipo grão de areia.
Lia seus poemas e seus comentários e achava-o o máximos, hoje estou muito feliz por poder partilhar com você mais de perto embora muito longe.
Beijinhos de luz e paz em seu coração

carol sakurá disse...

Quantos segredos e devaneios na madrugada...rs
A lua me delata!
Beijos!

Mar... disse...

Sempre passo por aqui assim que entro na net...fico encantada com as coisas que vc escreve...suas poesias deixam o meu dia mais prazeroso...parabéns amigo...vc é uma benção em nossas vidas...que Deus te de cada dia mais inspirações belas e encantadoras como essa...
Tenha um dia perfeito...bjs querido...
Ah...e caso vc venha aqui em Ctba divulgar o livro ou para alguma apresentação...por favor me avise...Bjs...Mar...

Gilson disse...

"Eu quero te tocar inteira
Como a lua toca o mar"

Perfeita interação do real com a natureza, a força da lua no toque do amor entre duas pessoas.

Bom restinho de semana

João do Amor disse...

O amor é o sentimento que mais me chama atenção de todos que existem em nós. Embora eu seja um solit´rio, acredito na alegria que ele nos dar e na fonte de energia que ganhamos que estamos amando alguém.
Amei seu blog.

Pelos caminhos da vida. disse...

É na madrugada que os corpos se amam.

Lindo poeta.

beijooo.

Bia Maia disse...

e que as madrugadas estendam-se em manhãs, tardes e noites...

é sempre bom o amor...e o amor 24 horas...melhor ainda!

beijos com cariinho e saudades daqui!!!

Bia

Mari Amorim disse...

Everso,
lindo poema,


Nós, os povos do Mundo:
Reconhecendo com gratidão que a Mãe Terra nos dá vida, nos alimenta e nos ensina e provê de tudo o que necessitamos para viver bem;

Reconhecendo que a Mãe Terra é uma comunidade indivisível de seres diversos e interdependentes com os que compartilhamos um destino comum e com os que devemos nos relacionar de formas que beneficiem à Mãe Terra;
Boas energias sempre,
Mari
http://felinodamadrugada1.blogspot.com/

"re" disse...

Poeta...

Os sentimentos soltam-se num bailado indescritível de lindas emoções...
A madrugada envolve nossos sentidos, é intima é secretae tem seus mistérios e tudo fica mais bonito...
Sentimos o silêncio de vozes, contrastando com a sonoridade do vento...
Maravilhosamente soberbo em todo o seu esplendor, a forma como tão interiormente escreve e assim se manifesta.

Un beso

"O poema guardei-o em papel, em .doc, gravado...
A emoção...guardei-a tatuada aqui dentro do peito."

*lua* disse...

Olá querido poeta!!!

É na madrugada que temos nossos desejos mais proibidos ... é na madrugada que nossos sonhos se tornam realidade ... é na madrugada que desejamos não mais dela se separar!!!

abraços

Assis Freitas disse...

Quando sempre é madrugada outra vez, rebrilham cores. abraço

Sandra Botelho disse...

Nestas madrugadas as lembranças nos acordam,
Quando são de dor, sempre nos roubam o sono,
quando são de amor dormimos nos braços da paz.
Bjos achocolatados

lita duarte disse...

Oi, Everson.

Parabéns pelo livro.
SUCESSO.

Belo poema.

Bom dia.

Beijos.

Mary Help disse...

Tá lindo no Livro dos Dias....charmosérrimo mesmo!
Vim deixar meu carinho, desejando um restinho de semana cheia de alegria e sucesso.
Grande beijo nesse maravilhoso coração, Mary Help!

C@urosa disse...

Olá meu sensível amigo poeta Everson Russo, é a madrugada convidando para o amor pleno, que flui do contato macio da carne humana.Muito lindo.

paz e harmonia,

forte abraço

C@urosa

Felina Mulher disse...

Que madrugada essa heim!!!
Meu anjo hj sou eu que estou voando como louca por aí com minha vassoura. Hj foi aquela audiencia do funcionário que te falei....conseguimos adiar por mais alguns dias enquanto nos preparamos e agora to indo buscar aqueles benditos exames...oxalá me proteja!


Beijos.

Sonia Pallone disse...

Cada palavra uma pétala...Linda a poesia que emana de você !!! Bjs meu lindo.

anita sereno disse...

oi anjo obrigada pela visita passei para te deixar um beijinho xauu

Espaço Aberto disse...

É com imenso prazer que chegamos até a sua casa e convidamos você a fazer parte do Espaço Aberto – Um blog para todos! Lá você em breve encontrará proposta para postagens coletivas (Tem uma ótima que já está pronta para ir ao ar!), sorteio de brindes, entrevistas, publicações dos mais diversos assuntos, enfim você não pode ficar de fora. Venha participar!

Amor feito Poesia disse...

Há pensamentos que são orações. Há momentos nos quais, seja qual for a posição do corpo, a alma está de joelhos.

Victor Hugo

Bom final de tarde.....Beijos meus

Pena disse...

Oh,Extraordinário e Fenomenal Poeta Amigo:
VOCÊ maravilha.
Escreveu mais um sensível poema muito puro, sensível e sublime.
A sua Deusa do amor, de certeza, conseguiu Fascinar.
Parabéns. Mais um poema soberbo.
Abraço forte de uma amizade sincera.
Adorei.
É um extraordinário Ser Humano enorme e gigantesco.
Sempre a respeitá-lo e a estimá-lo.
Com consideração imensa e admiração pela sua magia fabulosa ao criar a sua poesia de deslumbre que é só sua.

pena

MUITO OBRIGADO pela visita gigantesca de amizade que me efectuou.
Bem-Haja, ENORME amigo.
É uma honra, a sua amizade que preservarei sempre, acredite?

anita sereno disse...

ola Gerson desculpa é que o blog 2 não é para a função de poisais mas sim para outras ideias novas pensei que sabias desculpa sei que talvez vais ficar chateado comigo mas não sabia que a dois dias ias la deixar um comentário e hoje quando la fui ate já tinha seguidores mas tive que eliminar tudo pois o blog e para outro fim desculpa as minhas mais sinceras desculpa beijos espero que não fiques chateado comigo foi um erro da minha parte beijos

Clecilene Carvalho disse...

Estava no blog Cor de Rosa Choque, da Lídia, e li sobre a sua conquista - O LIVRO, e por isso resolvi passar por aqui para conhecer o blog e dar-lhe os parabéns.

Poemas realmente lindos.

Pérola disse...

Esse querer é uma delícia.
Parabéns amado.
Beijokas.

Ana Martins disse...

Boa noite poeta,
lindo esse querer!

Beijinhos,
Ana Martins

"Cantinho Poético" disse...

Um bom poema é aquele que nos dá a impressão de que está lendo a gente ... e não a gente a ele!

Mário Quintana

Amor e Paz na sua noite!! M@ria

Sonhadora disse...

Meu querido
Maravilhoso como sempre.


Eu quero te tocar inteira
Como a lua toca o mar
Eu quero seu corpo no infinito
Aonde iremos morar

Muito belo.

Beijinhos

Desnuda disse...

Poeta,

vim desfrutar desta imensidão de versos de amor.


Beijos de boa noite! E até amanhã!

Luciana P. disse...

Ah, o meu perfume não esteve por aqui...

Ah, as madrugadas, se a gente pudesse concretizar tudo o que passa pela mente e pelas palavras... nas madrugadas sorrateiramente frias, melhor nem pensar, hahahaha...
Sentir o sabor, é?
Sei!

Beijos!

Amapola disse...

Belo Poema.
E se esse nú, viesse nú também, de segredos, a entrega seria de corpo e alma, e com certeza, o universo iria conspirar para cobrir os dois, com o amor mais bonito que o céu foi capaz de criar.

Um grande abraço, amigo Everson.

 
Web Analytics