quarta-feira, 14 de abril de 2010

Eu Desprezo a Solidão
Por mais que ela seja fiel
Que ela venha me acompanhar
Que ela queira atrapalhar
O meu sentir
O meu viver
E principalmente o meu amar
Eu desprezo a solidão
Eu desprezo o medo da noite
Desprezo os sons que me fazem chorar
Os amores que eu não pude contar
Eu desprezo todos os sentimentos
Que me fazem chorar
Eu desprezo as cicatrizes do coração
E as tatuagens da pele
Que como o amor eu não posso apagar
Eu desprezo quem me despreza
Que por algum motivo não quer me abraçar
Não quer fazer do meu caminho mais leve
Não quer me ajudar a amar
Se eu te quero
E você não me quer
Então não vou querer o seu querer
Cheguei à conclusão que você não é do bem
E quem não me merece é você
Eu desprezo a solidão.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

48 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo! Eu não te desprezo e te quero muito bem, meu Poeta amoramigo!
Beijos e sonho com o seu sonho!
Bom Dia!

Luciana disse...

Oi Everson
Me senti nesse poema muito bonito na minha opinião um dos mais bonitos que eu li no teu Blog.
Uma ótima noite
Bjs
Lu

Lady disse...

Eu também despreso a solidão amigo poeta.
Maravilhoso seu poema.
Tenha um dia especial.
Bj

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Muito dificil chegar a essa conclusão, Everson.
O bom mesmo seria a gente gostar de quem gosta de nós rs

Beijo e boa noite

=)

Glória Müller disse...

O teu amor não quiz te abraçar ou não pode te abraçar???
Pooooxa, amigo... Eu, pelo menos, não vou te deixar com a solidão, vou te deixar um abraço e um beijo!

Beijinhos
Glória

Glória Müller disse...

Ninguém ficou mais sozinho hoje do que eu, meu amigo.

*Mi§§ §impatia* disse...

Ai amigo, é triste mas eu estou me acostumando com a solidão e por incrivel que pareça ela me tem sido uma boa companheira nos ultimos tempos. Dizem que antes só que mal acompanhada ne? Concordo rs.
Beijos.

direitinho disse...

Mais um canto ao amor mas hoje com a cor do desprezo.
Bonito tambem.

paula barros disse...

Querido poeta, esse poema transborda sabedoria, mas infelizemente, nem sempre somos tão sábios, para desprezar a solidão e olhar o mundo inundado de outras belezas,nem sempre amamos quem nos ama, e ignoramos quem nos despreza. Ah, se assim fosse, não haveria tantos sofrimentos e tantos poemas de amor, do amor sofrido, do amor não correspondido.

beijo, lindo dia para você.

HSLO disse...

Amigo, até tentei desprezar a solidão...mas é algo que mora comigo, ao meu lado...bem pertinho da minha alma...

Nos últimos, estou vivendo com essa criatura que insisti em ser minha amiga.



abraços


Hugo

Felina Mulher disse...

Veja só, tu desprezaste a solidão e adivinha onde ela foi achar abrigo?....affff....vc bem que podia expulsar ela de lá tbm....kkk

Recebeu meu email?....Já parou de olhar o relógio? ....Tá chegando a hora!

Te adoroooooooooooo

jefhcardoso disse...

Olá Everson! Hoje é quarta-feira, uma correria. Não repare em minha visita relâmpago, mas venho lhe convidar para ler o novo capítulo de “O Diário de Bronson (O Chamado)” e deixar o seu comentário.

Retornarei com melhores modos e mais tempo. Tenha uma ótima semana. Abraço do

IT. disse...

Ah! meu amigo.

A solidão já foi companheira longas datas, hoje, mais não.
Ela, não é mais companheira.

Quando aproxima a noite
e eu sei, que ela vem...
canalizo meus pensamentos
somente nos "devaneios"
Ela, não é do bem!...
Na hora do "brêu"
só mim ela tem.
Eu desprezo a solidão...
Certamente, ela vem.

Bjim

Layara disse...

...oi Lindo desse Horizonte, antes de pegar a estrada na velocidade, logico que tinha que ler-te é um habito que cultivo e me faz bem, saaber como voce está...rsssss...e ontem pelo visto, a cançao de te fez chorar...
Everson...as vezes as letras funcionam como catarse, expurgar, exorcizar esses tantos Nós que nos enleiam os sentimentos é uma purificação...então no momento seguinte estamos mais leves...e podemos respirar melhor...então percebemos que estamos em Nós...pois muitos dos nossos pensamentos são meras ilusões e sofrer poor ilusão dói imenso...

Palavras sentidas Poeta...Fique Bem e Sorria que eu sorrio pra Voce desse Horizonte distante te desejo um ótimo dia...Beijo!


(vou curtir a estrada...vem junto, rsss...mas hoje não chove, mas a brisa está daquele jeito...)

Pelos caminhos da vida. disse...

Solidão bem longe de mim...

Bom dia amigo.

beijooo.

Majoli disse...

Oi meu amigo, saudades de te ler.

Solidão?
Bem, tenho expulsado ela de minha vida, se o amor não chega, aprendo a não ser só entre amigos, familiares e porque não com minha própria companhia?

Cansei de sofrer meu querido.

Beijos com carinho no teu ♥

carol sakurá disse...

Um poema com movimentos!
Adorei,Poeta!
Tá sumidinho do Poete!tststs
Beijos!

Di disse...

Eu curto a solidão, estar só com meus pensamentos, conversar comigo mesma me ajuda a ter mais clareza dos acontecimentos de minha vida.

Mas, como você eu também desprezo remoer sentimentos negativos, pois eles adoecem a alma e o corpo.

ღPat.ღ disse...

Meu lindo, só abraça a solidão quem quer. E sei que você pode abraçar sentimentos muito mais interessantes e melhores. Teu poema é lindo demais... E para espantar a solidão, deixo meu abraço com Amor e amizade.

Beijos em ti.

Desnuda disse...

Querido amigo,

quem não é do bem não merece o bem querer de uma pessoa de bem.


Um lindo dia, querido poeta! Beijos e meu carinho.

Amapola disse...

Bom dia, Everson.
Eu não desprezo a solidão, porque ela já me fez muita companhia.
Não desprezo você, pela amizade e pelas belas poesias.

Um grande abraço.

Rodolfo Cuevas disse...

Everson:
Gracias, amigo; yo también te deseo una semana extraordinaria.
Un gran abrazo.

Tatinha disse...

Odeio solidão... a dois então é insuportavel.
Beijos meu poeta.

Sonhadora disse...

Meu querido
Nós desprezamos a solidão, mas mesmo assim ela não nos deixa...Lindo o teu poema.

Beijinhos
Sonhadora

EU SOU NEGUINHA disse...

Hum..adorei o texto,menino...
Linda tarde a ti,
Beijos da Nega

Mylla Galvão disse...

Não posso desprezar a Solidão Evérson!
Ela me acompanhou a maior parte da minha vida...
É minha amiga... Talvez a mais verdadeira...
Escuto-a todos os dias... Ela me dá conselhos valiosos...

Mas... Eu entendo vc... E gostei de teu poema!!!

Tenha uma tarde iluminada!!!

bjos

anita sereno disse...

a solidão faz parte de todos nos desculpa
obrigada pela tua amizade tem me feito bem
afasta a minha solidão
boa noite beijos

Anônimo disse...

Meu bom amigo, vim deixar meu carinho e desejar ótima semaninha.
Meu email agora só do yahoo, ok?
Bjux no coração, Mary Help!!!

Delirius disse...

Sabe que mais?! Adorei esse grito...
Isso mesmo, desprezo na solidão, e também em quem não te quer bem!
Amei!!!
Corra p'ra ser feliz. É só olhar à sua volta, moço bonito.

Toma meu beijo, amigo
Te desejo noite feliz

Wanderley Elian Lima disse...

Eu também detesto a solidão.
Grande abraço, amanhã tem...

Crys disse...

Adorei...simplesmente lindo...e eu encantada com tudo por aqui...bjs carinhosos...

Pena disse...

VOCÊ é ímpar de talento, Amigo ENORME!
Excelente e delicioso poema mesmo no desencanto do amor triste.
Perfeito. Genial. Fantástico.
Adorei.
Bem-Haja, extraordinário amigo.
Parabéns.
Abraço amigo de um respeito e estima do tamanho do mundo.
Com admiração constante

pena

MUITO OBRIGADO pela sua visita fabulosa.
Bem-Haja, GIGANTESCO AMIGO!
É uma honra a sua amizade mesmo quando nos sentimos tristes.

Luciana P. disse...

Você se superou hoje nos seus versos. Lindo texto poético, de profundidade extrema. Bateu e ficou.

Parabéns!


Beijos


Ah, hj concordei com o seu comentário no blog da Tatinha...

E.Rakowski disse...

Ola poeta!!!
Everson eu gosto da solidão,
me faz refletir sobre coisas (...)
O teu poema é sensato e esse tipo
de solidão devemos mesmo repudiar, pra mim o amor é dois não um.


Um abraço carinhoso pra você.

*.*

AFRICA EM POESIA disse...

Meu amigo
vim a correr...o tempo é muito curto...corre sem darmos conta...
Mas aproveito e venho ler-te.
Dizer que gostei e deixo um beijinho grande

lidia disse...

Everson amigo, bellisimo trabajo!
un abrazo
lidia-la escriba

Glória Müller disse...

O amor é uma revolução, amigo!
Beijos
Glória

Pérola disse...

Um beijo de boa noite amado.

Sandra Botelho disse...

A pior solidão é a solidão acompanhada...
Lindo poema meu querido poeta.
Bjos achocolatados

Memória de Elefante disse...

Everson!

A vida muitas vezes é um mar certo demais em torno de uma pedra:
nossa solidão inventa um tempo
além da divisão em horas e cansaço.


Um beijo

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, MARAVILHOSO POEMA...ADOREI LER TAO BELAS PALAVRAS...QUE TENHAS UMA BOA NOITE QUERIDO AMIGO!!!
BEIJOS COM AMIZADE,


SUSY

jefhcardoso disse...

Everson Russo, obrigado por seu comentário, por sua atenção! Conto com a sua leitura e comentário para os capítulos anteriores. Ok? Abraço, amigo!

Jefhcardoso

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi amigo! Às vezes um pouco de solidão faz bem, pois ajuda nas reflexões.

Belo poema Everson, amei.

Abraços e fique com DEUS.

Furtado.

Xanele disse...

Adoreiii...

beijos querido
Xan

Impulsiva disse...

Que saudade de vir por aqui...
Hoje está todo mundo falando de solidão, rsrs.
Você de uma forma mais sentida talvez...despreze mesmo a solidão, pois esta alma linda precisa de alguém pra encantar.

Beijos,
Kenia.

Fátima disse...

Nem acredito que consegui...tenho lido e sentido tudinho mas deixar meu carinho nem pensar, Sr. Mozilla Firebox me deixou na mão, rsrs.
Já nos acertamos.

Gostei de ver que botou pra correr essa intruza solidão , mantenha-a longe de ti por favor.

Beijo no coração.
Saudade.

Glória Müller disse...

Oi, Russo!
Vim agradecer o seu comentário carinhoso no meu blog.Obrigada.
Quanto ao meu caminho,amigo, ele é apenas fruto da minha imaginação.
Vou ficar um pouco quietinha,
preciso de silêncio e paz, mas não vou deixar de visitar os meus amigos.

Abraços
Glória

romantic disse...

queria ter coragem pra dizer isto...

 
Web Analytics