quarta-feira, 11 de maio de 2011

Como Te Ver Assim?
A postura triste dos olhos
É por não poder mais ver
O brilho da amizade
É por não poder
Roubar displicentemente a tua beleza
É por não poder descobrir
Onde se encontra a felicidade
É olhar ao redor
E ver a arrogância dos que se acham
Supremos e intocáveis
Pois indestrutível talvez seja só o espírito
Pois o coração já não suporta
A ausência do teu beijo
E se encontra aos pedaços
Por tudo ser assim.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

43 comentários:

ErikaH Azzevedo disse...

Tanto tempo que não venho aqui, chego e encontro o menino assim...triste.

O que se foi e o que não é mais qdo se encontram dói demais...assim é no amor,
bjos ao menino.

Erikah

Suely - HD disse...

Olá Querido!!!!!

Seus comentários me deixam mto feliz.

Amoooo

beijos
Suely

Ma Ferreira disse...

Vocês poetas fizeram um combinado: tocar nosso coração pela dor.
Isso não vale...

Desocupem vossos corações para um novo amor entrar...
O melhor esta por vir!!! Confia!!!

Um beijo meu amigo..sofre não!!
No meu blog hj tem rosas e lirios..ganhei..

Bjs

Ma Ferreira

Daniel Costa disse...

Everson

Se tudo nos sai assim, que se há-de fazer?
Nada como outro amor para fazer esquecer.
Abraço fraterno

rosa-branca disse...

Lindo e nostálgico como tudo o que escreve. Beijos com carinho

Arnoldo Pimentel disse...

Um belo e sentido poema, parabéns.

Aleatoriamente disse...

Os olhos com sua forma de amar, sorrir.
Desvenda um sentimento com esplendor.
Porque com os olhos se ama,
se emociona,
se procura,
se alaga.
Lindo teu poema meu amigo.
Sentimentos ternos e envolvente.

Beijinho.
Fernanda

Sandra Botelho disse...

Hoje vim lhe fazer um pedido urgente e sério,
Por favor assine e divulgue

Lei covarde, cruel e homofóbica.
Em 12 horas, o parlamento ugandense pode votar uma nova lei brutal que prevê a pena de morte para a homossexualidade. Milhares de ugandeses podem enfrentar a execução - só por serem gays.

Nós ajudamos a impedir esta lei antes, e podemos fazê-lo novamente. Depois de uma manifestação global massiva no ano passado, o presidente de Uganda, Museveni, bloqueou o progresso da lei. Mas os tumultos políticos estão crescendo em Uganda, e extremistas religiosos no parlamento esperam que a confusão e a violência na rua distraiam a comunidade internacional de uma segunda tentativa de passar esta lei cheia de ódio. Nós podemosmostrar a eles que o mundo ainda está observando. Se bloquearmos o voto por mais dois dias até que o parlamento feche, a lei expirará para sempre.
Para assinar clique nesse link:

http://www.avaaz.org/po/uganda_stop_homophobia_petition?fp

нєllєи Cαяoliиє disse...

triste,quando tudo é ausência...
Everson,selo pra ti no blog:
http://evidentesselinhosemimos.blogspot.com/2011/05/selo-especial.html
Passa lá pegar quando puder.
Beijo

Sandra disse...

Que poema melancólico!
É , o amor também tem dias assim.
Beijo amigo

lita duarte disse...

Oi, Everson.

Tenha um ótimo dia.

Bjos.

Vivian disse...

Bom dia,Everson!!

Ah!Meu amigo...que triste...o poema perfeito como sempre, mas os sentimentos...precisando de um tempo para renovar? Sabe que passa, né?
Cuide-se bem!!
beijos!!

Amapola disse...

Bom dia, querido menino poeta.

Ah... Que tristeza!!
Saber você triste, é como ver uma rosa murchar, sentir a melodia parar, ver nuvens tampando o luar.

Tudo há de passar, a alegria virá, sua lua voltará a brilhar.

Beijos no coração.

Guará Matos disse...

Beijos bem trocados são lembranças intensas mesmo.

Abraços.

Beta disse...

Olá querido!
Saudde de ler seus escritos!
bjkas

Assis Freitas disse...

tristeza não tem fim, felicidade sim


abraço

edumanes disse...

Amigo Everson, obrigado
pelo seu comentário e
desejos de um bom dia.
Iqualmente desejo para você.

Como vou referir não é
nada fácil, escolher qual
dos seus poemas é o melhor!

Não é fácil escolher,
Qual deles será o melhor
Arrongância por querer
Na vida não há pior.

Estou aqui para lhe agradecer
E por não ser arrogante
Nossa amizade vai prevalecer
Hoje, e doravante.

Um abraço
Eduardo.

Rô... disse...

oi Everson,

tem muito tempo que quero entrar aqui,
mas os dias andam me roubando o tempo,
mas hoje finalmente consegui driblar esse danado,
aqui estou...
gostei muito do que vi,
vou ficando e me acomodando,
mas não fica triste não,
tudo vai melhorar,
pode ter certeza!!!

beijinhos
se quiser venha tomar um cafézinho
comigo...

Desnuda disse...

Bom dia querido Poeta!


Versos tristes e sentidos.

Beijos com carinho amigo querido.

CAIXA DE FATOS disse...

Triste, mas bonito

Bjs

Nanda Assis disse...

hummm ficou maravilhoso esse poema, triste. falou uma realidade, sobre as pessoas.

bjos...

Carla Fernanda disse...

Bom dia!
Temos que colar o coração e continuar.
Beijos,
Carla

Pena disse...

Sublime Poeta Amigo:
Um soberbo poema de significação imensa.
Não posso ver um Ser Humano do sexo feminino chorar, não sei porquê?
Fico desorientado como o meu estimado poeta ficou.
Belo retractar de tristeza da sua escolhida figura num versejar de magia.
Bem-Haja, pela visita.
Com respeito pelo seu génio poético fantástico.
Sempre a admirá-lo

pena

Bem-Haja, sensível amigo.
Os seus poemas são enormes de significação imensa.

Paula Barros disse...

Um sentimento triste. Um olhar triste, um olhar de quem sente muito.

beijo com carinho

Zil Mar disse...

Oi Poeta...

que linda essa tradução de sentimentos!

só mesmo os poetas conseguem traduzir os sentimentos...mesmo que tristes...em poesia....e numa LINDA POESIA!

meu carinho....SEMPRE!

zIL

Patrícia Pinna disse...

Seus poemas são muito bons.Eu passeio pelo seu blog e me surpreendo com tamanho encanto.
Fique com Deus. Beijos.

Vinicius.C disse...

Olá Poeta passando para deixar o meu abraço!!

Uma ótima tarde!!

Te vejo no Alma.

Bandys disse...

Vamos trocar a dor pelo amor.

E tentar pelo menos ver a alegria num, olhar, nima flor, numa poesia, numa musica, no sol...

Em cazuza e renato

Beijos

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
As vezes o amor deixa-nos tristes , mas faz parte da vida. Tudo passa.
Grande abraço

Machado de Carlos disse...

Ah, postura triste dos olhos! Consigo vê-la, mesmo por amizade sincera! Contemplo aquela beleza de olhos claros que um dia me trouxe felicidade. Sinto-lhe os beijos que se esvaíram como se fossem pedaços de mim!

Um Grande Abraço Amigo!

Luciana Penteado disse...

Aproveita, és o primeiro que estou visitando, rs. Mas não acostuma, hein, hahaha... Em vez de comentar a sua poesia trsite, vou comentar que prefiro a outra versão da música "Eduardo e Mônica", cantada pelo Renato. Essa não tá legal, hahaha. Pronto, falei! Bjssssss

Rute disse...

É meu querido eu sei bem o que é isso!
Grande beijo a vc, ótima noite de quarta-feira.

Luciana Penteado disse...

Desmodera isso logo, vai...

Flor de Lótus disse...

"Pois o coração já não suporta
A ausência do teu beijo
E se encontra aos pedaços
Por tudo ser assim."
Não há como suportar a ausÊncia,o que fazer numa hora dessas?
lindos versos!
Beijosss

Dave disse...

Beijos intensos e bem trocados dessa maneira, são eternizados não por anos, nem por séculos, são eternizados não na memória e nem no coração, são eternizados na alma!

Abraço.

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Como eu ando um pouco má, dou-me ao luxo de dizer que ADOREI SUA TRISTEZA E DESENCANTO.
Beijos e que teu eu lírico continue sangrando poesias tão belas.

Danielle Macena disse...

seu post ta muitoo bom

Magia da Inês disse...

Um olhar triste... um poeta sensível... uma poesia maravilhosa.
Tenha uma linda noite!
Minas.
Brasil °º♫
°º✿
º° ✿♥ ♫° ·.

CUCA BOA disse...

profundidade e sutileza;...
parabens pelas palavras...

bjs meus
(nate)

Rosemildo Sales Furtado disse...

A postura triste dos olhos
É por não poder mais ver
O brilho da amizade
É por não poder
Roubar displicentemente a tua beleza
É por não poder descobrir
Onde se encontra a felicidade

Belo poema Everson. Muito profundo.

Abraços e fiques com DEUS.

Furtado.

Lau Milesi disse...

Nossa poeta, que lindo! Embora doído.É muuuuuito triste perder uma amizade.
Há pouco tempo li no Caderno H uma citação do Grande Quintana que dizia:
"Um poeta sofre três vezes: primeiro quando ele os sente, depois quando ele os escreve e, por último, quando declamam os seus versos". Tá explicado.
Um beijo, amigo talentoso.

Mariz disse...

Belas palavras poeta querido, como sempre vc consegue passar para as letras, sentimentos vários.


beijos...Mariz 。✿゚

Bandys disse...

Nossa Everson...esse blogger ta um horror.

Ainda bem que tudo voltou ao normal.

Deixo beijos e abraços

 
Web Analytics