quinta-feira, 15 de março de 2012

Encontramos-Nos no Fim
Entrego-te a ultima poesia
Meu ultimo raio de sol
Meu doce luar
Por vezes tentei te amar
Mas a vida quis assim
Entre mim e você
A mesma distancia de céu e mar
Vou embora sentindo uma dor
Cruzo a linha de chegada da vida
Sem encontrar o verdadeiro amor
Quebro como um corte profundo no coração
Meu amigo mais fiel, o meu violão
E sigo calado e em paz
Quero subir na mais alta nuvem
Beijar a estrela que me negou sonhos
Acariciar a lua com que tanto sonhei
E pegar de volta do baú do esquecimento
Todo o amor que te dei
Hoje nem mais a chuva eu vejo
Nada sinto e posso parar
De tudo se faz trevas
E do alto de sua colina nem percebeu
Que eu tentei sozinho te encontrar
Vasculhei gavetas da alma
Encontrei vazios em mim
Mas hoje com muita calma te digo
Encontramos-nos no fim.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

44 comentários:

Giovanna disse...

Às veses há momentos que precisamos entender e aceitar o fim de um amor...são etapas dificeis de aceitar, mas que não há outro caminhar...

Parabéns poeta por seus belos poemas que nos fazem refletir

Abraços
Giovanna

LUZ disse...

Oi querido Evewrson,

Fiquei com o coração suspenso, por segundos.
Depois de tudo isso, dessas belas e líricas frases, vocês se encontram, no fim.
Que haja, sempre, o reencontro.

Excelente quinta-feira.
Beijos de luz.

Nely M. A. disse...

O fim é um novo começo.:)


Bjos.

Arnoldo Pimentel disse...

Um poema belo e repleto de sentimento.Parabéns amigo.

Nely M. A. disse...

Sorry.

A gente vive mandando bjos, que deixei bjos aqui, rsrsrs.

O fim é um novo começo.

Abraços

✿ chica disse...

Bom que mesmo ao final, ouve o encontro.Linda! beijos,chica

Rô... disse...

oi meu amigo,

o amor as vez4es usa atalhos
que desconhecemos totalmente,
nos restam duas escolhas:
saber esperar acontecer,
ou desistir...

beijinhos

rosa-branca disse...

Olá amigo, lindo poema onde a saudade é rainha do sentir. Adorei. Beijos com carinho

Elisa T. Campos disse...

Seus poemas sempre são cheios de sentimentos.Ainda bem que depois de vasculhar gavetas e baús você a reencontrou.

bjs

Andy Santana disse...

Uma excelente quinta-feira a vc amigo.

Mariangela disse...

Os caminhos, embora muitas vezes tortuosos e difíceis, podem valer a pena!
Belíssimo poema querido amigo, desejando-lhe sempre muitas felicidades!
Beijos de bom dia!
Mariangela

lita duarte disse...

Via a poesia!

Bom dia, Everson.

Bjos.

*A Menina* disse...

Encantadoramente belo.
Extraido do mais profundo
da alma.
Aqueles dia em que está com as estrelas é o unico caminho
para se encontrar a calma.
O encontro do fim no fim, a oportunidade maior de se compreender o que a gente não consegue entender.
M a r a v i l h o s o!!!!

Que a poesia esteja pendurada em teu coração como um chaveirinho meu amigo, o encanto da alma sempre em brilho no mail alto resplendor.

Lindo dia pra ti!

Bjs

Livinha

AC disse...

Procurar, procurar sempre!

Abraço

Mar... disse...

Bom dia meu Renato Russo...
Sabe...creio que só paramos de sofrer por amor...quando passamos a aceitar que ele realmente acabou...
Mas até chegarmos nesse ponto...é muita dor e muita tristeza...
Mas o sol volta a brilhar e a aquecer nossos corações para um novo amor...

Um dia lindo de viver para ti meu amigo tão querido...
Essa loira aqui ti adora...
Bjs carinhosos...

Daniel Costa disse...

Evenson

Óptimo poema, pese embora a negrura que o poeta imaginou. Vá que beijar a estrela e o recurso ao violão, são os compasos de espera que aliviarão.
Abraços fraternos

Amapola disse...

Bom dia, querido amigo Poeta.

Nossa...
Triste, mas lindo!!
O amor é lindo, mas nos faz refém de nós mesmos. Do que idealizamos.
Talvez isso tudo tenha o único objetivo de nos ensinar, porque a experiência é a nossa metamorfose.

Muita paz e alegrias.

Beijos.

Livinha disse...

Oi Everson,
Voltei pra dizer que essa carinha de menina no quadrinho de meu comentário, foi de susto agora a pouco quando estive em outro blog de amigo e voltei cá pra ver se aconteceu o mesmo com o teu. Cheguei a arrepiar achando ter sido roubado o meu blog. mas não, a menina é de um blog de uma filha minha e que por lá estive agora a verificar que foi aberto em 2007 e que ela nem usa. Veja só. E como vir parar nele, não sei.
Bom já sair e entrei no meu endereço para corrigir..

Bom, após lê esse esse escrito, bota fora, não publique aqui ok.
Enquanto isto vou remeter os escritos acima outra vez e deletar aquele. Desculpe o trantorno...

Abraços e lindo dia

Livinha

Livinha disse...

Encantadoramente belo.
Extraido do mais profundo
da alma.
Aqueles dia em que está com as estrelas é o unico caminho
para se encontrar a calma.
O encontro do fim no fim, a oportunidade maior de se compreender o que a gente não consegue entender.
M a r a v i l h o s o!!!!

Que a poesia esteja pendurada em teu coração como um chaveirinho meu amigo, o encanto da alma sempre em brilho no mail alto resplendor.

Lindo dia pra ti!

Bjs

Livinha

Livinha disse...

Por favor Everson, delete o da menina tambem que não tenho como faze-lo...

obrigado

desculpe o trabalho que estou te dando meu amigo...

Simone butterfly disse...

Maravilhoso poeta e mãos de ouro, digo assim por que tens um dom maravilhoso e admiro muito, espero que nunca se esqueça dessa sua amiga que lhe ama muito, um beijo lindo poeta

Desnuda disse...

Bom dia querido Poeta!



A vida é feita de ciclos. Muito bom começar o dia lendo belas poesias.Obrigada.


Beijos com carinho

edumanes disse...

Num encontro assim,
Triste será com certeza
Na realidade tudo terá fim
Serão as leis na natureza!

Desejo um bom dia para você, meu amigo.
Um abraço.

Assis Freitas disse...

e o fim há de ser recomeço,



abraço

marlene disse...

UM LINDO POEMA MEU AMIGO MAS ME DEIXA TRISTE TENHO DIFICULDADES EM ACEITAR FINAIS TRISTES E DESPEDIDAS SEMPRE
PRECISO CORRIGIR ESTE SENTIMENTO
MAS É DIFICIL UM ABRAÇO GRANDE DE BOM DIA MARLENE

Anne Lieri disse...

Everson,se encontram no fim para reviver o começo que foi interrompido pelo destino!Linda e romantica poesia!bjs,

Smareis disse...

"O verdadeiro amor não tem final feliz, porque o amor verdadeiro nunca acaba"(Miley Cyrus).

Beijos grande poeta amigo.
Ótima tarde!

... "re" ... disse...

Nobre Poeta...

Vão-se os momentos, ficam os lamentos na poeira do tempo... Mas a esperança sempre renova-se e nos leva rumo a outra direção, um novo inicio...

Um poema de uma tristeza gostosa de ser lida...

Muito lindo mesmo!! Amei!!

Bacio blu nell'anima...

MARILENE disse...

Não faço correlação entre o poeta e seus versos, porque sabemos que sua criatividade pode levá-lo a caminhos que não percorreu. Há desencontros no amor, perdido em trilhas da vida e da alma. Mas permanece a esperança daquele encontro sonhado e esperado.
Bjs.

Amapola disse...

Corrigindo:

Reféns.

Bandys disse...

Os momentos acabam e nascem outros...
E é nesses novos momentos que devemos nos entregar de corpo e alma para o novo.
Que vc fique bem. Que teu vazio passe, que vc agora encontre por onde começar...

Humm que tal uma vitrolinha eu deixo vc escolher o disquinho

beijos

Pelos caminhos da vida. disse...

Sempre há um novo começo...

Estarei ausente por uns dias nas visitas, pois estou mexendo com mudança, tão logo esteja instalada voltarei, tem post novo lá...

beijooo.

Nos Amando... disse...

que pena
mais todo esse amor
será devolvido
em forma de outro amor.
lindo dia bjs

Carla Fernanda disse...

Lindo amigo!!

Ana Casada disse...

que delicia esse seu cantinho..musica gostosa..poesia mais linda ainda..
suas palavras parecem que entram no nosso coração..

beijocas

ana casada

Filha do Rei disse...

Os encontros e desencontros fazem parte da nossa caminhada. Tenho que ter sabedoria entender as lições que desejam nos ensinar. Bjs

Rosemildo Sales Furtado disse...

Lindo poema meu amigo, com ênfase para o trecho abaixo:

Quero subir na mais alta nuvem
Beijar a estrela que me negou sonhos
Acariciar a lua com que tanto sonhei
E pegar de volta do baú do esquecimento
Todo o amor que te dei

Abraços e um ótima noite pra ti.

Furtado.

Severa Cabral(escritora) disse...

Lindo entardecer !
Meu príncipe das letras!
"...Mas hoje com muita calma te digo
Encontramos-nos no fim"...
Será que esse amor quando chega no fim terá retorno para voltar ao início...
bjsssssssssssssssssssssssssss

Rute disse...

Oi meu amigo as vezes o desencontros faz necessário

Beijos

Vera Lúcia disse...

Olá amigo poeta,

Triste, mas muito belo.

Bjs.

ONG ALERTA disse...

Tudo dura o tempo que precisar...
Beijo Lisette.

Lau Milesi disse...

Lindo, poeta!! Muitas vezes um ponto final se transforma em vírgula. Nada de tristeza. Tudo de bom pra você.
Um abração e boa noite!

Kellen Bittencourt disse...

boa noite amigo
Que triste, chegar no fim nunca é fácil mesmo qdo é um novo começo de outra história! lindo! Abçs

Maria Clara disse...

COMO TODOS OS OUTROS , ESTE POEMA É REALMENTE LINDO CARO AMIGO... ME APAIXONEI REALMENTE PELOS TEUS BLOGS E LINDOS POEMAS... GRANDE POETA...LINDA NOITE A VOCÊ AMIGO....

 
Web Analytics