terça-feira, 20 de março de 2012

A Solidão das Horas
A solidão tem acabado comigo
Deteriorado meus dias
Devastado meu jardim
Como terra de ninguém
Estão meus sonhos
Em terreno baldio transformou-se o meu castelo
Meu coração é como um livro sem páginas
Noite sem luar
País sem bandeira
Estrela caída e perdida no mar.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

45 comentários:

Dα૨ℓ૯ท૯ Aℓ√૯ઽ....(",) ^♥^ disse...

Boa noite...<3


A solidão do poeta
É a que ele coloca no poema...♥_♥

Na realidade, ele nunca está só,
Está sempre acompanhado..♥/

\o/ Beeejos Doces..

Darlene Alves..<3

Amapola disse...

Boa noite, querido amigo Poeta.

A solidão faz as horas parecerem intermináveis, assim como os momentos felizes nos fazem sentir a eternidade dos céus.


Que a alegria invada o seu coração.

Beijos.

Rute disse...

A solidão nos machuca, com a falta de um certo alguém mesmo estando no meio da. multidão
Beijos querido amigo feliz dia do blogueiro a vc.

LUZ disse...

Bom dia Everson,

A solidão é terrível, altera nosso estado de espiríto, nossa vontade de viver e sonhar.
não vivemos, sobrevivemos.

Excelente dia.
Beijos de luz.

Rô... disse...

oi meu querido,

se seu jardim está devastado,
aproveite o momento,
talvez seja apropriada uma boa poda,
para ver florescer tudo novo
na primavera...

beijinhos

Mariangela disse...

Este sentimento que vem mesmo rodeado de amigos, mande embora!
Voce tem Deus e seus amigos como companhia, sempre.
Beijos querido amigo, um lindo dia,
cheio de luz pra você!!
Mariangela

Evanir disse...

Bom Dia Meu Filho.
Um lindo dia do blogueiro para você eu até havia me esquecido da data.
Hoje tinha entre as visitas um grande amiga de outrora me fez lembrar essa data tão comemorada no velhos de do meu enesquecivel Fonte de Amor.
Sinto saudades de lá muitas vezes.
Lindo dia beijos da mãezinha.
Evanir.

Mar... disse...

A tristeza e a solidão tem seu tempo de ruína...
Tudo vem abaixo...e ficamos assim...sem rumo...sem chão...
Mas isso é a preparação para um novo amor que em breve chegará...

Lindo dia meu amigo querido...
Que seja repleto de muita paz, muito amor e muitas alegrias...
Obrigada pelo carinho viu...sabes o quanto vc é especial para essa sua amiga aqui...
Bjs carinhosos...

Daniel Costa disse...

Everson

A solidão, pode ter muitas maneiras de ser apreciada. Quando não é voluntária, terá mesmo um senão.
Abraços fraternos

✿ chica disse...

Triste solidão no poema!!Ótimo OUTONO também no coração!abraços,chica

Mylla Galvão disse...

Everson,

Adoro sua forma de poetar...

bjos

Si Arian disse...

Bom dia amigo!!!
Feliz Dia do Blogueiro, Parabéns a Você... A Todos Nós.
A solidão do poeta... A reclusão faz parte para o retorno revigorado, com as inspirações afloradas!
Um belo dia pra ti.
Beijos na alma.

Marcia disse...

A solidão aprisiona e corroí a alma,mas a poesia liberta!Bom dia poeta!

AC disse...

Everson,
Esses momentos são tão dilacerantes que até nos esquecemos que o sol nasce todos os dias.

Abraço

Andy Santana disse...

Eu gosto de alguns períodos de solidão pelo que passo...
sou mais criativo neste período.

Bom dia amigo.

Simone butterfly disse...

MUITO BOM, AMEI, DEIXO O MEU BEIJINHO, MEU QUERIDO AMIGO

Assis Freitas disse...

a solidão devora,


abraço

Sandra disse...

A solidão é um bichinho que come a gente por dentro.
Beijinho amigo

Flor de Lótus disse...

Oi,meu caro amigo poeta!Que versos tristes, a solidão dói mesmo ela nos machuca e nos faz sofrer...
Beijosss

Carla Fernanda disse...

Ando assim com saudade de mim em ti... ou de ti em mim....

Beijos!!

Anne Lieri disse...

Everson,coração solitario e bela e sensivel poesia!Bjs e boa semana!

carla disse...

A solidão por vezes faz falta para colocar as ideias no lugar. Por vezes gosto de estar só!

Uma óptima semana,beijo

Carla Granja

http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt/

Adolfo Payés disse...

Veredicto escrito con suspiros, Tus poemas poeta..

Muy bello el poema..

Un abrazo
Saludos fraternos..

Bandys disse...

É poeta... é triste ver o poeta triste.

Eu não sei o que o meu corpo abriga
Nestas noites quentes de verão
E nem me importa que mil raios partam
Qualquer sentido vago de razão
Eu ando tão down
Eu ando tão down

Outra vez vou te cantar, vou te gritar
Te rebocar do bar
E as paredes do meu quarto vão assistir comigo
À versão nova de uma velha história
E quando o sol vier socar minha cara
Com certeza você já foi embora
Eu ando tão down
Eu ando tão down

Outra vez vou te esquecer
Pois nestas horas pega mal sofrer
Da privada eu vou dar com a minha cara
De panaca pintada no espelho
E me lembrar, sorrindo, que o banheiro
É a igreja de todos os bêbados
Eu ando tão down
Eu ando tão down

Sem implicancia, só pra lembrar que os poetas ficam down ..

Beijos e uma prainha a noite pra ver estrela e fazer pedido.
Beijos

Maria Alice Cerqueira disse...

Prezado Amigo
De todo o coração eu venho o agradecer o carinho e apoio, o qual foi fundamental para que eu chegasse a final da 6º Pena do Ouro, na Ostra Poesia, no Blog da Lindalva.
Mais uma vez venho pedir a voce o seu votinho para a minha poesia.
Sentindo a Vida
Para votar
Clik no link
http://ostra-da-poesia.blogspot.com.br/
Como votar
DIGITE O NOME DA POESIA E O LINK DO SEU BLOG
(é importante deixar o link para seu voto ser validado)
Desde já agradeço de todo o coração a seu apoio e votinho
Tenha um lindo dia coberto de muita paz e alegria
abraço amigo
Maria Alice

... "re" ... disse...

Nobre Poeta...

Inexplicavelmente sinto-me muito bem junto a solidão. Já disse-lhe várias vezes que é amiga e confidente. Faz parte de mim... Inspira-me... Motiva-me...

É como o degustar de um bom vinho junto a lareira em noites frias, tecendo memórias inexistentes e sonhos impotentes, em fios de solidão.

Muito bonito teu poema, sinto um gosto doce de melancolia ao lê-lo...

Bacio nell'anima mio caro amico...

VANESSA LARANJEIRA disse...

oi amigo... a solidão é mesmo devastadora, mas lembre-se que depois da tormenta vem a calmaria e dela vem a força para limpar os terrenos, construir novos castelo e de um pequeno jardim fazer um imenso bosque...
E eu como uma grande admiradora desse poeta quero presenciar cada flor que abrir nesse seu lindo jardim...

O outono esta ai e tem post novo pra ele e p todos nós la no meu cantinho... espero vc por lá... bjkssss

Rosemildo Sales Furtado disse...

Quem sabe, não tenha chegado o dia da renovação, e tudo volte a ser como era antes, ou mesmo, bem melhor? Belo poema meu amigo.

Abraços e boa tarde pra ti.

Furtado.

ZilMar disse...

olá Poeta,um coração feito um pais sem bandeira,um livro sem páginas,preenchido de solidão é um prato cheio para a inspiração...por isso tão belo poema...

um bjo e linda tarde!


Zil

Flor de Jasmim disse...

A solidão é um dos piores inimigos do ser humano!
Triste mas lindo seu poema meu amigo!
feliz dia do blogueiro.

Beijinho e uma flor

Livinha disse...

Everson,

A solidão me desafia
quando rouba de mim a poesia
congelando minhas ilusões,
dizer que me sinto vazia
é mentira,
dentro de mim tem um mundo
de emoções
A natureza que canta, pássaros
que se levantam,
saudando o sol nas manhãs
em bálsamos de esperança..

Meu amigo,

Dizer que hoje sendo um dia em
exaltação aos blogueiros, me promove
alegria quando podemos estreitar os laços da distância, trazendo eles pra dentro da gente.
Tão bom, que a gente feliz se sente
nessa alegria contagiante enfeitando as horas tristonhas e acabrunhantes em sorrisos contentes...

Deixo-te aqui o meu selinho com o mais real carinho agradecendo sempre o despontar do teu no meu caminho...


http://4.bp.blogspot.com/-aLpV8d6ZxoQ/T2iPKmFT3-I/AAAAAAAAE4k/FEwPL6S4tT4/s250/blogueira1.png

Bjs

Livinha

Vera Lúcia disse...

Olá amigo poeta,

A solidão é dolorosa e faz cinza os nossos dias. (E ainda assim, inspira os poetas).

Beijos.

Severa Cabral(escritora) disse...

Meu príncipe das letras !
Haihaihai!!!!!!!!!
Poema melancólico querendo vida...
Hoje venho vestida de blogueira para pedir e desejar felicidade prá vc,prá mim,prá nossos amigos que fazem esse mundo acontecer,virar,mexer,remexer o mundo do bloguista...
FELIZ DIA DO BLOGUEIRO !!!!!!
Abç

MARILENE disse...

A solidão é prisão que nos impede de ver o nascer do sol, com a mesma alegria anterior. A ausência da companhia desejada, do amor esperado. Bjs.

Lau Milesi disse...

Bonito e triste, poeta.

Lembrei dos Detonautas:
... "Meu coração tem segredos
Que movem a solidão, a solidão"...

Um abração, poeta, e boa noite.

ELANE, Mulher de fases! disse...

Eh meu amigo e anjo poeta, a solidão é amiga dos poetas maravilhosos como vc, mas ao invés de deixa-la corroer sua alma, convide-a para tomar um cafézinho e espantar a tristeza...a solidão por vezes, é companheira...bjooo

Ana Casada disse...

oi querido....que linda poesia...
como sempre os poetas estão sempre apaixonados...

beijocas

ana casada

Mary Help disse...

AMIGO ESTIMADO, vim deixar meu carinho desejando uma semaninha repleta de paz e alegria.
Bjinhux no coração; Mhelp!

Graça Pereira disse...

A solidão...pode ser o verso que rima com o coração!
Perfeito o teu poema.
Beijo e uma semana feliz.
Graça

Toninhobira disse...

Dolorido sentimento amigo, que faz da noite uma longa jornada.
Otima construção desta agonia.
Meu abraço de paz e luz.

Cidinha disse...

Olá, amigo. Boa noite! Lindo poema. A solidão faz parte dos nossos dias! Querido amigo parabéns pelo dia do blogueiro. Estou um pouco ausente por problemas de conxção! Essa musica é uma das minhas preferidas. Bjos e bjos nesse coração solitário! Adoro vc poeta.

BRISA disse...

MEU AMIGO
A SOLIDÃO NOS MALTRATA QUANDO PERDEMOS ALGUÉM QUE AMAMOS.VIM TE DESEJAR UMA SEMANA CHEIA DE MUITA LUZ. MARAVILHOSA ESTA LETRA DESTA MÚSICA. COM CARINHO
BRISA

Desnuda disse...

Querido Poeta,


Triste, mas sempre lindos os seus poemas.


Beijos com carinho, Everson

Soninha disse...

um show de sentimento!!!

Elisa T. Campos disse...

A solidão assim sem rumo,
ninguém merece.

Lindo poema

 
Web Analytics