domingo, 18 de março de 2012

No Meu Baú da Vida
No meu baú da vida
Guardo meus segredos
Sonhos e medos
Guardo cartas de amor
Poesias que falam mudas
De desejos e dor
Guardo meu relógio do tempo
Onde marco minhas próprias horas
E sei dos meus momentos
Guardo rostos em retratos
E paisagens coloridas da retina
Pintadas em quadros abstratos
Guardo a palavra
Que nunca te falei
Mas também guardo o meu amor
Que por tanto tempo te dediquei
No meu baú da vida
Tem um canto especial
Onde guardo meu coração
Ferido e maltratado de amor
Ele tenta se recuperar
Em encontrar de novo a razão
Porque as ilhas dançam sobre os oceanos
E porque a lua beija toda noite o mar
E entre todos os meus desenganos
Guardo também essa louca vontade
De um dia menina da minha vida
Poder te encontrar.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

48 comentários:

Antonio Rubilar B. Valente disse...

E no baú da vida, a gente guarda de tudo...só não vamos guardar os amigos que interagem com a gente.
Amigo, vim lhe fazer um convite...

Querida amiga!Acabo de postar em meu blog um pedido singelo aos amigos.Me perdoe se este comentário é "colado", mas tenho certeza que você saberá entender que agora "corro contra o tempo" para saber o TEMPO de cada um de vocês.Aproveito para desejar-lhe um ótimo domingo e um começo de semana abençoado e de muita paz.Estou lhe aguardando em meu blog!
Fique com Deus!Abraço amigo, "Rubi".

Marilu disse...

Querido amigo, todos nós temos esse "baú mágico" em que guardamos, bons e maus momentos, as vezes é difícil abri-lo e enfrentar o passado. Mas sempre amanhã o sol vai brilhar novamente e é tempo de ser feliz. Tenha um lindo final de semana. Beijocas

Luís Coelho disse...

A nossa caixa mágica com tantas e tantas recordações.
Ao reabrir esta caixinha sentimos que uma saudade e uma nova vida nos invade e toma conta do que somos.

AC disse...

O baú da vida é balanço para continuar, continuar sempre...

Abraço

✿ chica disse...

Deu pra imaginar um bau cheio de poesia...abração,chica

LUZ disse...

Bom dia querido Everson,

Você tem um baú, eu tenho gavetas.
Quero , assim, porque preciso repartir memórias, afectos e cumplicidades.

Teus poemas têm uma musicalidade e sonoridade, que me encantam.
Depois de vasculharmos tudo o que está no baú, na nossa vida, só falta esperar o amor, de novo.

Bom Domingo.
Beijos de luz.

ॐ Shirley ॐ disse...

Ainda bem que baú não fala, não é?rs. Saudades daqui, querido Éverson. Um beijo!.

Machado de Carlos disse...

Os desejos são inevitáveis, principalmente quando a alma se encontra com a outra alma, como se conhecessem de outras eras, noutros corpos. Portanto a vida nos ensina, mas guarda segredos presos no baú da memória.

Amapola disse...

Bom dia, querido amigo Poeta.

Nossa... Que maravilha!!
Fiz uma viagem no tempo e no espaço.

Que seu domingo seja cheio de esperança, amor, e paz!

Beijos.

Pelos caminhos da vida. disse...

No meu baú tem tantas coisas guardadas...

Hoje ainda tenho net, mudança já viu como é, tão logo tudo se normalize estarei de volta.

Bom domingo poeta querido.

beijooo.

Desnuda disse...

Bom dia querido Poeta,

Um poema belíssimo Everson! Parabéns.


Beijos com carinho e abençoado domingo.

Rute disse...

Amei esse lindo trecho
"E entre todos os meus desenganos
Guardo também essa louca vontade
De um dia menina da minha vida
Poder te encontrar.


No BÁU, GUARDAMOS MUITO DE NÓS MESMOS.
Beijos querido, ótimo domingo

marlene disse...

meu querido poeta quem não traz em seu baú bem guardado todas as reliquias de sentimentos,que poema lindo meu amigo parabens por mais este em que voce se supera e tambem as espectativas de quem o le
abraços com carinho marlene

marlene disse...

meu querido poeta estou voltando aqui pela terceira vez tentando postar um comentário meu sinal da internet anda sumindo constantemente,as vezes penso que postei o comentário e fico sem postar venho ler seus poemas quase todos os dias pois admiro muito seu trabalho lindo mesmo quando não consigo postar comentário podes saber que estive por aqui bjs marlene

Cidinha disse...

Bom dia, meu amigo. Muita saudade de vc! Desculpe a falta ! Problemas com conexção da internete. Que belo esse baú! Todo amor, dlicadeza em cada versos. Amei! bjos querido no seu coração e nessa alma linda que vc tem. Bom domingo!

Daniel Costa disse...

Everson

É sempre num recanto, que se guardam as recordações, boas ou más. É de lá também que vamos refazer ânimos para nova caminhada.
Belo poema!!!
Abraços fraternos

rosa-branca disse...

Ai meu amigo, o baú da memória guarda tantas coisas que ficamos sem saber qual a sua dimensão. Guarda e vai sempre guardando, pois nunca está lotado. Quando está lotado vive do passado e esquece o presente. Adorei. Beijos com carinho

Pensando com Arte disse...

Boa tarde,
Que esse bau se enriqueza ano apos ano!
Os rostos serão sempre lembrados, as paisagens sempre saciadas, a vida sempre tão especial e o encanto das palavras sempre de ti sentirá saudade!
Que tenhas sempre esse bau rico até esbordar, mas rico de vida, e se for preciso enche-o com outros tantos baus!
Sigo-te e espero a tua visita!
Pensando com Arte.

Pensando com Arte disse...

Boa tarde,
Que esse bau se enriqueza ano apos ano!
Os rostos serão sempre lembrados, as paisagens sempre saciadas, a vida sempre tão especial e o encanto das palavras sempre de ti sentirá saudade!
Que tenhas sempre esse bau rico até esbordar, mas rico de vida, e se for preciso enche-o com outros tantos baus!
Sigo-te e espero a tua visita!
Pensando com Arte.

Giovanna disse...

O bau faz parte da vida daqueles que viveram e abraçaram a vida com ternura, fé, perseverança, confiança, medo, dúvida e acima de tudo guardas o amor do tempo e das horas, pois estão todos cronometrados e relatados.
amos os baús, porque nele existe uma história do meu caminhar, onde eu me refaço dos meu erros e acertos.

Lindo dia pra ti amigo poeta.
Abraços
Giovanna

Tais ♥ disse...

Oi meu amigo que saudades estou passando na maior pressa so para não dizer que não apareci por aqui srsr
dei mas detalhes para a Re...Agora o filhote ta correndo gritando so peguei a net da minha mae aqui por um seg...
Espero voltar logo...Bjoos

Audrey Andrade disse...

Todos nós temos nosso baú, caixinha ou qualquer coisa parecida onde guardamos dores e amores, e também poesias, né?!

Tenha um excelente domingo!
http://pequenocainho.blogspot.com

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

O nosso coração é o baú onde guardamos todos os momentos.

Um beijinho com carinho e bom resto de Domingo.

Sonhadora

Sandra disse...

Nosso baú da Vida trás tantas lembranaças, não é mesmo?!

Hoje é domingo e venho lhe fazer uma visita bem especial. Agradecer pelas visitas que fizeste ao blog. Agora só posso retribuir nos finais de semana. Tenho um pouco mais de tempo.

Gosto das Pessoas que são Gente muito Espciais.

"Gosto de Gente que ama e curte saudades, gosta de amigos, cultiva flores, ama animais.
Admira paisagens, poesia e mares.

Gente que tem tempo para sorrir bondade, semear perdão, repartir ternuras,
compartilhar vivências e dar espaço para emoções dentro de si,
emoções que fluem naturalmente dentro de seu ser".

Um grande abraço bem Especial para Ti.
Sandra

Centelha Luminosa disse...

Que bom poder guardar lembranças, afetos, amores, nesse báu mágico, pra entregar aos ser amado, o melhor que temos em nós. Mas, acontece aí um fenômeno divino: vai-se guardando, guardando...até que o Baú lotado, esparrama tudo em forma de poesia. Assim, como a sua. É lindo isso poeta!

Beijinhos da Lu...

Rita Freitas disse...

Que bom seria se no baú da vida só guardássemos tudo o que a vida nos trouxe de bom...
Beijocas e uma boa semana

Carla Fernanda disse...

Baú dos sonhos...
Beijos e boa semana!

Carla Fernanda disse...

Baú dos sonhos...
Beijos e boa semana!

Anne Lieri disse...

Everson,ficou linda essa poesia!Já peguei emprestado pra postar no Recanto tb!Bjs e bom domingo!

Simone butterfly disse...

Tão meigo e lindo, como vc meu amigo

Filha do Rei disse...

Quando abrimos o nosso "baú", qnts coisas surgem, até algumas esquecidas :) Lindo texto, como sempre. Tenha um lindo início de semana. Bjs

edumanes disse...

No baú de sua diva onde tudo guarda
Cartas de amor sonhos, segredos e medos
Quadros abstractos e a palavra
Para o abrir pega a chave com seus delicados dedos!

Desejo bom inicio de semana para você.
Um abraço.

Assis Freitas disse...

e tanta coisa cabe para encantar neste baú,



abraço

Bandys disse...

Everson,

Cheguei, sempre é bom esses ares de Minas,
Eu acho que tenho uns 4 ou 5 baus, eu sou mesma exagerada. Agora ja aprendi a guardar por pouco tempos as coisas que não fazem bem sabe::???

Lindinha sua poesia. A esperança é a primeira que nasce.
Um beijo, aqui no cora~]ao do RJ das mãos do Cristo.

Beijos meu amigo. Boa semana cheia de cantos no seu ouvido.

Palavras disse...

Olá meu caro,

No baú de nossas vidas,
sonhos, segredos e fantasias
A chave deste estará nas mãos
de quem conquistar seu coração.

Beijos e ótima semana

Leila

MARILENE disse...

Ficou lindo seu poema, mas no baú da vida não podemos guardar o que ainda está latente, sob pena de não encontrarmos o sentimento, quando ele se tornar necessário. Bjs.

SIMONE PRADO disse...

Hummmmmmmmmmmmmmmmmmm, linda. Mas nessa procura do reencontro talvez venha se surpreender, o amanhã só a Deus vem a pertencer. Tomara que grandes surpresas estejam guardadas esperando por vc. bjim migo.

Vera Lúcia disse...

Olá querido,

E quanta coisa cabe neste baú...!

Um coração ferido também cicatriza, ficando disponível para novos amores e prontinho para a chegada
desta esperada menina.

Lindo seu poema!

Beijos.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Guardo a palavra
Que nunca te falei
Mas também guardo o meu amor
Que por tanto tempo te dediquei

Belo poema amigo, com ênfase para o trecho acima citado.

Abraços e ótima semana pra ti.

Furtado.

Íntimas Intenções by Anita disse...

Lindo amigo,

Essa semana foi corrida mas sempre vinha até aqui e o lia...era meu momento de relax...de adentrar em outras ondas fora dessa loucura chamada vida.
Muito obrigada por todo carinho demonstrado sempre por mim, nem sempre dá tempo de fazer um comentário mas a leitura tem se tornado obrigatória por aqui.

Estou indicando a leitura de seu blog lá em meu blog...

Beijos suculentos!

Olhos de mel disse...

Querido Everson; queria lhe pedir pra guardar nesse baú também, o meu encantamento pela delicadeza e beleza do seu poema! Guardar a minha admiração por esse poeta cheio e sensibilidade e paixão.
Boa semana! Beijos

Adolfo Payés disse...

Para sentir el amor de la vida, la pasión en todo.. Es necesario leerte poeta amigo..

Un placer siempre visitarte..

Un abrazo
Saludos fraternos..

Que la semana se de éxitos.

Lau Milesi disse...

Seu poema é lindo, poeta.
Que todos nós possamos guardar tudo de bom nesse baú. O amor, os sentimentos das amizades puras e sinceras,o respeito, a paz , a alegria.. e por aí vão os nossos guardados.

Um beijo e uma boa semana

Jeanne Geyer disse...

uma generosa oferta dos mais puros sentimentos em forma de poesia e inspiração. adorei!
Beijos

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia meu prìncipe das letras!
Viajar dentro desse baú é trazer grandes recordações...e eu tenho tantas que nem cabe no meu baú!rsrsrsrsrsrsrsrsr
bjsssssssssssssss

Ana Casada disse...

nossa fui no fundo do meu baú agora....

que delicia ter tantas coisas pra recordar....

e essa musica de fundo hoje ta demais...

adoro essa musica "...ainda que eu falasse a lingua dos anjos..."...amo..

beijocas

ana casada

Ana Casanova disse...

Olá Everson Russo

cheguei aqui através da amiga comum, Marcia Morais. Foi com gosto que o fiz.
Muitas felicidades e sucesso! Ana Casanova

Elisa T. Campos disse...

Quantos momentos
Quantos segredos
e a espera de sua menina voltar.

Lindo, Everton

bjs

 
Web Analytics