domingo, 8 de julho de 2012

A Folha Que Amorteceu a Queda do Amor
A menina caminhava sozinha
Em seus olhos brilhava a solidão
O pensamento inerte numa gota de chuva
Que pendurada num galho quebrado
Deixava-lhe aflito o coração
Tinha medo daquela vida só
Mas o medo maior era de se libertar
Não queria ver o amor em pó
E não ter mais sonhos pra sonhar
Passeava em seus pensamentos
A paisagem cinza e umedecida
No seu peito apenas uma sensação
Da saudade daquela noite vencida
Tinha um desejo único em seu coração
Guardado a sete chaves pela dor
Como o outono que vence o verão
Salvou-se naquela estação a leveza do sentimento
Ao ver a folha que amorteceu a queda do amor
Tão simples suave estendida no chão
Como poça formada de lagrimas daquela emoção
Ali naquele momento tudo se encaixou
E um olhar de arco-íris ao horizonte voltou
Percebeu que o mundo ainda tinha o desejo
De renascer das tristezas ao alimento do beijo
E aquecer ao seu corpo num abraço profundo
De montar pra ela um novo universo
E formar seu amor em um novo mundo
De repente o sorriso voltou e o colorido reapareceu
E a esperança de novo ao seu lado deitou
Pegou pela mão a folha que a queda do amor amorteceu
E ao lado do seu coração ela repousou
E pela verdade de tudo que mora ao seu redor
Como nuvens ao vento o medo de amar novamente desapareceu.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta

28 comentários:

Daniel Costa disse...

Everson

Escreveste uma bela história poética.
A de uma sagração do amor, a sua nobreza chegou.

Abraços fratenos

AC disse...

Pungente, Everson!

Abraço e um bom domingo

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia meu príncipe das letras !
Hoje sendo dia de domingo vejo que vc arrasou em especialidade neste poema que me deixou inerte quando acabei de ler.Resumo dizendo que está simplesmente linda no contexto...
bjs de dia de domingo !

LUZ disse...

Bom dia querido Everson,

Se diz, "Depois da tempestade, vem sempre a bonança" e aqui, em seu poema, esse provérbio, se assim se pode chamar, assenta que nem uma luva.
Que existam sempre folhas, pra amortecer as quedas do amor.

Bom Domingo, com alegria.
Beijos, com afeto da Luz.

Magia da Inês disse...

❤✿•.¸•.¸¸
Passei para matar a saudade.
Seu blog continua lindo e você o poeta romântico de sempre.
♡ Boa semana!
Beijinhos.
Minas.
✿•.¸¸✿⊱╮

Kellen Bittencourt disse...

Bom dia amigo, mais uma obra de amor, que nos encanta, parabéns! Bom domingo! Abraços

Sónia M. disse...

Mais um belo poema Everson!

Tem um bom domingo sem medo de amar!

Beijo
Sónia

Lindalva disse...

E o amor floresceu. Bom dia amigo poeta hoje reabri o Ostra da Poesia e ficaria feliz com tua passagem por lá... que tenhas um domingo ensolarado e cheio de amor. Beijos no coração.

Flor de Lótus disse...

Bom dia,meu caro Poeta!Lindos versos me identifiquei com cada palavra e espero que sempre haja uma folha para amortecer a queda.
Um ótimo domingo!Beijosss

Cidinha disse...

Bom dia, amigo. O amor tão desejado, as frustações e a natureza silênciosa nos dando exemplo de força, fé e beleza. A vida se renova a todo momento e nós também precisamos renovar, acordar para a vida. Lindo amogo! Deixo mil bjos pra ti e um feliz domingo.

Tais Martins disse...

Oii passando para te desejar um bom domingo de frio
bjoos
decorehouse

Elisa T. Campos disse...

Bom dia Everson

Só poemas de amor que leio aqui podem aquecer este domingo frio e chuvoso.

bjs

edumanes disse...

Não queria ver o amor em pó
Nas folhas deitada a pensar
Ali pensativa estaria só
Como seria esse amor a imaginar!

Bom domingo para você, amigo
Everson. Muito lindo seu poema,

Um abraço
Eduardo.

Bandys disse...

Ola Everson,
Me tirou da concentração hoje. Ja estou ate convidando pra uma coquinha depois do jogo.

Bom, lindo o que escreveu. Quanto volta a esperança a vontade e o coração bater de novo é como se a vda soprasse de novo.!!!

É vamos esperar nossa amiga então.

Um bom domingo todo preto e vermelho cheio de vitorias e conquistas.

beijos

Vera Lúcia disse...

Olá poeta,

Versou lindamente sobre a reconquista da esperança no amor. Somente o amor faz nosso coração pulsar ao ritmo do entusiamo pela vida, trazendo colorido aos nossos dias.

Ótimo domingo.

Beijo.

BlueShell disse...

Oh...que coisa mais linda...o que eu disser estraga!!!
Beijo em azul
BShell

Tunin disse...

Deixar de passar por aqui, só quando não dá mesmo. A estrutura poética nos ensina, nos acalma e nos traz sempre uma lição do que é o amar. Parabéns, grande poeta!
Excelente semana com belas inspirações sobre o amor.
Abração.

David disse...

Son nostalgias.
Saludos
David

Salete Cardozo Cochinsky disse...

O medo, a angústia, a falta de esperança, perspectivas daquilo que nos alimenta a alma podem voltar se conseguimos olhar o horizonte e aquilo que nos cerca.
Ainda, é necessário perdemos algo para poder ganhar outro algo, esse a partir da perda, bem mais sólido e consistente.
Li tuas belas produções
Bjs

Smareis disse...

Boa noite amigo,

Desculpa a minha ausência esses dias aqui no livro. Estive fora da net e com muita correria por aqui...

Adorei o poema, como sempre maravilhoso.
A esperança sempre é o maior combustível pra nossa vida.

Beijos grande amigo poeta!

Ótimo começo de semana!

deisinha disse...

Uma linda história poética.E aproveitando e desejando uma ótima semana!

Pedro Luis López Pérez disse...

Esas hojas caídas que son como el Amor que ha huido y quedó marchito. Ese halo de desconfianza y frustración ante el recomienzo de una nueva experiencia, pero, a la vez, el empeño para respirar nuevos aires y renovadas brisas.
Precioso, Everson.
Un abrazo.

MARILENE disse...

O redescobrimento de si mesma e da capacidade de amar. Lindos versos, coloridos com a esperança. Bjs.

Pelos caminhos da vida. disse...

Já estava com saudades daqui querido poeta.
Não tem sobrado tempo para fazer minhas visitas, curtindo meu primeiro neto, logo tudo volta ao normal.
Estou apenas postando.

Uma boa semana pra vc.

beijooo.

Mariz disse...

O novo dia sempre vem juntinho com a esperança e o novo amor no horizonte vai aparecer...lindo!

bjos e ótima semana prá vc!

Lindalva disse...

Bom dia doce criatura do criador... Poeta das ondas... beijos no coração.

Néia disse...

Olá poeta querido...
Intenso, marcante e deliciosamente inesperado. Um final feliz faz na vida da gente toda diferença. Beijos

Priscila Rodrigues disse...

Linda historia em forma de poesia.. ♥

Bjs.

 
Web Analytics