sexta-feira, 27 de julho de 2012

Por Ai...
Não haverá caminhos
Sem poeiras e sem tombos
Não haverá céu
Sem raios e tempestades
Não haverá jardim
Sem flores mortas e espinhos
Não haverá um sorriso em um coração
Que um dia vire choro de dor
Mas sempre haverá o amor
Que com o brilho de todas as estrelas
Desse seu belo olhar de luar
Irá novamente me fazer sonhar.

“Morena, cabelos longos, olhar distante, corpo perfeito e um sorriso que eu nunca vi... vento que vem do sul, trazendo o amor que eu nunca senti.”

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta

24 comentários:

Evanir disse...

Boa Noite Meu Amado Filho.
Venho te desejar um feliz final de semana.
Espero que a correria que vc disse no comentário tenha acabo e vc esteja um pouco mais tranquilo .
Beijos no coração mãezinha ,Evanir.
Lembre-se :
Grandioso és TU..

LUZ disse...

Oi querido Everson,

Por mais tortuosos que sejam os caminhos, a vida, o amor sai sempre vencedor.

Beijos afetuosos da Luz.

✿ chica disse...

Que linda poesia!!Sempre!!!abração ainda praiano,chica

Sonhadora disse...

Meu querido poeta

Como sempre muito intenso esse sentir...adorei.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Rô... disse...

oi meu amigo,

não existe realmente o proveito,
se antes não passarmos por tortuosos caminhos...
verdade da vida...

beijinhos

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia meu príncipe das letras !!!!!
É sempre andando por ai que chegamos mais perto do nosso destino,nem importa o tempo que gastaremos para atingir...só importa que o vento sempre nos guiará até onde...
bjs de um bom dia !

Vivian disse...

Bom dia,Everson!!!

Que romântico,meu amigo!!!!
Lindo poema cheio de verdades!!!
Beijos e meu carinho pra ti!!!!

*Apartir de hoje postarei só nas sextas!

edumanes disse...

Caminhando por aí
Qual será o seu destino
Aquela Morena que não vi
De corpo muito lindo!

Morena de cabelos longos
De mala e sapatos na mão
Sem tapar os ombros
Só ela saberá dar a explicação!

Boa sexta-feira para você, amigo
Everson,
Um abraço
Eduardo.

Mariangela disse...

Lindo!!!Apesar de todas as pedras e tropeços no percurso da nossa caminhada, o amor sempre vence!
Um ótimo final de semana!
Beijo,
Mariangela

Lu Nogfer disse...

"Mas sempre haverá amor..." e o amor supera tudo!

Um lindo fim de semana pra ti meu amigo!

Grande beijo!

Daniel Costa disse...

Everson

Vale haver sempre amor, para procurar.
Abraço fratermo, meu amigo

Magia da Inês disse...

彡✿✿⊱╮
Sempre haverá poesia em tudo, até na dor...
Bom fim de semana!
Beijinhos do Brasil
✿彡¸.•°`♥✿⊱╮

Cecilia Gonçalves disse...

Um dos mais belos poemas seus. Realmente tem que se ter esta dosagem de coisas ruins para vierem as boas e acima disso tudo, o amor, este sem fronteiras, único, verdadeiro, capaz que mudar por inteiro a vida da gente. Amor único de um homem por uma mulher. Uma benção, perfeição da natureza quando a descreves. Parabéns, simplesmente amei, cada dia você surpreende-me mais. Beijos meu querido e muito obrigada pelo carinho. Da sempre sua amiga. Cecilia Gonçalves.

Flor de Jasmim disse...

É isso meu amigo, havendo amor sempre para aliviar essa dor.
Bom fim de semana meu querido amigo.

Beijinho e uma flor

MARILENE disse...

Essa é uma grande verdade. Não há apenas retas em nossos caminhos. Creio até que, por essa razão, valorizamos, ainda mais, os momentos de amor. Bjs.

Vanuza Pantaleão disse...

"Não haverá caminhos sem poeiras e sem tombos..."

É verdade, amigo! Por vezes, nem caminhos há a percorrer, em outras tantas, sentamo-nos à beira de uma estrada qualquer e choramos.
Faz-se necessário que nos apeguemos ao amor, mas o desamor pode, a qualquer instante, cravar em nós as suas garras. É...não tô legal nessa sexta!
Amigo, um tranquilo final de semana para ti!

PS: Semana que vem, vou fazer postzinho novo e peço-lhe licença para também colocar seu Livro dos Dias lá na lateral, pode ser?
Beijinhos!

Vera Lúcia disse...

Olá amigo,

Verdades ditas com poesia. São paradoxos da vida. Mas o amor sempre reinará, nos auxiliando na tarefa de desviar as pedras do caminho.

LINDO! AMEI O POEMA!

Beijo.

Álvaro Lins disse...

Olá amigo Poeta! É mesmo por aí:)!
Abraço amigo

Marilu disse...

Querido amigo Everson,

Tenha um lindo e abençoado final de
semana.
Beijocas

Cecília Romeu disse...

Everson,
já que as coisas não são perfeitas, vamos pelo menos nos permitir sonhar.
Beijos e beijos!
Ótimo sábado para você:)

Mariz disse...

Q esse vento vindo do sul possa trazer junto esse amor q está nascendo em seu coração.

beijos e ótimo fds!

Assis Freitas disse...

o caminho é aquele que nos escolhe,


abraço

Patrícia Pinna disse...

É verdade, Everson. Os caminhos serão assim mesmo, cedo ou tarde encontraremos estradas do tipo na nossa vida, faz parte da vida humana, da nossa condição.
O amor sempre existirá, ele é eterno, é inerente ao ser humano.
Os vários tipos de amor estão dentro de nós basta darmos a oportunidade deles aflorarem.
Beijos!

Elisa T. Campos disse...

Faça sol, faça chuva ou tempestade
A estrela sempre volta a brilhar.
Lindo.
Bjs

 
Web Analytics