sábado, 23 de janeiro de 2010

Notas da Canção, Acordes do Seu Coração
Você dedilha o vento
Como o mar ouve o luar
Em notas que fazem o momento
Acordes que ensinam a amar
Nua como a lua em seu quarto
Você pega o violão
E descobre num universo perdido
A mais nobre canção
Seu corpo tem a forma
Do instrumento que ao poema vai musicar
E no seu peito seu coração não conforma
Que o amor nunca mais vai encontrar
A brisa que acalma sua alma
Faz um galho de arvore bater em sua janela
Daquele sonho que te faz tão calma
E da madrugada que te faz tão bela
Ali deitada contando estrelas
Seu mundo conta que canta o amor
Sussurros, arrepios e calafrios
Que no mais doce som da melodia
Na noite fria te aliviarão a dor.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

42 comentários:

Ana Martins disse...

Perfeitos e belos acordes neste poema!

Beijinhos e bom fim de semana,
Ana Martins

SAM disse...

Boa noite, querido amigo!

Afinadíssima inspiração. Beijos, com carinho.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Ali deitada contando estrelas
Seu mundo conta que canta o amor
Sussurros, arrepios e calafrios
Que no mais doce som da melodia
Na noite fria te aliviarão a dor.

Maravilha amigo! Muito forte. Adorei!

Abraços e ótima terçe-feira pri ti.

Furtado.

Thomas Albuquerque disse...

Acordes e notas à donzela..
viva a poesia bela.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Nem sei o que falar*
Uau! Arrepios Acordes Calafrios!
Beijos*
Bom despertar!

Nota 10 para vc, poeta**************
Nota 10 mil******** para a modelo. Fala sério, ficar nesta posição, cansa demais*

Nany C. disse...

Sussurros, arrepios e calafrios
Que no mais doce som da melodia
Na noite fria te aliviarão a dor.


que lindo...
Ai Everson, tão lindo esse poema..

Meu lindo, fique com Deus e tenha uma ótima noite...

Beijos no teu coraçãozão!!
(a proposito, a festa a que me referi é segunda...rs isso mesmo... aniversário regado...rsrs)

eitah lele...rsrs

Sonia Schmorantz disse...

Será o vento também que sopra tão lindos poemas?
abraço, ótimo fim de semana

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, EXCELENTE POEMA...GOSTEI IMENSO...QUE TENHAS UM FELIZ SABADO AMIGO!!!
BEIJOS COM CARINHO,


SUSY

paula barros disse...

Everson, o poema é todo lindo, mas gostei desse trecho:
"Você dedilha o vento
Como o mar ouve o luar"

Fiquei imaginando o mar ouvindo o luar. Deve ser uma linda melodia.

abraços, um lindo sábado.

lita duarte disse...

Oi, Everson.

Canção coração... isso é bom.

Um bom dia para você.

Beijos.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigão.
Corpo em forma de violão, pronto para os acordes. Muito bom.
Um ótimo fim de semana
Abração

Xanele disse...

Simplesmente lindoOo...
bjsss Amore

Anônimo disse...

Que a paz de Jesus esteja contigo.
Querida filho por motivos de saúde
minhas visitas seram feitas sómente pelo www.fonte-amor.zip.net.
E num futuro que espero estar próximo .
Os outros 2 blogs tera suas paginas .
Em um novo template,Fonte de Amor.
Espero sua comprinção.
Deus certamente estara comigo .Um fim de semana na luz de Jesus.

Pelos caminhos da vida. disse...

Afinadissímo poema.

"Há corações que param no passado;
e para que isto não
aconteça com você deixo-lhe este
pequeno lembrete, para que o
seu coração, ao mover-se no futuro,
encontre sempre algo no
presente."

Bom fim de semana pra vc amigo.

beijooo.

Garota Karioka disse...

Este poema é como uma belíssima música.
Que você tenha um maravilhoso fim de semana!
Beijos, beijos!

Felina Mulher disse...

Olá...Está lembrado de mim?!?...kkkk
Estou passando para lhe dizer que o poema é muito bom,muito bonito mesmo. Me deixou toda arrepiadaaa!!!
Um lindo dia pra ti meu anjo!

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Violão + poesia = musica do coração.

Gosto de juntar essas imagens também.
Teu poema ficou lindo, muito delicado.

=)

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Música, poesia, violão, um amor, um poeta inspirado.A banda está feita,só pode sair coisa boa. Um abraçao, amigo e excelente final de semana

Sandra Botelho disse...

Todas as coisas mais lindas da vida reunidas em um só poema.
Amor, musica. o corpo feminino e tudo isto visto pelos olhos de um poeta menino.
Divino!
Bjos meus!

Sandra Botelho disse...

Todas as coisas mais lindas da vida reunidas em um só poema.
Amor, musica. o corpo feminino e tudo isto visto pelos olhos de um poeta menino.
Divino!
Bjos meus!

ღ☆PaTi☆ღ disse...

A combinação perfeita para uma bela inspiração. Lindo!!
Beijos.

carol sakurá disse...

Tens o dom de dedilhar meus sentidos.
Bjs!

Helena Rocha disse...

Em notas que fazem o momento
Acordes que ensinam a amar

adoreiii.

oi gatuhhh eskeceu di mim foi????
puxa mi dexu di ladu nem vai mais lá mi desejar um ótimu dia, ta infrakecendu o serviçu em rsrsrsr......
e ai keriduuuu vc está bem??????
esperu ki a resposta seja das melhores.
tenha num otimu findisss e kuide-se naum somi senaum venhu t buscar. rsrsrsr...

bjússsssssssssssssssss milllllllllll

Lena

Majoli disse...

Meu querido, mais uma bela poesia, e destaco essas linhas....
Você dedilha o vento...como o mar ouve o luar....nossa isso é lindo demais...
Beijos, lindo sábado pra você meu amigo.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigão
O blogstar não está funcionando para ninguém, já perguntei a outras pessoas.
Um abraço

HSLO disse...

Hum....adorei a imagem.



abraços

Lelli Ramz disse...

eu quero mesmo vc aqui...

lindo parabens arrasando como sempre


senti arrepios


bj

Lelli

Daniel Costa disse...

Everson

A música tocada com mestria faz tanger melhores acordes no violão tal com uma bela musa inspira melhor um bom, um sensivel poeta.
Abraço
Daniel

Vanessa Souza Moraes disse...

Que o amor nunca mais vai encontrar
A brisa que acalma sua alma

Bonito.

Lady disse...

Simplesmente maravilhosa.
Um excelente final de semana.
Bjs

BANDEIRAS disse...

É....a banda tá completa....
Amor, lindos acordes, poesia que é a letra de cada canção. Um corpo nu esperando para ser amado.

Melodia perfeita ! afinação total !

Parabéns poeta maestro,

Lindos concertos prá ti

Bjs

Pena disse...

Amigo Poeta:
VOCÊ faz, "constrói", momentos, instantes, de uma poesia maravilhosa.
Fantástica.
Gosto muito da sua forma de encarar as lindas musas de sonho.
Parabéns que nunca terão um fim.
Abraço amigo de um respeito enorme.
Com admiração pelo que extraordinariamente "confecciona".

pena

Bem-Haja, pela sua preciosa amizade.
MUITO OBRIGADO, notável poeta amigo!

Graça disse...

Grata pela linda e perfumada presença de sempre...
Excelente final de semana pra vc tb!!!

Bjs mil.

Ju Fuzetto disse...

Tens o dom de fazer musica com simples palavras!!!

parabéns, ótimo seu blog!

abraço

Delirius disse...

'Brigada, Everson!
Excelente sábado também p'ra ti com muito carinho e inspiração de tuas musas...
Beijo, até logo.

valvesta disse...

Olá Everson,que linda poesia,procurar prazer na solidão e fazer disto um lindo quadro,erótico sensual pra si,isso é amar-se e se fazer desejar,lindo.parabéns.xero

Vivian disse...

....não seria novidade se não
houvesse encanto por aqui.

sempre perfeito você!

bjs, poeta!

Memória de Elefante disse...

Enquanto ouver estrela sempre haverá uma canção de amor...
Um beijo

Elaine Barnes disse...

Fico chovendo no molhado para comentar seus belos poemas de amor. Nem sei mais o que dizer."Seu corpo tem a forma
Do instrumento que ao poema vai musicar
E no seu peito seu coração não conforma
Que o amor nunca mais vai encontrar" É lindo isso! Será que não irá encontrar mesmo? Encontra sim. Excelente final de semana amigo. Grande abraço e um montão de bjs carinhosos. Vc é um gde poeta amigo.

Marcélia Macidália disse...

Nossa lindo!
A fotografia perfeita...Foi vc quem fotografou?
Adorei o espaço!
Beijos

Tatinha disse...

Como a moça da foto, hoje de noite vou cantar para você. Sinta-se um privilegiado, não ando cantando há muito tempo.... ultimamente só tenho ENcantado e DESencantado!!!! Então,pretenção, esta é para você especialmente:

"Amor, meu grande amor
Não chegue na hora marcada
Assim como as canções
Como as paixões e as palavras

Me veja nos seus olhos
Na minha cara lavada
Me sinta sem saber
Se sou fogo ou se sou água

Amor, meu grande amor
Me chegue assim bem de repente
Sem nome ou sobrenome
Sem sentir o que não sente

Que tudo o que ofereço
É meu calor, meu endereço
A vida do teu filho
Desde o fim até o começo

Amor, meu grande amor
Só dure o tempo que mereça
E quando me quiser
Que seja de qualquer maneira

Enquanto me tiver
Que eu seja a última e a primeira
E quando eu te encontrar
Meu grande amor, me reconheça"

Felina Mulher disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
 
Web Analytics