terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Por Debaixo
Por debaixo daquele lençol
A vida o suor o e amor
Por debaixo daquele teto
Carinho a paixão e dor
Por debaixo de todos os panos
A nudez de nossas almas
A carência de nossos planos
Por debaixo do seu olhar
Eu vi a sua alma
Alma que tanto me acalma
E todas as cores do mar
Por debaixo do seu sorriso
Amor e paixão
Carinho de tudo que eu preciso
Por debaixo da nossa cama
Encontrei um poema rabiscado
Começado e sem fim
Ele falava do amor
Do dia em que você veio pra mim
Por debaixo dos seus cabelos
Arrepios e desejos ao simples toque
Por debaixo de todas as cores
Um rosto lindo sem maquiagem
Sem a menor necessidade de um retoque
Por debaixo do perfume
Sua pele arrepiada e pedindo mais
Invadindo a escuridão um vagalume
Que como nossos olhares
Que nem na imensidão se perderão jamais
Por debaixo dos seus suspiros
Diversão o medo e o prazer
A ânsia louca de existir o amor
E a vontade imensa de a ele conhecer
Por debaixo de nossas mascaras
Há sempre um “eu” maior a se conhecer
Poesia pra encantar a vida
E muita vida de amor eterno a se viver.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

53 comentários:

SAM disse...

Querido poeta,

inspirado poema de muita beleza.


Carinhoso beijo e linda noite.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo* Viva este amor plenamente, meu querido.
Beijos,

Thomas Albuquerque disse...

O amor, antes de começar pra valer, está vestido pelos sentimentos, e aos poucos vai se despindo...


boa semana.

Meu tudo e/ou nada disse...

por baixo de tudo, tudo isso =]
lindio
beijos

paula barros disse...

"Por debaixo de nossas mascaras
Há sempre um “eu” maior a se conhecer"

Por debaixo das nossas máscaras tem muito mesmo. Inclusive esse "eu" maior, e conhecendo ele, algumas coisas ficam mais fáceis.

beijão. Aqui ainda é ontem, não estou comentando com atraso. rsrsrs

paula barros disse...

Pelo contrários, esse estou comentnado antecipado, e do dia 11, vou comentar pelo horário de Recife, 23h40 rsrsr

Eu tardo mais não falho. abraços amigo

Felina Mulher disse...

Só as lembranças de momentos que irão para sempre permanecer na eternidade de uma alma sedenta e suspirante de saudade…
Que tu a ames cada dia mais.

beijos meus.

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Poema muito belo e inspirado
adorei.
obrigada pelo carinho.
Beijinhos

Sonhadora

Nany C. disse...

um amor, uma paixão...
são momentos que nos inspiram e nos fazem fluir palavars nas pontas dos dedos...

"...Um rosto lindo sem maquiagem
Sem a menor necessidade de um retoque..."

assim é que te vejo... verdadeiro, simples... um amigo lindo!
Obrigada por cativar meu coração!

Rosa azuis...
em tuas mãos sempre!
Beijos!

Layara disse...

...por debaixo das palavras há um grande sentimento que ilumina o amor, ilumina o horizonte, faz a madrugada estrelada, faz o vento arrepiar na pele, faz o sono se perder e faz isso, que o amor faz...sentir vontade de Amar...

Palavras sentidas, amei que me enrosquei...rssss...vou adormecer com elas...

beijos então!

Fátima disse...

Meu lindo, se embriague desse amor!

Lindos sonhos pra você.

Malucas de BR (*.*) disse...

não somente suor, e contato dos corpos, mas por debaixo do lençol éramos dois, éramos um.Quente este texto.

Aproveitando, o nosso 1° vídeo já está disponível em nosso blog. Agradecemos se nos der esta força.

Abraços

Daniel Costa disse...

Everson

"Por debaixo" o poeta enternece, sonha, pensa, imagina, constrói o seu poema, ali está a sua própria vida. Um dedicação absoluta, sem guarida.
Abraço
Daniel

Adolfo Payés disse...

Maravilloso poema poeta.. es un inmenso placer pasar a leerte ..

Que tengas un día estupendo..

Un abrazo
Saludos fraternos..

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Mas o amor está aí. Nesses versos do belo poema, no ar, debaixo desses lençois, até na escada. Vi ontem um cara falando na tv sobre nudez e ele disse...."não a nudez fisica, quando a gente se despe para alguém, está fazendo muito mais que tirar a roupa. É a nudez emocional, psíquica, dos medos e receios". Como eu disse num poema anterior, um corpo nu fala muito. Lindo poema de novo, parabéns, um abraço e lindo dia

Gilson disse...

O amor´são tantas sensações que não é possível descrever.

Abs

Delirius disse...

Everson, vim te dizer bom dia!
Vim também te reler. Acompanhar o meu pequeno almoço com a ternura embriagante de tuas poesias, nos acordes de teu violão.
Que este dia seja muito feliz p'ra você.
Beijo.

Pelos caminhos da vida. disse...

Lindo, lindo.

Bom dia amigo!

beijooo.

Sol da meia noite disse...

A vivência do amor vai revelando tanta coisa, meio escondida, meio disfarçada...
Amar é descobrir, aos poucos, cada recanto... é ir dobrando cada esquina... é navegar pelo desconhecido...
E é aí que reside o encanto, a sedução.

Um belo dia para ti, meu amigo :-)


Beijinho *

lagrima disse...

... o amor...?! "roubadão" mas gostoso?!.... se é querido amigo, olhe só p'ra mim, sentada aqui no meu banquinho ouvindo seu violão?!

Tou brincando e sorrindo, amigo, obrigada por seu carinho :)))
Beijo.

Josy Nunes disse...

Oi,
Everson,
Estou viciada em seu blog todo dia passo por aqui para ler seus poemas e passar um dia super de bem com a vida. Parabéns! que Deus te ilumine com muita inspiração.
bjos no seu coração

Adriano disse...

Mais uma obra sublime e poética dessa mente romântica. Grande Everson!

Forte abraço, estou de volta!

Adriano Berger

PS: a partir do dia 20 o nanoberger.blogspot.com será escrito diretamente de Palmas-TO.

Uma aprendiz disse...

Selecionei dois poemas, do meu blog "Mulher e Cia" que resolveu se "auto" excluir para visitas.

Como ambos retratam bem os meus sentimentos de HOJE,
eu os escolhi para dizer "ATÉ BREVE" à todos vocês:

Vou viajar DE MIM
vou jogar todas as roupas da mala
rasgar papéis
apagar anotações
queimar a agenda
Sofrer.
Sofrer completamente.
Até que passe.


beijos e boa terça pra você.

Mulher na Polícia disse...

A vida é feita de contrastes que se completam. E um vai e vem constantes... Poesia pra encarar a vida urgente!

bjo, lindo!

EDUARDO POISL disse...

Lindíssimo poema!!! Gosto de ler seus poemas.
Abraços

Dra.Rouge Cerise disse...

Por isso é tão bom se desnudar em palavras.
Ah,poeta deliro nos teus versos.

Bjs!

lita duarte disse...

Oi, amigo.

Belíssimo poema.

Boa semana para você.

Beijos.

Amorinha disse...

Lindo poema; ótimo espaço. Você escreve muito bem e a cada verso que eu leio é como se eu me encontrasse. Há tempos eu procurava um blog como o seu, ainda sou iniciante aqui na blogosfera e não atraio muitos seguidores, afinal, não são todos que gostam de poesias.. São bem poucos comparados a todos os blogueiros. Eu tenho 17 anos e tudo o que sei é que o que eu sei fazer é escrever. Já compus letras pra músicas e fiz parcerias com bandas; amigos meus que pretendem ganhar espaço musical mas não conseguem compor. Presenteio-lhes com uns rabiscos; de todo modo o que eu escrevo vai parar mesmo no lixo. rs' Parabéns pelo blog e pelo talento. Vou seguir aqui. Beijos, tenha uma ótima semana.

BA BOCAGE disse...

Pequena poema mas com um grande alma...
PARABÉNS!

Um abraço,

Luciana P. disse...

Esses seus versos me remeteram a uma reflexão, por debaixo dos lençóis, embaixo do tapete, atrás da porta, por trás da cortina, quanta coisa escondemos, quanta vida existe ali, muitas vezes recolhida, sem energia, sem alegria, sem emoção. Embaixo da própria sombra acabamos pisando nas expectativas e nos deixando levar para o chão, e lá sentimos o peso dos ombros, do corpo, percebemos a lama, o lodo, os espinhos, as pedras. Chafurdando o chão, sentimos que a vida pede incoerência, sorriso, leveza, claridade, esperança, coração aos pulos, surpresa, enfim, a vida pede vida e não combina com escuridão e tristeza.

Beijos!

Abraão Vitoriano disse...

"Por debaixo de todos os panos
A nudez de nossas almas"

por debaixo de tuas palavras,
toques de vida.

um abraço forte,
do menino-homem.

Carol Mioni disse...

Saudades de passar aqui e me desmanchar nos seus belos versos!

Linda semana pra ti!

louca esquizoffrenica disse...

Por baixo de cada um de nos existe sempre algo secreto, pronto a ser descoberto.
Que tenhas um optimo dia amigo.
Beijos

Sandra Botelho disse...

Por debaixo do coração
Uma alma irrequieta,
que sofre de paixão
Mas mantem a voz quieta...

Bjos meus,querido poeta
Meu coração caminha com você!

Sandra Botelho disse...

Por debaixo do coração
Uma alma irrequieta,
que sofre de paixão
Mas mantem a voz quieta...

Bjos meus,querido poeta
Meu coração caminha com você!

Pena disse...

Prodigioso Poeta Amigo:
Uma pureza e beleza sem fim, este admirável poema.
Parabéns.
Abraço forte de uma amizade sincera e profunda.
Sempre a respeitá-lo e a estimá-lo.

pena

Bem-Haja, notável poeta amigo.
MUITO OBRIGADO pela sua amabilidade no meu blogue.

Anônimo disse...

Querido ,filho hoje é niver do site da Socorro Maria Dantas fiz uma postagem no fonte caso tiver um tempinho da uma passadinha no Fonte de Amor.
TE Amo muito beijos da maizinha ,Evanir.
www.fonte-amor.zip.net.

Tem um presentinho dela para todos.

FOTOS-SUSY disse...

OLA EVERSON, MARAVILHOSO POEMA...ADOREI LER TAO LINDAS PALAVRAS...QUE TENHAS UMA FELIZ TARDE AMIGO!!!
BEIJOS COM CARINHO,


SUSY

Ana disse...

Tudo isso por baixo?
Se o que está encoberto está assim, o que está amostra deve estar melhor ainda.

Muito bacana teu espaço.

Bjs. :*

Bandys disse...

Poesia pra encantar a vida
E muita vida de amor eterno a se viver.


Então vamos viver..

Coneceu a Tania |Mara? rsss

Beijos e um inicio de noite cheio de estrelinhas no teu céu marinho!

Maria disse...

Você escreve maravilhosamente.

Um beijo
Maria

Helena Rocha disse...

oiee keriduuuu mt obrgdd pelos elogios no blog do Thomazz rsrs... ele pegou uma fotoh minha lá no meu blog e dedikou akele poema para mim, fikei taum feliz, puxa....
fikei sem palavras....

a noite vou post algo novo e te espero por lá em rsrs...
+++ varias vezes obrgdd pelos elogios e pelo carinhu.

bjússsssssssssssss millllllllll
Lena

experimental disse...

Olá querido poeta,
Tenho um bocado de dificuldade em entrar no teu blogue e depois anda tudo muito devagar, deve ser da quantidade de amigos que tens.
Gostei muito do teu poema, é um testemunho muito criativo do amor que se pode sentir, se fôr realmente verdadeiro e sem artifícios.
Bjs,
Nela

Tatinha disse...

Toc Toc... tem alguém em casa???
Meninoooooooooo, acabei de dar uma bajulada nocê alí, que até agora estou enxugando a baba, meu teclado ficou todo molhado!!!
Como pode dentro de um ser, conter tanta coisa linda junto, o tempo todo?????????????????????? heim??
Confesso que ÀS VEZES até eu digo um "eu te amo" bonitinho, mas a profusão de palavras lindas, todas juntas que você profere, me deixa extasiada!
Olha, quando eu crescer quero ser que nem você!
Sabia que estou sentindo sua ausência??
Beijos meu lindo!

Ó não vai acostumando com esta babação toda não, viu?????heheheh tenho TPM também, viu???

Memória de Elefante disse...

O amor desnuda a alma e a extensão da ternura se manifesta em poesia...


Um beijo

Andresa disse...

Debaixo dos lenções eis quantas lembranças, quantas sensações, quantos sentimentos.......
O pensamento flutua e as lembranças estao vindo.....
por debaixo de tudo sempre encontramos algo diferente..... é so querermos descobrir.
bjs
Andresa

M@ria disse...

Por debaixo de nossas mascaras
Há sempre um “eu” maior a se conhecer
Poesia pra encantar a vida
E muita vida de amor eterno a se viver.


Mui llindooooooo amigoooooooooooo
Beijos e carinhos meus.

Lidia Ferreira disse...

Por debaixo do seu olhar
Eu vi a sua alma

Lindo esse seu poema meu amigo

Por debaixo de nossas mascaras
Há sempre um “eu” maior a se conhecer
bjs

Hod disse...

Então depois de tanto sentimento é correr para o abraço cálido!!

Forte abraço amigo,

Hod.

Hod disse...

Então depois de tanto sentimento é correr para o abraço cálido!!

Forte abraço amigo,

Hod.

Hod disse...

Então depois de tanto sentimento é correr para o abraço cálido!!

Forte abraço amigo,

Hod.

Juliane disse...

Seria tão se
por baixo de tudo apenas o que existisse fosse o amor!
Beijos...

Sofia Carvalho disse...

Como sempre maravilhos Everson. tinha saudades de te ler amigo...
Tenho estado sem net. por isso raramente tenho aparecido por aqui.
Beijinhos e espero voltar em breve!

 
Web Analytics