sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Da Varanda do Meu Mundo
Eu vejo a chuva
Choro livre do céu
Vejo pessoas apressadas
Querendo ganhar a vida
E se esquecendo do amor
Eu vejo carros e suas buzinas
Vejo sorrisos e quem chora por alguma dor
Eu vejo um mundo frio e cruel
De quem não tem tempo pra nada
Nem pra apreciar a beleza do céu
Vida louca que segue em disparada. 
 
By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

34 comentários:

lis disse...

Vida meio lôca , nua assim na janela rsrs
Um poema do nosso tempo_vida que vai e que vem numa correria sem fim,
grande abraço Everson, durma bem

Severa Cabral(escritora) disse...

BELA MADRUGADA MEU PRÍNCIPE DAS LETRAS !
GRANDE INSPIRAÇÃO FORMANDO PALAVRAS DE CORPO E ALMA NUM SÓ CORAÇÃO ...
BJS DE BOA NOITE!

Sónia M. disse...

Uma triste realidade...o tempo sempre a escapar entre os dedos...

Um belo final de semana, Everson.
Beijos e beijos
Sónia

✿ chica disse...

Por vezes, além das belezas, somos obrigados a ver a realidade cruel! Linda! abração,chica

Rô... disse...

oi meu amigo,


ainda bem que mesmo no meio dessa vida agitada,
você sempre encontra tempo para esse amor inspirado...

beijinhos

#*Marly Bastos*# disse...

A vida segue em disparada e se pararmos ela passa por cima e nos atropela. De alguma maneira seguimos o fluxo...
bjks doces e bom fim de semana.

Rosa Mattos disse...

Principalmente nas grandes metrópoles a realidade é essa mesmo retratada em seu poema.

oi meu querido, achei tão bonito esse comecinho "Eu vejo a chuva, choro livre do céu"! Sempre que vejo nuvens, penso que elas estão prontas pra chorar e lavar as almas das ruas.

beijos e ótimo final de semana♥

Kellen Bittencourt disse...

Verdade amigo, e nesta época a correria aumenta ainda mais, ninguém enxerga ninguém! Abraçosss

Secreta disse...

Hoje , chove intensamente , aqui...
Hoje, levamos a vida mais devagar.
Beijito.

Assis Freitas disse...

da varanda se descortinam mundos,


abraço

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

E a chuva trouxe uma belíssima inspiração em seus versos.
Muito bom e verdadeiro.
um feliz fim de semana para ti.
abração com carinho

Daniel Costa disse...

Everson

A pressa de viver se tornou premente, assim o amor está, por vezes ausente, em especial o amor devido a todo o mundo.
Amizade expressa num abraço fraterno

Cristal de uma mulher disse...

É verdade meu querido as pessoas vivem no vicio do sistema e esquecem de viver...Um dia quando olham para trás se foi a alegria chegou os males da carne e AIIIIII!!!!!De nada valeu chegar aqui e não ver que o melhor da vida seria viver suas próprias naturezas..

Eu vivo apesar de muitos problemas pois o mundo é feito disto e vivemos nele...mesmo assim eu sou: CÉU...ESTRELAS..MAR...MATO...VERDE...RIOS..E TUDO QUE É NATUREZA EU CURTO DEMAIS...ADORO MÚSICA TAMBÉM MAIS MÚSICA DE VERDADE NÃO AS COISAS RUINS QUE VEJO SER CANTADO.....

Um grande beijo querido..sei que não estão conseguindo comentar no blog de Cristallldesde que mudei o desenho são poucos que conseguem chegar lá...mais se vc puder veja que levo teu livro e e-mail para este blog..

Beijo eterno

Vivian Fernandes de Goes disse...

Bom dia,Everson!!

Infelizmente vemos muitas pessoas sem tempo para o amor,para a amizade, para pequenas gentilezas...pensam só em si mesmas...
Uma pena.
Lindo poema!
Beijos,meu amigo!

Dorli disse...

Oi Everson
Não haverá de levar muito tempo em que as pessoa não terão tempo nem para olharem seus familiares, pois a luta pela sobrevivência já está começando a incomodar e não terão tempo para ver a bela natureza que Deus nos deu.
Obrigada
Lua Singular

LUZ disse...

Oi, querido Everson!

Mas, que pressa e rotina tão desenfreadas!
Mas, pra quê? De repente, podemos partir e não vivemos a vida.
A imagem, que você colocou, a menina na varanda, me faz lembrar a atitude, que eu tenho, diariamente, observando a correria dos outros.

Eu não sou stressada, de jeito nenhum. Me recuso. Claro que tenho horários pra cumprir, e chego, sempre antes da hora, calmamente.
Eu quero que o meu coração seja sadio, feliz e dure muito.

Boa sexta, com harmonia.

Everson, vou te contar um segredo: o dia, hoje, em Lisboa e no país inteiro, está em alerta laranja, chuva forte e vento, também. Poucas pessos nas ruas. Um vendaval autêntico.
Já sei: está, ficou todo feliz.

Nossa! Eu tenho de ir para um lugar com temperaturas na casa dos 30ºg. Não aguento este Inverno tão rigoroso e frustante.

Beijos da Luz, com carinho e estima.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amoigp
é o tempo moderno, que não dá mais tempo para que as pessoas se relacionem e se amem.
Abração

Rute disse...

Meu amigo desejo-lhe um ótimo final de semana. Bjs

Anônimo disse...

"o tempo não para" como já dizia Cazuza...as pessoas tem pressa, pressa de viver, pressa de amar...pressa...

© Piedade Araújo Sol disse...

pois é, meu amigo.
ninguém tem tempo para ninguém,a frase que mais se ouve "não tenho tempo", por vezes basta uns míseros segundos, minutos, um dia o tempo vai sobrar e não sabemos o que fazer com ele...

um beijo grande

Bandys disse...

Oi Everson,

O tempo quem faz é a gente... a escolha de o que fazer com o tempo..
E assim ter uma quaqlidade de vida melhor. Entrar no furação só que quer.

E vi que tem uma aliada ao Cazuza aí, eu repito, o tempo não para!!Mas podemos escolher como desfrutar desse tempo.

Bom fds , a noite estarei nos céu de minas, vendo o que o tempo me diz por aí.

beijos

Cidinha disse...

Querido poeta, Bom dia!. Feliz hoje por conectar contigo. Saudade!! È uma grande verdade amigo: Todo mundo pensando em ganhar a vida! Uma correria louca. Esquecem até de respirar, olhar para o alto. sonhar! Não devemos nos deixar contaminar pela pressa e nem pelo material. Olhemos smpre para o alto! Paz e muita inspiração sempre. Beijs e flores pra ti! Belos poemas. Amei!

Vera Lúcia disse...


Olá Poeta,

O tempo não para mesmo, mas precisamos dar um "stop" para relaxar e curtir melhor o que há de bom e belo na vida. Ela passa veloz por nós. Final de ano, então, é uma loucura só. Vamos tentar desacelerar, né?

Beijo.

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Ese ritmo de stress, que hace que no podamos vivir, con toda la intensidad, lo que merece la pena...Ese Amor que nos llena y nos traslada a un mundo pleno de satisfación.
Um abraço.

soldeinverno.blogspot.com disse...

Venho desejar a si e sua Família
um FELIZ NATAL.
Bj.
Irene Alves

MARILENE disse...

Esse é o mundo moderno, onde as prioridades estão sendo estabelecidas sem sensibilidade. Bjs.

edumanes disse...

Da varanda do meu quarto
Na varanda do teu te vi de roupão
Teu lindo corpo estava molhado
Com a pressa o deixaste cair ao chão!

Bom fim de semana para você,
amigo Everson, sempre acompanhado dos mais lindos versos em poesia!

Um abraço
Eduardo.




deisinha disse...

A vida corrida fazem-nos esquecer de muitas coisas,até do amor..Adorei meu querido.Bom fim de semana!

Marilu disse...

Querido amigo,

O céu se iluminou,
a estrela apareceu,
os anjos entoaram louvores,
nasceu o filho de Deus.

Numa gruta em Belém,
veio ao mundo o Salvador,
trazendo em suas mãozinhas,
verdade, paz e amor.

Seu bercinho foi uma
manjedoura,
pobrezinha e frugal,
que as bençãos do Deus menino
se renovem neste Natal.

Desejo a você e a todos aqueles de mais ama, um
lindo e abençoado Feliz Natal. Beijocas

Bruxinha Trina disse...

É uma grande verdade, começamos a nos prender e nos importar com a vida corrida, o trabalho, e acabamos nos esquecendo de algo maravilhoso o amor!
Adorei!! Tenha um belo final de semana..

Kisses in your heart

Flor de Jasmim disse...

Lindo meu amigo!
vive-se a vida a correr e quando se olha para tras vimos que perdemos tudo.
bom fim de semana meu amigo.

beijinho e uma flor

Maria Bonfá disse...

oi Everson.. muito lindo o seu versejar..essa é a nossa realidade.. o mundo nos empurra para seguir o fluxo..e esquecemos de olhar a beleza de tudo que brota ao nosso redor todo dia.. foi bom vir aqui te ler..saudade..beijo

Suzane Weck disse...

Lindo e real poema meu caro amigo.Um bom fim de semana e meu abraço.SU

Smareis disse...

Essa é a realidade em que vivemos. Uma vida louca, evero!
Ótimo fim de semana!
Beijos poeta amigo.

 
Web Analytics