segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

E Qual o Sentido Que Me Dá a Vida
Flores que nascem entre nuvens
Estrelas que brilham no chão
Universo infinito que não cabe amor
Poemas de uma estação
Vento que de mim sempre corre
Saiba que eu não vou te seguir
Eu não sei onde o rio nasce e nem onde ele morre
Seu corpo entre planetas eu queria sentir
Sol que ilumina o dia
Em camas que dormes sempre nua
Onde mora a tua alegria
Viver tão longe da menina lua
Dor que me aperta o peito
Por não poder mais sonhar
Sem teu amor não tem jeito
Céu que flutua horizonte e encontra o mar
Eu te venero
Eu te necessito
Eu te espero
Pois tudo que quero
É o teu infinito. 
 
Mas enquanto você não se materializa e vira estrela real em meu céu, ele estará vazio, ou borrado como um quadro de pintura inacabada. 
 
By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

26 comentários:

Majoli disse...

A escolha da imagem foi perfeita para tão lindo poema.
Amei!

Meu querido amigo, tenha uma semana de muita paz.

Beijos com carinho.

Felisberto Junior disse...


Olá!
Everson...
Muito bom!Eu gostei!
...penso que se um "quadro de pintura" (sentimentos não materializados) fica inacabado, recai sobre isso uma causa,ou baseadas na primeira e única impressão,ou a reflexão que não soube o momento certo de parar.
Obrigado!
Ótima semana!Paz e luz!
Abraços
ClicAki Blog(IN)FELIZ

Rô... disse...

oi meu amigo,

o amor aos poucos vai se materializando,
mesmo que seja em nossos corações...

beijinhos

Mary disse...

Bom dia Everson!

Desculpa a minha ausência, mas é por falta de tempo mesmo.
Olha!
Por vezes o amor é tão grande que o ser amado se torna a razão,
a espera e a necessidade.

Boa semana.

ONG ALERTA disse...

Simplesmente encantador poema, abraço Lisette.

Mariangela disse...

Lindo amigo!
As vezes a nossa pressa faz a nossa espera parecer gigante... mas espere mais um pouquinho, logo logo ela virá!
Beijos e uma semana ótima!!
Mariangela

D. Garcia disse...

Enquanto o amor não vem todos os planos são vazios e todas as telas apenas aguardam o momento certo de receberem o traço.
Muita musicalidade nesses versos, uma beleza sem par!
Abraços de luz e tenha uma ótima semana!

✿ chica disse...

Que beleza!!!Adorei! abração,linda semana,chica

mARa disse...

Oi meu Lindo!

Gostaria de dizer que o lance é não esperar, não criar expectativa, deixar vir e acontecer. O amor idealizado não existe. As vezes ele está ao teu lado ou do outro lado da rua.

Mas, sei que as letras são possibilidades, são sonhos, são momentos é as vezes de muitas verdades, essas que necessitamos exteriorizar.

No mais, a vida é breve e o que temos é apenas o hoje.


beijo grande do tamanho de Behorizonti!

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Ese infinito que posee nuestro ser Amado y que su Luz nos conducirá hacia su Horizonte.
Precioso Poema.
Un abrazo.

Bandys disse...

Ola meu amigo jardineiro, linda a rosa, me inspirou, até ja escrevi..ela continua aqui do meu lado.

Suas poesias não tem muito que destrinchar porque são belas e lindass.

Gostei da frase no final estilo a la Bandys, rsrsrs. Fé menino, que ela vira a sua estrela.. Tem as sobrinhas na torcida. kkkkk

Beijos meus daqui,uma semana cheia de paz no seu jardim.

Vera Lúcia disse...


Olá poeta,

Mesmo sem se materializar ela já se tornou sua musa inspiradora.

Gostei da criatividade dos versos:
"Flores que nascem entre nuvens
Estrelas que brilham no chão."

Excelente dia.

Beijo.

Assis Freitas disse...

a vida e os seus porquês,



abraço

Dorli disse...

Oi Everson: Não deixa seu mundo de ponta cabeça.
É um amor impossível de se concretizar
Beijos Lunar
Lua Singular

MARILENE disse...

E vamos rabiscando, apagando, refazendo, até que a realidade nos mostre o modelo ansiosamente esperado. Bjs.

LUZ disse...

Oi, querido Everson!

Que ansiedade, que estado de alma, vem demonstrando desde há uns tempos pra cá!

Todo o mundo tem seu dia, e o amor chegará a você, também.

A solidão dói, todos sabemos, mas o nosso ideal, aquele /a, o/a tal,só existe em conto de fadas.
Viva, um dia de cada vez, tá?

Uma linda semana, com harmonia interor.

Beijos da Luz, com carinho.

LUZ disse...

NÃO PUBLICAR, P FAVOR!

NÃO PRECISA COMENTAR NO "lUZES E lUARES".

O conto está mais que contado. Viva sua semana, tranquilamente.
Não sei qdo postarei, lá.

Beijos, querido.

Daniel Costa disse...

Caro Everson

Temos de andar sempre a tatear, para saber em concreto onde nasce o rio, sem isso nos sujeistamos a que o coração fique vazio.
Abraços fraternos de boa semana

Janaína Pupo disse...

Saudade de vc, meu amigo poeta!

Cristina disse...

Hay que poner empeño en lo que uno quiere y desea... y de seguro se revelará el rostro del amor oculto.
Bellísimo mi querido Everson, te dejo un fuerte abrazo.
Buen inicio de semana.

LUZ disse...

Boa noite, querido Everson!

Estive reparando na imagem, que encima seu poema e fiquei pensando.
Queremos ver a vida com "óculos claros", meu amigo. Vamos lá!

Agradeço seus comentários, seus beijos e suas flores, diariamente.

Amanhã, "a gente se encontra pra falar de amor", tá?

Durma bem e feliz.
Beijos da Luz, com apreço.

Flor de Jasmim disse...

Lindo poema como sempre só tu amigo me presenteias,linda a imagem.
Boa semana amigo

beijinho e uma flor

Smareis disse...

Enquanto não se materializa, o importante é ir grafando, apagando, pintando novamente. Uma hora o desenho aparece perfeito.

Beijos poeta amigo!

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite meu príncipe das letras !!!!
todas as vezes que me afasto,sinto realmente que tbm te afastas ...e assim penso !Será só coincidências ?
deixa pra lá !!!
venho sorver belos poemas ...
bjssssssssssssss

BRECHÓ DO SUL . PODE SER !!! disse...

OI TUDO BEM !!
OI ADOREI SEU BLOG JÁ ESTOU SEGUINDOSEU BLOG, PODERIA POR GENTILEZA SEGUIR O MEU TAMBÉM , E CLICAR NO G+ . MEU BLOG É :- http://brechodosul.blogspot.com.br , VAI DAR UMA OLHADINHA SERÁ UM PRAZER EM RECEBER .
OBRIGADA AGUARDO SUA GENTILEZA

FICO GRATA AO ME SEGUIR , POIS JÁ ESTA SEGUIDA . E QUERENDO ALGUMA ROUPA ME ESCREVA PARA MEU EMAIL SERA UM PRAZER NEGOCIAR COM VOCÊ.

MARCIA REGINA - DESCULPE-ME A LETRA GRANDE MAS SOU DEFICIENTE ESPECIAL

Elisa T. Campos disse...

O sentido da vida é infinito, como infinito é o seu poetar inspirado por milhões de estrelas.
Bjs

 
Web Analytics