segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Pequenas Luzes Acesas
Numa escuridão de sentir
Quarto frio de amor
Pequenas luzes acesas
Clareando uma dor
Velas na cama
Estrelas no céu
O amor de quem ama
Esconde-se num véu
Entre o egoísmo
Horizonte céu e mar
Em outras pequenas luzes
Encontrei o seu olhar. 
 
Quarto vazio e escuro medo e solidão
Seu corpo espalhado pela cama
Protegendo o coração. 
 
By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

28 comentários:

LORENA LEITTE disse...

Estava realmente precisando voltar para esse espaço tão lindo e amoroso!!!
Suas palavras se encaixam
Suas rimam completam tudo
amei !!!

Severa Cabral(escritora) disse...

BOA NOITE MEU PRÍNCIPE DAS LETRAS !!!
O POETA TBM É UM TROVADOR...LINDO ...
BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

LUZ disse...

Oi, querido!

Hum! Me agrada o ambiente.
Então, você hoje está numa de luz. Gostoso!
Naquele quarto escuro, frio, só mesmo o calor dos corpos podem aquecer o ambiente, tal como as velinhas, no vai e vém, ao sabor dos movimentos.
Que as vontades aconteçam!

Te desejo um dia feliz e um início de semana com "aquele amor".

Beijos com muita ternura, da Luz.

✿ chica disse...

Luzes que enfeitam e sinalizam o amor...abração,ótima semana!chica

Mary disse...

Bom dia Everson!

Nem sempre, ou nunca conseguimos proteger o coração, pois ele domina o nosso corpo e nossa alma.
Portanto medo e solidão é consequência.

Tão bom foi contar com tua amizade esse ano que está acabando, espero estarmos juntos sempre.

Tudo de bom, que vc continue sempre com essa forma carinhosa com todo mundo, pois amizade é o que levamos no coração,as pessoas verdadeira ficam para sempre,o resto é cinza, é pó.

Tenha um bom dia e uma ótima semana.

#*Marly Bastos*# disse...

Lindo poema Everson!
Boa semana pra você, amigo.
bjks doces

Luzia Medeiros disse...

Entre o vazio do quarto se mostra e esconde-se muita coisa.

Parabéns pelo romantismo e sensualidade das palavras.

Abraço.

Lu Nogfer disse...

Lindo e intenso como tudo que escreves!

Beijos amigo poeta!

Assis Freitas disse...

luzes como faróis,


abraço

Daniel Costa disse...

Caro Everson

Ficou a sensação da protecção do amor e o fevor do amor!

Abraços fraternos

Vera Lúcia disse...


Olá Everson,

Sempre lindo e romântico um encontro de olhares.

Um dia agradável para você (se for possível, diante deste forno que está em nossa BH).

Beijo.

Bandys disse...

Oi Everson,

Sabe que nunca protegi meu coração?? Ele sempre ficou livre pra fazer o que quiser...um quarto frio de maor.... fiquei pensando o que seria, pois se tem amor não pode ser frio. hahaha.

Mas voce sempre arrasando corações na poesia...e isso é o que interessa.

Beijos, e uma semana cheio de paz.

David C. disse...

Bien Everson, siempre resaltando el amor, la belleza y los sentimientos.
Que pases unas felices fiestas de fin de año.
Son los deseos de
David C.

edumanes disse...

Pequenas luzes acesas
Muito podem iluminar
Felicidades e belezas
De quem as souber amar!

Boa segunda-feira
para você meu amigo~
um abraço fraterno
Eduardo.

Tamires disse...

Muito bom, como sempre!

Mariangela disse...

Proteger-se do amor...o que poderia ser pior do que a solidão?
Acho melhor sinalizar!
Beijos querido amigo...
uma boa semana!
Mariangela

MARILENE disse...

Você sempre canta o amor e o colore de forma diferente em cada poema. Belos versos! Bjs.

Dorli disse...

Oi Everson
Poesia linda, uma proteção do que seria para uma solidão. Mas só tem solidão quem não se entrega ao amor.
Beijos
Lua Singular

Machado de Carlos disse...

Quando o amor é eterno, a luz nunca se apaga!
Vivamos, portanto cada raio dessa Luz!
Abraços!...

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Sempre poetizando o amor, correspondido, ou não. Gosto disso.
Abração

Rute disse...

Como sempre , meu amigo és intenso em seus transcritos.
Bjs ótima semana a vc.

Bandys disse...

Querido,
Aqui esta um calor terrivel, só mesmo pegando umas ondas pra refrescar...
mas acho que a chuva que vc quer ver é a mesma que eu quero sentir..

Vamos fazer a dança da chuva, quem sabe??

Beijos

Liga o ar aqui viu??

Flor de Jasmim disse...

Intenso como todos os teus poemas que me obrigam a ler e reler.
Amei meu amigo.
boa semana

beijinho e uma flor

Cecília Romeu disse...

Everson,
....como se fosse uma cama anônima e alheia, assim se fez o corpo.

Beijos, amigo!
Lindo poema!

Anônimo disse...

Juram que estão com calor?? Putzz!! E eu aqui querendo um urso para aquecer-me!!... brrrrrrrrr... que frio!!!...

Baci blu per voi due...

Janaína Pupo disse...

Tão bom estar aqui! Beijo meu querido!

LUZ disse...

Oi, querido Everson!

Faltam poucos minutos para a meia-noite.
É noite profunda, aqui.
Espreitei, agora, pela janela e está tudo denso, chuva leve e um silêncio, que até encanta.
Comecei a escrever uma poesia, mas está ficando um tanto "assanhada".
Tenho de atenuar algumas expressões, caso não, aviso de conteúdos. Nada tem de escandaloso, mas as mentes são maliciosas.

Quero te agradecer o carinho diário, as flores e seus beijos e beijos, que me aquecem a alma e o rosto.

Beijos, com carinho, da Luz.

Dorli disse...

Oi Everson
Obrigada pela visita
Vou ,mandar-lhe um e-mail
Beijos
Dorli

 
Web Analytics