sexta-feira, 5 de junho de 2009

Bálsamo
Alivio ao coração
Como chuva que vem do céu
E escorre pelo chão
Um abraço apertado na multidão
Como alguém que pelo seu sorriso
Percebe que está na solidão
Um ombro pra poder chorar
Um colo pra você dormir
Um beijo pra você sonhar
Um carinho pra você sorrir
Balsamo que refresca a alma
Que serena e simples pede pela calma
De um amor que vem de muito longe
Trazer o calor de uma estação
E confortar a dor de um coração
Que não agüenta mais chorar
Pés descalços que pisam o chão
Sentindo a emoção de se libertar
De muitos anos que se foram
Na esperança do amor voltar
Balsamo que traz de volta a vida
A paz por muito tempo pedida
Sentindo a sensação que o sono vai ser leve
Pelo amor e pelo êxtase
A madrugada será breve
Sentindo junto o seu corpo ao meu lado
Provando a solitária lua que agora será assim
Que o verdadeiro amor jamais terá um fim.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

10 comentários:

paula barros disse...

Poeta, querido, tenho pensando nessa solidão cantada nos versos, desse amor que não chega, das saudades que alimentamos para nos sentirmos vivos...pensado que até para amar é preciso disponibilidade, ação, atitude, mudança de comportamento. Que achas? Sei lá ando pensando nisso.


Viu como a lua começa a ficar bonita? Está crescendo.

beijos com carinho, com uma sexta muito boa para você.

Jandira disse...

Oi anjinho !
Se estiver em dificuldade E pensar em desistir,
Lembre-se dos obstáculos Que já superou.
OLHE PARA TRÁS ...
Um ótimo fim de semana pra vc...
Tem dois mimos para vc festas juninas e Dia dos namorados.
Beijos

Afrodite disse...

Nossa, que poesia linda, delicada, sensível...
E que imagem perfeita!
Adoro essas imagens assim!
Ficou lindo o seu post de hj, Everson!

Beijos e uma ótima sexta, apesar do frio.
Hoje estou em casa, de folga, rs.

evanir disse...

Meu amado filho agora eu sei que posso chama-lo orgulhosamente assim .Estou feliz meu querido ,pois daria tudo para ter uma mãe mesmo que virtual .Quero que saiba meu anjo lindo tenho muito orgulho de vc ,e que um dia quando estiver tudo bem de saúde aqui irei conhecer vc ,ou vc vira até a mim .Eu tenho uma afilhada ai em sua cidade embora hoje nosso contato esteja um pouco restrito devido ao trabalho dela ,mais ja nos falamos pelo fone a algum tempo atraz assim vou conhecer os dois .Uma abençoada sexta amado meu maizinha ,Evanir

Blue disse...

Perfume que retiramos,
De flores e dos amores,
Que nos mantém firmes,
Pois sabemos que:

"O verdadeiro amor jamais terá um fim"

Abraços grande Poeta Everson, nesta fria manhã, você me visitou antes de eu postar! Mas agora está atualizado...

*Angel* disse...

BOM DIA AMIGO!

Que bom entrar aqui e sentir essa mudança de inspiração... O teu poema é lindo, caprichou, amigo. Até sinto a força das palavras...

Um grande abraço e bom final de semana.
Fica com Deus.

Nayr

Simplesmente Ariana disse...

Oi, Everson, mudei em definitivo agora para o blogspot. O Perfume de Afrodite está desativado, agora as postagens serão no Simplesmente Ariana. Beijos!

Majoli disse...

Oi meu amigo, desculpe minha ausência por aqui.
Vim te ler e tenho tanta coisa pra ler, estou em dívida com você, pois te ler me faz tão bem e não devemos fugir do que é bom, certo?
Linda poesia, lindas palavras, parabéns.
Beijos na alma.

Wilson Rezende disse...

Poema lindo Everson, tenha uma ótima noite, amanhã volto no blog para conferir as novidades, um grande abraço amigão.

Paulo Tamburro disse...

SEREI SEU SEGUIDOR, PARABÉNS.

 
Web Analytics