sábado, 10 de julho de 2010

Deitada na Mesa
Deitada na mesa
Esperando o amor
Brisa suave que invade
Beijando a flor
Como papel em branco
Esperando a poesia
De um lado a outro
O mundo é sua fantasia
Relaxado o corpo
Que só quer o prazer
Momento sublime
Eu e você
Espera da vida
Ao amor sucumbir
Na alma decidida
A somente sentir
Amor e sorrir.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade
O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

41 comentários:

Marilu disse...

Querido amigo Everson, o amor realmente é sublime vivido a dois...lindo poema...tenha um excelente final de semana...beijocas

carol sakurá disse...

Desejo que neste fim de semana você desfrute o banquete do amor.
Beijos!

Luciana P. disse...

Amar e sorrir tá de bom tamanho, poeta. Ou será que falta alguma coisa???
Ah, comer, hahahahaha...

Versos de amor, um bom vinho, uma música suave e msn. Tô satisfeita!
beijos

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo querido! Beijos**********

"Enfrente os bons e os maus momentos, passe por tudo que tiver que passar, não se economize.

Sinta todos os sabores que o amor tem, desde o adocicado do início
até o amargo do fim, mas não saia da história na metade.

Amores precisam dar a volta ao redor de si mesmo, fechando o próprio ciclo.
Isso é que libera a gente para ser feliz de novo."


Martha Medeiros*
Tenha um ótimo dia!

mARa disse...

...a cadeira, a mesa...hummm...tá ficando bom esses espaços de sonhar amor...Gostei...

Beijo!

(rsssss....voltei pq. gosto de voltar, aliás, atualizei...)

Beijo atualizado! (no divã)

Nany C. disse...

Sorrir de amor... é tão bom!
Docemente,ardentemente sorrir de amor,depois do amor...Durante, antes...E sentir o corpo todo sorrir num gozo ma-ra-vi-lho-so!!!

Beijos meu lindo nesse teu coração que anda latente!

=)

Daniel Costa disse...

Everson

A posição será fantasia, a fantasia da arte, como um bom poema, como o presente, como todos os que escreves são um sentir de um modo de beleza fantasiada.
Abraço fraterno
Daniel

legalmente loira... disse...

querido poeta,
deitada na mesa esperando o amor eu fico quantos dias for preciso.
lindo ++++

bjos com carinho..volto na segunda-feira

Fátima disse...

Então... deixe-se sucumbir por esse amor.

Beijo carinhoso , tenha bons sonhos menino bonito.

p.s. Acho que amanhã ela vai estar com torcicolo, toda arriada coitadinha, rs.

E.Rakowski disse...

((saudades))

Hummmm, belo poema.
... e que sejam doces e ardentes todos os encontros de amor!!!



Um beijo com carinho.
Excelente final de semana.

Jennifer disse...

Apesar desta mesinha ser desconfortável, eu tbm esperaria o meu amor chegar...kkkk....não dia ser uma maiorzinha não?
Brincadeiras à parte o amor é sempre bem-vindo, seja em qual posição for.


Beijos e um bom final de semana pra ti.

VALVESTA disse...

Linda poesia amado, mas concordo com a amiga, amanhã nada, acho que a moça já ta doida, e nessa posição, com essa mesa de tres pés, caem os dois,kkkk, leva ela pra uma cama macia e com lençois de seda, a meia luz, com pétalas de rosas, um som gostoso e com um vinho suave, garanto que ela gostará, eu acho que prazer e dor não combinam, mas tem gosto pra tudo, ne? beijos e lindo fim de semana( sem dor, por favor).

SAM disse...

Querido amigo,


um belo dia, como este poema.

Carinhoso beijo.

Elaine Barnes disse...

É isso aí,amar é sorrir!
Montão de bjs e abraços e bom final de semana

Helô Müller disse...

Engraçado... ao ler tua poesia, senti-me no lugar da moça! rs
( e foi boom... rs )
Bj em ti!
Helô

Lívia Azzi disse...

Sentir... sentir... Desejar... Sonhar...

Estou perdida hoje!! Nem sei dizer se é melhor realizar ou imaginar... Hehehe!!

BH está mesmo linda!! Com céu azul e o sol colorindo seus horizontes!! E vou dar um crédito para o trânsito, tá!!

Beijos e um lindo sábado!!

Pat. disse...

Meu querido amigo,

Venho deixar um beijo e desejar um fim de semana lindo para você.
Agradeço tuas visitas, palavras de coração puro e poeta encantador.

Viva teus sonhos!

Abraço com carinho.

Carlos Augusto Matos disse...

Ai o amor... Lindo de morrer...

Abração...

ONG ALERTA disse...

Deitada a espera do amor...paz.
Beijo Lisette

ஐ¸.*Lady *.¸ஐ disse...

Amar, sorrir de felicidade no momento do desejo.
O que falta? Nada, um completa o outro.
Tenha um fim de semana de amor e paz.
Com carinho, Lady.

Pelos caminhos da vida. disse...

Fim de semana de muito amor pra vc amigo.

beijooo.

Pluma Roja disse...

El amor es necesario en la vida de la persona humana. Aunque se diga que el amor está dentro no serviría sin la otra persona. Bello poema Poeta.

Te deseo un lindo fin de semana.

Besos y abrazos para ti.

Pena disse...

Admirável Amigo:
Um versejar no ápice do momento certo.
Profundo. Intenso. Pleno.
Fabuloso e perfeito.
Com respeito, é mágica a sua poesia.
Abraço amigo.
Com admiração constante por ser preciosa de maravilhar.
Adorei.

pena

Bem-Haja, pela simpática visita.
Sensacional, poeta amigo.

Majoli disse...

Oi meu querido, Deitada na Mesa é linda por demais...ando assim...esperando que tudo isso aconteça.

Amei.
Beijos no ♥ e um delicioso sábado.

C@urosa disse...

Querido amigo poeta Everson Russo
muito apropriado o amor na mesa, verdadeiro banquete dos deuses...

Bom final de semana.
para refletir
A verdade alivia mais do que magoa. E estará sempre acima de qualquer falsidade como o óleo sobre a água.

(Miguel de Cervantes)

forte abraço

C@urosa

evanir disse...

Querido filho

Sinto -me honrada em estar aqui hoje.
Venho convidar você para conhercer o novo.
Fonte de Amor.
Ofereço award e mascote .
Algumas salas estão em
final de acabemento.
Um abençoado final de Semana.
Beijos na Alma e no coração.
Da maizinha que te ama ,Evanir
www.fonte-amor.zip.net/site.html

Wanderley Elian Lima disse...

Olá poeta.
Na mesa, na cama, no chão, onde der, o amor é sempre bem vindo.
Ótimo fim de semana para você.
Abração

ErikaH Azzevedo disse...

Sentar na mesa e se fazer sobremesa aser devorada.

Adorei o poema,sensualidade pra mais que baste...

Um beijo menino,

Erikah

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

E quando a alma está decidida, sabe que caminho seguir.

Noite de luz, querido amigo.

Rebeca

-

tossan disse...

Você é o especialista em falar do amor com imagem do menu especial e tem gastrônomos que não apreciam a boa carne. É melhor assim...Sobra. Abraço

Sandra Botelho disse...

Meu doce poeta...
somente fala de amor assim dessa maneira alguem que tem o coração repleto dele. E esse alguem é especial demais...por isso te adimiro de montão.
pena que algumas pessoas usem o blog pra nos insultar. Se puder dá uma passadinha pelo meu aconchego e leia. O que me disseram, mas fico triste não porque pra um igual a ele, existem mil como vc.
bjos achocolatados

meus instantes e momentos disse...

belo poema, linda foto.
Muito bom
Abçs
Maurizio

Paula Barros disse...

Um lugar bem inusitado para se esperar o amor...é talvez assim se viva mais intensamente, degustando cada pedacinho quando ele chegar.

Você sempre consegue trazer novidades ao tema amor.

beijo

♥.•:****-franciete-****:•.♥ disse...

Amigo venho deixar um abraço de amizade e desejar um lindo fim de semana.
Com beijinhos de luz e paz

Vozes de Minha Alma disse...

Meu poeta, teus textos são por demais encantadores, e quero dizer que são por demais inspiradores.
Um abraço do teu leitor, bom domingo.

Bandys disse...

Vim agradecer as rosas roubadas, adorei.
O poema esta belo.
Beijos

Rosemildo Sales Furtado disse...

Essa está deitada na mesa no mesmo local onde a outra está sentada na cadeira e, ambas esperando o amor. Rsrs. Eu sou meio curioso e atento muito para os detalhes. Mais um belo poema amigo. Adorei!

Abraços e um ótimo domingo pra ti.

Furtado.

M@ria disse...

"E que a minha loucura seja perdoada. Porque metade de mim é amor, e a outra metade... também."

Oswaldo Montenegro


Beijos & Flores no seu Domingo ... M@ria

IT disse...

Deitada na mesa,
sentada na cadeira

"Espera da vida
Ao amor sucumbir
Na alma decidida
A somente sentir
Amor e sorrir"

Deitada na mesa
sentada na cadeira

bjos

"Cantinho Poético" disse...

Cartas de amor são escritas não para dar notícias,
não para contar nada, mas para que mãos separadas
se toquem ao tocarem a mesma folha de papel.

Rubem Alves

Beijos poéticos e perfumados...M@ria

Pérola disse...

Maravilhoso poema,nudez total rs.
Amor é isso,uma dança sem véus.
Beijokas poeta.
Parabénssssssssssssssss.

 
Web Analytics