domingo, 8 de agosto de 2010

Ao Meu Pai
Falar do meu pai talvez seja simples, talvez seja muito difícil, uma pessoa que passou a vida inteira com problemas de saúde, mas tinha forças sempre pra seguir, nunca teve a oportunidade do estudo que ele me deu, mas usava um português clássico que poucos tinham a capacidade, tinha um profundo conhecimento religioso, conhecia as Escrituras Sagradas da Bíblia a fundo, também sem ter formação teológica nenhuma, era um guerreiro da vida, deixando pra mim as melhores coisas que uma herança poderia permitir, e em primeiro lugar o nome sobrenome Reis que tanto amo, os ensinamentos de integridade, dignidade, respeito ao próximo, honestidade e um pedido, “meu filho, não me deixe partir sem te ver formado”, hoje sigo seus passos, procuro fazer o bem as pessoas, honro sempre o meu nome, que na realidade é o nome dele também, e graças ao bom Deus consegui realizar o sonho dele, me formei em 1988, com ele presente no auditório do colégio, me deu um abraço, não sabia eu como agradecer aquele momento, talvez pela pouca idade, ou por timidez, mas agradeci com um abraço, e pude sentir nele um momento de realização, que pra mim era pequeno, mas pra ele era imenso, na metade do ano seguinte ele me deixou por vontade de Deus que leva os bons ao seu encontro, foi cantar entre os anjos e hoje tenho certeza é a mais forte memória que posso ter de um super-herói, meu pai, que por algum motivo que ninguém sabia, se assentava sempre do lado esquerdo do sofá, vendo seu Jornal Nacional e ainda ouvindo num pequeno radio de pilhas o seu time do coração, o Atlético Mineiro, que por algum motivo da vida eu não consegui ser seguidor e por anos a fio fui rival esportivo do meu pai, o que jamais foi conflito, e sim motivo de vibrações contidas de respeito quando o meu time, o Cruzeiro, vencia o dele, e por uma obra da vida, um belo dia eu comecei a escrever os meus textos, guardá-los para mais a frente postá-los aqui no Livro dos Dias, e a vida me trouxe um presente alguns anos atrás, quando descobri em guardados de família um poema de 1949, manuscrito por ele, então descobri mais uma parte do que ele me deixou e hoje divido com vocês um pouco de Sylas Reis. Beijos e abraços a todos e um feliz dia dos pais.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98


Solidão

Nas horas mortas da noite eu me levanto,
Envolto em um manto recolhendo-me ao frio,
Quero ouvir-te querida, e de canto a canto,
Eu vou andando a sós neste salão vazio,
Passo as horas calado andando, enquanto,
Ela a dormir, repousa em colchão macio,
Seu corpo esbelto, aconchegando ao manto,
A doce tepidez dos seios luzidios,
Dorme calma, tranqüila e despreocupada,
Das glorias, da existência e da ventura,
Dorme, sonha, sorri o mundo não é nada,
Foge aos encantos da vida e serás pura,
Dorme, e nesta sala a andar eu prossigo,
Sofrendo a terrível dor de um abandono,
Não podes deixar teu leito e estar comigo,
Dorme, porque atento velarei teu sono.


SYLAS REIS
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade
O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

45 comentários:

Livinha disse...

Que poema mais terno, sensível, sincero profundo, quando nas palavras de um pai se vê outros tantos pais do mundo.
A festa nunca termina, muda-se apenas de salão.
No andar de cima, hora já se descortina,
luzes de ribalta, dádivos sorrisos resplandecem um clarão.
A todos filhos do mundo, o tesouro mais profundo, no afeto a exaltação...

Meu amigo, me emocionei com tua postagem...
Não perdi o meu pai, mas perdi o pai de minhas filhas. Hoje me sinto entristecida porque o que a elas eu dei com tanto amor, não está presente, está acima nesse universo fecundo acenando o coração terno de saudade, dizendo que ainda assim, nunca estará ausente.

Parabéns por esse pai que tiveste e que hoje mostras que foi digno dele.
Bjs
e feliz domingo pra ti

Livinha

IT disse...

Homenagem digna de um REI(S)
Fiquei comovida caro poeta!
Escreveu e Declamou palavras de tributo ao seu insquecível Pai, o senhor Sylas Reis.
Menino poeta querido,fique sabendo, O seu Sylas teve muito orgulho do filho amado dele.
Uma herança deixou, a mais linda e valiosa de todas...a Poesia impregnada no seu sangue, a beleza a genialidade e magnitude de um poeta respeitado e amado por todos seus amigos, fãs e familiares. EVERSON RUSSO

Tens a minha Admiração! sempre.

Forte e caloroso Abraço.

Amor feito Poesia disse...

Há pensamentos que são verdadeiras orações.
Em alguns momentos, seja qual for a postura
do corpo, a alma está de joelhos.

Victor Hugo

Afagos na alma.....M@ria

Glória disse...

Amigo, depois de uma homenagem tão bonita, como não deixar o meu carinho.
Está explicado, a veia poética é de família.

Pai!
Eu não faço questão de ser tudo
Só não quero e não vou ficar mudo
Prá falar de amor
Prá você...

Fábio Júnior


Beijos

Marilu disse...

Querido amigo, que bom que o Sr. seu pai, pode ver o sonho dele realizado, ve-lo formado, isso para mim que sou mãe, foi o maior presente que Deus poderia ter me dado, ver minha filha formada e pós graduado, indo para outra pós..O estudo é a única herança que vale a pena deixar para um filho, ninguem lhe rouba aquilo que está em sua mente. Lindo poema que você encontrou do Sr. seu pai, a herança tem explicação...Beijocas

Nany C. disse...

Beijos meu amigo!
Um ótimo domingo para ti!

Daniel Costa disse...

Everson

Belo o escrito que dedicas ao teu pai, como belo é o seu poema.
Em Portugal o dia do pai é a 19 de Março, dia de S. José.
Desejo um bom dia do pai do Brasil!
Fraterno abraço.

Carlos Augusto Matos disse...

Realmente, bem sensivel e profundo... Adorei...

Abração!!!!!!

M@ria disse...

"Gosto das pessoas que se enamoram das estrelas... e caem de cansaço, ao voarem em busca da luz."

(Dom Hélder Câmara)

Amor & Paz no seu Domingo!Beijos!!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo! Parabéns, querido!
Ofereço-lhe o poema desta mãe ao pai do seu filho para o seu pai
Beijos muitos**********

"POEMA PARA O DIA DO PAI

Agrada-me dizer que foste tu o meu grande amor

Tu que me preenches da alegria

Incomensurável de ser plena mulher.

Homem de amor, fraqueza, vigor,

A quem presto sempre louvor,

_ Como poderia esquecer-me do filho que fizemos num lindo dia,

Posto que é simplesmente a razão deste Viver?

Quem me mantém aqui neste vale profundo,

Quem me ergue nas tantas quedas

Quem me impulsiona a lutar pelo nosso Mundo _

Hoje, diante do Eterno, nós percebemos um esboço,

E, boquiabertos, sob a luz das estrelas,

Ouvimos a sorridente boca do teu belo rosto:

- Olá, meu príncipe, minha princesa!


® Renata Cordeiro"

Tenha um lindo Dia!
Renata

Hana disse...

Bom o que dizer de um espaço tão lindo, cheio de paz e harmonia e quanto amor encontramos aki, nesta dostagem, nesta música do seu blog, só me resta agradecer pelos momento que aki passei, meu muito obrigada.
com carinho
\Hana

Desnuda disse...

Querido poeta, poucas palavras para muita emoção.... O texto e o poema são lindos, Everson. Obrigada por esta partilha sublime e inesquecível. Obrigada, Deus!

Beijos, querido amigo.

Lívia Azzi disse...

Linda homenagem Everson!

Compartilhar conosco o poema de 1949, cujos versos são atemporais:

"Dorme, sonha, sorri o mundo não é nada,
Foge aos encantos da vida e serás pura"

Lembrou-me muito os seus...

Beijos e um domingo iluminado!

Guará Matos disse...

Seu pai além da boa educação, do carinho e dos bons exemplos lhe deixou a sensibilidade para mostrar o amor.
A alma de quem ama é cósmica.

Amigo, um grande beijo.

Pelos caminhos da vida. disse...

Uma linda homenagem a seu Pai.

Filho de peixe peixinho é, agora sei de onde surgiu esse gde poeta.

Bom domingo amigo.

beijooo.

Valvesta disse...

Parabéns, se és
ou se cultivas a idéia de ser papai amado na pureza de um filho.
Um grande abraço
com carinho da amiga.

*

“É o amor que pousou na terra
A face mais bela da poesia
A calmaria pós tempestade
A saudade que não se descreve…

No silêncio és minha prece
E até parece que posso tocá-lo…
Só após teus carinhos me calo
E então me ponho a dormir…

Sou uma criança que ainda te chama
Quer teus conselhos, os brinquedos…
E o beijo de boa noite na cama
Dizer-te do meu amor, do meu orgulho
Por ter tido o melhor PAI desse mundo
E conhecido o valor de quem AMA”
Autor: Rose Felliciano

sonho disse...

Paz...amor...harmonia...saudade...ffelicidade...reina no teu maravilhoso cantinho:)
Beijo d'anjo em teu coração

gabyshiffer disse...

Eu também sinto saudades do meu pai,
e nem sei se ele ainda vive...
Mas tudo que ele fez por mim e que plantou, ficaram aqui no meu coração e eu agradeço...
Linda homenagem ao seu pai
Vim te desejar bom dia!
:)
"Se dores eu sofri,
maiores elas teriam sido
sem a sua presença.
Se em pedras muitas vezes
eu tropeço e caio,
lembro-me que foi você
quem ensinou-me a levantar.
Se olho para o futuro e sinto medo,
ele se vai assim que eu recorro à fé
que você plantou em mim.

Agradeço a Deus
por ter escolhido você
para orientar os meus passos.
Foi com você que aprendi
que quando a jornada torna-se difícil
Ele nos toma nos braços.

Obrigada, Pai! "
Silvia Schmidt

Beijos na alma!

Pluma Roja disse...

Querido poeta, siempre te he admirado por tus letras, ahora mi admiración crece hacía ti al leer este gran homenaje a tu señor padre, quien no pudo haberte dejado mejor herencia.

Saludos cordiales, y te deseo un gran fin de semana.

Besos.

Assis Freitas disse...

bela homenagem ao teu pai nesse dia especial,


abraço

Sil.. disse...

Meu querido, linda homenagem.
Meu pai ainda esta entre nós, um guerreiro tbm lutando contra sua doença, e hoje já o beijei, apertei, mordiiiiii rs, disse que amo (Isso digo todos os dias).
Seu pai esta no lugar mais lindoooo que tem no céu, acredite.
E emocionado com seu ato.
Nossos pais não morrem, spo ficam encantados.
E um dia, vamos estar todos juntos.
Acredite.

Beijoooooo e parabéns pelo filho que és.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Palavras singelas, amigo, mas com a intensidade do poeta. Me emocionei, proque não consigo separar caso a caso, pai de pai, acho que todos são guerreiros igualmente. Parabéns aos nossos pais que se foram, sí fisicamente,pois nos deixaram legados, especialmente a poesia, a retidão, o respeito ao próximo, aos mais velhos, o valor da luta ,do trabalho e da fé. Difícil não é falar dos pais. Difícil e falar dos pais sem chorar . Um abração e um domingo lindo por aí

Pérola disse...

Lindo poema meu querido.
Provavelmente ele deve estar com o coração vibrando de alegria. Os anjos lá em cima estão fazendo alegorias em volta dele rs.
Parabéns pela postagem,emocionante.
Beijos.

Chris... ჱܓ disse...

Lindo poema!
Singelo e que traduz tudo que os pais, na sua essência, são...
Guerreiros e heróis...
Poema saudoso.

Um feliz domingo dos pais para ti e os teus...

Bjos mil.

Paula Barros disse...

Tal pai, tal filho. Na sensibilidade de poeta, nas integridade do ser humano.

Lindo poema. Lembra o seu estilo de escrever.

beijo

evanir disse...

Querido filho,,hoje é dia dos (PAIS)Eu também assim como vc ñ tenho mais papai e mamãe ,porém de uma forma linda homenagiamos nossos amados , pois em nossos corações tem residencia eterna .
Querido postagem siplesmente linda .
Um Feliz Domingo meu filho amado.
Beijos no seu doce coração .
maizinha.Evanir
www.fonte-amor.zip.net

Nanda Assis disse...

lindaa mensagem todos os pais merecem.

bjosss...

´´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´´´
´´´´´´´1¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´´
´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´
´´´´´o¶¶¶¶¶¶¶$´´´´´´´ø¶¶¶¶¶¶´´
´´´´´¶¶¶¶¶¶´´´´´´´´´´´´´ø¶¶¶¶´
´´´´¶¶¶¶¶¶´´´´´´´´´´´´´´´o¶¶¶´
´´´¶¶¶¶¶¶¢´´´´´´´´´´´´´´´´$¶¶´
´´´¶¶¶¶¶ø´ø¶$¶¶¶ø´´´´´´´´´1¶¶1
´´o¶¶¶¶¶´1o¶¶¶¶¶´´´1¶¶ø¢o$´¶¶¶
´´¶¶¶¶¶´´´´´7o71´´´¶¶øø$1´¶¶¶ø
´$¶¶¶¶¶o´´´´´´´´´´´¶´¢¶¶¶o¶¶¶ø
7¶¶¶¶¶1´´´´´´´´´´´´$´´´´´7¶¶¶ø
ø¶¶¶¶¶7´´´´´´´´´1´´¶´´´´´¶¶¶¶ø
¶¶¶¶¶¶¶¶´´´´´´¢¶¶¶¶7´´´´¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶¶¶1´´¶¶¶¶¶ø¶¶ø´o¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶$¶¶´´7117¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶o¶¶¶¶´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶7´¶¶¶¶¶oo7$¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶7´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶´´´´´ø¶¶¶¶¶¶¶´´¶¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶o´´´´´´´´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶

Bandys disse...

Everson,
Linda homenagem. Agora eu ja sei quem vc puxou.Nasceu de outro poeta.

Eu só convivi 15 anos com meu pai, ele morreu muito cedo. Fico triste nos dias dos pais, mas sei que ele esta com deus.

Eu tambem vejo futebol e claro torço pro melhor do Brasil: mengão!! hahahahaahha

Beijos e bom futebol.

Bandys disse...

Eu não vou nem comentar...

rsrsrsrsrs

MENGOOOOOOO! Olha e torce pro meu time hoje ta?

Beijos

"Cantinho Poético" disse...

"A mais bela ponte construída no planeta é a distância entre um olhar e outro."

(Mario Prata)

Beijos na alma......M@ria

darlene alves^♥^ disse...

“meu filho, não me deixe partir sem te ver formado”




sem palavras........*-*




bj..

Wanderley Elian Lima disse...

Oi poeta
Bela e comovente homenagem.Tenha uma linda semana
Abração

Cecília disse...

Vim conhecer seu espaço e encontrei essa linda e comovente homenagem e um lindo poema... Bom demais!
Voltarei mais vezes.

Tenha uma ótima semana!

Galochas Voadoras disse...

Muito lindo esse texto sobre "pai". Ki bom que ele pode ver o filho se formando, isso qualquer pai deseja pru um fim. Adorei seu blog, se der dá uma passadinha lá no meu. Boa semana ;D

lita duarte disse...

Everson,

Uma ótima semana para você.

Beijos.

Anônimo disse...

russo
fui no comentario da bandys
com todos os bandido no flamengo
quem foi campeao brasileiro o ano passado
foi mengão
deu cara palida
beijao
flamenguista rocha!!!!!

Anônimo disse...

russo
fui no comentario da bandys
com todos os bandido no flamengo
quem foi campeao brasileiro o ano passado
foi mengão
deu cara palida
beijao
flamenguista rocha!!!!!

Anônimo disse...

russo
fui no comentario da bandys
com todos os bandido no flamengo
quem foi campeao brasileiro o ano passado
foi mengão
deu cara palida
beijao
flamenguista rocha!!!!!

REGGINA MOON disse...

Everson,

Comovente a sua homenagem ao seu Pai, li e reli e me identifiquei muito com ela...
Hoje ia postar algo "in-memórian" ao meu amado Pai, que nos deixou há 1 ano e meio apenas, mas me senti incapaz de fazê-lo, as saudades e a dor são muitas e preferi me silenciar.
Belíssimo escrito de seu Pai, guarde como o maior tesouro que poderia ter!Meu pai deixou-me um assim também, o último que escreveu 2 dias antes de dar entrada no Hospital e de lá não retornar nunca mais, quem sabe um dia o compartilho...

Eles estão sempre perto de nós, pois estao "dentro" de nós!

Um grande beijo e ótima semana!!!

Reggina Moon

Blue disse...

Parabéns, bela homenagem.
Mas tive que rir, era GALO... rsrsrs
E a vida segue seu rumo. AInda bem que o Capitão já está empregado, mas até que esta indo bem... Vamos de TIte. Será?

Abraços

Rute disse...

Parabéns pela homenagem ao seu Pai
Desejo-lhe uma ótima semana!
Beijos!!!

Memória de Elefante disse...

Como sempre transbordas emoção em cada palavra.
Agora sei de tua veia poética...belo poema!

Um beijo

ஐ¸.Lady .¸ஐ disse...

Nossa poeta, que linda homenagem.
Fiquei emocionada com o que seu pais escreveu.
Tal pai, tal filho.
Estou muito emocionada de verdade...
Tenha uma semana de muita luz.
Com carinho, Lady.

Riff disse...

Querido Poeta...só agora pela manhã desta 2a.feira pude ler esta linda homenagem ao seu pai... e tb. ler o q. deixou pra mim. Obrigada... E saiba que nossas homenagens são verdadeiras vindas do coração... Muito linda é de emocionar. Não sei se é sorte talvez presente de Deus em termos tidos homens maravilhosos como nossos pais. Não q. os outros fossem melhor ou pior, tud tem uma medida, existem pais q.não conseguem demonstrar seus sentimentos, sao bloqueados e blá e blá... Enfim...p.completar digo-lhe que a familia da minha Avó mãe do meu pai era da familia REIS das Minas Gerais.. Eu não sei qual cidade mais é por aí...

Pat. disse...

Feliz de quem tem ou teve um pai de verdade!

Um beijo.

 
Web Analytics