quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Eu Me Alimento do Inesperado
Vou correndo pela chuva
Esperando o caos em cada esquina
Desejando seu corpo moreno
Sua paz de poesia menina
Vou de encontro ao que não sei
Deixo a onda me acertar
Meu amor é todo ouro e riqueza
Quero você pra no colo poder pegar
Eu ganho um sol a cada manhã
E uma lua ao anoitecer
Seu beijo tem gosto de hortelã
Seus sonhos minha alegria de viver
Não sei do meu próximo segundo
Vou atrás do vento pelo azul
Não tenho medo de errar por esse mundo
Talvez o meu amor esteja lá no sul
A cada abraço que meu corpo leva
Sinto a sensação de estar de novo em paz
Na imensidão desta minha loucura
Não sei mais onde o sonho de desfaz
Eu me alimento do inesperado
Dessa guerra sou apenas mais um soldado
Não tenho medo de perder
Mas vou atrás da minha vitoria
Eu quero muito o seu querer
Não quero ser apenas mais um na historia
Não sei de onde vem o amor
Nem sei se ele me quer bem
Do arco-íris quero a mais pura cor
Pra me deitar no horizonte de alguém
E se o inesperado outra vez me pegar
Que ele me leve pra bem longe
Outra galáxia bem distante
Ou quem sabe no mais profundo mistério do mar
Mas pode também ser na lua
Onde eu perca meus sentidos
E sem oxigênio eu veja você nua
E o inesperado mais uma vez tome conta de mim
Para que no deserto árido de sonhos
Tenhamos o mesmo caminho enfim.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade
O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

46 comentários:

Guará Matos disse...

Um bela viagem por um corpo de sedução absoluta.
Abraços.

SAM disse...

Boa noite, poeta!

Maravilhoso poema, Everson. Obrigada.


Beijos e bons sonhos.

Marilu disse...

Querido amigo, viajas como ninguem através do corpo de uma mulher...Lindo demais...Beijocas

Lidia Ferreira disse...

Que viagem hen rsrs da para sentir o desespero de chegar
tenha uma boa noite
bjs

Fátima disse...

Vou fazer reserva para uma viagem assim também, rs.

Beijo no coração.
Agradeço seu carinho, menino bonito.

Perfeita Beleza disse...

Oi flor !!!

Adorei seu blog e já estoute seguindo e se tiver um tempinho de uma olhadinha no meu é sobre cabelos e se gosta seje minha seguidora tbm ...

Beijos *-*

http://perfeitabeleza.blogspot.com/

OutrosEncantos disse...

Bom dia menino romantico!
Toma meu beijo de bom dia!
E também meu sorriso!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Sem ôxigênio estou eu ainda! Lindo poema!!!! Um beijinho enorme, meu querido. Tenha um Lindo Dia*

Dormi 20 horas e acordei com a perna direta maior que a esquerda. Pode isso?

Daniel Costa disse...

Everson

O amor estaja a norte ou a sul o certo é que tem a limpidez do azul e para que esse azul proteja sempre o amor, possívelmente o habitat de futuro normal seja mesmo uma galáxia.
Abraço fraterno

Assis Freitas disse...

o inesperado sempre faz surpresas,


abraço

anita sereno disse...

ola cupido
nossa Everson que bom
este teu lado tão romântico
lindo texto
e o inesperado sempre acontece
bom dia meu anjo beijos

ღPat.ღ disse...

Meu Lindo!

Saudades imensa de lê-lo...
Passo aqui rapidinho para deixar meu beijo especial e agradecer todo o teu carinho e fiel amizade.

Aos poucos, nos intervalos, colocarei as leituras em dia. Deixo beijo especial e o desejo de uma quinta-feira linda!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Um sol de manhã, uma lua ao entrdecer... e poesia 24 horas. Poema linda como sempre Um abraço.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Um sol de manhã, uma lua ao entrdecer... e poesia 24 horas. Poema linda como sempre Um abraço.

Pelos caminhos da vida. disse...

Esse dom que vc poeta tem de escrever é maravilhoso.

Bom dia!

beijooo.

Lívia Azzi disse...

"Eu ganho um sol a cada manhã
E uma lua ao anoitecer"

... só quero compartilhá-los com você!

Lindo dia para você, poeta Everson! Beijos!

IT disse...

Bom Dia Poeta

Estive ausente, motivo, força maior. Cá estou novamente a contemplar, o seu INFINITO e poético caminho.

Beijos de IT

Ju Fuzetto disse...

Bom dia amigo!!!!

beijo

Felina Mulher disse...

Hoje vc arrebentou poeta....lindo mesmo....Me alimento do inesperado...Gostei!


Beijos.

Diana Carla disse...

Oi everson passando rapinho para fazer uma leitura!!

bjinhus...e bom dia!!!

Diana Carla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bandys disse...

Um belo poema,

Beijos

Lidia Ferreira disse...

Um ótimo dia pra voce meu querido
bjs

Luciana P. disse...

Só apareço por assim deizer, quando me convém aparecer... ou quando quero... Devias fazer o mesmo!

Paixão, lembranças, arco-iris, paz, tudo isso está ligado ao amor, seja ele concreto ou idealizado.
Abraços do sul: cinza, chato pra burro e insuportavelmente frio.

Pena disse...

Fabuloso Poeta Amigo:
Mais um poema deslumbrante e de excelência sua. Como nos habituou.
Tem uma sensibilidade extraordinária que nasceu consigo.
Parabéns.
Abraço amigo de estima, respeito e consideração gigantes.
Sempre a admirá-lo

pena

Bem-Haja, notável poeta do amor.
Fantástico.

Chris disse...

Há algum tempo que não passava por aqui... gostei de te reler.
Um abraço
Chris

lita duarte disse...

Saudações, amigo.

Beijos.

Sandra Botelho disse...

Sem lenço nem documento...E com asas no coração, assim o inesperado é maravilhoso.
Bjos achocolatados doce poeta!

Grafite disse...

belo poema!
=D

Grafite disse...

belo poema!
=D

Mylla Galvão disse...

"Vou de encontro ao que não sei"
Everson,
Me identifiquei especialmente com essa frase...
Há mto tempo caminho por essa estrada, ando por não sei onde e as minhas poesias nascem daí...
Vc continua bom como sempre!
Gosto de ler o que escreves!

bjo

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Boa Noite, meu querido! Até amanhã!
Beijos**********

"Num dia excessivamente nítido,
Dia em que dava a vontade de ter trabalhado muito
Para nele não trabalhar nada,
Entrevi, como uma estrada por entre as árvores,
O que talvez seja o Grande Segredo,
Aquele Grande Mistério de que os poetas falsos falam.
Vi que não há Natureza,
Que Natureza não existe,
Que há montes, vales, planícies,
Que há árvores, flores, ervas,
Que há rios e pedras,
Mas que não há um todo a que isso pertença,
Que um conjunto real e verdadeiro
É uma doença das nossas ideias.
A Natureza é partes sem um todo.
Isto é talvez o tal mistério de que falam.
Foi isto o que sem pensar nem parar,
Acertei que devia ser a verdade
Que todos andam a achar e que não acham,
E que só eu, porque a não fui achar, achei."

Alberto Caeiro.

+ Beijos
Durma Bem******

E.Rakowski disse...

... que o amor esteja contigo!!!
Que delicia de poema.
Saudades.. saudades... =/
Beijo poeta do amor!

HSLO disse...

Perdi meus sentidos...viu. Adorei.


Boa noite amigo.


Hugo

Anônimo disse...

Aconteça o que acontecer,
esteja em paz com você mesmo.
Aconteça o que acontecer,
medite sobre a sua postura perante a vida,
diante do seu próximo. Aconteça o que acontecer,
esteja alerta aos seus
sentimentos em relação a si e aos outros.
Aconteça o que acontecer,
esteja em paz com Deus,
que o criou e que quer-lhe bem.
Aconteça o que acontecer, esteja feliz,
porque a vida é a melhor PRESENTE.
DEUS ABENÇOE SEU FINAL DE SEMANA ; MEU FILHO AMADO
BEIJOS MAIZINHA ,EVANIR

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Everson.

Fazer o inesperado pode acabar contribuindo para realizar o que é tão esperado.

Lindo poema! :-)

*******

"A felicidade não está em viver,
mas em saber viver.
Não vive mais o que mais vive,
mas o que melhor vive."

Mahatma Gandhi





UMA ÓTIMA SEXTA PARA VOCÊ!!!



♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥





http://brincandocomarte.blogspot.com/

___________________________________

Graça Pereira disse...

" Eu ganho um sol em cada manhã e uma lua ao anoitecer"...onde tu perdes os sentidos mas...por amor!
Beijo e bom fds
Graça

Vaninha disse...

Everton queridoooo, vim te agradeçer pela visita no blog da Sandrinha, pela passagem do meu aniversário, obrigadaaaaaaaaa, viu? Você sumiu do meu blog. :0(
Mas tudo bem, o importante é ver que vc está bem e fazendo lindas poesias. Beijos no seu coração!!! :0)

Sil.. disse...

A partir de um comentário seu (Lindoooo por sinal) no meu blog, sobre se apaixonar, fiz um post no meu.
Não sei escrever lindamente como você, mas quis te vdar esse carinho.

Tu é um querido Everson!

Beijooo

Pérola disse...

Ninguém quer ser só mais um na história,é uma caminhada árdua,porém...Entender o q vc tem q fazer para q isso ñ aconteça,sei lá,estranho,indefinível.
Beijos poeta.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

E que esse caminho seja infinitamente apaixonado.

Que sua noite seja de luz, querido amigo.

Rebeca

-

Memória de Elefante disse...

Pois o amor é assim Everson, lindo poema!

Mesmo errando ,não queremos nos soltar
para não nos perdermos
deste fio tênue de alegria


Um beijo

Sonia Pallone disse...

Everson meu lindo, que saudades de vir te ler, me embriagar com os seus tantos "inesperados"...Bom demais estar de volta, meu coração em festa vem agradecer o rastro colorido que vc deixou no meu Solidão enquanto estive ausente. Beijo grande poeta.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Everson! Mais uma vez passando para apreciar mais uma das tuas criações. belo poema, com ênfase para o trecho abaixo:

Eu me alimento do inesperado
Dessa guerra sou apenas mais um soldado
Não tenho medo de perder
Mas vou atrás da minha vitoria
Eu quero muito o seu querer
Não quero ser apenas mais um na historia

Abraços,

Furtado.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Um bom começo de final de semana pra o amigo.

até mais.

Paula Barros disse...

Everson, bem sabes que não sou crítica literária rsrs, muito menos o leitor precisa entender tudo que o poeta escreve, mas achei/senti (e isso é problema meu rsrs, só registrando) que esse começo não combinou com o poema.

"Vou correndo pela chuva
Esperando o caos em cada esquina"

Até reli. Talvez seja a dualidade do querer amar e o medo de sofrer.

beijo

 
Web Analytics