sábado, 9 de maio de 2009

Meus Versos São Perdidos
Meus versos são perdidos
Como uma nau a deriva no mar
Meu céu tem estrelas sem rumo
Que nem em meus sonhos conseguem brilhar,
Peço desculpas pelas palavras
Que se repetem sem conseguir expressar
O que ficou do amor
Muito menos onde ele foi morar,
Meus versos estão perdidos
Como cílios pelo ar
Encontrando orvalhos temidos
Que fazem o sol recuar,
Meus sonhos se perdem em nuvens
Que pairam perdidas no céu
Procuram abelhas rainhas
Que já não produzem o mel,
Meus versos se perderam
No dia em que você foi embora
Ate hoje a saudade é maldade
Enquanto sua volta demora.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:

O Ultimo Barco do Planeta
www.oultimobarcodoplaneta.blogspot.com
A Tempestade
www.givemeshelter.zip.net

10 comentários:

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

meus versos e sonhos tb estão perdidos, somos dois entao.
gde abço e um maravilhoso e menos solitário fds!!!
bj
elane

Luciana disse...

Perdidos estão os versos,mas o coração está centrado no sentimento de amor. Pena é a saudade que insiste em se fazer presente. Essa saudade do que foi é o que nos entristece e nos deixa com um gosto amargo na boca, sem mel,sem a doçura do sorriso e da sensação de prazer pela vida.
Os nossos versos se perdem quando estamos sós, ou pelo menos,nos sentindo sós de algo que tanto nos faz falta: o amor. Adorei essa poesia! Beijos!

Bandys disse...

Então estou perdida de novo...bem na porta do seu blog..cazuza éeeeeeeeeee.

Beijo e um sabado de muitas migalhas de varios pães!

Beijos

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

adoro a Luciana,ela é demais,sou fã dela,
obrigada viu???
como digo,sou herdeira de Deus e assim sendo , sou merecedora de tudo q é bom!!assim seja, gde abço pra ti!!depois visitarei seu outro blog, terei visita,minha outra filha vem daqui a pouco...
se cuida!!bjjj

Blue disse...

Perdidos e na saudade,
ficaram as lembrancas e as tristezas.
Dias cinzentos e frios,
anunciando mais um inverno.
E como sua volta demora,
é um prenuncio de mais solidão!

Abraços e bom domingo.

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Everson.

Como uma nau que fica a deriva no mar, mas depois atraca em um porto, o mesmo acontece com seus versos: ficam a deriva até encontrarem nossos sonhos e então se mesclarem de tal maneira que o início de um é o fim do outro.

Como sempre suas palavras se transformam em doces poesias. :-)

***********


“Deus não pode estar em todos os lugares e por isso fez as mães.”

Ditado judaico




FELIZ DIA DAS MÃES PARA TODAS AS MAMÃES DE SUA VIDA!

♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥




http://brincandocomarte.blogspot.com/

___________________________________

Desnuda disse...

Amigo,

Teus versos encontram aconchego em nossos corações. São lindos!

Um abençõado domingo! Beijos

gabyshiffer disse...

Lindos versos...
Brigadim pela visita no meu
Vim desejar bom findi
Feliz dia das mães pra vc e sua mamãe
Beijos na alma!

Menina do Rio disse...

Versos lindos, Everson! Feliz de quem os encontrar!
te deixo um beijo

paula barros disse...

Oi, querido

Você me fez pensar em como se liberta o coração/alma/corpo/pensamento de um amor para dar lugar a um outro amor?

Um outro amor não entra enquanto não tiver espaço, disponibilidade, enquanto não se quer amar de novo.

(ei, eu disse isso para você ou para mim? rsrs vou deixar. )

abraços e beijos, um lindo domingo.

 
Web Analytics