quarta-feira, 6 de maio de 2009

Tanta Espera
Tanto se espera pela vida
Tanto se espera pra amar
Tanto se espera pelas ondas
Que nos trazem esperanças do mar,
Olhando um céu imenso e sem fim
Tento não esperar por você
Mas você já está dentro de mim,
Tanta espera pela dor
Pra que ela nos deixe
E abra caminho pro amor,
Tanto se espera por carinho
Que ele invada o meu mundo
E não me deixe sozinho,
Tanto se espera em alegrias
Em noites que não passam
Em loucas poesias,
Tanto se espera pelo tempo
Que ele passe e nos traga um momento
Que nos venha com muita calma
Abraçar e beijar a nossa alma.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Ultimo Barco do Planeta
A Tempestade

10 comentários:

Luciana disse...

REalmente, poeta, tanto se espera tanta coisa, que acabamos por não concluir nossos anseios, ou pelo menos, não todos...Mas o que vale é a expectativa!

Beijos e linda quata pra ti!

Beatriz disse...

E neste esperar, meu querido poeta, vão-se desmanchando as esperanças, vão-se desfazendo as ilusões, vão-se eternizando as lembranças... e no coração os sentimentos vão tomando formas as mais diversas trazendo noites insones, dias intermináveis, e uma existência que procuramos preencher mergulhando em situações que mesmo nos trazendo um certo prazer, ainda assim, não preenchem os vazios que na alma habita pela ausência da pessoa amada ao nosso lado.

Como sempre, um lindo versejar formando um belo poema!

Que um lindo raio de sol te acompanhe neste dia tão bonito. Fica um beijo no teu coração!

SAM disse...

Bom dia, amigo!



Tomar o café da manhã lendo teus belos poemas é começar bem o dia.


Te desejo um lindo e proveitoso dia! Beijos

Palma da Mão disse...

A espera, o tempo dessa espera, as conversas perdidas nesse tempo, as atitudes, e alcançar a alma de alguém, é uma espera muito prolongada:(ficou lindo:)
Beijinhos
Liliana

Bandys disse...

Ah não! Hoje vou de Renato e Cazuza!

Menino, que tanto se espera se o tempo não para, e só por hoje vou ser feliz!!

Everson, meu amigo espera nada não a vida ja te da e muito, seu dom é divino!

Baccios

Menina do Rio disse...

Gostei de te ver por aqui no Blogspot. Fica mais fácil acompanhar-te.
Como sempre um poema divino!

Deixo-te um beijo amigo

Blue disse...

Sempre nos sobram apenas palavras,
para descrever tanta espera.
E como se espera!

Bela poesia, linda foto,
colírio para os olhos...

Abraços!

Anônimo disse...

Querido ,padrinho hoje quase nao chego ficamos sem luz aqui rsrs um caminhão levou um quarteirão de fio aqui. padrinho ore muito por nós as coisas aqui não vai nada bem ,beijos ,carinhos sua afilhada que ti ama ,Evanir
www.fonte-amor.zip.net

Luciana disse...

Nossa, eu estou tão acostumada a passar aqui à noite que nem tinha percebido o horário que passei ontem, ou melhor, hoje de madrugada.
Nunca consegui repetir mais de um comentário no mesmo post aqui.
Ah, mas hoje eu consegui!
Beijos, Everson, linda quinta pra ti!

paula barros disse...

Esperamos tanto, tanto...que não percebemos chegar, passar....
Queria ser mais impulsiva, esperar menos,não deixar passar...

abraços com carinho.

 
Web Analytics